Mais+Economia ed. 0002 (WEB)

279 visualizações

Publicada em

Edição 02 da revista Mais+Economia, adaptada para web.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
279
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
22
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mais+Economia ed. 0002 (WEB)

  1. 1. 2009 bem na fotoAprenda a se programar e a calcular quais as melhores formas de pagamento nesta edição n. 2 - GRÁTIS
  2. 2. Bom, vamos lá. Pode não parecer, mas acaba sendo divertido quando conseguimos atingir nosso objetivo e só tem uma forma de chegar lá: O seu dinheiro é suado, portanto, valorize-o! Vamos fazer render cada centavo. Pra começar, PAGUE OS IMPOSTOS. É, eu sei que você não gosta... mas é o jeito. Imposto, se fosse bom, não era imposto, era convite mas, precisa pagar. Tem gente que empurra esse pagamento só porque não quer dar o dinheiro pro governo. Lamentamos dizer que não dá pra evitar e vamos mostrar que, se der para pagar o IPTU e o IPVA à vista, você estará fazendo um ótimo negócio. Dependendo da cidade, o desconto do IPTU chega a ser de 20% e o do IPVA, costuma ultrapassar os 10%. Na verdade, você deveria considerar que o valor do imposto é o que está sendo cobrado à vista e o parcelamento, tem juros embutidos. COMECE JÁ! Começando o ano (com o pé) direito Temos certeza que entre os seus propósitos de ano novo, um deles foi melhorar o saldo da conta no fim do ano, certo? Pois então, chegamos para ajudar você nessa tarefa. Na semana passada o mais+economia deu dicas pra você se organizar depois das compras do natal. Esta semana vamos começar a dar aquelas dicas para você atingir seu objetivo. Ano novo, imposto novo! Não sei se já percebeu, mas é só começar o ano que você começa a receber vários carnês no seu endereço. Cobrança de IPTU e IPVA não atrasa (se ainda não chegou, trate de ir atrás porque com certeza deveria estar na sua mão e alguma coisa deu errado). Além disso, muita gente tem que comprar material escolar, a própria escola está com mensalidade mais alta e boa parte dos alugueis também são reajustados nessa época. Não é mole, não!
  3. 3. Neste caso, a taxa de juros cobrada é de 50% ao ano! A conta serve para qualquer prestação. Não seja enrolado: Use a famosa tabelinha Mais+ :) Mas a tabelinha também serve para calcular o desconto. É tudo igual. Vamos imaginar que o valor a prazo seja de R$100 e à vista, R$80. Ou seja, um desconto de 20% para pagamento à vista. Viu que simples? Agora vamos à prática. 80 ÷ 100 = 0,80 0,80 – 1 = -0,20 -0,20 x 100 =-20 Super Dicas de Janeiro Dica infalível para fazer grandes negócios: Pague à vista XD. Com a crise financeira internacional, renegociar dívidas ficou complicado e nosso palpite é que a coisa vai piorar. A forma mais tranqüila de ter desconto real é pagar à vista. Eu sei que em janeiro a coisa está apertadíssima, mas vá se programando. >>>>>>>>>>>>> Vamos usar a Tabelinha Mais+ para fazer as contas: O mais divertido: Calcular a taxa de juros é simples Calcule a diferença entre pagar à vista e em parcelas da seguinte forma: Valor Total Parcelado ÷ Valor Total à vista. Do resultado, subtraia 1 e multiplique por 100. CALMA, vamos dar um exemplo: Valor à vista: R$100 10 parcelas de R$15 (10 x 15): R$150 150 ÷ 100 = 1,5 1,5 – 1 = 0,50 0,50 x 100 = 50 À vista 2 Qtde. de parcelas 3 6 10 VALOR DA PARCELA VALOR TOTAL
  4. 4. Procure seus credores e proponha o pagamento à vista da dívida. Peça desconto e provavelmente vai conseguir. Lembre que ao mesmo tempo o credor se livra de um problema (a sua conta) e consegue uma solução (a conta dele), porque afinal, todo mundo tem dívida. Abra esta revista. Você poderá encontrar seu próximo imóvel. Refinanciar ou parcelar a dívida nesta altura do campeonato, trará aumentos consideráveis nas taxas de juros e - pense bem - se não deu para pagar antes, como é que vai dar para pagar com taxas mais altas? O Banco pode até ajudar Agora que você já sabe calcular taxa de juros e descontos, pense até mesmo em um empréstimo em banco. Às vezes pode valer a pena porque alguns financiamentos vão ficar menos caros do que deixar de pagar ou pagar parcelado. Claro que depende do banco e das suas condições. Mas atenção: Consumir pode ser bom, desde que seja consciente. Não exagere na dose, senão vira vício e só traz dissabores. 141 - A linha da vida C V V
  5. 5. Apoio: Esta edição teve o patrocínio de: TIRAGEM DA EDIÇÃO: 20.0000 REVISTA IMPRESSA EM PAPEL RECICLADO NÃO JOGUE NO LIXO, PASSE A REVISTA PARA OUTRA PESSOA LER OU COLECIONE INFORMAÇÕES E EXPEDIENTE: HTTP://REVISTAMAISMAIS.COM.BR E-MAIL: CONTATO@REVISTAMAISMAIS.COM.BR* 67 3026.1710

×