PROJETO: O FOLCLORE 
TEMA: RESGATANDO O FOLCLORE BRASILEIRO 
JUSTIFICATIVA: 
O folclore pode ser definido como a ciência q...
quantidade de elementos de uma coleção discreta, medida de grandezas, 
indicadores de posições e códigos entre outros conh...
DURAÇÃO: Mês de agosto 
O trabalho permitirá integra as disciplinas visando novos conhecimentos 
de maneira prazerosa. 
De...
Que me fizesse casar Não amei a mais ninguém 
10 noivos apareceram Amei 7 e a 8 
9 deles fiz voltar “ 9 contigo, meu bem!”...
AVALIAÇÃO: 
A avaliação se dará como processo contínuo observando o desempenho 
do aluno desenvolvimento das atividades pr...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto folclore

296 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
296
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto folclore

  1. 1. PROJETO: O FOLCLORE TEMA: RESGATANDO O FOLCLORE BRASILEIRO JUSTIFICATIVA: O folclore pode ser definido como a ciência que todas as manifestações do saber popular, considerando indispensável para o conhecimento social e psicológico de um povo. O Brasil apresenta grandes diversidade no campo cultural. Seu folclore riquíssimo. Oferecer oportunidades de conhecer e a cultura popular que diz respeito à nossa tradição através das diferentes formas de expressões e manifestações folclóricas, as festas populares, o artesanato e a medicina popular, danças e os “causos” contatos pelo Brasil afora, na literatura sob a forma de poema, lendas, fábulas, ditados populares, superstições. A realização desta atividades visa aproveitar as heranças culturais vivenciadas pela comunidade escolar, valorizando hábitos cotidianos que demonstram os conhecimentos passados de geração a geração. O resgate desses conhecimentos proporcionará ao aluno vivenciar brincadeiras, músicas, adivinhas, parlendas... a que já conhecem ou virão a conhecer. De acordo com as atividades interdisciplinares, a literatura pode contribui r efetivamente com a aprendizagem de conceitos da matemática, sem perder o encanto e a magia da história. No artigo 32 da Lei 9394/96 é proposto que é necessário garantir o desenvolvimento da capacidade de aprender, tendo como meios básicos pleno domínio da leitura, da escrita e do cálculo. Para tal domínio, diferentes conhecimentos e capacidades devem ser apropriado pelas crianças. Portanto, os conhecimentos não devem ser trabalhados na escola de forma fragmentada, mas sim envolvendo articulações entre as disciplinas ampliando e consolidando o ensino fundamental. Sendo assim, é direito da criança apreender números e operações em diferentes contextos e funções, considerando o indicador da
  2. 2. quantidade de elementos de uma coleção discreta, medida de grandezas, indicadores de posições e códigos entre outros conhecimentos que o ensino da matemática pode proporcionar juntamente com as outras disciplinas. OBJETIVOS GERAIS:  Conhecer e valorizar a própria cultura;  Estabelecer relação entre o falado e o escrito;  Situar-se no tempo passado e presente através das atividades realizadas;  Compreender a importância de adquirir conhecimentos vivenciados pelos antepassados;  Experimentar a convivência a participação como fator relevante a socialização; OBJETIVOS ESPECÍFICOS:  Resgata, vivenciar valorizar manifestações da cultura popular brasileira;  Resgata conhecimentos e brincadeiras esquecidas com o tempo;  Discutir a importância de brincar juntos, estimulando desafios envolvendo o raciocínio lógico;  Valorizar conhecimentos prévios do aluno e estimular a pesquisa em suas residências de cantigas e brincadeiras;  Envolver as famílias nas atividades desenvolvidas na unidade escolar;  Trabalhar os conhecimentos do nosso folclore de acordo com seus interesses respeitando a diversidade cultural;  Usar a língua própria da matemática;  Aplicar conceitos por meio de experiências matemáticas;  Desenvolver o cálculo, incorporando experiências relacionando quantidade;  Explorar o eixo da oralidade, leitura, produção escrita, compreensão e valorização da cultura escrita;
  3. 3. DURAÇÃO: Mês de agosto O trabalho permitirá integra as disciplinas visando novos conhecimentos de maneira prazerosa. De acordo com a proposta surgirão atividades como:  Jogos e brincadeiras,  Expressões artísticas (Música, pinturas, recortes-colagens e desenhos);  Construções de cartazes e murais de trabalhos individuais produzidos pelos alunos;  Realização de receitas com os alunos; De acordo com as atividades interdisciplinares, a literatura pode contribui r efetivamente com a aprendizagem de conceitos da matemática, sem perder o encanto e a magia da história. No artigo 32 da Lei 9394/96 é proposto que é necessário garantir o desenvolvimento da capacidade de aprender, tendo como meios básicos pleno domínio da leitura, da escrita e do cálculo. Para tal domínio, diferentes conhecimentos e capacidades devem ser apropriado pelas crianças. Portanto os conhecimentos não devem ser trabalhados na escola de forma fragmentada, mas sim envolvendo articulações entre as disciplinas ampliando e consolidando o ensino fundamental. Sendo assim, é direito da criança apreender números e operações em diferentes contextos, Algumas trovas folclóricas mostram noções matemáticas como números ímpares, números de dias da semana e noções de matemáticas, sequência de números simples até três, em ordem crescente. Exemplos Trovas “Fui pedir a São Gonçalo “ No tempo em que te amei
  4. 4. Que me fizesse casar Não amei a mais ninguém 10 noivos apareceram Amei 7 e a 8 9 deles fiz voltar “ 9 contigo, meu bem!” Enigmas com noções matemáticas Que é, que é? 100 meninas num castelo Todas elas vestidinhas de amarelo...... (Um cacho de banana) Trilha do folclore envolvendo matemática Atividades utilizando o calendário do mês de agosto, parlendas e rimas para trabalhar a oralidade, compreensão textual e linguagem matemática. Exemplo: Serra madeira Um, dois - feijão com arroz Senhor carpinteiro Três, quatro - feijão no prato Serra direito Cinco, seis – feijão pra nós três Pra ganhar dinheiro Sete, oito – feijão com biscoito Nove, dez – feijão com pastéis
  5. 5. AVALIAÇÃO: A avaliação se dará como processo contínuo observando o desempenho do aluno desenvolvimento das atividades propostas visando o sucesso da aprendizagem. CULMINÂNCIA: Ao final do projeto serão exposto os trabalhos realizados e a socialização das atividades e das pesquisas realizadas.

×