dilemas e desafios de 
quem quer inovar no Brasil 
grandes empresas
1. Preparar a alta gestão para 
apo 
iar a inovação 
A inovação não é gerada a partir de um passo-a-passo 
claro. A busca ...
2. 
Mobilizar recursos para projetos 
de inovação 
Qual acionista quer que a empresa invista em 
projetos que o retorno es...
3. 
Pensar no futuro 
Historicamente o Brasil representou um ambiente 
desafiador para a sobrevivência das empresas. 
Isso...
4. 
Isolamento do centro de P&D 
das outras áreas da empresa 
Empresas que possuem um centro de Pesquisa 
e Desenvolviment...
Estabelecer Indicadores 5. 
Métodos de avaliação tradicionais podem 
matar a inovação, muitos projetos 
inovadores não ter...
Trabalhar com parceiros 6. 
No desafio de acelerar o processo de inovação 
ou reduzir seus investimentos, surge a 
estraté...
Relação com a matriz 7. 
No contexto de inovação, uma das particularidades 
do Brasil vem da sua quantidade de empresas 
m...
Cultura 8. 
Quando as empresas decidem inovar, o que se 
desencadeia é um processo de mudança 
cultural: da escolha de ind...
Em breve, os dilemas de: 
- Startups 
- Pesquisadores 
Se 
interessa 
por 
inovação? 
www.troposlab.com
O Pool de Inovação é uma iniciativa do Grupo Instituto Inovação
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dilemas e desafios de quem quer inovar: grandes empresas

242 visualizações

Publicada em

Dilemas e desafios de quem quer inovar no Brasil - Grandes Empresas faz parte de uma série de 3 publicações originadas em 2011 no Instituto Inovação. O material apresente 8 pontos considerados desafios para as empresas inovarem.

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
242
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dilemas e desafios de quem quer inovar: grandes empresas

  1. 1. dilemas e desafios de quem quer inovar no Brasil grandes empresas
  2. 2. 1. Preparar a alta gestão para apo iar a inovação A inovação não é gerada a partir de um passo-a-passo claro. A busca por “eficiência” pelas empresas, ao filtrar riscos e incertezas, muitas vezes não deixa as inovações mais ousadas seguirem em frente. Sem uma receita pré-determinada e dentro de um novo paradigma, a inovação exige que a alta gestão entenda de fato seus conceitos e princípios para ajudar sua organização a gerar modelos próprios de gestão.
  3. 3. 2. Mobilizar recursos para projetos de inovação Qual acionista quer que a empresa invista em projetos que o retorno estará no longo prazo e, ainda, onde se assume a existência de algum grau de incerteza em relação ao sucesso técnico e comercial? Esse dilema é vivido pela maioria das empresas, mas poucas delas ainda utilizam todas as estratégias disponíveis para mobilizar recursos internos e externos para viabilizar investimentos em inovação, de incentivos fiscais a subvenção econômica.
  4. 4. 3. Pensar no futuro Historicamente o Brasil representou um ambiente desafiador para a sobrevivência das empresas. Isso gerou uma cultura de imediatismo e adaptabilidade: as empresas focam no curto-prazo e na flexibilidade para lidar com as surpresas do ambiente econômico. A inovação possibilita saltos de desempenho, mas a organização precisa antecipar movimentos, investir em pessoas e em tecnologias. Mas como identificar as tendências do mercado em um futuro pra elas tão distante?
  5. 5. 4. Isolamento do centro de P&D das outras áreas da empresa Empresas que possuem um centro de Pesquisa e Desenvolvimento podem gerar em sua cultura a percepção de que lá é “o lugar onde a inovação acontece” e deixa-se de aproveitar o potencial de inovação de todo o restante da organização. Com isso, outros tipos de inovação tornam-se menos prováveis.
  6. 6. Estabelecer Indicadores 5. Métodos de avaliação tradicionais podem matar a inovação, muitos projetos inovadores não teriam sido aprovados com base na análise de VPL. Mas como tomar decisões de “go” (seguir adiante) ou “no go” (abandonar) nas diferentes etapas do projeto?
  7. 7. Trabalhar com parceiros 6. No desafio de acelerar o processo de inovação ou reduzir seus investimentos, surge a estratégia de inovação aberta, na qual ela decide trabalhar em parcerias com centros de P&D externos, fornecedores, outras empresas, etc. Para isso a empresa precisa repensar a maneira como conduz o processo de inovação, as pessoas que deve envolver e até mesmo como lidar com uma cultura diferente da sua.
  8. 8. Relação com a matriz 7. No contexto de inovação, uma das particularidades do Brasil vem da sua quantidade de empresas multinacionais nas quais o centro de P&D ou as atividades de inovação estão concentradas na matriz. Por que uma grande multinacional deve investir em iniciativas locais de inovação? Filiais que inovam mostram como aproveitar as aptidões dos sistemas regionais para gerar inovações que dificilmente seriam geradas em sua matriz e que podem também atender outros mercados emergentes.
  9. 9. Cultura 8. Quando as empresas decidem inovar, o que se desencadeia é um processo de mudança cultural: da escolha de indicadores à atitude de tolerar o risco novos padrões precisam ser aceitos. Entender as barreiras que sua cultura irá impor à inovação , preparar as pessoas de todos os níveis e criar um modelo de gestão aderente à cultura poderá catalisar o processo de mudança.
  10. 10. Em breve, os dilemas de: - Startups - Pesquisadores Se interessa por inovação? www.troposlab.com
  11. 11. O Pool de Inovação é uma iniciativa do Grupo Instituto Inovação

×