Reflexão e Reconciliação
“O Amor não se esquec
Aqui estou, Senhor como grão
de areia no deserto.
Aqui estou, Senhor, descalço, à
tua espera.
Aqui estou, Senhor, de coração
aberto, à escuta.
Aqui estou, Senhor, procurando
paz na tua resposta.
Aqui estou, Senhor, como o
coração da Virgem Maria, janela
aberta, de par em par, para que o
sol do Teu ser se torne fecun...
Quero estar contigo, sentado, a
teus pés, sem pensar, nem
procurar, sensível ao que me
advém.
Quero estar gratuitamente
contigo, aqui e agora, atento à
tua palavra, totalmente
presente nela.
Quero unificar o meu ser com o
teu, a minha vida com a Tua,
Senhor da aurora.
Tu és, Jesus, a última palavra,
acolhida no silêncio de uma
dura experiência.
Tu és, Jesus, Boa Nova, que
alegra o coração.
Tu és, como o silêncio das
noites frias que gota a gota
empapa a terra ressequida.
Quero ser pessoa. «Ser» e não
«Ter». Ser na sua pureza.
Quero abandonar o ruído que
me atordoa e escraviza.
Quero cortar as amarras que
cercam a minha liberdade.
Quero quebrar, rasgar, forçar,
abrir cadeias.
Quero que ponhas o teu
coração terno no pó e no nada
da minha pobreza.
Quero conhecer, saborear a tua
misericórdia para adoçar o
meu coração de pedra.
Quero que a luz do teu
evangelho ilumine o meu ser
e o arranque da noite cega.
Dá-me, Senhor, o autodomínio, o
controlo e a vigilância pois
desejo ser servidor do teu Reino.
Quero ser livre e ainda me ...
Todos:
Aqui estou, Senhor, na tua presença, para
que a tua palavra me ilumine e me faça
regressar às origens, ao paraíso e...
Vem Espírito Santo: dá-nos o dom da
sabedoria, para sabermos ouvir a voz
de Deus e percebermos os sinais que
incansavelmen...
Vem Espírito Santo: dá-nos o dom o
entendimento, para entendermos
cada vez melhor a Palavra do Senhor
Jesus nos dirige, so...
Vem Espírito Santo: dá-nos o dom da
conselho, para podermos sempre
iluminar a nossa própria vida e a vida
daqueles que nos...
Vem Espírito Santo: dá-nos o dom da
fortaleza, para que não tenhamos
medo da voz de Cristo, que chama e
convida.
Vem Espírito Santo: concede-nos o
dom da ciência, para percebermos que
o chamamento de Cristo “nada tira,
mas tudo dá!”.
Vem Espírito Santo: dá-nos o dom da
piedade, de forma a vivermos sempre
orientados pela vontade do Pai.
Vem Espírito Santo: dá-nos o dom do
temor de Deus para que na vida
encaremos o que na igreja dizemos.
Oração de S. Francisco
Senhor, fazei de mim um instrumento da vossa Paz:
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver...
Senhor, fazei que eu procure mais:
consolar que ser consolado,
compreender que ser compreendido,
amar do que ser amado.
Po...
Senhor,
tu és a luz que ilumina
a minha vida!
Leitura:
Evangelho segundo São João
(15, 12-17)
Salmo do Amor
Conheço a tua miséria, as tuas lutas e
tribulações da tua alma, as dificuldades
e as enfermidades do teu cor...
Se aguardas ser um anjo para te
abandonares ao amor, nunca mais me
amarás.
Embora sejas cobarde na prática do dever
e da v...
A cada instante e em qualquer
situação,
que te encontrares, no fervor e na
aridez, na fidelidade ou na
infidelidade ama-me...
Porventura, não poderia eu fazer de
todo o grãozinho de areia um serafim
radiante de pureza, de nobreza e de
amor?
Não sou...
Meu filho, deixa que te ame, quero o
teu coração.
Claro que, com o tempo quero
transformar-te, mas para já amo-te
como és....
Amo em ti também a tua fraqueza,
amo o amor dos pobres e dos
miseráveis; quero que dos farrapos
suba continuamente um grit...
Quero somente o cântico do teu
coração; não preciso nem da tua
ciência nem do teu talento.
Interessa-me só uma coisa: ver-...
Não são as tuas virtudes que desejo;
se Eu tas desse, sendo tu tão débil,
alimentariam o teu próprio amor;
não te preocupe...
Hoje estou à porta do teu coração
como um mendigo;
eu o Rei dos Reis, bato e espero;
abre-me depressa, não aumentes a
tua ...
O que feriria o meu coração era ver-te
duvidar de mim e faltar a confiança.
Quero que tu penses em mim toda a
hora, de dia...
Conto contigo só para me dares
alegria... não te preocupes por não
possuíres virtudes; dar-te-ei a
capacidade de amar além...
Aconteça o que acontecer, não
esperes ser santo para te
abandonares ao amor,
nunca mais me amarias... vamos!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reflexão do Retiro dos Mensageiros

2.459 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.459
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.469
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reflexão do Retiro dos Mensageiros

  1. 1. Reflexão e Reconciliação “O Amor não se esquec
  2. 2. Aqui estou, Senhor como grão de areia no deserto.
  3. 3. Aqui estou, Senhor, descalço, à tua espera.
  4. 4. Aqui estou, Senhor, de coração aberto, à escuta.
  5. 5. Aqui estou, Senhor, procurando paz na tua resposta.
  6. 6. Aqui estou, Senhor, como o coração da Virgem Maria, janela aberta, de par em par, para que o sol do Teu ser se torne fecundo e penetre o meu lar com a tua presença.
  7. 7. Quero estar contigo, sentado, a teus pés, sem pensar, nem procurar, sensível ao que me advém.
  8. 8. Quero estar gratuitamente contigo, aqui e agora, atento à tua palavra, totalmente presente nela.
  9. 9. Quero unificar o meu ser com o teu, a minha vida com a Tua, Senhor da aurora.
  10. 10. Tu és, Jesus, a última palavra, acolhida no silêncio de uma dura experiência.
  11. 11. Tu és, Jesus, Boa Nova, que alegra o coração.
  12. 12. Tu és, como o silêncio das noites frias que gota a gota empapa a terra ressequida.
  13. 13. Quero ser pessoa. «Ser» e não «Ter». Ser na sua pureza.
  14. 14. Quero abandonar o ruído que me atordoa e escraviza.
  15. 15. Quero cortar as amarras que cercam a minha liberdade.
  16. 16. Quero quebrar, rasgar, forçar, abrir cadeias.
  17. 17. Quero que ponhas o teu coração terno no pó e no nada da minha pobreza.
  18. 18. Quero conhecer, saborear a tua misericórdia para adoçar o meu coração de pedra.
  19. 19. Quero que a luz do teu evangelho ilumine o meu ser e o arranque da noite cega.
  20. 20. Dá-me, Senhor, o autodomínio, o controlo e a vigilância pois desejo ser servidor do teu Reino. Quero ser livre e ainda me sinto manipulado.
  21. 21. Todos: Aqui estou, Senhor, na tua presença, para que a tua palavra me ilumine e me faça regressar às origens, ao paraíso e assim possa descobrir o silêncio fecundo do teu misterioso amor por mim.
  22. 22. Vem Espírito Santo: dá-nos o dom da sabedoria, para sabermos ouvir a voz de Deus e percebermos os sinais que incansavelmente nos envia.
  23. 23. Vem Espírito Santo: dá-nos o dom o entendimento, para entendermos cada vez melhor a Palavra do Senhor Jesus nos dirige, sobretudo aquela que nos interpela e convida ao empenho na construção do Reino.
  24. 24. Vem Espírito Santo: dá-nos o dom da conselho, para podermos sempre iluminar a nossa própria vida e a vida daqueles que nos rodeiam com a tua vontade.
  25. 25. Vem Espírito Santo: dá-nos o dom da fortaleza, para que não tenhamos medo da voz de Cristo, que chama e convida.
  26. 26. Vem Espírito Santo: concede-nos o dom da ciência, para percebermos que o chamamento de Cristo “nada tira, mas tudo dá!”.
  27. 27. Vem Espírito Santo: dá-nos o dom da piedade, de forma a vivermos sempre orientados pela vontade do Pai.
  28. 28. Vem Espírito Santo: dá-nos o dom do temor de Deus para que na vida encaremos o que na igreja dizemos.
  29. 29. Oração de S. Francisco Senhor, fazei de mim um instrumento da vossa Paz: Onde houver ódio, que eu leve o amor; Onde houver ofensa, que eu leve o perdão; Onde houver discórdia, que eu leve a união; Onde houver dúvida, que eu leve a fé; Onde houver erro, que eu leve a verdade; Onde houver desespero, que eu leve a esperança; Onde houver tristeza, que eu leve a alegria; Onde houver trevas, que eu leve a luz.
  30. 30. Senhor, fazei que eu procure mais: consolar que ser consolado, compreender que ser compreendido, amar do que ser amado. Pois é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado, e é morrendo que se ressuscita para a vida eterna!
  31. 31. Senhor, tu és a luz que ilumina a minha vida!
  32. 32. Leitura: Evangelho segundo São João (15, 12-17)
  33. 33. Salmo do Amor Conheço a tua miséria, as tuas lutas e tribulações da tua alma, as dificuldades e as enfermidades do teu corpo; conheço a tua beleza, os teus pecados e, apesar disso, digo-te na mesma – “dá- me o teu coração, ama-me como és!...
  34. 34. Se aguardas ser um anjo para te abandonares ao amor, nunca mais me amarás. Embora sejas cobarde na prática do dever e da virtude, embora recaias muitas vezes nessas faltas que nunca mais quererias cometer, não te permito o não me amares. Ama-me como és!
  35. 35. A cada instante e em qualquer situação, que te encontrares, no fervor e na aridez, na fidelidade ou na infidelidade ama-me... como és... quero o amor do teu pobre coração; se aguardas ser perfeito, nunca mais me amarás.
  36. 36. Porventura, não poderia eu fazer de todo o grãozinho de areia um serafim radiante de pureza, de nobreza e de amor? Não sou eu o omnipotente?! E se gosto de deixar no nada aqueles seres maravilhosos, preferindo o pobre amor do teu coração, não serei eu Senhor do meu amor?
  37. 37. Meu filho, deixa que te ame, quero o teu coração. Claro que, com o tempo quero transformar-te, mas para já amo-te como és... e desejo que tu faças a mesma coisa; Eu quero ver subir o amor, da baixeza e da miséria.
  38. 38. Amo em ti também a tua fraqueza, amo o amor dos pobres e dos miseráveis; quero que dos farrapos suba continuamente um grito: Jesus amo-te!
  39. 39. Quero somente o cântico do teu coração; não preciso nem da tua ciência nem do teu talento. Interessa-me só uma coisa: ver-te trabalhar com amor!
  40. 40. Não são as tuas virtudes que desejo; se Eu tas desse, sendo tu tão débil, alimentariam o teu próprio amor; não te preocupes com isso. Eu poderia ter-te destinado para grandes coisas, mas não… serás o servo inútil: tirar-te-ei, o pouco que tens... porque te criei só para o amor.
  41. 41. Hoje estou à porta do teu coração como um mendigo; eu o Rei dos Reis, bato e espero; abre-me depressa, não aumentes a tua miséria; se tu conhecesses a tua indigência morrerias de dor.
  42. 42. O que feriria o meu coração era ver-te duvidar de mim e faltar a confiança. Quero que tu penses em mim toda a hora, de dia e de noite; quero que faças até a ação mais insignificante só por amor.
  43. 43. Conto contigo só para me dares alegria... não te preocupes por não possuíres virtudes; dar-te-ei a capacidade de amar além do quanto podes imaginar... mas lembra-te... ama-me como és... dar-te-ei a minha mãe; faz-me passar tudo através do seu coração tão puro.
  44. 44. Aconteça o que acontecer, não esperes ser santo para te abandonares ao amor, nunca mais me amarias... vamos!

×