METODOLOGIAS PARA ELABORAÇÃO DE        RESPOSTA TÉCNICA                                Sonia Maria Marques de Oliveira    ...
PROGRAMACONCEITOS DOS PRODUTOS SBRT DE ACORDO      COM AS INSTRUÇÕES DE TRABALHO1.RESPOSTA TÉCNICA (RT)2.RESPOSTA TÉCNICA ...
DEFINIÇÃO   O produto RESPOSTA TÉCNICAcaracteriza-se como um conjunto deinformações que resultam em soluções nãomuito comp...
INFORMAÇÃO E O PROCESSO PRODUTIVO  Processo (como fazer)                                 Embalagens              Ensaios  ...
INFORMAÇÃO E O PROCESSO PRODUTIVOTítulo: Rotulagem de grafiato,                Título: Processo de fabricação detextura e ...
INFORMAÇÃO E O PROCESSO PRODUTIVOTítulo: Primer para magnetos                 Título: Poder de limpeza deSolicitação: Gost...
INFORMAÇÃO E O PROCESSO PRODUTIVOTítulo: Tinta para sapatoSolicitação: Estouprecisando de tinta para                      ...
RESPOSTA TÉCNICAMelhorar o produto e seus processos de fabricação.    Título: Conservantes para pães    Solicitação: Qual ...
RESPOSTA TÉCNICADiversificar, incrementar ou dar início a produção/serviçoTítulo: Fábrica de gelo em escamasSolicitação: c...
RESPOSTA TÉCNICAAumentar eficiência  Título: Avaliação de carga de cavaco para queima em  caldeira.  Solicitação: como ava...
RESPOSTA TÉCNICAMinimizar custos   Título: Controle do vapor em linhas de envasamento   de cerveja   Solicitação: Como red...
RESPOSTA TÉCNICAAgregar valor/diferenciação reconhecida;  Título: Cookie vegetariano  Solicitação: Gostaria de fabricar co...
DESDOBRAMENTO DA DEMANDA•Situações em que uma solicitação apresentaquestões que poderão ser respondidas por maisde uma RTE...
OBSERVAÇÕES Indicação de um processo de fabricação contido em                    uma patente     O cliente precisa ser inf...
OBSERVAÇÕESReceitas“Receitas só se tornam escopo dos produtos SBRT quando  estas melhoram um processo produtivo já existen...
OBSERVAÇÕES                       Exemplo:Torta tropical de manga e gengibre (diz o que é manga e             o que gengib...
RESPOSTA TÉCNICA COMPLEMENTAR    Resposta Técnica Complementar (RTC) informa sobre   normalização, regulamentação, legisla...
RESPOSTA TÉCNICA COMPLEMENTAR Conceitos e testes que                                 Informação sobre aspoderão ser realiz...
INFORMAÇÃO E O PROCESSO PRODUTIVOTítulo: Calibração na vazão                      Título: Especificação normativa paravolu...
RESPOSTA TÉCNICA COMPLEMENTARInformação deve estar relacionada com a produção de                        um bem   Máquinas...
RESPOSTA TÉCNICA COMPLEMENTAR  INDICAÇÃO DE FORNECEDOR DE PRODUTO      ACABADO NÃO É ACEITO COMO RTCTítulo: Fornecedor de ...
Exemplos  Dúvida em relação se existe uma legislação paracomercialização no varejo e atacado de pescado congelado  à grane...
ExemplosLEGISLAÇÃO:    O cliente deve acessar e realizar a leitura do DECRETO Nº    30.691, DE 29 DE MARÇO DE 1952 que: Ap...
Exemplo: Como fazer diferenteO RISPOA (Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos deOrigem Animal) aprovad...
RESPOSTA TÉCNICA REFERENCIAL     Resposta onde será fornecido somente umesclarecimento ou uma orientação de como o cliente...
RESPOSTA TÉCNICA REFERENCIAL                               ExemplosInformações sobre o cultivo de bucha vegetal. (RT prévi...
RESPOSTA TÉCNICA PROATIVA (RTP)• obedecem os mesmos conceitos e critérios das  Respostas Técnicas (RT)• elaboradas a parti...
RESPOSTA TÉCNICA PROATIVA                 Respostas Técnicas Proativas (RTP)•   Identificação de temas relevantes ao desen...
RESPOSTA TÉCNICA PROATIVA                                      EXEMPLOS• Informações sobre produção de metal com estrutura...
NÃO É RESPOSTA TÉCNICA   fornecimento de informações para elaboração de trabalhos    estudantis   relação de dados para ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Metodologias para Elaboração de RT

691 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
691
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Metodologias para Elaboração de RT

  1. 1. METODOLOGIAS PARA ELABORAÇÃO DE RESPOSTA TÉCNICA Sonia Maria Marques de Oliveira Bento Gonçalves, RS Novembro, 2011 WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  2. 2. PROGRAMACONCEITOS DOS PRODUTOS SBRT DE ACORDO COM AS INSTRUÇÕES DE TRABALHO1.RESPOSTA TÉCNICA (RT)2.RESPOSTA TÉCNICA COMPLEMENTAR (RTC)3.RESPOSTA REFERENCIAL (RR)4.RESPOSTA TÉCNICA PROATIVA WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  3. 3. DEFINIÇÃO O produto RESPOSTA TÉCNICAcaracteriza-se como um conjunto deinformações que resultam em soluções nãomuito complexas, mas que atendam àsnecessidades dos demandantes, na formasimples, rápida e eficaz. WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  4. 4. INFORMAÇÃO E O PROCESSO PRODUTIVO Processo (como fazer) Embalagens Ensaios Estocagem de materialNormas técnicas e regulamentos Novos produtos Transporte Legislação Fornecedores Certificação Máquinas e equipamentos Patente Soluções para problemas técnicos operacionais nte: Portal das Tintas WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  5. 5. INFORMAÇÃO E O PROCESSO PRODUTIVOTítulo: Rotulagem de grafiato, Título: Processo de fabricação detextura e massa corrida tinta PVA e selador a base de águaSolicitação: Quais as Solicitação: Estou iniciando umainformações que devem empresa de fabricação de Tintasconstar em um rótulo de PVA e selador base água. Precisografiato, textura e massa de algumas dicas para o inicio dascorrida e quais a atividades. Se possível algumasnormas e lei a dicas de como iniciar o processoobedecer ? de fabricação deste tipo de produtos. nte: Portal das Tintas WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  6. 6. INFORMAÇÃO E O PROCESSO PRODUTIVOTítulo: Primer para magnetos Título: Poder de limpeza deSolicitação: Gostaria de solventes para equipamentos desaber informações decomposição sobre as tintas pinturaimantadas, alguns chamam Solicitação: Como é avaliado ode tintas mágicas. poder de limpeza de um solvente? O solvente em questão é utilizado para a limpeza de equipamentos de pintura. nte: Portal das Tintas WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  7. 7. INFORMAÇÃO E O PROCESSO PRODUTIVOTítulo: Tinta para sapatoSolicitação: Estouprecisando de tinta para Título: Destinação de resíduossapatos : solvente e base da construção civilágua para boa fixação Solicitação: Qual a destinaçãodos corantes. de acordo com a legislação de latas e papelão com resíduos de tinta? nte: Portal das Tintas WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  8. 8. RESPOSTA TÉCNICAMelhorar o produto e seus processos de fabricação. Título: Conservantes para pães Solicitação: Qual o produto que se coloca na massa de pão de hambúrguer para que o mesmo tenha uma durabilidade maior. A embalagem interfere na durabilidade, caso sim, qual a embalagem ideal?Garantir a competitividade de produtos; Título: Homologação de produto com GPS Solicitação: Tenho um projeto com rastreador GPS e gostaria de saber se esse equipamento tem a obrigatoriedade de homologação da Anatel. WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  9. 9. RESPOSTA TÉCNICADiversificar, incrementar ou dar início a produção/serviçoTítulo: Fábrica de gelo em escamasSolicitação: como montar uma fábrica de gelo emEscama.Maximizar a produçãoTítulo: Máquina para fabricação de almôndegasSolicitação: se existe uma máquina (equipamento)que possa fazer almôndegas em escala maior,substituindo a mão de obra sem ter que enrolá-lasmanualmente (utilizada em açougues, casa decarnes, etc.). WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  10. 10. RESPOSTA TÉCNICAAumentar eficiência Título: Avaliação de carga de cavaco para queima em caldeira. Solicitação: como avaliar uma carga de cavaco,utilizado em caldeiras,que procedimento deve se tomar.Minimizar custos Título: Lenha em produção de vapor Solicitação: Um estudo de consumo de lenha em metros por quantidade de vapor gerada em kg. WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  11. 11. RESPOSTA TÉCNICAMinimizar custos Título: Controle do vapor em linhas de envasamento de cerveja Solicitação: Como reduzir consumo de vapor em linhas de envasamento de cerveja, contendo pasteurizadores e lavadoras de garrafas?Atingir determinados padrões de qualidade; Título: Ficha técnica de tubetes para bobinas Solicitação: Quais os itens que devem constar numa ficha técnica de especificação do produto. Estamos elaborando fichas técnicas por clientes e temos dúvida de que itens são importantes. Os requisitos do cliente para embalagem, como pallet, tubetes a serem usados, etc também devem constar na Ficha Técnica? WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  12. 12. RESPOSTA TÉCNICAAgregar valor/diferenciação reconhecida; Título: Cookie vegetariano Solicitação: Gostaria de fabricar cookie vegetariano, sem adição de leite, ovos ou ovos com edulcorantes naturais e alto teor de fibra e baixas calorias. Gostaria de alguma formulação básica para começar a desenvolver o produto. Também preciso de saber a proporção de lecitina de soja para cada kg de farinha de trigo e como utilizá-la na massa do cookie.Modificar patamar tecnológico. Título: Sapatos elétricos Solicitação: Sapatos elétricos WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  13. 13. DESDOBRAMENTO DA DEMANDA•Situações em que uma solicitação apresentaquestões que poderão ser respondidas por maisde uma RTEx.: Gostaria de saber como se fabrica o sorvetesoft e sobre fabricação de pão de queijo.•Situação em que durante o refinamento surgiroutras questões que deverão ser acrescidas nasolicitação original pela instituição. Por ser originada do cliente ela não é considerada uma resposta técnica proativa. WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  14. 14. OBSERVAÇÕES Indicação de um processo de fabricação contido em uma patente O cliente precisa ser informado que o processo é patenteado e a sua utilização depende de um contrato de transferência de tecnologia.Ex.: Chaminé coletiva Indicação de patente (RTC)Ex.: Gostaria de saber se existe um suporte paramamadeira que segure-a para a criança.Existempatentes? WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  15. 15. OBSERVAÇÕESReceitas“Receitas só se tornam escopo dos produtos SBRT quando estas melhoram um processo produtivo já existente ou divulgam um produto que seja inovador no mercado, mas sobretudo, estas precisam se vincular a um incremento produtivo. (Observação será inserida na IT 04). WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  16. 16. OBSERVAÇÕES Exemplo:Torta tropical de manga e gengibre (diz o que é manga e o que gengibre e dá a receita). Receita de biscoito italiano (cantuccini) (diz o que é biscoito cantuccini e dá a receita) Cookie vegetariano (explica a proporção e função dos ingredientes e indica receita). Empanar salgados (explica o processo, comenta sobre os ingredientes e sugere uma mistura). WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  17. 17. RESPOSTA TÉCNICA COMPLEMENTAR Resposta Técnica Complementar (RTC) informa sobre normalização, regulamentação, legislação, fornecedores de produtos acabados e serviços especializados no auxílio do processo produtivo da empresa. “ação complementar aos conteúdos já existentes”•Quando a demanda significar incremento tecnológico relevantepara a atividade da empresa;•Quando for imprescindível um conhecimento técnico específico;•Quando a tecnologia está associada aos fornecedores WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  18. 18. RESPOSTA TÉCNICA COMPLEMENTAR Conceitos e testes que Informação sobre aspoderão ser realizados na regulamentações que estabelecem a análise sensorial em quantidade correta de leite em iogurte e similares um produto de base lácteaIndica informações sobrea fabricação de iogurte de umbu Informa sobre fabricação deiogurte e bebidas lácteas com aadição de frutas delicadas como uvas roxas Processo de fabricação de iogurte Fonte: Danone WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  19. 19. INFORMAÇÃO E O PROCESSO PRODUTIVOTítulo: Calibração na vazão Título: Especificação normativa paravolumétrica de tinta acrílica à base de solventesequipamentos. orgânicos.Solicitação: Estou com Solicitação: Sou fabricante de tintaproblema no medidor de acrílica, mas minha tinta está saindovazão. A quantidade de sem qualidade. Como posso melhorartinta que vai em cada galão o meu produto?não está sendo a mesma.Quem pode me ajudar. Título: Fornecedor de máquinas para fabricação de tintas automotivas Solicitação: Quero comprar maquinário completo para produção de tintas automotivas e industrias . nte: Portal das Tintas WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  20. 20. RESPOSTA TÉCNICA COMPLEMENTARInformação deve estar relacionada com a produção de um bem Máquinas e implementos necessários a inicialização de uma pequena empresa de farinha de peixe. Informações a respeito das tintas litográficas e ultravioleta e fornecedores. Informações sobre normas técnicas e laboratórios para ensaios físico-químicos em tijolos refratários. WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  21. 21. RESPOSTA TÉCNICA COMPLEMENTAR INDICAÇÃO DE FORNECEDOR DE PRODUTO ACABADO NÃO É ACEITO COMO RTCTítulo: Fornecedor de papel de paredeSolicitação: Gostaria de saber quais e onde possoencontrar fornecedores de papéis de parede nascidades de XXXX e XXX para decoração de quartos?Título: Fornecedor de palito de denteSolicitação: Gostaria de saber alguns fornecedores depalitos de dente na cidade de XXXXX. WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  22. 22. Exemplos Dúvida em relação se existe uma legislação paracomercialização no varejo e atacado de pescado congelado à granel. Especificamente dentro desta legislação se o entreposto de pescado é autorizado a comercializar o produto à granel? Comentário sobre a RT – indicação da legislação WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  23. 23. ExemplosLEGISLAÇÃO: O cliente deve acessar e realizar a leitura do DECRETO Nº 30.691, DE 29 DE MARÇO DE 1952 que: Aprova o novo Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal. Onde irá encontrar a legislação sobre comercialização de pescado congelado, assim como as normas e registros necessários. Acesso através do seguinte atalho: <http://extranet.agricultura.gov.br/sislegisconsulta/consult arLegislacao.do?operacao=visualizar &id=14974 >. WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  24. 24. Exemplo: Como fazer diferenteO RISPOA (Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos deOrigem Animal) aprovado no Decreto nº 30.691 de 29 de março de 1952 erevisado em 2008, é o instrumento que classifica os estabelecimentosdestinados ao pescado e seus derivados. Este regulamento defineentreposto de pescado e derivados e entreposto frigorífico de pescado.Entreposto de Pescado e Derivados ”é o estabelecimento dotado dedependências, instalações e equipamentos adequados ao recebimento,lavagem, manipulação, fracionamento, acondicionamento, frigorificação,estocagem, distribuição ou comercialização do pescado ederivados,dispondo ou não de instalações para o aproveitamento deprodutos não comestíveis.”Entreposto Frigorífico de Pescado “é o estabelecimento dotado dedependências, instalações, equipamentos adequados ao recebimento,conservação e distribuição de produtos de origem animal pelo emprego defrio industrial. Podem ser estocados produtos que não necessitem deconservação pelo frio, desde que em instalações adequadas”.A legislação deixa claro que os entrepostos de pescado estão autorizados acomercializar o produto, não apresentando qualquer diferenciação entreatacado e varejo. No entanto, a mesma proíbe o transporte de pescadofresco ou congelado a granel, à exceção daquelas espécies de grandetamanho.Sugere-se que seja observada as determinações da ANVISA (AgênciaNacional de Vigilância Sanitária, 2009) sobre a comercialização de pescadocongelado. WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  25. 25. RESPOSTA TÉCNICA REFERENCIAL Resposta onde será fornecido somente umesclarecimento ou uma orientação de como o cliente poderá obter a informação solicitada, seja via Resposta Prévia, Consultoria Tecnológica ou Apoio a Gestão, indicando a instituição onde ele poderá receber o atendimento. WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  26. 26. RESPOSTA TÉCNICA REFERENCIAL ExemplosInformações sobre o cultivo de bucha vegetal. (RT prévia)Gostaria de saber quais os procedimentos adotados para a compra depeças automotivas automóveis, compradas em São Paulo para MatoGrosso do Sul, pois existe uma diferença de alíquota de ICMS (Forade escopo)Gostaria de obter informações da fabricação da enzima obtida dafermentação do melaço da cana-de-açúcar, utilizada para cementaçãointergrãos de solo fino, para fins de construção da base parapavimentação, além de outras aplicações. (desenvolvimento deproduto – alta complexidade)Gostaria que me informassem possíveis métodos/equipamentos paraa separação da semente de uva das películas após serem usadas nasetapas de vinificação, isto é, eu necessito obter as sementesseparadas das películas depois de passarem na indústria do vinho.(alta complexidade, equipamento está sendo desenvolvido) WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  27. 27. RESPOSTA TÉCNICA PROATIVA (RTP)• obedecem os mesmos conceitos e critérios das Respostas Técnicas (RT)• elaboradas a partir da identificação de temas relevantes às Micro e Pequenas Empresas – MPE e ainda• assuntos ou temas ainda não presentes no banco do conhecimento WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  28. 28. RESPOSTA TÉCNICA PROATIVA Respostas Técnicas Proativas (RTP)• Identificação de temas relevantes ao desenvolvimento das MPE, propostos pelas instituições do SBRT;• Identificação de tecnologias de ponta e tendências tecnológicas aplicáveis à realidade das MPE.• Captação de temas em fóruns voltados às MPE, publicações especializadas e outros;• Antecipação de demandas aplicáveis à realidade das MPE;• Percepção de lacunas no banco de conhecimento WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  29. 29. RESPOSTA TÉCNICA PROATIVA EXEMPLOS• Informações sobre produção de metal com estrutura amorfa, denominado vidro metálico, as características dessa liga e aplicações industriais.• Descreve sistemas para impressão do código Braille em embalagens deprodutos a fim de permitir a leitura por pessoas portadoras de deficiência visual.• Informações sobre a utilização das casca de banana como adsorvente demetais pesados em efluentes contaminados. WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011
  30. 30. NÃO É RESPOSTA TÉCNICA fornecimento de informações para elaboração de trabalhos estudantis relação de dados para composição de análises estatísticas de dados e serviços de consultoria cópias de documentos listagem de livros e artigos sobre o assunto de interesse relação de fontes de consulta e indicações referenciais com nomes de pessoas e instituições a serem consultadas fornecimento de informações para abertura de negócios, para a realização de estudos de viabilidade técnico-econômica e estudos de mercado WORKSHOP SBRT, 7.º, Bento Gonçalves RS, 23 – 25 novembro 2011

×