Medidas

509 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
509
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Medidas

  1. 1. 1 MEDIDAS E INDICADORES EM SAÚDE COLETIVA Tradicionalmente, mede-se a “não saúde” (aspectos negativos), ou seja, as doenças (morbidade), as mortes (mortalidade), as incapacidades físicas e mentais (seqüelas), porque é muito difícil medir a saúde (aspectos positivos).
  2. 2. 2 Utilização:  Analisar e descrever uma situação existente;  Avaliar o cumprimento dos objetivos e metas;  Avaliar mudanças ao longo do tempo e prever tendências futuras.   Classificação:  Demográficos – fecundidade, natalidade, esperança de vida, etc;  Sócio – Econômicos - renda, escolaridade, saneamento, etc;  Saúde – morbidade, mortalidade. MEDIDAS E INDICADORES EM SAÚDE COLETIVA
  3. 3. 3 MEDIDAS E INDICADORES EM SAÚDE COLETIVA Coeficiente ou taxa é a relação entre o número de casos de um evento e uma determinada população, num dado local e época. É a única medida que informa quanto ao “risco” de ocorrência de um evento. Ex: número de óbitos por leptospirose no Rio de Janeiro, em relação às pessoas que residiam nessa cidade em cada ano.   Índice ou proporção é a relação entre freqüências atribuídas de determinado evento, sendo que no numerador é registrada a freqüência absoluta do evento que constitui subconjunto daquele contido no denominador que é de caráter mais abrangente. Ex: número de óbitos por doenças cardiovasculares em relação ao número total de óbitos.
  4. 4. 4 MEDIDAS E INDICADORES EM SAÚDE COLETIVA Nº de óbitos por determinada doença = LETALIDADE Total de óbitos de determinada região
  5. 5. 5 INDICADORES DE MORTALIDADE Indicadores de Mortalidade Refere-se ao conjunto de indivíduos que morreram num determinado intervalo de tempo, num dado local. Taxa ou Coeficiente de Mortalidade calcula o risco ou probabilidade que qualquer pessoa na população apresenta de poder vir a morrer em decorrência de uma doença.
  6. 6. 6 INDICADORES DE MORTALIDADE Coeficiente de Mortalidade Geral (CMG): mede o risco de morte por todas as causas. CMG = nº de óbitos em dado local e período x 1000 População do mesmo local e período Coeficiente de Mortalidade Infantil (CMI): mede o risco de morte para crianças menores de um ano CMI = nº de óbitos em menores de 1 ano em dado local e período x 1000 Nº de nascidos vivos no mesmo local e período
  7. 7. 7 INDICADORES DE MORTALIDADE Coeficiente de Mortalidade Infantil Precoce (CMIP ou Neonatal): mede o risco de morte para crianças menores de 28 dias. avalia condições de pré-natal e parto. CMIP = nº de óbitos em menores de 28 dias em dado local e período x 1000 Nº de nascidos vivos no mesmo local e período
  8. 8. 8 INDICADORES DE MORTALIDADE Coeficiente de Mortalidade Infantil Tardia (CMIP ou Pós Neonatal): mede o risco de morte para crianças com idade entre 28 dias e 1 ano.  avalia condições de vida. CMIT = nº de óbitos entre 28 dias e menores de 1 ano em dado local e período x 1000 Nº de nascidos vivos no mesmo local e período
  9. 9. 9 INDICADORES DE MORTALIDADE Morte Materna: óbito de uma mulher grávida ou no período de 42 dias após a gravidez, independente da duração e localização da gravidez, por alguma causa relacionada ou agravada pela gravidez que não sejam causas acidentais ou incidentais. Coeficiente de Mortalidade Materna (CMM) Mede o risco de morte materna CMM = nº de mortes maternas em dado local e período x 100.000 Nº de nascidos vivos, no mesmo local e período.
  10. 10. 10 INDICADORES DE MORTALIDADE CL = nº de óbitos de determinada doença em dado local e período x 100 Nº de casos da doença no mesmo local e período Coeficiente de Letalidade (CL) o coeficiente de letalidade situa-se na transição entre os indicadores de morbidade e mortalidade. A letalidade mede o poder da doença em determinar a morte e também pode informar sobre a qualidade da assistência médica prestada para esta doença.
  11. 11. 11 INDICADORES DE MORTALIDADE Razão de Mortalidade Proporcional (RMP) ou indicador de Swaroop-Uemura Mede a proporção de óbitos de pessoas com 50 anos ou mais. Mede qualidade de vida RMP = nº de óbitos em > de 50 anos em dado local e período x 100 Total de óbitos no mesmo local e período
  12. 12. 12 INDICADORES DE MORBIDADE Refere-se ao conjunto dos indivíduos que adquirem doenças num dado intervalo de tempo. Defini-se a morbidade como o comportamento das doenças e dos agravos à saúde em uma população. Existem 4 indicadores básicos: Incidência Prevalência Distribuição Proporcional Taxa de Ataque
  13. 13. 13 INDICADORES DE MORBIDADE Incidência a incidência de uma doença é o número de casos novos da doença surgidos no mesmo local e período. Denota a intensidade com que acontece uma doença numa população e mede a freqüência ou probabilidade de ocorrência de casos novos de doença na população. Alta incidência significa alto risco coletivo de adoecer. Coeficiente de = nº de casos novos de determinada doença em local e período x 10ⁿ Incidência população do mesmo local e período
  14. 14. 14 INDICADORES DE MORBIDADE  Prevalência de prevalecer, ter mais valor, predominar. Indica qualidade daquilo que prevalece, portanto, prevalência implica em acontecer e permanecer existindo num momento considerado. O coeficiente de prevalência é mais utilizado para doenças de longa duração, como hanseníase, tuberculose, AIDS, etc... Coeficiente de = nº de casos de determinada doença em um dado local e período x 10ⁿ Prevalência população do mesmo local e período
  15. 15. 15 INDICADORES DE MORBIDADE EVENTOS QUE INFLUENCIAM A PREVALÊNCIA DE DOENÇAS EM COMUNIDADES ABERTAS
  16. 16. 16 INDICADORES DE MORBIDADE Distribuição Proporcional indica, do total de casos ou mortes ocorridas por uma determinada causa, quantos se distribuem, por exemplo, entre homens e mulheres, quantos ocorrem nos diferentes grupos de idade. O resultado sempre é expresso em porcentagem. Não mede o risco de morrer ou adoecer,indica somente como se distribuem os casos entre as pessoas afetadas, por grupos etários, sexo, localidade e outras variáveis. Distribuição = nº parcial de casos x 100 Proporcional nº total de casos
  17. 17. 17 INDICADORES DE MORBIDADE Taxa de = nº de casos da doença em um dado local e período x 100 Ataque população exposta ao risco Taxa de Ataque nada mais é que uma forma especial de incidência, é usada quando se investiga um surto de uma determinada doença em um local onde há uma população bem definida, com residência, escola, creche,etc...Estas pessoas formam um população especial, exposta ao risco de adquirir a referida doença, em um período de tempo bem definido.
  18. 18. 18 INDICADORES DE SAÚDE MEDEM A SAÚDE 1. Medidas de Controle Coeficiente de Prevalência Coeficiente de Incidência Taxa de Ataque 1. Medidas de Controle Coeficiente de Prevalência Coeficiente de Incidência Taxa de Ataque RISCO DE ADOECER 2. Medidas de Mortalidade Coeficiente Geral de Mortalidade Coeficiente de Mortalidade Infantil E outros 2. Medidas de Mortalidade Coeficiente Geral de Mortalidade Coeficiente de Mortalidade Infantil E outros RISCO DE MORRER 3. Medida de Gravidade •Letalidade 3. Medida de Gravidade •Letalidade GRAVIDADE OU FATALIDADE 4. Distribuição Proporcional4. Distribuição Proporcional GRUPOS MAIS ATINGIDOS
  19. 19. 19

×