SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 88
Baixar para ler offline
VAREJO2.0
Vender ésocial!Estamos naera dasredes sociaise
ovarejo precisa sabernavegarnesseconceito
DEFININDOOESTUDO
ANTESDETUDO:OQUEÉOVAREJO?
b2b
b2b b2b
b2a
b2b
b2c
c2c
c2a
Governo
B2C
GOODIES
& SERVICES
Fornecedores Fábricas Atacadista Varejista Consumidor
Como tudo
começou
VAREJO 0.0
Há5.000milanos,esseeraomodelo
maisavançadodecomércio!
OESCAMBO
OINÍCIODETUDO!
A primeira forma de varejo que se tem notícia no Brasil foi
entreportugueseseíndios.
OEXTRATIVISMO
OBUSINESSDAÉPOCA
Uma nau chegava a levar 150 toneladas de pau-brasil nessa
época!
PRIMÓRDIOS
FAZEMOSOSMELHORES NEGÓCIOS!
Comopassardotempo,ocomérciobrasileiro evoluiude
formamaisestruturada, masaindafocadonaimportaçãoe
exportação.
Importaçãodeescravos
Exportaçãodeaçúcar
LÓGICADOMERCADO
APESARDOS“PRODUTOS”,AMESMALÓGICA
Apósaindependência eabolição daescravatura,em1920,
SãoPauloépólodeurbanização eprogresso.
203.729operários
3.629estabelecimentos
AMODERNIDADE
AVANÇOSDEMERCADO!
Osnúmerosimpressionavam!
Eocomérciocomeçaasesofisticar!
Vocênãoprecisamaisfazerpãoemcasa!
Podecomprarelevarcomvocê!
COMÉRCIOMODERNO
PRONTAENTREGA!
Evocêachaqueodeliverydemorouparasurgir?
Afábricaiaatévocê!
DELIVERY
OFUTUROCHEGOU ANTES
Maissugestivoimpossível.
OnomedoprimeiromercadoeraSIRVA-SE.
Eraoself-service.(Em1912naCalifórnia)
NoBrasil,chegouapenasem1953.
Vejabem,41anosdepois!
MAISINOVAÇÃO
HELPYOURSELF!
Eufalo,euconvenço,
euprometo.
Desdeoinício,ovarejo
jásabiaqueprecisava
secomunicarcomesse
shopper.
PUBLISHED content
COMUNICAÇÃOVERTICAL
OVAREJOTEMAVOZ!
CAMINHOSDECOMPRA0.0
COMOFUNCIONAOVAREJO0.0?
Até1990vivemosesse modelo...
Quasedoismilanosde0.0!
Muda a tecnologia
VAREJO 1.0
DOYOUKNOW?
AERADOE-COMMERCE
Umagrandemudança, masaindalimitada às
possibilidadescomerciais.
E-commerce!
Advertising?Spam!
Banners!
Pop-Ups!
SHOWMETHEMONEY
NOVOSCANAISDECONTATO
Arevoluçãodocanaldecompra.Masaindanãoda
experiênciadecompracomoumtodo.
UMAPRIMEIRAMUDANÇA
MASAINDATÍMIDA...
VAREJO
Reduçãodecustos
(atendimento,sistemas,interfaces,...)
CONSUMIDOR
Preços+Atrativos
Mercado
Aceleraçãodoconsumo
OUTRASTRANSFORMAÇÕES
OCOMPRADOR1.0!
• Podetirardúvidasmaisrápido
• Émaisimpaciente
• Procuraequerdinamismo epraticidade
• Sente-semaisseguroaoseexpornaweb
• Encontrapossibilidade demobilizar suarede
CONTINUAOMONÓLOGO
MAISCANAIS.UMASÓVOZ.
Ovarejocontinua construindo umarelaçãohierárquica
esecomunicadamesmaforma.
PUBLISHED content
CAMINHODECOMPRA1.0
OQUEMUDOUNOVAREJO?
Poucosusuárioslendo
reviewsnainternet...
ecomentandosuas
compras.
Muda o meio.
Nãofoinecessárioesperarmais5milanosparauma
novatransformação!Avelocidadefoibrutal!
+WEB2.0
ODOMÍNIO2.0
CRESCIMENTO DASMÍDIAS SOCIAIS
TEMPOPARAATINGIR50MILHÕESDEUSUÁRIOS
38anos
13anos
4anos
3anos
9meses
Brasil
72.0
198.7
Japão
99.1
126.8
Alemanha
65.1
82.3
Reino
Unido
51.4
62.3
EUA
234.4
307.2
França
44.6
64.8
População
Milhões
de
pessoas
Relação entre População e Usuários de internet
NÚMEROSDAINTERNET
Usuários de internet
36%DOSBRASILEIROS NÃO SÂO
USUÁRIOSDEINTERNET
31%DOSPONTOS DEINTERNET
SÃODEBAIXAVELOCIDADE
POTENCIAL DECRESCIMENTO!
¹
¹ Internet World Stats. Dados de agosto de 2010. ² Nielsen . Dados de abril de 2011.
²
COMEÇAM AINTERAGIR SOCIALMENTE...
86%
23H51
51%
•Há5milhõesdeinternautasnoBrasilcom
idadeentre6e14anos
3acessamoOrkut,1acessaoFacebookemenosde1acessaoTwitter
De cada 4 internautas brasileiros
DOS BRASILEIROS conectados
acessam redes sociais. Na Itália,
segundo lugar, são 77% ¹
POR MÊS é o tempo que os
brasileiros passam na internet,
4h a mais que os americanos ²
DAS PESSOAS que acessam
a internet no Brasil são das
classes C, D e E ¹
•Esseusuáriospassam60%dotempo
onlineemredessociais
•Umemcadaquatrodessesjovens
acessamsitesdelojasdevarejo
Esse perfil de consumidor
terá em breve uma maior
fonte de renda
e certamente será um
novo tipo de shopper!
¹ Nielsen. Dados de abril de 2010.
² IAB Brasil. Dados de 2008.
³ ComScore. Dados de outubro de 2010.
³
³
ECOMEÇAM ACOMPRAR SOCIALMENTE!
APLICATIVOSQUE
SOCIALIZAMA
EXPERIÊNCIADE
COMPRA
DESMARTPHONESDIZEM
UTILIZÁ-LOSEMSUAS
COMPRAS
45%
DOS
USUÁRIOS
¹ Nielsen. Dados de abril de 2009. ² WSJ. Dados de 2010..
¹
²
DASPESSOASDIZEM CONFIAR
EMOPINIÕESDEPESSOASQUE
CONHECE
90%
DASPESSOASDIZEM CONFIAR
EMANÚNCIOSDETELEVISÃO.
60%
AWEB2.0ÉUMAHISTÓRIACOLETIVA!
OACESSO
ODIÁLOGO
OLIMITE
OENCONTRO
OCOMPORTAMENTO
OCONSUMO
democratiza
derruba
estimula
permite
transforma
modifica
SURGEUMNOVOCOMPRADOR.
MAISPODER.MAISESPAÇO.MAISVOZ.
Muda o
comprador
ATITUDEB2N
SHOPPERPOWER
UMNOVOCONSUMIDOR.
UMNOVOCOMPRADOR.
Editor!
Agente da marca!
Possui público!
Acessa a informação!
Compartilha!
UMNOVOCONSUMIDOR.
UMNOVOCOMPRADOR.
Editor!
Agente da marca!
Possui público!
Acessa a informação!
Compartilha!
FORMAOPINIÃO
DIVULGA
TEMALCANCE
INFOCAOS
PROMOVE
audiência
ação
influência
audiência
ação
influência
O usuário médio no Facebook tem 130 amigos
Mais de 30 bilhões de itens (links, notícias, posts, notas,
fotos, etc) são compartilhados a cada mês no Facebook.
80 dos Top 100 sites da comStore’s EUA e metade dos Top 100
sites globais da comScore’s são integrados com o Facebook.
Facebook. Dados de maio de 2011.
audiência
ação
influência
O Twitter recebe mais de 300 mil novos usuários a cada dia.
Mais de 95 milhões de tweets são escritos por dia.
A ferramenta de busca do Twitter realiza 600 milhões de
buscas por dia.
Twitter. Dados de 2010.
audiência
ação
influência
YouTube teve mais de 70 bilhões de reproduções em 2010!
Mais vídeos foram enviados ao YouTube em 60 dias do que
as 3 principais emissoras dos EUA produziram em 60 anos.
Um tweet compartilhado automaticamente resulta em
aproximadamente seis novas sessões do YouTube.com
Youtube. Dados de 2010.
audiência
ação
influência
77% dos usuários de internet leem blogs.
Existem atualmente 133 milhões de blogs listados no
diretório principal blog Technorati.
Blogueiros usam em média cinco diferentes sites sociais para
direcionar o tráfego para seu blog.
Technorati. Dados de 2009.
AWEB2.0DÁOMEIO.
OSHOPPERPRODUZ.
Muda a compra
VAREJO2.0
INTENÇÃO
DECOMPRA
MOBILIZAÇÃO
PUBLICIDADE
0.0
1.0
2.0
TV aberta
impresso
rádio
Ovarejo0.0falavaassimcomoshopper:
Ovarejo1.0continuousecomunicandocom
ferramentasdepublicidade...Masosusuárioscomeçam
atervoz.
INTENÇÃO
DECOMPRA
MOBILIZAÇÃO
PUBLICIDADE
0.0
1.0
2.0
TV aberta
impresso
rádio
TV a
cabo
sites
portais
TV aberta
impresso
rádio
INTENÇÃO
DECOMPRA
MOBILIZAÇÃO
PUBLICIDADE
0.0
1.0
2.0
TV a
cabo
sites
portais
Internet TV
VoD
branded
entertainement
redes sociais
busca
comunidades
games
podcasts
celular
aplicativos
de marca
boca a boca
blogs
opinion sites
virtual media
Ovarejo2.0precisaconversarcomesseshopper,
instantaneamente,emtodososcanais:
Emtodasasetapasdecompraexisteconversa,
diálogoeinformação.
COMPRA
EM REDE
DESEJO
EM REDE
SATISFAÇÃO
EM REDE
SATISFAÇÃO
EM REDE
E O VAREJO PODE
(e deve) PARTICIPAR DE
TODAS AS ETAPAS!
B2N!
BUSINESSTONETWORK
É o começo do
Éumanovarelaçãodasmarcascomovarejo.
Éumanovarelaçãodoshoppercomovarejo.
CANAL ÚNICO MULTI CANAIS CROSS CANAIS RDV
Consumidores
vivenciam um tipo de
ponto de contato
Varejistas têm um
único ponto de
contato
Consumidores veem
múltiplos pontos de
contato atuando
independentemente
Conhecimento e
operações dos canais
pelos varejistas são
técnicos e funcionais
Consumidores veem
múltiplos pontos de
contato como parte de
uma mesma marca
Varejistas têm uma visão
única do consumidor,
mas operam de forma
funcional
Consumidores
vivenciam a marca, não
um canal dentro da
marca
Varejistas fortalecem a
visão única do
consumidor de maneira
coordenada e sinérgica
RDV
REDEDEVENDA
Surge a
ATITUDEB2N
#beingpopular
DESEJO
É o começo de tudo. Como vou acionar meu shopper se ele não sabe onde
estou?
Participar das redes sociais e divulgar brand groups, twitter accounts, etc.
Captar seguidores formadores de opinião: connectors!
Disponibilizar conteúdo relevante do ponto de vista do shopper.
Produtos devem ser estrategicamente posicionados na gôndola do PDV e
também na web.
Estratégia Digital
Starbucks
Utilizando ferramentas de
colaboração, a starbucks reverteu
um quadro ruim nos negócios e
tornou-se referência em
relacionamento digital com o
consumidor.
Burberry The Art of
Trench
Utilizando ferramentas digitais de
comunicação, a Burberry criou
um espaço onde sua peça mais
conhecida e antiga é o grande
destaque.
Walmart
O Walmart está entrei as maiores
redes de varejo do mundo, e
apesar da sua tradicionalidade,
decidiu montar uma estratégia
global de inserção nas redes
sociais.
IT’SABOUT
ANTES DE QUALQUER ATIVIDADE NA REDE, SEJA BUSCAR O
ENGAJAMENTO, A PROMOÇÃO OU QUALQUER OUTRO OBJETIVO, A
EMPRESAPRECISAPRIMEIROSERCONHECIDA.
#promo
DESEJO
É uma consequência de #beingpopular
Utilizar ferramentas promocionais para gerar tráfico, buzz e viralizar o
produto nas redes sociais.
Importante: o foco não é para todo mundo, mas para o público-alvo.
Não basta apenas estar presente, é necessário também conhecer o seu
shopper e conquistar relevância.
Campanha 7 Eleven
e Zynga
Ciente do grande apelo que os
social games têm, a 7-Eleven
conseguiu tirar o jogo das telas
dos computadores e criar uma
extensão deles dentro de suas
lojas.
Ikea Facebook
Showroom
Com criatividade e utilizando
apenas funções já existentes
gratuitamente, a empresa causou
um buzz e conseguiu chegar ao
seu objetivo de divulgar
amplamente seu catálogo.
Twittão Abreu
Imoveis
A Abreu Imóveis mostrou ser
realmente uma empresa aberta à
inovação. Utilizando apenas uma
ferramenta gratuita, conseguiu
negociar R$ 13 milhões de reais
em doze horas.
IT’SABOUT
PROMO É O JÁ CONHECIDO APELIDO DE PROMOÇÃO. CONTINUA SENDO A
MESMA FERRAMENTA QUE SUA EMPRESA CONHECE, O QUE MUDA SÃO AS
OPORTUNIDADES EODESEJO DOCONSUMIDOR PORINOVAÇÃO.
#payless
DESEJO
Empresas que usam Dealsites e Location Based Apps para interagir com o
shopper e converter vendas por email de promoções relâmpagos (%off).
Varejistas agora têm a oportunidade de falar com o consumidor quando ele
planeja uma compra, entra na loja ou comenta algo sobre o produto.
Somado a isso, o próprio shopper está se organizando na rede para pagar
menos. Divulgando mercados com preços mais baratos, dividindo
oportunidades entre si.
IT’SABOUT
UM DOS GRANDES MOVIMENTOS QUE VIMOS NA WEB 2.0 FOI A
MOBILIZAÇÃO DA COMUNIDADE, O SENSO DE UNIÃO GANHANDO ESPAÇO
EMFUNÇÃODACONECTIVIDADE. OMOVIMENTO DEPAGARMENOS.
Mainichi Tokubai
O site dinfundiu-se rapidamente,
conseguiu grande adesão e
tornou-se uma ferramenta muito
útil aos japones na hora de
realizarem suas compras.
Gap Gropoun
Deals
A rede de varejo de roupas Gap
desenvolveu em parceria com o
site de compras coletivas
Groupon uma ação que culminou
na venda de 445 mil coupons de
compras.
Woot E-commerce
O site de compras coletivas que
coloca a venda produtos de
forncedores que estão parados
em grandes estoques.
#customermade
DESEJO
Não dá para falar de 2.0 apenas no ambiente digital.
Estamos falando do mix de ambiente digital + físico.
Integração de tecnologias, a qualquer momento o shopper divide com sua
rede o que está fazendo, o que está comprando ou para onde está indo .
O digital agregando valor à imagem do varejo.
IT’SABOUT
CO-CREATION É CRIAR SOLUÇÕES JUNTO COM SEU PÚBLICO-ALVO. O
OBJETIVO FINAL É DE QUALIDADE DE IDÉIAS MAIS DO QUE DE
QUANTIDADEDEIDÉIAS.
Dell Idea Storm
Através de uma ferramenta de
colaboração, a Dell abriu um
canal de conversa com seus
clientes para receber novas ideias
e sugestões ao negócio da
empresa.
Battle of Concepts
Empresas divulgam seus
problemas e desafios na
plataforma online do Battle of
Concepts na qual jovens
estudantes enviam suas soluções
e competem por prêmios.
My Starbucks Idea
Desde 2008, o My Starbucks Ideas
recebeu mais de 80 mil
sugestões, com mais de 180 mil
usuários contribuindo com
milhares de votos e comentários
para a implantação de 50 delas.
#digitaleverywhere
COMPRA
O nome fala por si só.
Criar junto com o consumidor. Fazê-lo parte da história do produto.
É a forma mais simples e real de fazê-lo se sentir parte da história da marca.
Relacionamento: embaixador vs. vilão.
IT’SABOUT
A WEB 2.0 NÃO PRECISA SER SÓ UMA FERRAMENTA, PODE SER MUITO
MAIS. ESTAMOS FALANDO DA WEB 2.0 COMO PARTE INTEGRANTE DO
PROCESSO DECOMPRA EFORMADOR DEIMAGEMDAMARCA.
Walt Disney Parks
and Resorts
A Dinesy solicitou fotos e vídeos de
momentos especiais das pessoas nos
parques por meio de YouTube, Facebook,
MySpace e DisneyParks.com/Memories.
Essas boas lembranças de famíliaforam
incorporados aos parques temáticos
Neuvo Watches
A marca de relógios Neuvo
Watches desenvolveu um
aplicativo para ique permite aos
usuários simularem a
experimentação de modelos
através da camera de vídeo..
Diesel CAM
Depois de vestir peças da grife, o
cliente se logava no Facebook,
tirava fotos de si mesmo, fazia
pequenos ajustes nas imagens,
adicionava comentários e enviava
o resultado para a rede social
#socialshopper
COMPRA
Quem quer comprar, conta.
Quem está comprando, conta.
Quem já comprou, conta.
O social shopper é um dos, se não, o maior influenciador da rede.
É sobre confiança. Trust!
IT’SABOUT
NÃO SE LIMITA APENAS À COMPRA DE PRODUTOS, MAS A SOLUÇÕES
ONDE A REDE DE CONTATOS PODE INFLUENCIAR O PROCESSO DE
DECISÃODECOMPRA.
Levi’s Friends
Store
Em abril de 2010, poucos dias
após o Facebook lançar o botão
“Like” , a Levi’s incorporou o
recurso a todos os produtos de
sua loja online e possibilitou uma
nova maneira de interatividade.
ByMK Fashion
Social Network
Como em uma brincadeira de
troca de roupa de bonecas, os
usuários da rede podem se
cadastrar gratuitamente para
criar seus próprios looks.
Oferece aos consumidores uma
plataforma para manter contato
com seus amigos e outros que
desejem compartilhar
recomendações de produtos ou
compras.
Shopsocial.ly
#nofrontiers
COMPRA
Compras e vendas sem barreiras físicas de acesso.
Consumo migrando via internet para outros mercados.
Varejistas que atendem consumidores em diferentes países.
Atendimento online.
O fim das fronteiras para a negociação.
IT’SABOUT
NO FRONTIERS NÃO SE RESUME A POSSIBILIDADE DO SHOPPER
COMPRAR EM QUALQUER LUGAR, MAS TAMBÉM DA POSSIBILIDADE DA
CONCORRÊNCIA CHEGAR MAISPERTO.
Asos.COM
Fundada em 2000, a Asos.com é a
maior varejista online de moda e
beleza do Reino Unido,
oferecendo cerca de 2.000 novos
produtos semanalmente.
DealExtreme
O DealExtreme é uma loja online,
sediada em Hong Kong, que
vende produtos eletrônicos e
gadgets para todo o mundo com
frete grátis.
Netshoes
A NetShoes é uma empresa
brasileira de comércio eletrônico
voltada para artigos de esporte e
lazer , está no ar desde 2000 e
possui parceria com as principais
marcas esportivas do mundo.
#shopmob
COMPRA
Ajudar o “crowd” a se formar em torno de um objetivo.
Se tornar parte da multidão com um papel claro e transparente.
Ajudar as pessoas a participarem e a criarem sentido no que compram e consomem.
IT’SABOUT
É SOBRE AS PESSOAS SE JUNTAREM E SE ORGANIZAREM PARA
CHEGAREM A UMA COMPRA. É CROWDFUNDING, CROWDSOURCING,
CROWDEVERYTHING.
Ebay Group Gifts
o Group Gifts, em que usam o
princípio de crowdfunding (pessoas
se juntando para financiar algo)
associado à multidão para ajudar
seus clientes a organizarem uma
“vaquinha”
Threadless
A Threadless se diz uma empresa
nascida do crowdsourcing, com
artistas enviando suas criações para o
site, que disponibiliza para a rede
votar em quais que gostaria de
comprar
#openconversation
SATISFAÇÃO
A possibilidade de manter um relacionamento próximo do shopper.
É sobre criar um canal de comunicação ágill e transparente.
As relações estabelecidas em igualdade, sem hierarquias.
A marca ganha embaixadores.
IT’SABOUT
O MAIS IMPORTANTE NO MUNDO DO VAREJO 2.0 É SER TRANSPARENTE.
ESTAMOS FALANDO DA GRANDE OPORTUNIDADE DE INTERAÇÃO COM O
CONSUMIDOR FINAL.
Alice Disse
A interação altamente pessoal da
proprietária de uma pequena
rede de varejo de acessórios
femininos rendeu ao perfil da
empresa no Twitter o número de
22.000 seguidores.
Economizator
Ponto Frio
Além de praticar atendimento via
twitter, a rede de varejos possuí
um aplicativo no Facebook, o
Economizator, que gera
descontos dos produtos do site
para fãs da página na rede.
Need help?
A rede de varejos americana
desenvolveu uma ação no Twitter
chama TwelpForce, na qual os
próprios funcionários da empresa
passaram a responder a dúvidoas
dos clientes via Twitter.
#retailtainment
SATISFAÇÃO
O mundo digital faz parte da experiência de compra.
É sobre varejos que usam o digital não somente em seu espaço físico, mas
que também agregaram ferramentas para criar uma experiência de compra
única.
O 2.0 não pode ser só uma ferramenta de diálogo.
IT’SABOUT
NOS MOVIMENTOS MAIS MADUROS DE USO DA WEB VEMOS COMO MARCAS
SE APROPRIAM DO AMBIENTE DIGITAL COMO PARTE INTEGRANTE DA
EXPERIÊNCIADECOMPRA.
KLM
Observando o quão tedioso era o
tempo passado no aeroporto, a
companhia decidiu usar as redes
sociais para transformar a
insatisfação de seus passageiros
em um momento de alegria.
Speedsale.se
O site Speedsale possui uma
proposta inusitada de compra. O
varejista online propõe uma
espécie de jogo com o
consumidor e disponibiliza
ofertas por apenas 4 segundos.
Chevrolet Thai
Test Drive game
Percebendo o baixo número de
pessoas que visitando as lojas da
Thailândia para conhecerem os
lançamentos , a Chevrolet
desenvolveu uma ação interativa
com ampla divulgação na web.
#itstrending
SATISFAÇÃO
Melhor entendimento do comportamento do consumidor, do SHOPPER.
Como se comportam, o que gostam, o que falam sobre. Como se relacionam
com as empresas de varejo.
Usar essas informações de comportamento para um melhor diagnóstico de
mix de produtos.
Em caso de ações pontuais, possibilidade de diagnóstico realtime.
IT’SABOUT
A RIQUEZA DAS INFORMAÇÕES DISPONIBILIZADAS PELA REDE DE
SHOPPERS PERMITE QUE QUALQUER EMPRESA TENHA ACESSO A
INFORMAÇÕES VALIOSAS.
DELL Social Media
Command Center
A Dell inova no segmento
varejista com excelente iniciativa
para fazer bom uso das
informações disponíveis nas
redes sociais montando uma
equipe de trabalho na rede.
EAGORA,VAREJO?
ROIEMMÍDIASSOCIAIS?SIM,ÉPOSSÍVEL!
PLANO
DE
AÇÃO:
Jornada
de
compra
do
Shopper
DESEJO
COMPRA
SATISFAÇÃO
Objetivos do Negócio
Estratégia Investimento e
ações
Métricas de
Marketing
Quantitativas
/ Qualitativas
Estratégia Investimento e
ações
Métricas de
Conversão
Financeira
Estratégia Investimento e
ações
Métricas de
Construção
Imagem e
Relacionamento
ROI:
Return
on
Investiment
Conversão em Vendas
Meça
resultados
Coloqueem
prática
Planeje
GUIAPRÁTICO:PASSOAPASSO
1) Determine seus objetivos.
2) Determine seu público alvo.
3) Inclua no time pessoas apaixonados
por 2.0.
Escute
Pense
Meça
resultados
Coloqueem
prática
Planeje
GUIAPRÁTICO:PASSOAPASSO
Escute
Pense
4) Pesquise o comportamento desse público.
5) Ouça seus funcionários.
6) Defina o(s) target(s) e sua comunidade .
Meça
resultados
Coloqueem
prática
Planeje
GUIAPRÁTICO:PASSOAPASSO
Escute
Pense
7) Mapeie a tecnologia disponível em sua empresa.
8) Defina as ferramentas que irá usar assim como
uma missão clara para cada iniciativa.
9) Defina uma persona digital.
10) Crie um contexto para seu(s) público(s)-alvo .
11) Peça que definam um programa editorial.
12) Defina processos e timings: governança.
13) Escolha os parceiros que irão contribuir para
colocar em prática.
14) Crie uma política clara de atuação nas redes
socias.
15)Registre adequadamente a etapa planejamento.
Meça
resultados
Coloqueem
prática
Planeje
GUIAPRÁTICO:PASSOAPASSO
Escute
Pense
16) Fortalezas de conduta
16.1 Seja visto.
16.2 Produza conteúdo relevante.
16.3 Faça parceiros de jornada, não clientes.
16.4 Divulgue informação, conhecimento e boas práticas.
16.5 Orquestre os canais.
16.6 Troque figurinhas e presenteie seus parceiros mais fiéis.
16.7 Seja transparente e verdadeiro.
16.8 Sempre que estiver ao seu alcance, resolva.
Meça
resultados
Coloqueem
prática
Planeje
GUIAPRÁTICO:PASSOAPASSO
Escute
Pense
17) Defina aonde quer chegar.
18) Acompanhe a evolução.
19) Faça uma lista de “Se” e acompanhe planos de Ação.
20) Divulgue informação, conhecimento e boas práticas.
ONDEESTAMOSCOMOVAREJO2.0NOBRASIL
Iniciativastímidasemcomparaçãocomomundo
Estamosnoiníciodasatividades2.0
CRESCIMENTO
nomercadobrasileiro
Potencialde
FASTFOWARD:RUMOAO3.0
Mobile,mobile,mobile!
Internetofthings
&Websemântca
Onipresençadigital
&
Longoalcance
Eagora, Varejo?
Aweb2.0ésocial! OVarejoésocial!
Abasedeambos éRELACIONAMENTO!
Construir relações também virtualmente éuma
reafirmação daessência dovarejo!
Éahoradeuniressesmundos!
terraforum@terraforum.com.br
VAREJO2.0
Vender ésocial!Estamos naera dasredes sociaise
ovarejo precisa sabernavegarnesseconceito
Éahoradeuniresses
mundos!
Obrigado!
Slide 2: http://www.iconfinder.com/icondetails/45351/128/factory_house_industry_manufacturer_production_icon
http://www.iconfinder.com/icondetails/44866/128/factory_industry_manufacturer_production_icon http://www.iconfinder.com/icondetails/61473/128/shop_store_icon
Slide 3: htpp://farm6.static.flickr.com/5089/5235062412_4d57bd6caa_o.jpg
Slide 5: http://4.bp.blogspot.com/_MqXnkPyrE_4/Sgxn5iWXmAI/AAAAAAAAAAM/BxEu9DR5xNA/s1600-R/Fifties-Housewife.jpg
Slide 6: http://www.keywordpicture.com/keyword/escambo/
Slide 7: htpp://www.blog.educacional.com.br
Slide 8: htpp://www.joaquimevonio.com http://www.upenter.com.br/blogs/timbunet/?tag=moeda
Slide 9: http://4.bp.blogspot.com/_MNjvTyDyXgc/TMX_3zmu8dI/AAAAAAAABPY/F7WYqohziRY/s1600/escravos.jpg http://portalalone.terra.com.br/blogmiojo/wp-content/uploads/2009/01/sugar.jpg
Slide 10: http://1.bp.blogspot.com/_eYPMRWWTn5E/SQjNo2x3BwI/AAAAAAAAAYM/P3RtsnWh304/s1600-h/1920-Largo+e+Rua+de+S%C3%A3o+Bento.jpg
Slide 11: http://www.agathoune.com/wp-content/uploads/2009/03/erwitt-provence1955-extract.jpg
Slide 13: http://www.flickr.com/photos/castlekay/3293804204/lightbox/
Slide 17: http://www.gettyimages.pt/detail/107226151/Photographers-Choice-RF
Slide 19: http://www.gettyimages.pt/detail/99276770/Tetra-images
Slide 21: http://www.prosperaweb.com.br/e-commerce/seguranca-no-e-commerce http://www.gettyimages.pt/detail/dtc053/Photodisc http://electronplumber.com/how-to-get-rid-of-popups-and-adware-and-
prevent-them-from-returning/ http://www.srelease.com/banner-ads-profit-secrets
Slide 22: http://boadecisao.com/wp-content/uploads/2010/12/cut-cost-save-money.jpg
Slide 23: http://ekom.com.br/blog/wp-content/uploads/2010/09/forum-do-ecommerce.jpg
Slide 26: http://venusvision.com/wp-content/uploads/2010/03/future-past-present-sign.jpg
Slide 28: http://dsc.discovery.com/technology/tech-10/high-speed-trains/10-high-speed-trains.html
Slide 29: http://www.coworkers.com.br/social-commerce-e-o-poder-dos-consumidores/
Slide 33: http://www.openclipart.org/people/entropy_eater/hand_phone.svg http://www.apple.com/br/itunes/ http://www.android.com/
Slide 34: http://www.iconfinder.com/search/?q=iconset%3Acolorstroked http://www.charlesheflin.com/for-the-wavering-value-of-the-buck-%E2%80%93-pay-with-a-tweet
Slide 35: http://georgieflower.files.wordpress.com/2011/02/elderly-people-on-computer.jpg
Slide 36 http://www.dragonblogger.com/social-media-basics-remember/
Slide 37: http://www.independent.co.uk/news/world/americas/change-has-come-says-presidentelect-obama-992930.html?action=Gallery&ino=26
Slide 39: http://lh5.ggpht.com/_gGMZylLc9YA/TVE88RVGtBI/AAAAAAAACsc/jE75AdnLOh8/s1600-h/e_commerce%5B5%5D.jpg
Slide 41: http://www.mkt20.com.br/blog/wp-content/uploads/2011/04/SocialCommerce-300x298.jpg
Slide 49: http://3.bp.blogspot.com/_xI9kNGo4TY8/TQbKXXI5KiI/AAAAAAAAAPw/X-9bgnCfCdU/s1600/change-management1.jpg
Slide 50: http://alexalvesteixeira.com.br/wp-content/uploads/2010/12/SocialNetworking.jpg
Slide 54: http://www.iconfinder.com/icondetails/18147/128/computer_monitor_pc_screen_icon http://www.iconfinder.com/icondetails/10551/128/telephone_icon
Slide 60: http://4.bp.blogspot.com/_c_TEwP9gfBI/Shb2ERn6N5I/AAAAAAAAKuo/pefdxTU7WJw/s1600-h/escher-drawinghands.jpg
Slide 71: http://1.bp.blogspot.com/_wOxfmnXM6cM/TP-sCMQ7aCI/AAAAAAAAAaA/_j51RftEX-4/s1600/duvida.jpg
Slide 72: http://blogdocarlosalexandre.blogspot.com/2009/08/o-carro-deu-defeito-e-agora.html
Slide 73: http://www.matthewferrara.com/wp-content/uploads/2010/02/strategy_woman.jpg
Slide 74: http://andyeklund.typepad.com/.a/6a00e55079f266883301156f5d127a970c-popup
Slide 75: http://www.gfsolucoes.net/gustavo/dicas-blog/planeje-seu-proximo-blog-de-sucesso/
Slide 76: http://www.masternewmedia.org/social-media-marketing-metrics-official-iab-definitions-and-guidelines/
Slide 78: http://panoramarosa.files.wordpress.com/2011/04/rac3a7as-de-briga-de-cachorro-grande-e-pequeno-cinofilia-cc3a3es-animais-de-estimac3a7c3a3o.jpg
Slide 79: http://ogerente.com/empreendaja/2010/03/09/sustentabilidade-crescimento/
Slide 80: http://www.iconfinder.com/icondetails/6392/128/automator_marvin_robot_icon http://www.iconfinder.com/search/?q=mobile
http://www.iconfinder.com/icondetails/8833/128/browser_earth_internet_network_planet_world_icon
Slide 83: http://www.gettyimages.com/detail/102759287/Tetra-images

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 21 4 rpan_2010_2
Aula 21 4 rpan_2010_2Aula 21 4 rpan_2010_2
Aula 21 4 rpan_2010_2
Ney Queiroz
 
Aula 22 4 rpan_2010_2
Aula 22 4 rpan_2010_2Aula 22 4 rpan_2010_2
Aula 22 4 rpan_2010_2
Ney Queiroz
 
Aula 23 4 rpan_2010_2
Aula 23 4 rpan_2010_2Aula 23 4 rpan_2010_2
Aula 23 4 rpan_2010_2
Ney Queiroz
 

Mais procurados (20)

Mídias Sociais Para Empresas
Mídias Sociais Para EmpresasMídias Sociais Para Empresas
Mídias Sociais Para Empresas
 
Tendências 2013
Tendências 2013Tendências 2013
Tendências 2013
 
Inovação pb 08_11
Inovação pb 08_11Inovação pb 08_11
Inovação pb 08_11
 
PLATAFORMAS DIGITAIS
PLATAFORMAS DIGITAISPLATAFORMAS DIGITAIS
PLATAFORMAS DIGITAIS
 
Virgin Consumers
Virgin ConsumersVirgin Consumers
Virgin Consumers
 
Maximidia 2016
Maximidia  2016Maximidia  2016
Maximidia 2016
 
Entenda Internet Faça Negócios
Entenda Internet Faça NegóciosEntenda Internet Faça Negócios
Entenda Internet Faça Negócios
 
PLATAFORMAS DIGITAIS DE COMUNICAÇÃO P2
PLATAFORMAS DIGITAIS DE COMUNICAÇÃO P2PLATAFORMAS DIGITAIS DE COMUNICAÇÃO P2
PLATAFORMAS DIGITAIS DE COMUNICAÇÃO P2
 
Quinze_15: Apps de mensagem
Quinze_15: Apps de mensagemQuinze_15: Apps de mensagem
Quinze_15: Apps de mensagem
 
Internet como ferramenta de marketing digital
Internet como ferramenta de marketing digitalInternet como ferramenta de marketing digital
Internet como ferramenta de marketing digital
 
Plataformas Digitais - P2
Plataformas Digitais - P2Plataformas Digitais - P2
Plataformas Digitais - P2
 
Aula 21 4 rpan_2010_2
Aula 21 4 rpan_2010_2Aula 21 4 rpan_2010_2
Aula 21 4 rpan_2010_2
 
Aula 22 4 rpan_2010_2
Aula 22 4 rpan_2010_2Aula 22 4 rpan_2010_2
Aula 22 4 rpan_2010_2
 
Marketing & Logística na era Digital - CDL
Marketing & Logística na era Digital - CDLMarketing & Logística na era Digital - CDL
Marketing & Logística na era Digital - CDL
 
Varejo 2.0 - TerraForum
Varejo 2.0  - TerraForumVarejo 2.0  - TerraForum
Varejo 2.0 - TerraForum
 
Marketing Alternativo
Marketing AlternativoMarketing Alternativo
Marketing Alternativo
 
Slides Marcas Branding Marcos Hiller
Slides Marcas Branding Marcos HillerSlides Marcas Branding Marcos Hiller
Slides Marcas Branding Marcos Hiller
 
Aula 3 planejamento
Aula 3   planejamentoAula 3   planejamento
Aula 3 planejamento
 
Midia 2 wiki brands cap 01
Midia 2 wiki brands cap 01Midia 2 wiki brands cap 01
Midia 2 wiki brands cap 01
 
Aula 23 4 rpan_2010_2
Aula 23 4 rpan_2010_2Aula 23 4 rpan_2010_2
Aula 23 4 rpan_2010_2
 

Destaque

2886330 gestaoestrategicavendas616
2886330 gestaoestrategicavendas6162886330 gestaoestrategicavendas616
2886330 gestaoestrategicavendas616
Veronica Sobrenome
 
Gestão de Vendas - KM Consultores Aula 01 (Introdução)
Gestão de Vendas - KM Consultores Aula 01 (Introdução)Gestão de Vendas - KM Consultores Aula 01 (Introdução)
Gestão de Vendas - KM Consultores Aula 01 (Introdução)
Saulo Veríssimo
 
Gestão de vendas
Gestão de vendasGestão de vendas
Gestão de vendas
D.d. Macedo
 
O Consumidor No Diva Estudo Do Consumidor
O Consumidor No Diva   Estudo Do ConsumidorO Consumidor No Diva   Estudo Do Consumidor
O Consumidor No Diva Estudo Do Consumidor
Fabiano Damiati
 
Slides gestão da força de vendas
Slides gestão da força de vendasSlides gestão da força de vendas
Slides gestão da força de vendas
Liana Teixeira
 
O POTENCIAL DO MERCADO DE RASTREAMENTO E GESTÃO DE FROTAS
O POTENCIAL DO MERCADO DE RASTREAMENTO E GESTÃO DE FROTASO POTENCIAL DO MERCADO DE RASTREAMENTO E GESTÃO DE FROTAS
O POTENCIAL DO MERCADO DE RASTREAMENTO E GESTÃO DE FROTAS
Avelino ROCHA Neto
 
V5 128 atividades com sílabas complexas - coleção ciranda das sílabas
V5   128 atividades com sílabas complexas - coleção ciranda das sílabasV5   128 atividades com sílabas complexas - coleção ciranda das sílabas
V5 128 atividades com sílabas complexas - coleção ciranda das sílabas
silvana oliver
 

Destaque (20)

2886330 gestaoestrategicavendas616
2886330 gestaoestrategicavendas6162886330 gestaoestrategicavendas616
2886330 gestaoestrategicavendas616
 
Gestão de Vendas - KM Consultores Aula 01 (Introdução)
Gestão de Vendas - KM Consultores Aula 01 (Introdução)Gestão de Vendas - KM Consultores Aula 01 (Introdução)
Gestão de Vendas - KM Consultores Aula 01 (Introdução)
 
Gestão de vendas
Gestão de vendasGestão de vendas
Gestão de vendas
 
Jorge Lascas - Guia de Estratégia para Gestores
Jorge Lascas - Guia de Estratégia para GestoresJorge Lascas - Guia de Estratégia para Gestores
Jorge Lascas - Guia de Estratégia para Gestores
 
O Consumidor No Diva Estudo Do Consumidor
O Consumidor No Diva   Estudo Do ConsumidorO Consumidor No Diva   Estudo Do Consumidor
O Consumidor No Diva Estudo Do Consumidor
 
Insights sobre a gestão de vendas complexas
Insights sobre a gestão de vendas complexasInsights sobre a gestão de vendas complexas
Insights sobre a gestão de vendas complexas
 
Slides gestão da força de vendas
Slides gestão da força de vendasSlides gestão da força de vendas
Slides gestão da força de vendas
 
[Template] Plano de Vendas . Modelo PRISMA©
[Template] Plano de Vendas . Modelo PRISMA©[Template] Plano de Vendas . Modelo PRISMA©
[Template] Plano de Vendas . Modelo PRISMA©
 
O POTENCIAL DO MERCADO DE RASTREAMENTO E GESTÃO DE FROTAS
O POTENCIAL DO MERCADO DE RASTREAMENTO E GESTÃO DE FROTASO POTENCIAL DO MERCADO DE RASTREAMENTO E GESTÃO DE FROTAS
O POTENCIAL DO MERCADO DE RASTREAMENTO E GESTÃO DE FROTAS
 
Televendas Técnicas de Vendas pelo Telefone
Televendas Técnicas de Vendas pelo TelefoneTelevendas Técnicas de Vendas pelo Telefone
Televendas Técnicas de Vendas pelo Telefone
 
Funil de vendas - Como vender mais e melhor com gestão
Funil de vendas - Como vender mais e melhor com gestãoFunil de vendas - Como vender mais e melhor com gestão
Funil de vendas - Como vender mais e melhor com gestão
 
V5 128 atividades com sílabas complexas - coleção ciranda das sílabas
V5   128 atividades com sílabas complexas - coleção ciranda das sílabasV5   128 atividades com sílabas complexas - coleção ciranda das sílabas
V5 128 atividades com sílabas complexas - coleção ciranda das sílabas
 
Porque a Gestão Tradicional de Vendas não funciona - e o que fazer.
Porque a Gestão Tradicional de Vendas não funciona - e o que fazer. Porque a Gestão Tradicional de Vendas não funciona - e o que fazer.
Porque a Gestão Tradicional de Vendas não funciona - e o que fazer.
 
Workshop Gestao Estrategica Vendas
Workshop Gestao Estrategica VendasWorkshop Gestao Estrategica Vendas
Workshop Gestao Estrategica Vendas
 
Palestra Vendas
Palestra Vendas Palestra Vendas
Palestra Vendas
 
Como elaborar um plano de vendas para a sua empresa
Como elaborar um plano de vendas para a sua empresaComo elaborar um plano de vendas para a sua empresa
Como elaborar um plano de vendas para a sua empresa
 
Gestão e Inteligência de Vendas Corporativas
Gestão e Inteligência de Vendas CorporativasGestão e Inteligência de Vendas Corporativas
Gestão e Inteligência de Vendas Corporativas
 
Vendas B2B B2C
Vendas B2B B2CVendas B2B B2C
Vendas B2B B2C
 
Gestao Estrategica Vendas
Gestao Estrategica VendasGestao Estrategica Vendas
Gestao Estrategica Vendas
 
Palestra motivação em vendas
Palestra motivação em vendasPalestra motivação em vendas
Palestra motivação em vendas
 

Semelhante a Varejo 2.0: como as redes sociais podem influenciar negócios

Fgv Isae Webempreender
Fgv Isae WebempreenderFgv Isae Webempreender
Fgv Isae Webempreender
kleber.torres
 
Digital Marketing Journey - Lecture INP & ISG
Digital Marketing Journey - Lecture INP & ISGDigital Marketing Journey - Lecture INP & ISG
Digital Marketing Journey - Lecture INP & ISG
Inês Tomás Mateus
 
Rakuten EC Service - 2007 Ikeda - Social Networking
Rakuten EC Service - 2007 Ikeda - Social NetworkingRakuten EC Service - 2007 Ikeda - Social Networking
Rakuten EC Service - 2007 Ikeda - Social Networking
Rakuten Brasil
 
Social Media Brasil 2009
Social Media Brasil 2009Social Media Brasil 2009
Social Media Brasil 2009
Wagner Fontoura
 
Planejamento Mobile
Planejamento MobilePlanejamento Mobile
Planejamento Mobile
Alex Ivonika
 

Semelhante a Varejo 2.0: como as redes sociais podem influenciar negócios (20)

Midias Sociais - Sua empresa de Mídias Particular a partir de sua casa
Midias Sociais - Sua empresa de Mídias Particular a partir de sua casa Midias Sociais - Sua empresa de Mídias Particular a partir de sua casa
Midias Sociais - Sua empresa de Mídias Particular a partir de sua casa
 
Fgv Isae Webempreender
Fgv Isae WebempreenderFgv Isae Webempreender
Fgv Isae Webempreender
 
Digital Marketing Journey - Lecture INP & ISG
Digital Marketing Journey - Lecture INP & ISGDigital Marketing Journey - Lecture INP & ISG
Digital Marketing Journey - Lecture INP & ISG
 
Palestra Aberje - 13nov08 - Marketing De Relacionamento Online
Palestra Aberje - 13nov08 - Marketing De Relacionamento OnlinePalestra Aberje - 13nov08 - Marketing De Relacionamento Online
Palestra Aberje - 13nov08 - Marketing De Relacionamento Online
 
Apresentação - Social Media
Apresentação - Social MediaApresentação - Social Media
Apresentação - Social Media
 
Rakuten EC Service - 2007 Ikeda - Social Networking
Rakuten EC Service - 2007 Ikeda - Social NetworkingRakuten EC Service - 2007 Ikeda - Social Networking
Rakuten EC Service - 2007 Ikeda - Social Networking
 
Introdução às Mídias Socias
Introdução às Mídias SociasIntrodução às Mídias Socias
Introdução às Mídias Socias
 
Marketing trends abril 2018
Marketing trends abril 2018Marketing trends abril 2018
Marketing trends abril 2018
 
5 (ou 6) mitos sobre as agências digitais
5 (ou 6) mitos sobre as agências digitais5 (ou 6) mitos sobre as agências digitais
5 (ou 6) mitos sobre as agências digitais
 
Live Commerce: Conceitos e Casos
Live Commerce: Conceitos e CasosLive Commerce: Conceitos e Casos
Live Commerce: Conceitos e Casos
 
Apresentação de Sylvio Micelli sobre Comunicação no Encontro / Congresso da F...
Apresentação de Sylvio Micelli sobre Comunicação no Encontro / Congresso da F...Apresentação de Sylvio Micelli sobre Comunicação no Encontro / Congresso da F...
Apresentação de Sylvio Micelli sobre Comunicação no Encontro / Congresso da F...
 
A revolucao-das-midias-sociais ii
A revolucao-das-midias-sociais  iiA revolucao-das-midias-sociais  ii
A revolucao-das-midias-sociais ii
 
Impacto das mídias sociais na gestão de marcas
Impacto das mídias sociais na gestão de marcasImpacto das mídias sociais na gestão de marcas
Impacto das mídias sociais na gestão de marcas
 
Social Media Brasil 2009
Social Media Brasil 2009Social Media Brasil 2009
Social Media Brasil 2009
 
Estratégias em blogs e como gerar buzz na internet - Wagner Fontoura - Social...
Estratégias em blogs e como gerar buzz na internet - Wagner Fontoura - Social...Estratégias em blogs e como gerar buzz na internet - Wagner Fontoura - Social...
Estratégias em blogs e como gerar buzz na internet - Wagner Fontoura - Social...
 
Planejamento Estratégico Digital
Planejamento Estratégico DigitalPlanejamento Estratégico Digital
Planejamento Estratégico Digital
 
Planejamento Mobile
Planejamento MobilePlanejamento Mobile
Planejamento Mobile
 
Planejamento Estratégico Digital - Felipe Morais
Planejamento Estratégico Digital - Felipe MoraisPlanejamento Estratégico Digital - Felipe Morais
Planejamento Estratégico Digital - Felipe Morais
 
Rio Info 2015 - Mundo digital o que mudou para a Publicidade - Paola Miorim
Rio Info 2015 - Mundo digital o que mudou para a Publicidade - Paola MiorimRio Info 2015 - Mundo digital o que mudou para a Publicidade - Paola Miorim
Rio Info 2015 - Mundo digital o que mudou para a Publicidade - Paola Miorim
 
Palestra
PalestraPalestra
Palestra
 

Varejo 2.0: como as redes sociais podem influenciar negócios