PLANEJAMENTOESTRATÉGICO DIGITAL
AGENDA• DIA 1  – COLOCANDO AS COISAS NO LUGAR: A MISSÃO E O    CONTEXTO DO PLANEJAMENTO• DIA 2  – CASES DE PLANEJAMENTO  –...
QUEM SÃO VOCÊS?
DEFINIÇÃO
DEFINIÇÃO            = PACIFIER
DEFINIÇÃOPLANEJAMENTO = DESIGN
CONCEITO• SUPPLY CHAIN
CONCEITO• O “SUPPLY CHAIN” DA COMUNICAÇÃO
CONCEITO
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
PLANEJAMENTOESTRATÉGICO
OBJETIVO   ESTRATÉGIA   TÁTICA
DESENVOLVIMENTO E IMPLEMENTAÇÃO  DA ESTRATÉGIA
A ESTRATÉGIA NÃO PODESE PERDER AO LONGO DOPROCESSO.
ATENÇÃO DISCIPLINA  MÉTODOENTUSIASMO  ENERGIA
GENERALISTAESPECIALISTA
PERFIL• CURIOSIDADE                                   O QUE• SEM PRECONCEITOS               SABEMOS                       ...
TUDO MUDA O TEMPO TODO
PENSAMENTOS• “EU ACHO QUE O MERCADO MUNDIAL DEVE  COMPORTAR UNS 5 COMPUTADORES” THOMAS  WATSON, PRESIDENTE DA IBM, EM 1943...
PENSAMENTOS• “SE EU TIVESSE APENAS UMA HORA PARA CORTAR  UMA ÁRVORE, EU USARIA OS PRIMEIROS  QUARENTA E CINCO MINUTOS AFIA...
A ESTRATÉGIA MUDA...
AS MARCAS MUDAM...
PORQUE O CONSUMIDOR  NUNCA É O MESMO.
DEFINITIVAMENTE NÃO...
PONEIS EM NÚMEROS• 1 SEMANA• 500 COMUNIDADES NO ORKUT (UMA DELAS COM 64  MIL MEMBROS)• 178 MIL MENÇÕES NO TWITTER• 8 PERFI...
OLD SPICE EM NÚMEROS• O VIDEO TEVE MAIS AUDIENCIA NAS PRIMEIRAS  24 HORAS QUE O DISCURSO DE VITÓRIA DE  OBAMA• EM UMA SEMA...
DESTRINCHANDO O CENÁRIODO PLANEJAMENTO•   NATUREZA DO MEIO WEB / TECNOLOGIA•   O NOVO CONSUMIDOR•   INTEGRAÇÃO DE CANAIS• ...
NATUREZA DO MEIO WEB EDITÁVEL                   EDITÁVEL E            INSTANTÂNEO   INSTANTÂNEO
CARACTERÍSTICAS DO MEIO•   HIPERTEXTO: NAVEGAÇÃO NÃO-LINEAR•   REDES / INTERAÇÃO•   INSTANTANEIDADE•   ZAP COM UM CLIQUE• ...
MUITA TECNOLOGIA
O NOVO CONSUMIDOR       •CONECTIVIDADE       •MOBILIDADE       •INTEGRAÇÃO DE CANAIS       •PROXIMIDADE       •ÉTICA      ...
INTEGRAÇÃO DE CANAIS Neo Consumidor: transita entre todos os canais
INTEGRAÇÃO DE CANAIS                    Presales     Product                                             Delivery         ...
INTEGRAÇÃO = RESULTADO        US$ 1        US$ 5.77                3x                3x
INTEGRAÇÃO = RESULTADO     US$ 157                   US$ 485     US$ 195                   33%       64%               >  ...
O NOVO BRANDING
O QUE É BRANDING?
OPEN-SOURCE BRANDING
FERRAMENTAS – PONTOS DE CONTATO                    COMUNIDADES   blogPerfis em                                podcastredes...
ETAPAS DE UM TRABALHOESTRATÉGICO
OBJETIVOS• SÃO O „O QUE‟• OS OBJETIVOS DE UMA AÇÃO ESTRATÉGICA DEVEM  PAUTAR OS INDICADORES DE SUCESSO DA MESMA• DEVEM SER...
ESTRATÉGIA• SÃO O „COMO‟• QUICK WINS• LISTA „SUGERIDA‟ DE AÇÕES
Pesquisar      Aprimo-                                    Delimitar o      ramento                                       a...
PERGUNTAS•   O QUE O SEU PÚBLICO ESTÁ FAZENDO?•   QUEM É REALMENTE ELE?•   POR ONDE ANDA?•   O QUE ESPERA DE VOCÊ?•   QUAN...
PESQUISAR•   A CONCORRÊNCIA•   SUA MARCA•   SEU PÚBLICO•   SEU BUDGET•   SEU HISTÓRICO
PESQUISAR A CONCORRÊNCIA• O QUE ELES ESTÃO FAZENDO EM DIGITAL?• O QUE VOCÊ PRECISA FAZER PRA SE DESTACAR?• COMO CHEGAR LÁ?
PESQUISAR A MARCA• NOME, LOGO• POSICIONAMENTO (MUITO IMPORTANTE, POUCO  CONSIDERADO)• CONSUMIDORES ATUAIS, NÍVEL DE ENGAJA...
PESQUISAR O POSICIONAMENTO• O QUE EFETIVAMENTE A MARCA PROPÕE / VENDE?• QUE SENSAÇÕES SEU PRODUTO OU SERVIÇO  PROVOCA?• O ...
PESQUISAR O ATIVO DIGITAL• LEVANTAMENTO GERAL COM DIFERENCIAÇÃO DE  VALOR  – COM VALOR: PODEM CONVERTER AUDIÊNCIA EM    CL...
PÚBLICO• CONSUMIDORES X PÚBLICO• COMO É A COMUNICAÇÃO HOJE?• EXISTEM OFERTAS SEGMENTADAS?• EXISTEM PÚBLICOS MUITO DIFERENC...
BUDGET• IMPORTANTE FATOR DE SUCESSO DE UMA  IMPLEMENTAÇÃO ESTRATÉGICA• AS MELHORES IDÉIAS SÃO AS QUE SE TORNAM  REALIDADE
DELIMITAR O ALVO• RESPEITE O BUDGET• CONSIDERE O HISTÓRICO• ANALISE OS HABITOS DO PÚBLICO (MAIS FÁCIL IR  ONDE ELES ESTÃO ...
FERRAMENTAS – PONTOS DE CONTATO                    COMUNIDADES   blogPerfis em                                podcastredes...
EXECUÇÃO•   CRONOGRAMA•   CHECK DE ADERÊNCIA ESTRATÉGICA•   MONITORAMENTO DO TRABALHO•   ACOMPANHAMENTO PARA SOLUÇÃO DE   ...
COMUNICAÇÃO• CHECK DE PERTINÊNCIA COM O PÚBLICO• CHECK DE BUDGET
MENSURAÇÃO• DEFINIÇÃO DOS INDICADORES DE SUCESSO (KPIs)• ACOMPANHAMENTO
APRIMORAMENTO• LIÇÕES APRENDIDAS – IMPORTANTE REGISTRO• REPORTS CLAROS PARA  CLIENTE/SUPERIOR/EXECUTIVOS
SWOT
SWOT ECOMMERCE O BOTICÁRIO   Pontos Fortes                                                       Oportunidades    • Projet...
SWOT ECOMMERCE NATURA   Pontos Fortes                                                    Oportunidades    • Forte conteúdo...
SWOT ECOMMERCE AVON   Pontos Fortes                                                      Oportunidades                    ...
SWOT ECOMMERCE SACKS SEPHORA   Pontos Fortes                                                       Oportunidades    • Port...
SWOT ECOMMERCE LANCOME   Pontos Fortes                                                         Oportunidades   • Valor de ...
EXEMPLOS - PROBLEMAS• RESULTADO FINANCEIRO  – RECEITA BRUTA  – RECEITA LÍQUIDA (RENTABILIDADE)  – CURVA DE VENDAS• RESULTA...
EXEMPLOS - PROBLEMAS• BASE DE CLIENTES  – REGISTROS INVÁLIDOS  – REGISTROS FORA DO TARGET  – AMPLIAÇÃO DO PÚBLICO-ALVO• CO...
PROJETO MODELO•   MOBILIDADE O BOTICÁRIO•   NECESSIDADE•   LEVANTAMENTO DE FORNECEDORES•   APRESENTAÇÃO EMPRESA ESCOLHIDA ...
PROJETO MODELO•   Considerações gerais (abertura)•   Benchmark externo (mcommerce)•   Benchmark interno (mercado)•   Bench...
PLANEJAMENTO DE MÍDIA
Pesquisar      Aprimo-                                    Delimitar o      ramento                                       a...
PLANEJAMENTO DE MÍDIA• FUNDE-SE COM O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO• OUTPUT QUASE QUE OBRIGATÓRIO, SALVO EM  EXCEÇÕES DE PROJET...
CONCEITOS BÁSICOS• CANAL    – HORIZONTAL – FOCO AMPLO    – VERTICAL – FOCO ESPECÍFICO•   COBERTURA•   FREQUENCIA•   CPM – ...
OBJETIVO• PARTE DO OBJETIVO DO PLANEJAMENTO  (DESDOBRAMENTO)• TIPOS GERAIS DE ESTRATÉGIA DE MÍDIA  – IMPACTO / COBERTURA  ...
ETAPAS• DEFINIÇÃO DA ESTRATÉGIA• PESQUISA FORMATOS (MUITO IMPORTANTE PRA  ESTRATÉGIAS DE IMPACTO E PERFORMANCE)• PESQUISA ...
ESTRATÉGIA DE IMPACTO• GERALMENTE UM DESDOBRAMENTO DE  PROBLEMAS OU NECESSIDADES DE IMAGEM DE  MARCA/PRODUTO, BRAND AWAREN...
ESTRATÉGIA DE COBERTURA• GERALMENTE UM DESDOBRAMENTO DE  PROBLEMAS OU NECESSIDADES DE AMPLIAÇÃO DE  BASE, DIFERENCIAÇÃO, V...
ESTRATÉGIA DE PERFORMANCE• GERALMENTE UM DESDOBRAMENTO DE  PROBLEMAS OU NECESSIDADES DE VENDAS• FORMATOS DE PERFORMANCE: P...
ESTRATÉGIA DE MANUTENÇÃO• GERALMENTE UM DESDOBRAMENTO DE  PROBLEMAS OU NECESSIDADES DE  AWARENESS, AMPLIAÇÃO DE  PÚBLICO, ...
ROI• RETORNO SOBRE O INVESTIMENTO• CONCEITOS FINANCEIROS  – MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: VALOR QUE “SOBRA” NA    VENDA. MARGEM ...
BOA NOITE ;)
Planejamento estratégico digital 3 aulas
Planejamento estratégico digital 3 aulas
Planejamento estratégico digital 3 aulas
Planejamento estratégico digital 3 aulas
Planejamento estratégico digital 3 aulas
Planejamento estratégico digital 3 aulas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Planejamento estratégico digital 3 aulas

895 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
895
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Planejamento estratégico digital 3 aulas

  1. 1. PLANEJAMENTOESTRATÉGICO DIGITAL
  2. 2. AGENDA• DIA 1 – COLOCANDO AS COISAS NO LUGAR: A MISSÃO E O CONTEXTO DO PLANEJAMENTO• DIA 2 – CASES DE PLANEJAMENTO – ENGENHARIA REVERSA ;)• DIA 3 – MÃOS À OBRA!• DIA 4 – APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DOS PLANOS
  3. 3. QUEM SÃO VOCÊS?
  4. 4. DEFINIÇÃO
  5. 5. DEFINIÇÃO = PACIFIER
  6. 6. DEFINIÇÃOPLANEJAMENTO = DESIGN
  7. 7. CONCEITO• SUPPLY CHAIN
  8. 8. CONCEITO• O “SUPPLY CHAIN” DA COMUNICAÇÃO
  9. 9. CONCEITO
  10. 10. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
  11. 11. PLANEJAMENTOESTRATÉGICO
  12. 12. OBJETIVO ESTRATÉGIA TÁTICA
  13. 13. DESENVOLVIMENTO E IMPLEMENTAÇÃO DA ESTRATÉGIA
  14. 14. A ESTRATÉGIA NÃO PODESE PERDER AO LONGO DOPROCESSO.
  15. 15. ATENÇÃO DISCIPLINA MÉTODOENTUSIASMO ENERGIA
  16. 16. GENERALISTAESPECIALISTA
  17. 17. PERFIL• CURIOSIDADE O QUE• SEM PRECONCEITOS SABEMOS O QUE• PARTE DO ZERO SABEMOS QUE NÃO SABEMOS O QUE NÃO SABEMOS QUE NÃO SABEMOS
  18. 18. TUDO MUDA O TEMPO TODO
  19. 19. PENSAMENTOS• “EU ACHO QUE O MERCADO MUNDIAL DEVE COMPORTAR UNS 5 COMPUTADORES” THOMAS WATSON, PRESIDENTE DA IBM, EM 1943• “NÃO GOSTAMOS DO SOM DELES, E MÚSICA COM GUITARRA JÁ ERA.” DECCA RECORDING CO. REJEITANDO OS BEATLES, EM 1962.• “NÃO EXISTE RAZÃO PELA QUAL ALGUÉM PODE QUERER TER UM COMPUTADOR EM CASA.” KEN OLSON, FUNDADOR DA DIGITAL EQUIPMENT, EM 1977• “640K [DE RAM] HÁ DE SER SUFICIENTE PARA QUALQUER UM” BILL GATES, EM 1981
  20. 20. PENSAMENTOS• “SE EU TIVESSE APENAS UMA HORA PARA CORTAR UMA ÁRVORE, EU USARIA OS PRIMEIROS QUARENTA E CINCO MINUTOS AFIANDO MEU MACHADO.” ABRAHAM LINCOLN• “SE OS FATOS NÃO SE ENCAIXAM NA TEORIA, MODIFIQUE OS FATOS.” ALBERT EINSTEIN
  21. 21. A ESTRATÉGIA MUDA...
  22. 22. AS MARCAS MUDAM...
  23. 23. PORQUE O CONSUMIDOR NUNCA É O MESMO.
  24. 24. DEFINITIVAMENTE NÃO...
  25. 25. PONEIS EM NÚMEROS• 1 SEMANA• 500 COMUNIDADES NO ORKUT (UMA DELAS COM 64 MIL MEMBROS)• 178 MIL MENÇÕES NO TWITTER• 8 PERFIS NO TWITTER = 34 MIL SEGUIDORES• COMENTÁRIOS EM 640 BLOGS• 6 MILHÕES DE VIEWS DO VIDEO OFICIAL,• E MAIS DE MIL VERSÕES (REMIXES E REPRODUÇÕES)• POTENCIAL DE 99 MILHÕES DE PESSOAS IMPACTADAS
  26. 26. OLD SPICE EM NÚMEROS• O VIDEO TEVE MAIS AUDIENCIA NAS PRIMEIRAS 24 HORAS QUE O DISCURSO DE VITÓRIA DE OBAMA• EM UMA SEMANA, 40 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES• IMPRESSÕES DA CAMPANHA: 1.4 BILHÕES• RESULTADO EM VENDAS: 107% DE CRESCIMENTO
  27. 27. DESTRINCHANDO O CENÁRIODO PLANEJAMENTO• NATUREZA DO MEIO WEB / TECNOLOGIA• O NOVO CONSUMIDOR• INTEGRAÇÃO DE CANAIS• O NOVO BRANDING• AS FERRAMENTAS
  28. 28. NATUREZA DO MEIO WEB EDITÁVEL EDITÁVEL E INSTANTÂNEO INSTANTÂNEO
  29. 29. CARACTERÍSTICAS DO MEIO• HIPERTEXTO: NAVEGAÇÃO NÃO-LINEAR• REDES / INTERAÇÃO• INSTANTANEIDADE• ZAP COM UM CLIQUE• COMPARAÇÃO
  30. 30. MUITA TECNOLOGIA
  31. 31. O NOVO CONSUMIDOR •CONECTIVIDADE •MOBILIDADE •INTEGRAÇÃO DE CANAIS •PROXIMIDADE •ÉTICA •OPÇÃO
  32. 32. INTEGRAÇÃO DE CANAIS Neo Consumidor: transita entre todos os canais
  33. 33. INTEGRAÇÃO DE CANAIS Presales Product Delivery After Sales Assistance Trans-action Payment Delivery Returns Information Availability Status Services Channels Print TV/Radio Stationary Internet Letter E-Mail Telephone Fax SMS/MMSFonte: Accenture Multichannel Consulting
  34. 34. INTEGRAÇÃO = RESULTADO US$ 1 US$ 5.77 3x 3x
  35. 35. INTEGRAÇÃO = RESULTADO US$ 157 US$ 485 US$ 195 33% 64% > >
  36. 36. O NOVO BRANDING
  37. 37. O QUE É BRANDING?
  38. 38. OPEN-SOURCE BRANDING
  39. 39. FERRAMENTAS – PONTOS DE CONTATO COMUNIDADES blogPerfis em podcastredes sociais In-game newsletter Apps advertising Web2.0 Search Email Branded content Microsite Website PDV Mobile apps Banner Mobile sites
  40. 40. ETAPAS DE UM TRABALHOESTRATÉGICO
  41. 41. OBJETIVOS• SÃO O „O QUE‟• OS OBJETIVOS DE UMA AÇÃO ESTRATÉGICA DEVEM PAUTAR OS INDICADORES DE SUCESSO DA MESMA• DEVEM SER SMART – SPECIFIC / ESPECÍFICOS – MEASURABLE / MENSURÁVEIS – ACHIEVABLE / ATINGÍVEIS – REALISTIC / REALISTAS – TIME-FRAMED / TEMPORAIS
  42. 42. ESTRATÉGIA• SÃO O „COMO‟• QUICK WINS• LISTA „SUGERIDA‟ DE AÇÕES
  43. 43. Pesquisar Aprimo- Delimitar o ramento alvoMensuração A idéia! Comuni- Execução cação
  44. 44. PERGUNTAS• O QUE O SEU PÚBLICO ESTÁ FAZENDO?• QUEM É REALMENTE ELE?• POR ONDE ANDA?• O QUE ESPERA DE VOCÊ?• QUANTOS SÃO?
  45. 45. PESQUISAR• A CONCORRÊNCIA• SUA MARCA• SEU PÚBLICO• SEU BUDGET• SEU HISTÓRICO
  46. 46. PESQUISAR A CONCORRÊNCIA• O QUE ELES ESTÃO FAZENDO EM DIGITAL?• O QUE VOCÊ PRECISA FAZER PRA SE DESTACAR?• COMO CHEGAR LÁ?
  47. 47. PESQUISAR A MARCA• NOME, LOGO• POSICIONAMENTO (MUITO IMPORTANTE, POUCO CONSIDERADO)• CONSUMIDORES ATUAIS, NÍVEL DE ENGAJAMENTO
  48. 48. PESQUISAR O POSICIONAMENTO• O QUE EFETIVAMENTE A MARCA PROPÕE / VENDE?• QUE SENSAÇÕES SEU PRODUTO OU SERVIÇO PROVOCA?• O QUE SEU PÚBLICO QUER SENTIR, OUVIR?• NIKE VENDE A SENSAÇÃO DE “EU POSSO”• APPLE VENDE UM “PENSAR DIFERENTE”
  49. 49. PESQUISAR O ATIVO DIGITAL• LEVANTAMENTO GERAL COM DIFERENCIAÇÃO DE VALOR – COM VALOR: PODEM CONVERTER AUDIÊNCIA EM CLIENTE (BLOG) – SEM VALOR: RECEBEM QUEM JÁ É CLIENTE (SITE)
  50. 50. PÚBLICO• CONSUMIDORES X PÚBLICO• COMO É A COMUNICAÇÃO HOJE?• EXISTEM OFERTAS SEGMENTADAS?• EXISTEM PÚBLICOS MUITO DIFERENCIADOS? (EX.: APPLE EVANGELISTS)• ONDE ELES ESTÃO?
  51. 51. BUDGET• IMPORTANTE FATOR DE SUCESSO DE UMA IMPLEMENTAÇÃO ESTRATÉGICA• AS MELHORES IDÉIAS SÃO AS QUE SE TORNAM REALIDADE
  52. 52. DELIMITAR O ALVO• RESPEITE O BUDGET• CONSIDERE O HISTÓRICO• ANALISE OS HABITOS DO PÚBLICO (MAIS FÁCIL IR ONDE ELES ESTÃO QUE TENTAR TRAZÊ-LOS ATÉ VOCÊ)
  53. 53. FERRAMENTAS – PONTOS DE CONTATO COMUNIDADES blogPerfis em podcastredes sociais newsletter Apps Web2.0 Search Email Branded content Microsite Website PDV Mobile apps Banner Mobile sites
  54. 54. EXECUÇÃO• CRONOGRAMA• CHECK DE ADERÊNCIA ESTRATÉGICA• MONITORAMENTO DO TRABALHO• ACOMPANHAMENTO PARA SOLUÇÃO DE POSSÍVEIS DÚVIDAS DA EQUIPE DE EXECUÇÃO
  55. 55. COMUNICAÇÃO• CHECK DE PERTINÊNCIA COM O PÚBLICO• CHECK DE BUDGET
  56. 56. MENSURAÇÃO• DEFINIÇÃO DOS INDICADORES DE SUCESSO (KPIs)• ACOMPANHAMENTO
  57. 57. APRIMORAMENTO• LIÇÕES APRENDIDAS – IMPORTANTE REGISTRO• REPORTS CLAROS PARA CLIENTE/SUPERIOR/EXECUTIVOS
  58. 58. SWOT
  59. 59. SWOT ECOMMERCE O BOTICÁRIO Pontos Fortes Oportunidades • Projeto Mundo Virtual – infraestrutura • Expansão da integração com franqueados • Estratégia BVR – suporte ao crescimento • Integração web no PDV físico (onda 3) alinhado a marca/relacionamento • Programa Banda Larga • Força e reputação da marca (visitação) • Democratização mobile / tablets / 4G • Presença consistente no meio físico (visitação / redirecionamento) • Maior integração com offline (midia e no- media) • Qtde e frequencia de lançamentos • Complexidade logística (onda 2) • Gestão compartilhada de estoque (onda 2) • Complexidade tecnológica (integração onda 2) • Políticas tributárias em CFT (1 PDV para operação em diversos estados, com • Planejamento atual direcionado para canal políticas diferentes) principal • Entrada constante dos grandes players • Presença consistente no meio físico (alta internacionais capilaridade da rede x praticidade como atributo de ecommerce) Pontos Fracos Ameaças
  60. 60. SWOT ECOMMERCE NATURA Pontos Fortes Oportunidades • Forte conteúdo – equipe interna e processos orientados • Capilaridade (consultoras) com foco em redirecionar acessos para o canal web • Portal multi-públicos, grande aproveitamento do canal para diálogo e • Maior integração com midia offline (força operação com consultoras. como anunciante) • Força e reputação de marca • Políticas de integração com VD (já acontece) • Presença ampla nas redes sociais • Falta de controle da presença digital • Dependência da B2W (Submarino) (consultoras na web) • Entrada constante dos grandes players • Terceirização da operação do ecommerce internacionais (controle parcial) • Baixo controle da operação de VD x • Baixa atratividade comercial do necessidade de controle do canal ecommerce ecommerce Pontos Fracos Ameaças
  61. 61. SWOT ECOMMERCE AVON Pontos Fortes Oportunidades • Capilaridade (consultoras) direcionando • Força de marca / anunciante para o canal web • Maior integração com midia offline(força como anunciante) • Não tem ecommerce •Presença online sem foco/alinhamento. • Entrada constante de outros grandes players internacionais • Identidade visual / consistência entre o site / hotsites / demais ferramentas. Pontos Fracos Ameaças
  62. 62. SWOT ECOMMERCE SACKS SEPHORA Pontos Fortes Oportunidades • Portfolio extenso e em crescimento • Preço e condições de pagto. competitivas • Versatilidade de comercialização (diversas marcas e parceiros) • Ofertas agressivas para o canal • Câmbio / tributos • Grande investimento em mídia de performance • Força do grupo Sephora • Usabilidade do site • Conteúdo • Câmbio / tributos • Identidade visual Pontos Fracos Ameaças
  63. 63. SWOT ECOMMERCE LANCOME Pontos Fortes Oportunidades • Valor de marca, qualidade • My Lancôme – promoções exclusivas no • My Lancôme site, condições especiais • Clubes de compras • Canal prioritário, com políticas comerciais direcionadas. • Usabilidade / identidade do site • Entrada constante de outros grandes • Preço players internacionais. Pontos Fracos Ameaças
  64. 64. EXEMPLOS - PROBLEMAS• RESULTADO FINANCEIRO – RECEITA BRUTA – RECEITA LÍQUIDA (RENTABILIDADE) – CURVA DE VENDAS• RESULTADO EM OPERAÇÃO – TEMPO DE ATENDIMENTO – TEMPO DE FECHAMENTO DE PEDIDO• IMAGEM – REVERSÃO – AWARENESS
  65. 65. EXEMPLOS - PROBLEMAS• BASE DE CLIENTES – REGISTROS INVÁLIDOS – REGISTROS FORA DO TARGET – AMPLIAÇÃO DO PÚBLICO-ALVO• CONCORRÊNCIA – FALTA DE DIFERENCIAÇÃO (COMMODITIZAÇÃO) – FALTA DE COMPETITIVIDADE
  66. 66. PROJETO MODELO• MOBILIDADE O BOTICÁRIO• NECESSIDADE• LEVANTAMENTO DE FORNECEDORES• APRESENTAÇÃO EMPRESA ESCOLHIDA (pdf)• APRESENTAÇÃO PLANEJAMENTO (pdf)
  67. 67. PROJETO MODELO• Considerações gerais (abertura)• Benchmark externo (mcommerce)• Benchmark interno (mercado)• Benchmark interno (concorrência)• Benchmark navegação• Pesquisa• Idéia – detalhamento• Estratégia• Fluxo – cronograma• Detalhamento técnico
  68. 68. PLANEJAMENTO DE MÍDIA
  69. 69. Pesquisar Aprimo- Delimitar o ramento alvoMensuração A idéia! Comuni- Execução cação
  70. 70. PLANEJAMENTO DE MÍDIA• FUNDE-SE COM O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO• OUTPUT QUASE QUE OBRIGATÓRIO, SALVO EM EXCEÇÕES DE PROJETOS INTERNOS (O QUE NÃO EXCLUI A FASE DE COMUNICAÇÃO)• PRINCIPAL RESPONSÁVEL PELO CONSUMO DE BUDGET• PRECISA ESTAR INTEGRADO (SOCIAL, OFFLINE, BTL)
  71. 71. CONCEITOS BÁSICOS• CANAL – HORIZONTAL – FOCO AMPLO – VERTICAL – FOCO ESPECÍFICO• COBERTURA• FREQUENCIA• CPM – CUSTO POR MIL IMPRESSÕES• CPC – CUSTO POR CLIQUE• CPA – CUSTO POR AQUISIÇÃO (CADASTRO)• ADSERVER• OFFLINE: GRP, TRP
  72. 72. OBJETIVO• PARTE DO OBJETIVO DO PLANEJAMENTO (DESDOBRAMENTO)• TIPOS GERAIS DE ESTRATÉGIA DE MÍDIA – IMPACTO / COBERTURA – COBERTURA – PERFORMANCE – MANUTENÇÃO
  73. 73. ETAPAS• DEFINIÇÃO DA ESTRATÉGIA• PESQUISA FORMATOS (MUITO IMPORTANTE PRA ESTRATÉGIAS DE IMPACTO E PERFORMANCE)• PESQUISA VEÍCULOS / PLATAFORMAS• DEFESA• GRADE / CRONO
  74. 74. ESTRATÉGIA DE IMPACTO• GERALMENTE UM DESDOBRAMENTO DE PROBLEMAS OU NECESSIDADES DE IMAGEM DE MARCA/PRODUTO, BRAND AWARENESS• FORMATOS VISUALMENTE CHAMATIVOS, ALTA COBERTURA, ALTA FREQUENCIA• DIÁRIAS, HOME, VIDEO...
  75. 75. ESTRATÉGIA DE COBERTURA• GERALMENTE UM DESDOBRAMENTO DE PROBLEMAS OU NECESSIDADES DE AMPLIAÇÃO DE BASE, DIFERENCIAÇÃO, VENDAS• FORMATOS PADRONIZADOS• MIX DE CANAIS HORIZONTAIS E VERTICAIS
  76. 76. ESTRATÉGIA DE PERFORMANCE• GERALMENTE UM DESDOBRAMENTO DE PROBLEMAS OU NECESSIDADES DE VENDAS• FORMATOS DE PERFORMANCE: PPI, SEM, DISPLAY DE IMPACTO (CASO HAJA BUDGET), BUSCA, SHOPPING• MIX DE CANAIS HORIZONTAIS, PLATAFORMAS DE BUSCA E COMPARADORES• COMPRA POR PERFORMANCE (CLIQUE)
  77. 77. ESTRATÉGIA DE MANUTENÇÃO• GERALMENTE UM DESDOBRAMENTO DE PROBLEMAS OU NECESSIDADES DE AWARENESS, AMPLIAÇÃO DE PÚBLICO, DIFERENCIAÇÃO (METAS DE LONGO PRAZO)• FORMATOS DE BAIXO CUSTO: SELOS, PATROCÍNIOS• CANAIS VERTICAIS• COMPRA POR PACOTE
  78. 78. ROI• RETORNO SOBRE O INVESTIMENTO• CONCEITOS FINANCEIROS – MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: VALOR QUE “SOBRA” NA VENDA. MARGEM 2, MARGEM 3 (DE ONDE VEM O ROI) – DRE, VPL, MATRIZES DE ANÁLISE DE RESULTADO FINANCEIRO
  79. 79. BOA NOITE ;)

×