Successfully reported this slideshow.

Co-criação, Crowdsourcing e Social Commerce

3.342 visualizações

Publicada em

Curso Gestão Avançada em Mídias Sociais, parceria PaperCliQ + Trespontos.

Publicada em: Negócios, Tecnologia

Co-criação, Crowdsourcing e Social Commerce

  1. 1. Curso Gestão Avançada em Mídias SociaisESTRATÉGIA DECOMUNICAÇÃO EMMÍDIAS SOCIAIS4 Co-Criação, Crowdsourcing e Social Commerce +
  2. 2. >> SOBRE O CURSO >> PROFESSORES Danila Dourado O curso “Gestão Avançada em Mídias Gerente de Monitoramento e Análise danila.dourado@papercliq.com.br Sociais” é uma parceria da PaperCliQ, @daniladourado agência de Comunicação e Estratégia Digital com a Trespontos, Rede de Socialização de Conhecimento. Marcel Ayres Diretor de Planejamento marcel.ayres@papercliq.com.br @marcelayres É uma primeira parceria destas duas empresas que buscam compartilhar e construir conhecimento sobre diversas Renata Cerqueira áreas da comunicação e negócios. Diretora de Monitoramento e Análise renata.cerqueira@papercliq.com.br @renatacbc Tarcízio Silva Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento tarcizio.silva@papercliq.com.br @tarushijio
  3. 3. >> ÍNDICE › Co-Criação e Crowdsourcing › Social Commerce
  4. 4. >> Co-criação › ConceitoDe acordo com a consultoria Fronteer Strategy, co-criação é aprática de desenvolvimento colaborativo de produtos ouserviços. Trata-se de uma forma de inovação aberta, em queideias são compartilhadas.Existem quatro tipos de co-criação, que devem ser usados adepender do desafio e dos objetivos de cada organização:1) Crowd of People2) Community of Kindred Spirits3) Club of Experts4) Coalition of Partie
  5. 5. >> Co-criação › Co-Criação 5 Princípios da Co-Criação• Inspirar a Participação: estimule as pessoas a participarem doseu desafio; Continuar a Desenvolver Mostrar Resultados• Selecionar os melhores: você precisa das melhores ideias e asmelhores pessoas para lidar com questões complexas; Conectar mentes criativas Selecionar os Melhores• Conectar mentes criativas: você tem que permitir que pessoascompartilhem idéias uns com os outros, on e off-line; Inspirar a Participação• Compartilhar os resultados: devolver às pessoas - e encontrar o Fonte:caminho certo para fazê-lo - é essencial; http://www.experientia.com/blog/co- creations-five-guiding-principles• Continuar a desenvolver: co-criação é um compromisso de longoprazo, dentro e fora da empresa. Só então ele vai entregar osresultados.
  6. 6. >> Co-criação › Co-CriaçãoA co-criação cria valor em quatro áreas:1) Direct Results – valor econômico gerado pelas ideias trazidas;2) Direct Spinoffs – contato com participações,colaborações futuras, advogados de marcas propaganda boca-a-boca etc.;3) Future Results – lucro com lançamento de novos produtos e serviços, criação de nova família de produtos etc.;4) Future Spinoffs – mudanças ainda não previstas. Fonte: http://www.experientia.com/blog/co- creations-five-guiding-principles
  7. 7. >> Crowdsourcing No Wikipedia, consta a seguinte definição: “o crowdsourcing é um modelo de produção que utiliza a inteligência e os conhecimentos coletivos e voluntários espalhados pela internet para resolver problemas, criar conteúdo ou desenvolver novas tecnologias”.
  8. 8. >> CrowdsourcingPrincípios para o sucesso:1) Proposta clara para a própria organização;2) Clareza no chamado à ‘multidão’;3) ‘Multidão’ certeira;4) Incentivos corretos;5) Modelo adequado;6) Promoção efetiva;7) Gestão adequada;8) Tecnologia certa.
  9. 9. >> Crowdsourcing1) Criação 1.1 Criação de conteúdo que pertence ou é mantido por leitores. Ex. Wikipedia; 1.2 Criação de conteúdo por solicitação. Ex. Fiat Mio;2) Invenção – Fonte de ideias, com ranking. Ex. My Starbucks Idea;3) Organização – Conteúdo filtrado pelos próprios usuários. Ex. Digg;4) Predição – Previsão de tendências a partir da submissão de ideias e votação.5) Financiamento – conquista de financiamentos. Ex. Viabilização de show no país etc.
  10. 10. >> Usos de Co-criaçãoMy StarbucksCom o objetivo de estreitar laços com seu público, aempresa criou uma página na qual os usuários podemcontribuir com ideias e sugestões para a marca e seusprodutos.As sugestões podem ser votadas e comentadas pelospróprios usuários e, depois de rankeadas por votaçãopopular, são analisadas pela equipe Starbucks. Asmelhores ideias são implementadas e publicadas noblog da empresa. Acesse: Clique Aqui
  11. 11. >> Usos de Co-criaçãoFiat MioPortal onde os usuários opinam sobre como deveriaser cada detalhe para um futuro modelo dos carros daFiat. Neste ambiente, os usuários falam sobre o quegostariam em um carro Fiat e compartilham comoutras pessoas na web.1,5 milhão de visitantes; 15,3 mil cadastrados demais de 100 países, 10 mil idéias enviadas quegeraram mais de 3 mil desenhos dos designers daempresa Acesse: Clique Aqui
  12. 12. >> Usos de Co-criaçãoDell – IdeaStormFórum de sugestões no qual os usuários semanifestam livremente sobre os produtos daempresa, sugerem novas funcionalidades,configurações, recursos e instalações.Os visitantespodem votar nas sugestões, promovê-las ou discuti-las com os moderadores da Dell.A ideia mostra como a empresa está preocupada emse adaptar aos clientes, estudando seuscomportamentos, anseios e desejos. Acesse: Clique Aqui
  13. 13. >> Usos de Co-criaçãoZooppaProvedora norte-americana de publicidade gerada porusuários (crowdsourcing advertising). Por meio de umsite de rede social (formada por publicitários,profissionais de marketing, estudantes ecomunicadores), 70 mil membros (dos quais 6 mil sãobrasileiros) postam ideias, peças gráficas, vídeos econcorrem a prêmios. As melhores são escolhidaspelos membros da rede, pelo cliente e pelo conselhoda própria Zooppa. Acesse: Clique Aqui
  14. 14. >> Usos de Co-criaçãoGive a MinuteÉ uma plataforma que aproveita a inteligência damultidão para gerar ideias inovadoras para osproblemas das grandes cidades. Em seguida, recolhe erepassa as ideias para órgãos públicos e liderançasdas cidades. A plataforma foi desenvolvida pela agência LocalProjects em parceria CEOsForCities com fundos das fundações Rockefeller e Knight.
  15. 15. >> Usos de Co-criaçãoSpudarooÉ uma startup que tem como objetivo conectar omáximo de pessoas criativas e com bons projetos. Nosite, o usuário pode postar um projeto e receberpalpites de várias pessoas ou, então, acessar os itensjá discutidos. Veja como funciona: Clique Aqui
  16. 16. >> Usos de Co-criaçãoMyoo CreateServiço baseado em crowdsourcing, com umdiferencial interessante: explorar a inteligênciacoletiva para buscar soluções sustentáveis para asempresas.As empresas publicam um briefing, que contém oproblema a ser resolvido e um prêmio. A partir daí, osparticipantes elaboram soluções para eles. As maisvotadas levam a bonificação. Acesse: Clique Aqui
  17. 17. >> Social Commerce Rodrigo Tafner (ESPM) - “O poder das pessoas reunidas em comunidades, trocando informações sobre suas vontades e expectativas, ainda vai modificar muitas coisas que conhecemos sobre as relações comerciais de hoje". Social Media + E-Commerce
  18. 18. >> Social Commerce06 âmbitos de atuaçãoCriado em 2009, por Paul Marsden.Definição dos âmbitos de acordo com o contexto de cada cliente 1) Compra Social 2) Classificações e Comentários 3) Recomendações e Referências 4) Fóruns e Comunidades 5) SMO (Social Media Optimization) 6) Anúncios Sociais & Aplicativos
  19. 19. >> Social Commerce – Compra Social (Social Shopping) Fazer compras online em conjunto.
  20. 20. >> Social Commerce – Compra Social (Social Shopping) Compras em GrupoReunir e capacitar pessoas que tenham um interesse em comum por algum produto ou serviço, para usar seu poder de compracoletiva e obter a melhor negociação possível; Co-navegaçãoReunir e capacitar pessoas para fazer compras em grupo em e-commerces, ao mesmo tempo com exibições de página e bate-papointegrado
  21. 21. >> Social Commerce – Compra Social (Social Shopping) Grupo de PresentesPermitir comprar um presente coletivamente; Pergunte-ao-seu- círculo-socialFuncionalidade incorporada em páginas de produtos que permitem às pessoas obter conselhos e recomendações em tempo real, apartir de seu próprio círculo social de confiança, colocando perguntas diretamente em suas atualizações (feed news);;
  22. 22. >> Social Commerce – Compra Social (Social Shopping) Sites de RedesSociais de ComprasPermite que pessoas comprem onde eles se conectam, utilizando ambientes de redes sociais para solicitarem pareceres erecomendações ao seu círculo social;Portais de Compras SocialCapacitar pessoas para compras em conjunto, utilizando ferramentas de social shopping, muitas vezes combinados comclassificações e opiniões, recomendações e referências (por exemplo, Kaboodle, ThisNext).
  23. 23. >> Social Commerce – Classificação e Comentários Avaliação de terceiros.
  24. 24. >> Social Commerce – Classificação e Comentários Classificações e Análises de Clientes A experiência de compra e uso pode ser compartilhada em um espaço na página de produtos ou em redes sociais (por exemplo, Amazon, iTunes, Americanas.com, Submarino); Classificações e Análises de ExpertsA visão de profissionais ou semiprofissionais, que em uma página de produto ou redes sociais, enviam suas opiniões eexperiências de uso e compra de um produto e/ou serviço (por exemplo, Metacritic );
  25. 25. >> Social Commerce – Classificação e Comentários Análises PatrocinadasSão comentários feitos por especialistas ou empresas em plataformas de mídias sociais (por exemplo, PayPerPost); Testemunhos de ClientesRelatos de clientes geralmente publicados em páginas de produtos, blogs ou fóruns, permitindo comentários e discussão.
  26. 26. >> Social Commerce – Recomendações e Referências Indicações em círculos sociais.
  27. 27. >> Social Commerce – Recomendações e Referências Compartilhe com sua redeProdutos recomendados, promoções e dicas favoritas, distribuídas para amigos, fãs e seguidores; Programas de ReferênciasPremiar clientes e parceiros que indicam novos clientes;
  28. 28. >> Social Commerce – Recomendações e Referências Recomendações SociaisRecomendações de compra com base em semelhanças de perfil para os outros clientes;
  29. 29. >> Social Commerce – Fóruns e Comunidades Ambiente moderado para conectar pessoas.
  30. 30. >> Social Commerce – Fóruns e ComunidadesFóruns de UsuáriosPessoas oferecendo suporte e resolução de outros problemas de cada tarefa ou produto – geralmente membros de clientes e/ ou parceiros; Galerias de UsuárioPessoas compartilhando vídeos e fotos a fim de discutir o conteúdo com outras pessoas, em torno de um tema específico;
  31. 31. >> Social Commerce – Fóruns e Comunidades Área de ideiasSugestões on-line para um feedback construtivo, muitas vezes oferece funcionalidades como voto e comentários; Q & A FórumEstilo de FAQ que aproveita contribuições de usuários para responder a perguntas comuns em um formato estruturado;
  32. 32. >> Social Commerce – Fóruns e Comunidades Comunidades de MarcasComunidades privadas para clientes/parceiros, geralmente com propósitos de fidelidade ou de consultoria;
  33. 33. >> Social Commerce – SMO (Social Media Optmization) Atração de visitantes a partir das mídias sociais.
  34. 34. >> Social Commerce – SMO (Social Media Optmization) News FeedsPublicar notícias no Twitter, Facebook, blogs (RSS) e outras plataformas de mídia social com o objetivo de fornecerinformações exclusivas e (muitas vezes) ofertas especiais(Americanas.com, Submarino, FNAC); Compartilha- Publicidade e publicação em serviços mento de Mídia populares das mídias sociais (como YouTube, Flickr e Slideshare) com o objetivo de disponibilizar conteúdo informativo;
  35. 35. >> Social Commerce – SMO (Social Media Optmization)Eventos em Mídias SociaisEventos mediáticos em mídias sociais, tais como webinars, conferências de imprensa, concursos, seleções, e mostras; Adiciona comentários ligados a conteúdo de terceiros em mídias sociais, como blogs, Link Building fóruns e sites de compartilhamento de mídia.
  36. 36. >> Social Commerce – Anúncios sociais e aplicativos Conteúdo em forma de anúncio ou aplicativo.
  37. 37. >> Social Commerce – Anúncios sociais e aplicativos Anúncios SociaisPublicação de anúncios nos espaços de propaganda específicos em plataformas de mídias sociais, como Facebook,Orkut, YouTube, assim como em blogs e fóruns. Social AppsA criação de aplicativos online que geralmente são disponibilizados em redes sociais. É indicado para marcas quesuportam a interação social e as contribuições do usuário;
  38. 38. >> AULAS DO CURSO GESTÃO AVANÇADA EM MÍDIAS SOCIAISAcesse os slides de todas as aulas e mais conteúdo no SlideShare da PaperCliQ:
  39. 39. + Conteúdo: @papercliq www.papercliq.com.br www.papercliq.com.br/blog [www.slideshare.net/papercliq Tel.: (71) 3013-1432 Av. Tancredo Neves – Ed. Esplanada Tower, 939 – Sala 403 – Caminho das Árvores | CEP 41.820-021 | Salvador-BA

×