Relatos dos alunos sobre a Conferência Suzuki em Minneapolis 2014

235 visualizações

Publicada em

Relatos dos alunos de flauta doce do Centro Suzuki de Educação Musical - São Paulo que participaram da Conferência Suzuki em Minneapolis/USA em maio de 2014.
Alunos da profa. dra. Renata Pereira
renata@centrosuzuki.com.br

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
235
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatos dos alunos sobre a Conferência Suzuki em Minneapolis 2014

  1. 1. Junho 2014 Aprendendo com os alunos Desde quando iniciei os trabalhos com o Método Suzuki de flauta doce (1998) sempre tive a certeza do efeito positivo que um evento musical pode causar na vida de um aluno. Por isso, tenho como objetivo divulgar e incentivar sempre a participação de meus alunos em eventos como Retiro de Primavera Suzuki, Encontro de alunos Suzuki em qualquer lugar do mundo, Festivais de Música etc.. Minha função nesse processo é divulgar, incentivar e explicar como estes eventos funcionam, e é claro que a escolha de participar ou não será sempre dos alunos e de suas famílias, mesmo daqueles eventos que para você professor possa parecer impossível que as famílias queiram participar! Foi assim com o projeto Suzuki Americas e Conferência da Suzuki Association of the Americas que aconteceu em maio passado em Minneapolis nos Estados Unidos. Por isso, pedi para as famílias e para os meus 3 alunos que participaram desse evento, contar para vocês o resultado de todo esse processo - Prof. Renata.$ 1www.CENTROSUZUKI.com.br Lie (9 anos) ‘Minneapolis foi legal? Sim. Eu gostei? Sim. Bem, foi meio assim: ensaia as músicas, decora, toca, faz uma parte da mala, ensaia com o grupo, toca em casa, assim por diante. Um dia antes da viagem, houve uma catástrofe! Eu estava lá. de boa, ia tocar, aí o apoio da flauta saiu e, quando eu fui pôr de volta… CREC! Quebrou. “ Aaaaaaah!” Mas no final, nem precisava do apoio para tocar. Fui para o aeroporto (até comi no táxi) e procurei a Milena. Não achei. E o avião vai para Nova York. Depois de dois ou três dias… Minneapolis. O hotel era chique, os ensaios, no começo, foram meio :| mas daí foi pra :) e finalmente :0 Fiquei muito com a Milena, conheci dois peruanos Jesus e Antony. Ensaio, ensaio, até que veio o grande dia: “O dia do concerto” BUAHAHAHA! Subindo no palco… Tocamos. Nem senti minhas pernas, mas tocamos. É isso’. Milena (12 anos) ‘Foi realmente incrível a possibilidade de tocar em Minneapolis. E melhor, dividi essa experiência com a minha família. Conheci pessoas de países diferentes, culturas diferentes, tive aulas com
  2. 2. Junho 2014 Helenice - mãe da Milena" Tocar em Minneapolis? Como foi isso?$ Primeiro foi um convite, em junho de 2013. E com ele, a surpresa. Como assim, tocar fora do país? Foi um "susto" e uma grande emoção ao mesmo tempo. Pensar nessa possibilidade deixou toda a família envolvida para tentar tornar real o sonho que havia se iniciado.$ Foram mais de 1.000 cupcakes vendidos, bonequinhos confeccionados de biscuit e muito trabalho extra para que esse sonho se tornasse real, e posso afirmar que valeu a pena!$ Milena estudou como nunca havia estudado antes, a cada dia alimentando mais o sonho e estudando muito.$ Em Minneapolis foi tudo maravilhoso, chegando a superar as expectativas. Logo nos primeiros dias veio o convívio com os colegas, tanto do Brasil como de outros países, o que foi muito enriquecedor, tanto no sentido de tocar junto como de tentar entender o que falavam e conhecer um pouco de suas culturas. $ Houve momentos sociais, como jantar com todos os integrantes da Orquestra Latino Americana e seus pais, troca de lembrancinhas entre os alunos, festa do sorvete, enfim, momentos extras musicais que também ajudaram a marcar o evento como algo inesquecível em nossas vidas.$ Os professores foram ótimos, sempre dispostos a tornar o evento um sucesso, transmitindo uma energia muito grande e buscando o envolvimento de todos. $ Muitos ensaios de orquestra, consort, master class, e outras atividades tornaram os dias bem cheios, com poucos intervalos. Essa imersão no mundo musical foi incrível! Quem vê de fora imagina que 2www.CENTROSUZUKI.com.br professores diferentes, fiz amigos que não vou esquecer. O melhor de tudo, é que eu estava lá com a melhor professora do mundo, e tocando o melhor instrumento do mundo’. ! Ken (11 anos)
  3. 3. Junho 2014 tenha sido algo cansativo, mas ao invés disso, o que eu via a Milena sentir, era pura felicidade. Estava estampado no semblante dela.$ Os concertos foram o ponto culminante de tudo isso. Ver tantas crianças e adolescentes de diferentes lugares tocando com alegria e grande qualidade musical foi lindo e emocionante! A certeza de que estamos no caminho certo, o trabalho é maravilhoso! E o crescimento musical e pessoal resultante de todo o trabalho foi uma consequência marcante.$ Só tenho a agradecer a todos do Centro Suzuki que colaboraram para essa experiência. Meu muito obrigada a todos os professores do Brasil que foram muito cuidadosos para que nossas crianças se sentissem bem em todos os aspectos nessa viagem. $ E um agradecimento especial à Renata, que é uma pessoa e educadora incrível! Extremamente cuidadosa no ensinar e passar bons exemplos. Com ela, além de desenvolver uma excelência musical, os alunos também se desenvolvem enquanto seres humanos. Estamos muito felizes por tê-la em nossos caminhos. $ ! Naoka - mãe da Lie e do Ken" ! Das aulas de flauta doce iniciadas em fevereiro de 2012, seguiram-se dois Retiros de Primavera, sete recitais, incontáveis aulas, incontáveis treinos fora das aulas, o convite da Profa. Renata para as crianças concorrerem ao evento de 3www.CENTROSUZUKI.com.br
  4. 4. Junho 2014 Minneapolis, a alegria da aprovação, músicas novas que não paravam de chegar e muitos ensaios. Muitos!$ Ao mesmo tempo, crianças ingressando na pré-adolescência, meus problemas de saúde, o falecimento do médico que me curou, o Ken começando o fundamental II em uma escola nova e voltando exausto todo dia, a Lie vivenciando pela primeira vez uma escola sem o irmão mais velho nela, dificuldades para conciliar os horários das atividades, mais compromissos escolares, mudança do meu escritório.$ Daí as incertezas: seria o momento certo para as crianças assumirem um compromisso tão importante???$ Mas a Renata continuava animada e focada, cobrando e estimulando o Ken e a Lie quando eu mesma ficava com dó de sobrecarrega-los. Veio a chateação com o figurino, mas também veio a ajuda da Helenice, a Patricia Field das flautistas brasileiras.$ Vários e vários ensaios com a Renata e com a Milena. Que as crianças adoraram. Quando vamos ver, estamos no Hilton Minneapolis.$ A agenda é intensa, mas os professores são alto astral e o grupo bem animado. mesmo ensaiando de manhã até à noite, as crianças demonstraram estar muito felizes. Cada qual de sua forma, compromissados com suas atividades, conscientes de sua responsabilidade e adorando o que estavam fazendo. Enfim, todas as dúvidas foram se esvaindo. Era o momento certo realmente.$ A Lie ficou inseparável da Milena e da Amanda e o Ken fez amizade com o Antony e o Jesus, os flautistas peruanos talentosos sem os quais o Concerto I (Boismortier) não teria sido o mesmo. Dois exemplos vivos de humildade e de superação, vimos que mesmo com condições econômicas tão desfavorecidas, a força de vontade deles se sobrepõe e mesmo com flautas de plástico, o som deles é maravilhoso.$ O masterclass com o Paul (Leenhouts) foi mais um privilégio. Não é sempre que se tem um dos melhores flautistas do mundo avaliando seus filhos. $ Contamos também com a ajuda dele no último ensaio do consort, que teve a Renata como a principal idealizadora e condutora. E o Gustavo (de Francisco) como tradutor simultâneo. Ainda tivemos a Mary 4www.CENTROSUZUKI.com.br
  5. 5. Junho 2014 (Waldo) saltitando pela sala para mostrar o ritmo de uma dança régia. Mais quatro novos colegas flautistas dos EUA e do Canadá. Todos empenhadíssimos e o trabalho foi fluindo muito bem.$ Os ensaios do ensemble latino americano também foram evoluindo e as músicas foram ficando cada vez mais bonitas. Arranjos mais elaborados, os alunos se entrosando melhor. Parecia outro grupo, completamente distinto daquele que havia tocado no primeiro ensaio (bem ruim, por sinal). Parabéns para o professor Fernando Piñero e os outros professores e regentes. $ Até que chega, finalmente, o momento culminante: a noite da apresentação. Vestidos com trajes típicos, os alunos vão subindo para o palco. Estão todos lindos! E parecendo tão seguros, tranquilos, preparados. Ao mesmo tempo em que os professores (e pais) estavam tão emocionados!$ A apresentação do consort de flautas doces foi muito bem, terminando com a participação dos professores. O Fábio (dos Santos) até tocou pandeiro! Outras apresentações se sucederam até chegar o clímax: a apresentação do Ensemble latino americano. Foi quando todas as lembranças vão correndo pela mente em tomadas instantâneas: as dificuldades, as trapalhadas, os ensaios. "Colombia tierra querida" nunca soou tão linda. O Boismortier chamou as lágrimas. Por fim, coroou-se a celebração com o “Saqras". $ Se valeu a pena? Com certeza. Sob diversos pontos de vista. Seja pela evolução musical, seja pela experiência de vida, sela pelo aprendizado de que com trabalho e esforço colhe-se o resultado, seja pelo senso de responsabilidade de cada um para com o grupo, seja pelo lado humano. As crianças querem voltar daqui a dois anos.$ 5www.CENTROSUZUKI.com.br
  6. 6. Junho 2014 Por isso tudo, só tenho a agradecer a todos que participaram para que tudo isso fosse possível. Especialmente a Renata, claro, sem a qual nada disso teria acontecido, pelos mais variados motivos (desde as aulas, a iniciativa em convida-los, o empréstimo do material, os ensaios nos horários mais doidos, etc.). E os professores todos.$ Obrigada e parabéns! Naoka$ ! Fotos: Gustavo de Francisco$ centrosuzuki@centrosuzuki.com.br$ ! ! 6www.CENTROSUZUKI.com.br

×