ROMANTISMO 
Características gerais do movimento romântico 
 Supervalorização do amor 
 Idealização da figura feminina 
...
As gerações do 
Romantismo Brasileiro 
Tradicionalmente são 
apontadas três gerações de 
escritores românticos. Essa 
divi...
REALISMO 
VISÃO DE MUNDO: SOCIETÁRIA E CIENTIFICISTA 
 Objetividade: embasa a observação e análise da sociedade. 
 Racio...
REALISMO: CONCEITOS 
 O Realismo fixa-se na realidade do homem em sociedade e seus problemas 
cotidianos. O foco de atenç...
NATURALISMO: CONCEITOS 
 Condicionamento social e hereditário do comportamento. 
 Aprofundamento de alguns traços realis...
NATURALISMO: CONCEITOS 
 Especialmente, a mulher é apresentada como presa fácil dos instintos e das 
necessidades fisioló...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Realismo e naturalismo

253 visualizações

Publicada em

SLIDE

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
253
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
89
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Realismo e naturalismo

  1. 1. ROMANTISMO Características gerais do movimento romântico  Supervalorização do amor  Idealização da figura feminina  Predomínio da imaginação, do sonho, do isolamento  Criação do mito do herói belo, honesto, corajoso, invencível  Ênfase no sentimento, na emoção, na sensibilidade  Medievalismo, nacionalismo  Mistura de gêneros literários  Criação do “drama” e do “romance”
  2. 2. As gerações do Romantismo Brasileiro Tradicionalmente são apontadas três gerações de escritores românticos. Essa divisão, contudo, engloba principalmente os autores de poesia. Os romancistas não se enquadram muito bem nessa divisão, uma vez que suas obras podem apresentar traços de mais de uma geração. PRIMEIRA GERAÇÃO: Nacionalista, indianista e religiosa. Nela se destacam Gonçalves Dias e Gonçalves de Magalhães. SEGUNDA GERAÇÃO: Marcada pelo “mal do século”, apresenta egocentrismo exacerbado, pessimismo, satanismo e atração pela morte. Seus principais representantes são Álvares de Azevedo, Casimiro de Abreu, Fagundes Varela e Junqueira Freire. TERCEIRA GERAÇÃO: Formada pelo grupo condoreiro, desenvolve uma poesia de cunho político e social. A maior expressão desse grupo é Castro Alves.
  3. 3. REALISMO VISÃO DE MUNDO: SOCIETÁRIA E CIENTIFICISTA  Objetividade: embasa a observação e análise da sociedade.  Racionalismo: a razão é fundamental na observação e interpretação da realidade.  Materialismo: a verdade está na matéria e não na idealização.  Contemporaneidade: preocupação com o presente e não com o passado.  Insatisfação: inadaptação à realidade circundante; traço de continuidade em relação ao Romantismo.
  4. 4. REALISMO: CONCEITOS  O Realismo fixa-se na realidade do homem em sociedade e seus problemas cotidianos. O foco de atenção é a realidade social, e não apenas o indivíduo.  Ruptura com alguns traços românticos: ao invés de subjetivismo, objetividade; ao invés de emoção, a razão, no lugar de indivíduo isolado, a sociedade .  A finalidade artística é a representação da realidade.  Detalhismo na descrição dos fatos e do comportamento humano.  Narrativa lenta, crônica da vida das personagens.  Análise psicológica do comportamento.  Incorporação do cotidiano à literatura.
  5. 5. NATURALISMO: CONCEITOS  Condicionamento social e hereditário do comportamento.  Aprofundamento de alguns traços realistas.  Cientificismo baseado nas idéias deterministas de Taine, na teoria evolucionista de Darwin e no positivismo defendido por Comte.  Preferência por ambientação da narrativa em tipos populares, do submundo social.  Linearidade narrativa, com predominância do foco narrativo em 3a. pessoa do discurso.  Crítica às instituições: clero, casamento, sexualidade, sociedade exploradora da força do trabalho operário, preconceito racial.  Didatismo.  Zoomorfização das personagens. Os vizinhos de Luís assomaram à janela atraídos pelo grosseiro canto dos africanos; o cortiço inteiro agitou-se; as lavadeiras abandonaram as tinas e os coradouros e vieram ruidosamente ao portão da estalagem, com os braços nus, saias arrepolhadas no quadril, mostrando pernas sem meias e grossos pés metidos em tamancos... O homem da venda acudiu em camisa de meia, o peito muito cabeludo aparecendo... Todos falavam ao mesmo tempo. (O homem – Aluísio de Azevedo)
  6. 6. NATURALISMO: CONCEITOS  Especialmente, a mulher é apresentada como presa fácil dos instintos e das necessidades fisiológicas.  O amor passa a ser tratado como instinto, sujeito às contradições humanas, às necessidades fisiológicas e ao jogo de interesses sociais e econômicos.  Os tipos femininos criados pelo Realismo e Naturalismo dão sinais de fragilidade, inconstância,debilidade de caráter. Era Magdá. Estranho abalo punha-lhe nos sentidos aquela escandalosa exibição de cama em pleno ar livre. Vendo-a, como a viu, publicamente armada e feita, afigurava-se-lhe ter defronte dos olhos um altar que se trazia de longe, para acruenta e religiosa cerimônia do desfloramento de uma virgem. Havia alguma coisa de pagão e bárbaro em tudo aquilo; alguma coisa que a levava de rastros, puxada pelos cabelos, para a vermelha sensualidade dos seus delírios... No meio daquela áspera gente do trabalho, gente de honestidade feroz, a figura da tal D. Helena destacava-se mais do que uma nódoa de lama no meio de uma camisa de algodão lavado. Mal acabou de jantar, foi para casa vomitar as tripas, que estômagos daqueles já não resistem à forte comida dos que se levantam antes do sol e trabalham doze horas por dia. (O homem – Aluísio de Azevedo)

×