Clipping do Varejo

515 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
515
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
112
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Clipping do Varejo

  1. 1. Shopping Center Varejo Fashion Móveis e Eletro Economia Construção Super & Hiper Marcas Próprias Internacional Mercado Sustentabilidade Canal Farma Marketing Mix TecnologiaE-Commerce do V arejo Cl ipping
  2. 2. Caros Leitores Caros Leitores, Independente do julgamento sobre a questão, a repercussão gerada no caso das sacolinhas extrapolou qualquer expectativa. Isso demonstra que: a) o varejo sempre gera muita repercussão. As decisões tomadas pelas empresas varejistas viram notícias e despertam interesse por parte do público em geral; b) convivemos com consumidores bem informados e que aprenderam a pensar desde a redemocratização do país, da criação da Lei de Defesa do Consumidor, do fim da inflação e da chegada da internet que transformou a era da informação naRicardo Pastore, Prof. Msc era do conhecimento. Formamos gestores e líderes que em breve ocuparão cargos deCoordenador do Núcleo de decisão, por isso participamos de assuntos polêmicos marcandoEstudos do Varejo - ESPM posições independentes. Boa leitura! Abraços, Ricardo Pastore
  3. 3. Marketing MixWalmart e Carrefour comemoram reestruturação no BrasilApós a fase de implementação de uma série de No quarto trimestre do ano, a alta foi de 2,9%. Emmudanças na forma como trabalham no País, termos reais a alta vira queda de 4% em 2011. AWalmart e Carrefour começam a deixar para trás rede entende que, pelo menos no acumulado doo pior do ajuste das suas operações. ano, a venda bruta não caiu.Segundo o comando da área internacional do No Walmart, a linha de frente do grupo temWalmart, a rede já percebeu algumas “melhorias feito alguns comentários sobre as mudançasencorajadoras” em relação à operação no Brasil. da operação no Brasil. Dizem que estão “maisTambém já detectou sinais de “consumidores satisfeitos”, mas que as alterações devemrespondendo às ações” da empresa”. No apresentar ganhos a longo prazo. Basicamente,ano passado, a companhia admitiu que a a rede se refere ao esforço do grupo de trazer aoreorganização do negócio estava levando mais Brasil a política comercial do “preço baixo todotempo do que seus executivos esperavam. dia” (PBTD).Para Pierre-Jean Sivignon, diretor financeiro do Dados mostram que as vendas brutas do GrupoCarrefour no mundo, um dos mais satisfatórios Pão de Açúcar para “mesmas lojas” cresceramdestaques do ano foi a confirmação de 8% em 2011 e 5,5% no Carrefour. O Walmart nãorecuperação da rede no Brasil. O executivo informa a taxa. (Valor Econômico – 27/02/2011)informou que as vendas “mesmas lojas” (abertashá mais de 12 meses) cresceram 2,5% em 2011
  4. 4. Móveis & EletroAbilio Diniz pode ficar com Casas Bahia e Ponto FrioO executivo continua negociando com o grupo Casino e pode ficar com Casas Bahia e Ponto Frio,segundo informações da revista Veja. Esse seria um dos possíveis desfechos entre o empresáriobrasileiro e o grupo francês.O contrato entre Diniz e o Casino – sócios no Pão de Açúcar, prevê que, em junho deste ano, obrasileiro entregue o controle ao grupo francês presidido por Jean Charles Naouri.A data foi estabelecida em 2005, quando Naouri comprou, por 2 bilhões de reais, o direito deassumir o controle da maior rede varejista do Brasil. Mas Diniz tem resistido a entregar a empresa aseu sócio francês. Em junho de 2011, ele articulou uma fusão entre Pão de Açúcar e Carrefour, queacabou sendo barrada por Naouri.(Portal Exame – 27/02/2011)
  5. 5. Marketing MixVenda de eletroeletrônicos cresce 14% na CoopA Cooperativa de Consumo, com 29 lojas no e por profissionais da consultoria.Estado de São Paulo, registrou crescimento Outra estratégia da empresa foi uma adequaçãode 14% na venda de produtos do setor de do mix, que resultou em um crescimento de 50%eletroeletrônicos em 2011. no número de itens logo no primeiro ano de ação.Segundo Edson Rodrigues, gerente de compras Agora, o setor se prepara para a modernizaçãode bazar e eletro da Coop, o ótimo desempenho do layout e do mobiliário do setor.do setor é resultado de um trabalho que vem sendo (Supermercado Moderno – 24/02/2011)desenvolvido desde 2005, quando foi deflagradoum programa de treinamento e desenvolvimentodas equipes de venda. Na época a participaçãodo setor de eletrodomésticos e eletroeletrônicosno fornecimento geral da Coop era de 2,5% eem 2011, a participação saltou para 10%.Em 2005, a rede decidiu fazer uma parceriacom a consultoria Sucesso em Vendas, onde osvendedores foram treinados para realizar a vendade forma estruturada. Além disso, formaram umgrupo gestor, composto pela diretoria, gerênciascomercial, de recursos humanos, operacionais
  6. 6. MercadoProcter & Gamble quer reduzir custos em US$ 10 bilhõesA companhia norte-americana anunciou pretende acabar com 5.700 postos de trabalho até o fim de2013. Esse número representa quase 10% do quadro de funcionários.A decisão ocorre em meio a uma grande reestruturação, por meio da qual a companhia quer reduzirseus custos em US$ 10 bilhões.Em 2012 devem ocorrer cerca de 1.600 demissões, já no ano que vem serão cortadas 4.100 vagas.A redução no quadro de funcionários, por si só, representará redução de custos da ordem US$ 800milhões.No fim de janeiro, a operação global da companhia anunciou queda de 49% no lucro líquido obtidono segundo trimestre de seu ano fiscal.(Folha de S. Paulo – 24/02/2011)
  7. 7. MercadoCom criação da Seara Foods, ações da Marfrig têm altaEnquanto a bolsa brasileira recua mais de 1% Park) faz “bastante sentido” e deve contribuirnesta tarde, as ações da Marfrig se destacam para a geração de caixa da Marfrig conforme asentre as maiores altas do índice. sinergias venham sendo capturadas.Há pouco, os papéis da empresa de alimentos Além disso, o analista ressalta que a estratégia(MRFG3) apreciavam 5,2%, cotados a R$ 9,71. de dar maior visibilidade ao segmento deO movimento reflete a criação da Seara Foods, processados, com maior valor agregado,uma nova unidade para reunir as operações parece tornar cada vez mais clara a intençãoda companhia em aves, suínos e alimentos da companhia em diversificar e se tornar umaprocessados. indústria de proteínas similar à Brasil Foods.“A movimentação faz sentido e deve trazer (Brasil Econômico – 27/02/2011)reflexos positivos para a Marfrig”, afirma oBB Investimentos, em relatório assinado peloanalista Henrique Koch.Para Koch, a centralização dos negócios dogrupo em duas grandes unidades bem definidas(Marfrig Beef - bovinos, ovinos e couro; SearaFoods - aves suínos e processados, por meiodas empresas Seara, Keystone Foods e Moy
  8. 8. E-CommerceMáquina de Vendas engrena seu e-commerceO quarteto formado por Ricardo Nunes, Luiz ainda as estrela das vendas virtuais, em 2011 oCarlos Batista Erivelto Gasquese Richard grupo também passou a oferecer pela internetSaunders, donos da Máquina de Vendas - perfumes e cosméticos, roupas de cama, mesasegunda maior rede varejista do país - parecem e banho, artigos automotivos, produtos parafelizes com as incursões no mundo virtual. bebês e natalinos.Nos próximos dias eles lançam a Cipela, site Em outubro, o grupo lançou o “Clube dofocado na venda de calçados. E não é só. Ricardo”, site de descontos e, um mês depois, oSegundo Marcelo Ribeiro, diretor de e-commerce E-colchão, loja-nicho especializada em produtosdo grupo, ao longo do ano podem ser lançadas para cama. Não é por acaso que o e-commerceaté seis novas lojas com o mesmo formato - de vem conquistando espaço dentro do grupo. Entreprodutos específicos. 2010 e 2011 a participação das vendas onlineHoje, a rede tem quatro portais: Ricardo Eletro, saltou de 5% para 10% no faturamento total, deInsinuante, City Lar e Eletro Shopping, todos com aproximadamente R$ 7 bilhões. A expectativao ponto com no final. Nesses portais, diz Ribeiro, para este ano é chegar a 15%.haverá incremento com o lançamento de novos (Brasil Econômico – 24/02/2011)departamentos como instrumentos musicais esuplementos e vitaminas.Apesar de eletrônicos e eletrodomésticos serem
  9. 9. Shopping Center Varejo Fashion 27/02/2012 Móveis e Eletro Economia unidadeConstrução om de stinado à c Este info rmativo é de & , forma or alunos ex SuperarejoHiperda pMarcas, Próprias bre v interesse so Internacional empresas un cionários de essores e f nos, profMercado alu io de Varejo Sustentabilidade Reta il Lab , o laboratór Canal Farma as do Marketingrejo da ESPM. parceir Va Mix e Estudos de do Núcleo d Tecnologia :E-Commerce Coordenação or: Produzido p astore Pro f. Ricardo P rvoli Raphael Spa mo João do Car

×