Política Nacional de Cultura
Viva
Apresentação para os
pontos de cultura
socioambiental
Programa Cultura Viva
Se originou a nomenclatura Pontos de Cultura, foi concebido como
uma rede orgânica de criação e gest...
Pontos de Cultura
Os Pontos de Cultura são concebidos como rede, independente
da institucionalidade adotada – ONG, associa...
Atualmente - Lei 13.018:
Institui a Política Nacional de Cultura Viva, em conformidade com o
caput do art. 215 da Constitu...
Política Nacional de Cultura Viva
Objetivos:
• estimular o protagonismo social na elaboração e na gestão das políticas
púb...
Política Nacional de Cultura Viva
Ações estruturantes da Política Nacional de Cultura Viva - desenvolvimento de
políticas ...
Política Nacional de Cultura Viva
Serão reconhecidos como pontos e pontões de cultura os grupos e entidades que
priorizem:...
Pontos de Cultura Socioambiental
A resistência à lógica de ocupação nas grandes cidades tem produzido movimentos
de interf...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cultura Viva - Pontos de Cultura Socioambiental

249 visualizações

Publicada em

Por Liduína Lins:
Apresentação para formulação da ideia de pontos de cultura socioambiental a partir de iniciativas existentes em São Paulo. Em 06/05/2015

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
249
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cultura Viva - Pontos de Cultura Socioambiental

  1. 1. Política Nacional de Cultura Viva Apresentação para os pontos de cultura socioambiental
  2. 2. Programa Cultura Viva Se originou a nomenclatura Pontos de Cultura, foi concebido como uma rede orgânica de criação e gestão cultural, incute aos Pontos o caráter de mediação desse processo em rede. Foco está na potência, na capacidade de agir das pessoas e grupos. A concepção da rede que dele advém estabelece que cada Ponto deva colaborar com outro Ponto e assim por diante. A relação de troca deve ser estabelecida entre iguais que aprendem entre si e se respeitam na diferença. Portanto, são diretrizes e princípios observados nos documentos de elaboração e acompanhamento do Programa Cultura Viva e que demonstram em certa medida, o modus operandi dos Pontos.
  3. 3. Pontos de Cultura Os Pontos de Cultura são concebidos como rede, independente da institucionalidade adotada – ONG, associação etc. - e possuem formações variadas, abordando questões cotidianas e articulando o espaço de convivência, de sociabilidade. Lidam com temas da diversidade da cultura brasileira e questões relacionadas a diversas lutas: indígenas, afrodescendentes, quilombolas, tradição, ecologia, espaço urbano, interação de mídias e cultura digital etc.
  4. 4. Atualmente - Lei 13.018: Institui a Política Nacional de Cultura Viva, em conformidade com o caput do art. 215 da Constituição Federal, Tem como base a parceria da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios com a sociedade civil no campo da cultura. Objetivo de ampliar o acesso da população brasileira às condições de exercício dos direitos culturais.
  5. 5. Política Nacional de Cultura Viva Objetivos: • estimular o protagonismo social na elaboração e na gestão das políticas públicas da cultura; • promover uma gestão pública compartilhada e participativa, amparada em mecanismos democráticos de diálogo com a sociedade civil; • estimular iniciativas culturais já existentes, por meio de apoio e fomento da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios; • potencializar iniciativas culturais, visando à construção de novos valores de cooperação e solidariedade, e ampliar instrumentos de educação com educação;
  6. 6. Política Nacional de Cultura Viva Ações estruturantes da Política Nacional de Cultura Viva - desenvolvimento de políticas públicas integradas e promoção da interculturalidade: outras ações que vierem a ser definidas em regulamentação pelo órgão gestor da Política Nacional de Cultura Viva. Para fins da Política Nacional de Cultura Viva, consideram-se objetivos dos Pontos: • estimular a exploração de espaços públicos e privados que possam ser disponibilizados para a ação cultural; • promover o intercâmbio entre diferentes segmentos da comunidade; • estimular a articulação das redes sociais e culturais e dessas com a educação; • fomentar as economias solidária e criativa.
  7. 7. Política Nacional de Cultura Viva Serão reconhecidos como pontos e pontões de cultura os grupos e entidades que priorizem: • promoção de cidadania e de uma cultura de paz por intermédio de ações culturais nas comunidades locais; • fortalecimento de experiências culturais desenvolvidas por agentes e movimentos socioculturais que dialoguem com a comunidade local; • reconhecimento dos saberes, dos fazeres, dos cultivos e dos modos de vida das populações indígenas e das comunidades rurais, tradicionais, quilombolas e itinerantes; • inclusão cultural da população idosa por meio da promoção do acesso desse grupo às manifestações de cultura, da oferta de oportunidades para a sua participação ativa nas diversas formas de manifestação artística e do estímulo ao convívio social em ambientes culturais.
  8. 8. Pontos de Cultura Socioambiental A resistência à lógica de ocupação nas grandes cidades tem produzido movimentos de interferência ambiental pela articulação social. As práticas, tecnologias e modos de ação visam produzir pontos simbólicos que difundem novos modos de estar na cidade buscando sua transformação. Como difusão cultural abre a percepção da cidade, promove encontros, produz imaginação, desenvolve técnicas, resgata tradições, promove a fruição estética. Como ativismo, buscam melhorar espaços ociosos, para produzir exemplos São iniciativas cidadãs, alimentadas pela convicção da produção de mudanças em escala local. conceito a partir da prática

×