Ecossistemas de Software

807 visualizações

Publicada em

Breve apresentação com os principais aspectos que tangem o assunto ecossistemas de software.

Publicada em: Software
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
807
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ecossistemas de Software

  1. 1. Ecossistemas de Software Renato de Pina Ferreira Cleidson R. B. de Souza renpina@gmail.com
  2. 2. Agenda • Visão Geral • Origem • Definição • Papéis dentro de um Ecossistema • As Três Perspectivas • Referências 230/03/2015
  3. 3. Visão Geral Primórdios do Desenvolvimento Globalização do Mercado Desenvolvimento Integrado Ecossistemas de Software Primórdios: .Unidades Individuais .Desenvolvimento Centralizado .Esforço de Um Fabricante Hoje em dia: .Unidades Interdependentes de Fornecedores .Produtos Integrados .Esforço Coletivo 330/03/2015
  4. 4. Origem • Termo “emprestado” de ecossistemas de negócio, que foi baseado em ecossistemas biológicos. • Exemplo 1: onça-pintada. Grande predador, mas pequena parte do ecossistema. • Exemplo 2: a colaboração e a competição são elementos fundamentais para que os dois prosperem. 430/03/2015
  5. 5. Origem (2) • Ecossistemas de negócio: “uma comunidade econômica apoiada por uma fundação, organizações e indivíduos interagindo como organismos do mundo de negócios” Moore (1993) 530/03/2015
  6. 6. Definição • “ecossistema de software é como um conjunto de negócios, empresas ou entidades que funcionam como uma unidade e interagem com um mercado compartilhado para fornecer software e serviços, levando em consideração o relacionamento entre eles”. Jansen (2009) 630/03/2015
  7. 7. Definição (2) • Ecossistemas de software geralmente são governados e dirigidos por uma ou mais partes que lucram quando o ecossistema prospera. Chamadas Keystones ou governantes. • Exemplo? Apple, Google... 730/03/2015
  8. 8. Papéis dentro de um Ecossistema 830/03/2015
  9. 9. Papéis dentro de um Ecossistema(2) • Apple: é a dona da plataforma ou, como é denominada nesta apresentação, a governante/keystone. Ela desenvolve e é a dona da plataforma iOS. • Usuários: são os usuários finais da plataforma, as pessoas que utilizam o smartphone com o iOS instalado, e também fazem uso das aplicações que são desenvolvidas pelo desenvolvedores de software, além de possuírem um contrato com as empresas de telefonia móvel. 930/03/2015
  10. 10. Papéis dentro de um Ecossistema(3) • Desenvolvedores: são os engenheiros de software que desenvolvem aplicações/serviços para a plataforma. Eles criam produtos de software que são utilizados pelos usuários da plataforma • Fabricantes de hardware: fornecem componentes físicos que serão acoplados ao smartphone da Apple. São fabricantes que vão desde produtores de chips que são utilizados diretamente na fabricação e montagem dos smartphones, até fabricantes de acessórios, como fones de ouvido, capas protetoras, e etc. 1030/03/2015
  11. 11. Papéis dentro de um Ecossistema (4) • Todos interligados de alguma forma. O que nada mais é que um Ecossistema. 1130/03/2015
  12. 12. As Três Perspectivas • Em um estudo realizado por Barbosa e colegas (2011) essas três dimensões são propostas e analisadas. Técnica Negócio Social 1230/03/2015
  13. 13. As Três Perspectivas (2) • Técnica: é focada na plataforma na qual o ecossistema gira. – o mercado – a tecnologia – Infraestrutura e outros. • Foco: para entender como foi projetada e desenvolvida, como foi o seu processo de abertura, considerando a sua arquitetura, transparência durante sua evolução e manutenção. (Santos e Werner, 2011a) 1330/03/2015
  14. 14. As Três Perspectivas (3) • Negócio: está focada em analisar o contexto da plataforma, definir seu escopo, quais os papéis e suas características. • Exemplo: 1. Selecionar os objetivos do ecossistema. 2. Elaborar perguntas para melhor entender estes objetivos. 3. Definir, coletar e analisar métricas, como por exemplo, números de desenvolvedores, países e usuários que fazem parte do ecossistema. 1430/03/2015
  15. 15. As Três Perspectivas (4) • Essa abordagem permite coletar, manipular e apresentar indicadores de sustentabilidade e diversidade e transformar em informações que indiquem o quão saudável é aquele ecossistema (Dhungana et al., 2010) 1530/03/2015
  16. 16. As Três Perspectivas (5) • Social: dimensão que possui uma grande importância quando se olha para fatores que levam ao sucesso de um determinado ecossistema. • Campbell e Ahmed (2010), em um estudo semelhante ao de Barbosa, apontam que empresas governantes que se comprometem mais com o fator social, tendem a possuir um ecossistema de sucesso. 1630/03/2015
  17. 17. As Três Perspectivas (6) • Afinal, desenvolver software é uma atividade social. • Identificar e analisar requisitos faz com que desenvolvedores pensem mais como sociólogos e psicólogos (cursos das ciências humanas) do que como profissionais formadas em ciências exatas. 1730/03/2015
  18. 18. Conclusão Concluindo... • Ecossistemas de software é a nossa realidade. • Meio usado amplamente para desenvolvimento de soluções. 1830/03/2015
  19. 19. Referências • Jansen, S. and Finkelstein, A. and Brinkkemper, S. A Sense of Community: A Research Agenda for Software Ecosystems, In: International Conference on Software Engineering, Vancouver, Canada, IEEE CS Press. (2009). • D. Dhungana, I. Groher, E. Schludermann, and S. Bi. Software ecosystems vs. natural ecosystems: learning from the ingenious mind of nature. In Proceedings of the Fourth European Conference on Software Architecture: Companion Volume, pages 96-102.ACM. (2010). • Campbell, P.R.J., Ahmed, F., A Three-Dimensional View of Software Ecosystems. In: 2nd International Workshop on Software Ecosystems. (2010). • Messerschmitt, D. G., Szyperski, C. Software Ecosystem: Understanding an Indispensable Technology and Industry. The MIT Press. (2003). • James F. Moore. The death of competition: Leadership and strategy in the age of business ecosystems. HarperBusiness, New York. (1996). • O. Barbosa and C. Alves. A systematic mapping study on software ecosystems. In Proceedings of the 3rd Workshop on Software Ecosystems. http://ceur-ws.org/Vol-746/. (2011). • Santos, R.P., and C.M.L. Werner. A Proposal for Software Ecosystems Engineering. In: Proceedings of the 3rd International Workshop on Software Ecosystems, 2nd International Conference on Software Business, Brussels, pages 40-51, June. (2011a). 1930/03/2015
  20. 20. Ecossistemas de Software Renato de Pina Ferreira Cleidson R. B. de Souza renpina@gmail.com

×