Como cristãos anunciamos a morte e ressurreição de Jesus atos 10.34-43 - sermão

2.085 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.085
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Como cristãos anunciamos a morte e ressurreição de Jesus atos 10.34-43 - sermão

  1. 1. Domingo de Páscoa - 2009 SERMÃO
  2. 2. INTRODUÇÃO
  3. 3. PÁSCOA Mais do que saborear deliciosos ovos de chocolate, é tempo de... ... celebrar a ressurreição de Jesus de Nazaré.
  4. 4. Durante a Quaresma e a Semana Santa realizamos uma Campanha de Jejum e Oração. Foi um tempo oportuno para nos preparar para a maior celebração da maior festa do cristianismo... a PÁSCOA
  5. 5. Como parte desta campanha realizamos encontros semanais às quintas-feiras... 7h às 8h.
  6. 6. Oração... Louvor...
  7. 7. Confraternização...
  8. 8. Realizamos uma cantata de Páscoa na semana passada... nossas crianças.
  9. 9. Nossos artista mirins ... (revelação)
  10. 10. Após este tempo de preparação estamos prontos para iniciar nossa festa... ... uma festa que perdura 50 dias... ... vai acabar somente no domingo de Pentecostes.
  11. 11. Como cristãos anunciamos a morte e ressurreição de Jesus SERMÃO
  12. 12. TEXTO BÍBLICO Lucas 14: 25-33
  13. 13. 34 Então, falou Pedro, dizendo: Reconheço, por verdade, que Deus não faz acepção de pessoas;
  14. 14. 35 pelo contrário, em qualquer nação, aquele que o teme e faz o que é justo lhe é aceitável.
  15. 15. 36 Esta é a palavra que Deus enviou aos filhos de Israel, anunciando-lhes o evangelho da paz, por meio de Jesus Cristo. Este é o Senhor de todos.
  16. 16. 37 Vós conheceis a palavra que se divulgou por toda a Judéia, tendo começado desde a Galiléia, depois do batismo que João pregou,
  17. 17. 38 como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder, o qual andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele;
  18. 18. 39 e nós somos testemunhas de tudo o que ele fez na terra dos judeus e em Jerusalém; ao qual também tiraram a vida, pendurando-o no madeiro.
  19. 19. 40 A este ressuscitou Deus no terceiro dia e concedeu que fosse manifesto,
  20. 20. 41 não a todo o povo, mas às testemunhas que foram anteriormente escolhidas por Deus, isto é, a nós que comemos e bebemos com ele, depois que ressurgiu dentre os mortos;
  21. 21. 42 e nos mandou pregar ao povo e testificar que ele é quem foi constituído por Deus Juiz de vivos e de mortos.
  22. 22. 43 Dele todos os profetas dão testemunho de que, por meio de seu nome, todo aquele que nele crê recebe remissão de pecados.
  23. 23. Como cristãos anunciamos a morte e ressurreição de Jesus SERMÃO

×