Design de Interiores

4.800 visualizações

Publicada em

Palestra elaborada por Renata Mello e apresentada aos alunos de Design de Interiores da FMU/SP no dia 30/03/09.

Publicada em: Design, Tecnologia, Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

Design de Interiores

  1. 1. DESIGN UNIVERSAL: APLICAÇÃO EM PROJETOS DE INTERIORES
  2. 2. ARQUITETURA “ REFERE-SE À ARTE OU A TÉCNICA DE PROJETAR E EDIFICAR O AMBIENTE HABITADO PELO SER HUMANO.” pt.wikipedia.org/wiki/Arquitetura FONTE: GETTY IMAGES
  3. 3. SER HUMANO FONTE IMAGENS:WWW.CREATIVE.GETTYIMAGES.COM
  4. 4. SER HUMANO FONTE: IIDA, ITIRO. ERGONOMIA - PROJETO E PRODUÇÃO / 1993 FONTE: ARQUIVO PESSOAL
  5. 5. SER HUMANO DEFICIENTES FÍSICOS DEFICIENTE VISUAL PESSOA COM MULETA IDOSO COM ANDADOR IDOSO COM BENGALA FONTE IMAGENS: CPA. GUIA DE ACESSIBILIDADE EM EDIFICAÇÕES / 2002 FONTE IMAGENS: CPA. GUIA DE ACESSIBILIDADE EM EDIFICAÇÕES / 2002
  6. 6. INCLUSÃO “ ENVOLVER, FAZER PARTE , PERTENCER – REPRESENTA UMA AÇÃO DA SOCIEDADE PARA ENVOLVER PARTE DESSA SOCIEDADE QUE ESTÁ EXCLUÍDA POR FALTA DE CONDIÇÕES ADEQUADAS.” EUGÊNIA AUGUSTA GONZAGA FÁVERO FONTE: GETTY IMAGES
  7. 7. DESIGN UNIVERSAL DESENHO DE PRODUTOS E AMBIENTES PARA SER USADOS POR TODAS AS PESSOAS, COM A MAIOR EXTENSÃO POSSÍVEL, SEM A NECESSIDADE DE ADAPTAÇÃO OU DESENHO ESPECIAL. UNIVERSIDADE CAROLINA DO NORTE ESTÉTICA QUALIDADE CULTURA ESTE CONCEITO COMPREENDE: TODAS AS PESSOAS, IDADES, TAMANHOS E HABILIDADES.
  8. 8. 7 PRINCÍPIOS USO EQÜITATIVO 1 O DESENHO É UTILIZÁVEL POR TODOS SEM DISTINÇÃO DE CATEGORIA NATURAL HISTORY MUSEUM - LONDRES FONTE : ARQUIVO PESSOAL
  9. 9. 7 PRINCÍPIOS DEVE ACOMODAR UM GRANDE ARRANJO DE PREFERÊNCIAS INDIVIDUAIS E HABILIDADES FLEXIBILIDADE DE USO 2 CLIENTE: GILSÉIA E WILSON FONTE : ARQUIVO PESSOAL
  10. 10. 7 PRINCÍPIOS USO SIMPLES E INTUITIVO 3 COMUNICA INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS EFETIVAMENTE BANHEIRO ACESSÍVEL – AEROPORTO DE MADRI FONTE : ARQUIVO PESSOAL
  11. 11. 7 PRINCÍPIOS INFORMAÇÃO PERCEPTIVA 4 MELHORA A LEGIBILIDADE DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS. ESTAÇÃO DE TREM - ZURICH FONTE : ARQUIVO PESSOAL
  12. 12. 7 PRINCÍPIOS 5 TOLERÂNCIA AO ERRO MINIMIZANDO OS RISCOS E CONSEQUÊNCIAS DE AÇÕES ACIDENTAIS CLIENTE: APARECIDA INÊS FONTE: ARQUIVO PESSOAL
  13. 13. 7 PRINCÍPIOS POUCO ESFORÇO FÍSICO 6 O USO DEVE SER CONFORTÁVEL E EFICIENTE E COM O MÍNIMO DE FADIGA CRI – CENTRO DE REFERÊNCIA DO IDOSO FONTE: ARQUIVO PESSOAL FONTE: GETTY IMAGES
  14. 14. 7 PRINCÍPIOS TAMANHO E ESPAÇO PARA APROXIMAÇÃO E USO 7 GARANTE ACESSO PARA TODOS. TAMANHO E ESPAÇO APROPRIADO PARA ALCANCE E USO. FONTE: GETTY IMAGES
  15. 15. CASA PARA VIDA TODA USO DA CASA COM INDEPENDÊNCIA E IGUALDADE POR TODOS OS USUÁRIOS. FONTE: GETTY IMAGES CASAS QUE SE AJUSTAM AO LONGO DO TEMPO ÀS NECESSIDADES REAIS DAS PESSOAS, ADEQUANDO-SE PARA TODAS AS IDADES, TAMANHOS E CAPACIDADES.
  16. 16. CASA PARA VIDA TODA ACESSÍVEL - ADAPTÁVEL - FLEXÍVEL FONTE: GETTY IMAGES
  17. 17. CASA PARA VIDA TODA UM ESTUDO DE 1997 FEITO PELA UNIVERSIDADE DE DELFT, NA HOLANDA, CONCLUIU QUE UMA CASA ADAPTÁVEL PRECISA DE 3% DO CUSTO TOTAL DA REFORMA PARA AS ADAPTAÇÕES, ENQUANTO A NÃO-ADAPTÁVEL CONSOME 37% DO TOTAL DO CUSTO. FONTE: WWW.AARP.ORG/UNIVERSALHOME NÃO REQUER NECESSARIAMENTE GASTOS EXTRAS E SIM CUIDADOS EXTRAS.
  18. 18. CASA PARA VIDA TODA INSTALAÇÃO DE ELÉTRICA E HIDRÁULICA FONTE: GETTY IMAGES FONTE: ARQUIVO PESSOAL
  19. 19. CASA PARA VIDA TODA CLIENTE: APARECIDA INÊS FONTE: ARQUIVO PESSOAL CIRCULAÇÃO HORIZONTAL E VERTICAL ACESSOS
  20. 20. CASA PARA VIDA TODA CLIENTE: APARECIDA INÊS FONTE: ARQUIVO PESSOAL CIRCULAÇÃO
  21. 21. CLIENTE: APARECIDA INÊS FONTE: ARQUIVO PESSOAL CORRIMÃO ADEQUADO (ALTURA E DIÂMETRO DE EMPUNHADURA) DETALHE DO DEGRAU EM COR CONTRASTANTE E ACABAMENTO ANTIDERRAPANTE ILUMINAÇÃO EM CADA DEGRAU CIRCULAÇÃO CASA PARA VIDA TODA
  22. 22. CLIENTE: APARECIDA INÊS FONTE: ARQUIVO PESSOAL TRATAMENTO DE DESNÍVEIS CORRIMÃO EM LONGAS DISTÂNCIAS PISO CONTRASTANTE PARA INFORMAR INÍCIO DE RAMPA BOA ILUMINAÇÃO CASA PARA VIDA TODA
  23. 23. SALA FONTE: GETTY IMAGES
  24. 24. SALA FONTE: http://photos.ivillage.com/home/inspirationsgallery/ SONOMA VALLEY STYLE POR KATHRYN MASSON. PHOTOGRAPHY BY STEVEN BROOKE. © 2005. RIZZOLI, PUBLISHER. SOFÁ E POLTRONAS COM BRAÇOS ILUMINAÇÃO PONTUAL BOA RELAÇÃO COM O EXTERIOR AMBIENTE ACOLHEDOR
  25. 25. SALA FONTE: http://photos.ivillage.com/home/inspirationsgallery/ WINE COUNTRY POR MARY WHITESIDES. PHOTOGRAPHY BY MATTHEW REIER. ©2004. GIBBS SMITH, PUBLISHER. MOVEL FIXO E ACESSÍVEL BOA RELAÇÃO COM O EXTERIOR LAREIRA (CALOR) PEITORIL BAIXO
  26. 26. SALA FONTE: http://photos.ivillage.com/home/inspirationsgallery/ DECORATING IDEA BOOK POR HEATHER J. PAPER. PHOTOGRAPH BY BRIAN VANDEN BRINK. © 2005. THE TAUNTON PRESS, PUBLISHER. ILUMINAÇÃO GERAL E PONTUAL SOFÁ COM BOA ALTURA E PROFUNDIDADE LAREIRA (CALOR) MÓVEIS COM SUPERFÍCIE NÃO TRANSPARENTE MÓVEIS COM BOA ESTABILIDADE, PESADOS E FIRMES
  27. 27. DORMIRTÓRIO FONTE: GETTY IMAGES
  28. 28. DORMIRTÓRIO FONTE: ARQUIVO PESSOAL ILUMINAÇÃO NOTURNA ILUMINAÇÃO PRÓXIMA A CABECEIRA COMANDOS DE FÁCIL ACESSO (BANCADA) ESPAÇO AMPLO PARA CIRCULAÇÃO FONTE: HTTP://TUDOEDIMAIS.BLOGSPOT.COM/
  29. 29. DORMIRTÓRIO AMBIENTE ACOLHEDOR COMANDOS DE FÁCIL ACESSO (BANCADA) ILUMINAÇÃO PRÓXIMA A CABECEIRA FONTE: HTTP://TUDOEDIMAIS.BLOGSPOT.COM/
  30. 30. DORMIRTÓRIO MÓVEIS FIXOS E COM CANTOS ARREDONDADOS ILUMINAÇÃO NO INTERIOR DO GUARDA-ROUPA CABIDEIRO RETRÁTIL CALCEIRO RETRÁTIL FONTE: A CASA QUE PROTEGE - 8 ° CONCURSO RUBENS MEISTER / 1999
  31. 31. BANHEIRO FONTE: GETTY IMAGES
  32. 32. BANHEIRO CLIENTE: GILSÉIA E WILSON FONTE : ARQUIVO PESSOAL GABINETE VOLANTE ILUMINAÇÃO NA BANCADA
  33. 33. BANHEIRO FONTE:HTTP://WWW.TOTO.CO.JP BANCADA COM AJUSTE DE ALTURA
  34. 34. BANHEIRO TORNEIRA DE SENSOR E OUTRA DE ALAVANCA FONTE: IMPRESSO EM U.S.A. TOTO LTD. 11/02 # K10095 REV 11/02.2P. FONTE: IMPRESSO EM U.S.A. TOTO U.S.A. 03/05 # K112004.22P .
  35. 35. BANHEIRO VASO SUSPENSO (OPÇÃO) PORTA COM ABERTURA PARA FORA E COM LARGURA ADEQUADA BARRAS DE APOIO BANHEIRO ACESSÍVEL – AEROPORTO DE MADRI FONTE : ARQUIVO PESSOAL
  36. 36. BANHEIRO ASSENTO COM REGULAGEM DE TEMPERATURA E SISTEMA DE HIGIENIZAÇÃO CAIXA ACOPLADA BAIXA (ESQUERDA) FONTE: IMPRESSO EM U.S.A. TOTO LTD. 05/05 # K10195 REV. 05/05.4P . FONTE: IMPRESSO EM U.S.A. TOTO LTD. 05/05 # K10195 REV. 05/05.2P.
  37. 37. BANHEIRO MICTÓRIO ACIONADO POR SENSOR FONTE: IMPRESSO EM U.S.A. TOTO U.S.A. 03/05 # K112004.6P.
  38. 38. BANHEIRO FONTE:HTTP://WWW.TOTO.CO.JP EQUIPAMENTO ASSISTIVO PARA BANHEIRA
  39. 39. BANHEIRO CAMPAINHA NO BANHEIRO (PARA EMERGÊNCIA) RALO FORA DOS PÉS DA PESSOA REGISTROS – COM SISTEMA DE ALAVANCA CLIENTE: APARECIDA INÊS FONTE: ARQUIVO PESSOAL
  40. 40. BANHEIRO CORTINAS PLÁSTICAS
  41. 41. BANHEIRO CORTINAS PLÁSTICAS
  42. 42. BANHEIRO CORTINAS PLÁSTICAS
  43. 43. FONTE: GETTY IMAGES COZINHA
  44. 44. COZINHA FONTE:HTTP://WWW.GEAPPLIANCES.COM/DESIGN_CENTER/UNIVERSAL_DESIGN/ SISTEMA COM REGULAGEM DE ALTURA - BANCADA ESPAÇO DE APROXIMAÇÃO E USO
  45. 45. COZINHA FONTE:HTTP://WWW.GEAPPLIANCES.COM/DESIGN_CENTER/UNIVERSAL_DESIGN/ BASE PARA O LAVA-LOUÇAS – AJUDA NA HORA DE USAR O EQUIPAMENTO ÁRMÁRIOS SUPERIORES COM VIDRO – IMPORTANTE PARA VISUALIZAÇÃO
  46. 46. COZINHA FONTE:HTTP://WWW.GEAPPLIANCES.COM/DESIGN_CENTER/UNIVERSAL_DESIGN/ BANCADA RETRÁTIL (APOIO DE PRATOS) VISOR DO FORNO COM FÁCIL VISIBILIDADE
  47. 47. COZINHA FONTE:HTTP://WWW.GEAPPLIANCES.COM/DESIGN_CENTER/UNIVERSAL_DESIGN/ GAVETÕES DE FÁCIL MANEJO
  48. 48. COZINHA FONTE:HTTP://WWW.GEAPPLIANCES.COM/DESIGN_CENTER/UNIVERSAL_DESIGN/ PORTA DE ARMÁRIO QUE AUMENTA ÁREA DE PASSAGEM COOKTOP COM ESPAÇO LIVRE PARA APROXIMAÇÃO
  49. 49. COZINHA FONTE:HTTP://WWW.GEAPPLIANCES.COM/DESIGN_CENTER/UNIVERSAL_DESIGN/ CARRINHO VOLANTE - PARA AUXILIAR NAS ATIVIDADES DA COZINHA
  50. 50. COZINHA FONTE:HTTP://WWW.GEAPPLIANCES.COM/DESIGN_CENTER/UNIVERSAL_DESIGN/ PISO CONTRASTANTE DE BORDA
  51. 51. COZINHA CLIENTE: CAROLINE E JOSÉ CARLOS FONTE : ARQUIVO PESSOAL ILUMINAÇÃO NA BANCADA
  52. 52. COZINHA FONTE: WWW.AARP.ORG/UNIVERSALHOME FONTE: CATÁLOGO DECA TORNEIRAS DE FÁCIL MANUSEIO
  53. 53. INOVAR FONTE: CASA CLAUDIA ANO 21 N6 PAGS. 136/50/53
  54. 54. INOVAR “ SE A POESIA É A ARTE DE ORGANIZAR A PALAVRA PARA CAUSAR UM IMPACTO, A DECORAÇÃO, MESMO SENDO UTILITÁRIA, É A ARTE DE ORGANIZAR O ESPAÇO PARA O CONVÍVIO.” FREDERICO BARBOSA
  55. 55. RENATA MELLO E-MAIL: [email_address] CEL. (11) 8139-4381

×