SlideShare uma empresa Scribd logo

Pnh junho 13

Pnh junho 13

1 de 24
Baixar para ler offline
Os caminhos da
gestão da saúde
em MS
Beatriz Figueiredo Dobashi
Junho de 2013
Março de 2007
• Oficina para reflexão sobre as Funções
Essenciais em Saúde Pública no que diz
respeito à gestão estadual – apoio do
CONASS.
Abril de 2007
• Celebração do Pacto pela Saúde com 100%
dos municípios.
• Criação de uma Agenda Estadual para
cooperação com os municípios visando o
aprimoramento dos instrumentos de gestão.
Compromissos estaduais
• Contratualização dos hospitais públicos e
filantrópicos
• Alocação de recursos próprios para 100
procedimentos estratégicos da PPI da assistência à
saúde
• Organização das CIB regionais
• Capacitação dos municípios no SIA, SIHD e CNES
• Composição do teto de MC para municípios que não
assumiram a plenitude da gestão
Compromissos estaduais
• Realização de fóruns de discussão para construção de
linhas de cuidado: saúde da família; saúde mental
urgência e emergência; saúde no sistema penitenciário
• Descentralização dos recursos da VISA
• Ampliação do incentivo da atenção básica
• Criação de incentivos para CEREST, CAPS
• Regulação do acesso ao atendimento em oncologia e
nefrologia
• Construção da Política Estadual de Humanização/MS
Maio 2008
• Reuniões, oficinas e rodas de
conversa: participação de
inúmeras entidades.
Anúncio

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE: AUTÔNOMO, DIVERSO, DEMOCRÁTICO E DELIBERATIVO: Pr...
CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE: AUTÔNOMO, DIVERSO, DEMOCRÁTICO E DELIBERATIVO: Pr...CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE: AUTÔNOMO, DIVERSO, DEMOCRÁTICO E DELIBERATIVO: Pr...
CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE: AUTÔNOMO, DIVERSO, DEMOCRÁTICO E DELIBERATIVO: Pr...Conselho Nacional de Saúde
 
Amq exemplo matriz intervenção (1)
Amq exemplo matriz intervenção (1)Amq exemplo matriz intervenção (1)
Amq exemplo matriz intervenção (1)Janice Paulino
 
Novas legislações do SUS: Portaria 1654 PMAQ-AB
Novas legislações do SUS: Portaria 1654 PMAQ-ABNovas legislações do SUS: Portaria 1654 PMAQ-AB
Novas legislações do SUS: Portaria 1654 PMAQ-ABLeonardo Savassi
 
Apresentação LDO 2014
Apresentação LDO 2014Apresentação LDO 2014
Apresentação LDO 2014andrenpa
 
Atenção Básica em rede, acessível, resolutiva e cuidadora - DAB
Atenção Básica em rede, acessível, resolutiva e cuidadora - DABAtenção Básica em rede, acessível, resolutiva e cuidadora - DAB
Atenção Básica em rede, acessível, resolutiva e cuidadora - DABcomunidadedepraticas
 
Apresentação do pmaq no conselho em junho 2015 copia enviada para todos
Apresentação do pmaq no conselho em junho 2015   copia enviada para todosApresentação do pmaq no conselho em junho 2015   copia enviada para todos
Apresentação do pmaq no conselho em junho 2015 copia enviada para todosAlisson Paschoal Camara Torquato
 
Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Alzira Jorge
Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Alzira JorgePor uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Alzira Jorge
Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Alzira Jorgecomunidadedepraticas
 
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB na Paraíba - Secretaria Estadual de...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB na Paraíba - Secretaria Estadual de...Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB na Paraíba - Secretaria Estadual de...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB na Paraíba - Secretaria Estadual de...comunidadedepraticas
 
PMAQ Oficina BA
PMAQ Oficina BAPMAQ Oficina BA
PMAQ Oficina BAtmunicipal
 
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Caxias-MA - Secretaria Municipal...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Caxias-MA - Secretaria Municipal...Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Caxias-MA - Secretaria Municipal...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Caxias-MA - Secretaria Municipal...comunidadedepraticas
 

Mais procurados (20)

Guia do Pré-Natal na Atenção Básica: a Planificação da Atenção à Saúde como E...
Guia do Pré-Natal na Atenção Básica: a Planificação da Atenção à Saúde como E...Guia do Pré-Natal na Atenção Básica: a Planificação da Atenção à Saúde como E...
Guia do Pré-Natal na Atenção Básica: a Planificação da Atenção à Saúde como E...
 
O Programa Saúde em Casa e a Diretoria de Estrutura de Atenção Primária à Saúde
O Programa Saúde em Casa e a Diretoria de Estrutura de Atenção Primária à SaúdeO Programa Saúde em Casa e a Diretoria de Estrutura de Atenção Primária à Saúde
O Programa Saúde em Casa e a Diretoria de Estrutura de Atenção Primária à Saúde
 
Apresentação Centro Colaborador
Apresentação Centro ColaboradorApresentação Centro Colaborador
Apresentação Centro Colaborador
 
O papel da Gestão Estadual no processo de expansão da Planificação da Atenção...
O papel da Gestão Estadual no processo de expansão da Planificação da Atenção...O papel da Gestão Estadual no processo de expansão da Planificação da Atenção...
O papel da Gestão Estadual no processo de expansão da Planificação da Atenção...
 
O programa Saúde em Casa_Lisiane Davila
O programa Saúde em Casa_Lisiane DavilaO programa Saúde em Casa_Lisiane Davila
O programa Saúde em Casa_Lisiane Davila
 
Planejamento Regional Integrado
Planejamento Regional IntegradoPlanejamento Regional Integrado
Planejamento Regional Integrado
 
CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE: AUTÔNOMO, DIVERSO, DEMOCRÁTICO E DELIBERATIVO: Pr...
CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE: AUTÔNOMO, DIVERSO, DEMOCRÁTICO E DELIBERATIVO: Pr...CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE: AUTÔNOMO, DIVERSO, DEMOCRÁTICO E DELIBERATIVO: Pr...
CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE: AUTÔNOMO, DIVERSO, DEMOCRÁTICO E DELIBERATIVO: Pr...
 
Amq exemplo matriz intervenção (1)
Amq exemplo matriz intervenção (1)Amq exemplo matriz intervenção (1)
Amq exemplo matriz intervenção (1)
 
Novas legislações do SUS: Portaria 1654 PMAQ-AB
Novas legislações do SUS: Portaria 1654 PMAQ-ABNovas legislações do SUS: Portaria 1654 PMAQ-AB
Novas legislações do SUS: Portaria 1654 PMAQ-AB
 
Apresentação LDO 2014
Apresentação LDO 2014Apresentação LDO 2014
Apresentação LDO 2014
 
Atenção Básica em rede, acessível, resolutiva e cuidadora - DAB
Atenção Básica em rede, acessível, resolutiva e cuidadora - DABAtenção Básica em rede, acessível, resolutiva e cuidadora - DAB
Atenção Básica em rede, acessível, resolutiva e cuidadora - DAB
 
Apresentação do pmaq no conselho em junho 2015 copia enviada para todos
Apresentação do pmaq no conselho em junho 2015   copia enviada para todosApresentação do pmaq no conselho em junho 2015   copia enviada para todos
Apresentação do pmaq no conselho em junho 2015 copia enviada para todos
 
Sala de Situação Regional de Saúde Sudoeste I
Sala de Situação  Regional de Saúde  Sudoeste I Sala de Situação  Regional de Saúde  Sudoeste I
Sala de Situação Regional de Saúde Sudoeste I
 
Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Alzira Jorge
Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Alzira JorgePor uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Alzira Jorge
Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Alzira Jorge
 
Apresentação ana pid
Apresentação ana pidApresentação ana pid
Apresentação ana pid
 
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB na Paraíba - Secretaria Estadual de...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB na Paraíba - Secretaria Estadual de...Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB na Paraíba - Secretaria Estadual de...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB na Paraíba - Secretaria Estadual de...
 
PMAQ Oficina BA
PMAQ Oficina BAPMAQ Oficina BA
PMAQ Oficina BA
 
A introdução de novas tecnologias para o manejo das condições crônicas na UBS...
A introdução de novas tecnologias para o manejo das condições crônicas na UBS...A introdução de novas tecnologias para o manejo das condições crônicas na UBS...
A introdução de novas tecnologias para o manejo das condições crônicas na UBS...
 
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Caxias-MA - Secretaria Municipal...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Caxias-MA - Secretaria Municipal...Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Caxias-MA - Secretaria Municipal...
Reflexões sobre a implantação do e-SUS/AB em Caxias-MA - Secretaria Municipal...
 
Pmaq apresentacao - rs
Pmaq   apresentacao - rsPmaq   apresentacao - rs
Pmaq apresentacao - rs
 

Destaque

ADC RAC-1B0210
ADC RAC-1B0210ADC RAC-1B0210
ADC RAC-1B0210savomir
 
Ade1041 bib polticas pblicas e gesto na educao bsica
Ade1041 bib polticas pblicas e gesto na educao bsica Ade1041 bib polticas pblicas e gesto na educao bsica
Ade1041 bib polticas pblicas e gesto na educao bsica Deivid Vincent Rezer Alves
 
Ayurvedic Remedies To Improve Eyesight And Vision Without Glasses
Ayurvedic Remedies To Improve Eyesight And Vision Without Glasses Ayurvedic Remedies To Improve Eyesight And Vision Without Glasses
Ayurvedic Remedies To Improve Eyesight And Vision Without Glasses Ayush Remedies
 
Actividad experimental de solvatacion ....
Actividad experimental de solvatacion ....Actividad experimental de solvatacion ....
Actividad experimental de solvatacion ....equipotres-quimica
 
72-Make Her Sleep Henri Salvador
72-Make Her Sleep Henri Salvador72-Make Her Sleep Henri Salvador
72-Make Her Sleep Henri Salvadormireille 30100
 
Presentacion Unidad 2- Excel 2010
Presentacion Unidad 2- Excel 2010Presentacion Unidad 2- Excel 2010
Presentacion Unidad 2- Excel 2010Salvador Alcaraz
 
Radioatividade 120607221759-phpapp02
Radioatividade 120607221759-phpapp02Radioatividade 120607221759-phpapp02
Radioatividade 120607221759-phpapp02Tecpreve Tecpreve
 
Social media lewis
Social media lewisSocial media lewis
Social media lewisjarrenlewis
 
ประวัตคอมพิวเตอร์
ประวัตคอมพิวเตอร์ประวัตคอมพิวเตอร์
ประวัตคอมพิวเตอร์Boom Sar
 
Densitometría ósea gratuita 1 junio - 15 julio 2010
Densitometría ósea gratuita 1 junio - 15 julio 2010Densitometría ósea gratuita 1 junio - 15 julio 2010
Densitometría ósea gratuita 1 junio - 15 julio 2010Instituto Palacios
 
Answer – bonus question
Answer – bonus questionAnswer – bonus question
Answer – bonus questiondevinn77
 
P Lschool1
P Lschool1P Lschool1
P Lschool1paperpam
 
Selección de personal
Selección de personal  Selección de personal
Selección de personal Marian Alvarez
 
Hola
HolaHola
HolaPaz
 

Destaque (20)

ADC RAC-1B0210
ADC RAC-1B0210ADC RAC-1B0210
ADC RAC-1B0210
 
Tintes
TintesTintes
Tintes
 
Ade1041 bib polticas pblicas e gesto na educao bsica
Ade1041 bib polticas pblicas e gesto na educao bsica Ade1041 bib polticas pblicas e gesto na educao bsica
Ade1041 bib polticas pblicas e gesto na educao bsica
 
Inview slide portfolio
Inview slide portfolioInview slide portfolio
Inview slide portfolio
 
Ayurvedic Remedies To Improve Eyesight And Vision Without Glasses
Ayurvedic Remedies To Improve Eyesight And Vision Without Glasses Ayurvedic Remedies To Improve Eyesight And Vision Without Glasses
Ayurvedic Remedies To Improve Eyesight And Vision Without Glasses
 
Actividad experimental de solvatacion ....
Actividad experimental de solvatacion ....Actividad experimental de solvatacion ....
Actividad experimental de solvatacion ....
 
72-Make Her Sleep Henri Salvador
72-Make Her Sleep Henri Salvador72-Make Her Sleep Henri Salvador
72-Make Her Sleep Henri Salvador
 
Presentacion Unidad 2- Excel 2010
Presentacion Unidad 2- Excel 2010Presentacion Unidad 2- Excel 2010
Presentacion Unidad 2- Excel 2010
 
Radioatividade 120607221759-phpapp02
Radioatividade 120607221759-phpapp02Radioatividade 120607221759-phpapp02
Radioatividade 120607221759-phpapp02
 
Social media lewis
Social media lewisSocial media lewis
Social media lewis
 
Jornal108 final
Jornal108 finalJornal108 final
Jornal108 final
 
ประวัตคอมพิวเตอร์
ประวัตคอมพิวเตอร์ประวัตคอมพิวเตอร์
ประวัตคอมพิวเตอร์
 
Densitometría ósea gratuita 1 junio - 15 julio 2010
Densitometría ósea gratuita 1 junio - 15 julio 2010Densitometría ósea gratuita 1 junio - 15 julio 2010
Densitometría ósea gratuita 1 junio - 15 julio 2010
 
Investors guide SPV
Investors guide SPVInvestors guide SPV
Investors guide SPV
 
Horario...
Horario...Horario...
Horario...
 
Answer – bonus question
Answer – bonus questionAnswer – bonus question
Answer – bonus question
 
P Lschool1
P Lschool1P Lschool1
P Lschool1
 
Selección de personal
Selección de personal  Selección de personal
Selección de personal
 
Practica exel richar
Practica exel richarPractica exel richar
Practica exel richar
 
Hola
HolaHola
Hola
 

Semelhante a Pnh junho 13

Pns2012 2015 07jun
Pns2012 2015 07junPns2012 2015 07jun
Pns2012 2015 07juntccardoso
 
Trabalho plano municipal
Trabalho plano municipalTrabalho plano municipal
Trabalho plano municipalBi_Oliveira
 
Plano diretor da atenção primária à saúde.
Plano diretor da atenção primária à saúde.Plano diretor da atenção primária à saúde.
Plano diretor da atenção primária à saúde.Cinthia13Lima
 
Plano diretor da ap cínthia (1)
Plano diretor da ap  cínthia (1)Plano diretor da ap  cínthia (1)
Plano diretor da ap cínthia (1)Cínthia Lima
 
Pacto pela saude
Pacto pela saudePacto pela saude
Pacto pela saudekarensuelen
 
Pmaq manual-instrutivo-[165-040412-ses-mt]
Pmaq manual-instrutivo-[165-040412-ses-mt]Pmaq manual-instrutivo-[165-040412-ses-mt]
Pmaq manual-instrutivo-[165-040412-ses-mt]Luiz Fernandes
 
Plano municipal de saúde 2010 2013
Plano municipal de saúde 2010 2013Plano municipal de saúde 2010 2013
Plano municipal de saúde 2010 2013Iranildo Ribeiro
 
Dra. sandra gargur - 20/09/2012
Dra. sandra gargur - 20/09/2012Dra. sandra gargur - 20/09/2012
Dra. sandra gargur - 20/09/2012Anais IV CBED
 
Plano estadual de_saude_2012-2015__2_
Plano estadual de_saude_2012-2015__2_Plano estadual de_saude_2012-2015__2_
Plano estadual de_saude_2012-2015__2_Via Seg
 
Tratamento Humanizado Rápido e Atual - Vera Peruch
Tratamento Humanizado Rápido e Atual - Vera PeruchTratamento Humanizado Rápido e Atual - Vera Peruch
Tratamento Humanizado Rápido e Atual - Vera PeruchOncoguia
 
Planejamento II plano municipal Santa Rosa
Planejamento II  plano municipal Santa RosaPlanejamento II  plano municipal Santa Rosa
Planejamento II plano municipal Santa RosaBi_Oliveira
 
Plano de governo muda sombrio
Plano de governo muda sombrioPlano de governo muda sombrio
Plano de governo muda sombrioBrenner Cardoso
 
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalaresGerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalaresElias Figueiredo
 
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...RAFAEL DE OLIVEIRA AMANCIO
 

Semelhante a Pnh junho 13 (20)

Pns2012 2015 07jun
Pns2012 2015 07junPns2012 2015 07jun
Pns2012 2015 07jun
 
Trabalho plano municipal
Trabalho plano municipalTrabalho plano municipal
Trabalho plano municipal
 
Atenção Especializada no Paraná
Atenção Especializada no ParanáAtenção Especializada no Paraná
Atenção Especializada no Paraná
 
Cartilha Programa Rede Sampa - Saúde Mental Paulistana
Cartilha Programa Rede Sampa - Saúde Mental PaulistanaCartilha Programa Rede Sampa - Saúde Mental Paulistana
Cartilha Programa Rede Sampa - Saúde Mental Paulistana
 
Plano diretor da atenção primária à saúde.
Plano diretor da atenção primária à saúde.Plano diretor da atenção primária à saúde.
Plano diretor da atenção primária à saúde.
 
Plano diretor da ap cínthia (1)
Plano diretor da ap  cínthia (1)Plano diretor da ap  cínthia (1)
Plano diretor da ap cínthia (1)
 
7. CONASS Debate - PPT Governança da Rede Mãe Paranaense
7. CONASS Debate - PPT Governança da Rede Mãe Paranaense7. CONASS Debate - PPT Governança da Rede Mãe Paranaense
7. CONASS Debate - PPT Governança da Rede Mãe Paranaense
 
Planejamento das ações dos planos de crônicas nos estados – Atenção X Vigilância
Planejamento das ações dos planos de crônicas nos estados – Atenção X VigilânciaPlanejamento das ações dos planos de crônicas nos estados – Atenção X Vigilância
Planejamento das ações dos planos de crônicas nos estados – Atenção X Vigilância
 
Pacto pela saude
Pacto pela saudePacto pela saude
Pacto pela saude
 
Pmaq manual-instrutivo-[165-040412-ses-mt]
Pmaq manual-instrutivo-[165-040412-ses-mt]Pmaq manual-instrutivo-[165-040412-ses-mt]
Pmaq manual-instrutivo-[165-040412-ses-mt]
 
Plano municipal de saúde 2010 2013
Plano municipal de saúde 2010 2013Plano municipal de saúde 2010 2013
Plano municipal de saúde 2010 2013
 
Dra. sandra gargur - 20/09/2012
Dra. sandra gargur - 20/09/2012Dra. sandra gargur - 20/09/2012
Dra. sandra gargur - 20/09/2012
 
Plano estadual de_saude_2012-2015__2_
Plano estadual de_saude_2012-2015__2_Plano estadual de_saude_2012-2015__2_
Plano estadual de_saude_2012-2015__2_
 
Case de Sucesso Symnetics: Ministério da Saúde
Case de Sucesso Symnetics: Ministério da SaúdeCase de Sucesso Symnetics: Ministério da Saúde
Case de Sucesso Symnetics: Ministério da Saúde
 
Tratamento Humanizado Rápido e Atual - Vera Peruch
Tratamento Humanizado Rápido e Atual - Vera PeruchTratamento Humanizado Rápido e Atual - Vera Peruch
Tratamento Humanizado Rápido e Atual - Vera Peruch
 
Planejamento II plano municipal Santa Rosa
Planejamento II  plano municipal Santa RosaPlanejamento II  plano municipal Santa Rosa
Planejamento II plano municipal Santa Rosa
 
Plano de governo muda sombrio
Plano de governo muda sombrioPlano de governo muda sombrio
Plano de governo muda sombrio
 
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalaresGerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
 
Saude cidadania volume11
Saude cidadania volume11Saude cidadania volume11
Saude cidadania volume11
 
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
 

Mais de redehumanizasus

Wagner movimentos sociais no brasil ppt 97-2003
Wagner movimentos sociais no brasil   ppt 97-2003Wagner movimentos sociais no brasil   ppt 97-2003
Wagner movimentos sociais no brasil ppt 97-2003redehumanizasus
 
Túlio i seminário macrorregioanl pnh
Túlio i seminário macrorregioanl pnhTúlio i seminário macrorregioanl pnh
Túlio i seminário macrorregioanl pnhredehumanizasus
 
Revisado i seminário da política nacional de humanização (pnh) macrorregional...
Revisado i seminário da política nacional de humanização (pnh) macrorregional...Revisado i seminário da política nacional de humanização (pnh) macrorregional...
Revisado i seminário da política nacional de humanização (pnh) macrorregional...redehumanizasus
 
Apresentação seminário pnh 20 e 21 junho 2013
Apresentação seminário pnh 20 e 21 junho 2013Apresentação seminário pnh 20 e 21 junho 2013
Apresentação seminário pnh 20 e 21 junho 2013redehumanizasus
 
10 anos pnh nacional e co
10 anos pnh nacional e co10 anos pnh nacional e co
10 anos pnh nacional e coredehumanizasus
 

Mais de redehumanizasus (8)

Wagner movimentos sociais no brasil ppt 97-2003
Wagner movimentos sociais no brasil   ppt 97-2003Wagner movimentos sociais no brasil   ppt 97-2003
Wagner movimentos sociais no brasil ppt 97-2003
 
Túlio i seminário macrorregioanl pnh
Túlio i seminário macrorregioanl pnhTúlio i seminário macrorregioanl pnh
Túlio i seminário macrorregioanl pnh
 
Transmissão ao vivo
Transmissão ao vivoTransmissão ao vivo
Transmissão ao vivo
 
Revisado i seminário da política nacional de humanização (pnh) macrorregional...
Revisado i seminário da política nacional de humanização (pnh) macrorregional...Revisado i seminário da política nacional de humanização (pnh) macrorregional...
Revisado i seminário da política nacional de humanização (pnh) macrorregional...
 
Movimento indigena un b
Movimento indigena un bMovimento indigena un b
Movimento indigena un b
 
Apresentação seminário pnh 20 e 21 junho 2013
Apresentação seminário pnh 20 e 21 junho 2013Apresentação seminário pnh 20 e 21 junho 2013
Apresentação seminário pnh 20 e 21 junho 2013
 
Ivo lopes 2 mesa
Ivo lopes 2 mesaIvo lopes 2 mesa
Ivo lopes 2 mesa
 
10 anos pnh nacional e co
10 anos pnh nacional e co10 anos pnh nacional e co
10 anos pnh nacional e co
 

Pnh junho 13

  • 1. Os caminhos da gestão da saúde em MS Beatriz Figueiredo Dobashi Junho de 2013
  • 2. Março de 2007 • Oficina para reflexão sobre as Funções Essenciais em Saúde Pública no que diz respeito à gestão estadual – apoio do CONASS.
  • 3. Abril de 2007 • Celebração do Pacto pela Saúde com 100% dos municípios. • Criação de uma Agenda Estadual para cooperação com os municípios visando o aprimoramento dos instrumentos de gestão.
  • 4. Compromissos estaduais • Contratualização dos hospitais públicos e filantrópicos • Alocação de recursos próprios para 100 procedimentos estratégicos da PPI da assistência à saúde • Organização das CIB regionais • Capacitação dos municípios no SIA, SIHD e CNES • Composição do teto de MC para municípios que não assumiram a plenitude da gestão
  • 5. Compromissos estaduais • Realização de fóruns de discussão para construção de linhas de cuidado: saúde da família; saúde mental urgência e emergência; saúde no sistema penitenciário • Descentralização dos recursos da VISA • Ampliação do incentivo da atenção básica • Criação de incentivos para CEREST, CAPS • Regulação do acesso ao atendimento em oncologia e nefrologia • Construção da Política Estadual de Humanização/MS
  • 6. Maio 2008 • Reuniões, oficinas e rodas de conversa: participação de inúmeras entidades.
  • 7. Pluralidade • A Política de Humanização do SUS no Estado do Mato Grosso do Sul foi elaborada a partir de oficinas com coletivos de trabalhadores e gestores dos diversos serviços da saúde e organizações sociais, com apoio da coordenação regional Centro-Oeste da Política Nacional de Humanização/ Ministério da Saúde. Participaram desta construção: técnicos, gerentes, coordenadores da SES (Planejamento/Humanização, Saúde do Idoso, do Homem, do Adolescente, Criança e Aleitamento Materno, Bucal, Hipertensão e Diabetes, Prevenção Primária de Câncer, Pessoas com Necessidades Especiais, Saúde da Família, Auditoria, Escola de Saúde Pública, Escola Técnica do SUS, HEMOSUL, Saúde Mental, Controle Social, Vigilância Sanitária, Laboratório Central,
  • 8. Pluralidade • Saúde da Mulher, Gestão do Trabalho, Média Complexidade/ Urgência e Emergência e Alta complexidade, Regulação, Controle, Auditoria, da Fundação Estadual de Saúde/ Hospital Regional, Coordenadoria Estadual de Políticas Públicas da Mulher, Centro de Referência em Direitos Humanos, de Prevenção e Combate à Homofobia/SETAS, Diretoria de Saúde da Assembléia Legislativa, FUNASA Regional, Núcleo do Ministério da Saúde de MS, Hospital Universitário de Campo Grande e de Dourados, Maternidade Cândido Mariano, Santa Casa de Misericórdia, Hospital da Mulher de Campo Grande, Núcleos Regionais de Saúde, Secretarias Municipais de Saúde dos municípios sede de macrorregiões, conforme Plano Diretor de Regionalização: Campo Grande, Dourados e Três Lagoas. Contou também com a participação de técnicos de Secretarias Municipais de Saúde de Rio Brilhante, Itaporã, Nova Andradina, Coxim, Corumbá (equipe de facilitadores regionais da Humanização), Conselho Regional de Psicologia/Comissão da Diversidade Sexual, Sindicato de Enfermagem, ONG MESCLA, Centro Universitário da Grande Dourados, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.
  • 9. Junho 2009 • Lançamento da Política Estadual de Humanização/MS • Realização de Encontros e Seminários • Visita Técnica
  • 10. Transversalidade • A Política Estadual de Humanização/MS no Plano Estadual de Saúde, no Termo de Compromisso da Gestão Estadual, no Conteúdo dos Eventos de Capacitação. • A necessidade de estar nas redes
  • 11. Final de 2010 • O processo de regionalização precisava ser aperfeiçoado no que diz respeito à organização de serviços (REDES) e ao fortalecimento da gestão regional. • As 11 microrregiões foram revisitadas para construção de um novo diagnóstico que levou a dois movimentos: a elaboração dos Planos Diretores de Atenção à Saúde Macrorregional e a revisão da Programação Anual 2012 em conjunto com o CES/MS.
  • 12. Advento do Decreto 7508 em 2011. • PDA Macrorregionais: 1. Fevereiro a Outubro de 2011 – Dourados 2. Outubro de 2011 a Fevereiro de 2012 – Três Lagoas 3. Março a Junho de 2012 – Corumbá e Campo Grande
  • 13. Evolução da PEH/MS • Criação da Ouvidoria Estadual em Saúde • Implantação da Assistência Domiciliar em CG • Capacitação de Monitores • Implantação do Acolhimento com Classificação de Risco • Implementação da política de Educação Permanente • Avanços em vários hospitais, em especial o HUFGD e o HRMS.
  • 14. Em 2012 • Assim, tendo concluído os PDA que prepararam o caminho para implantação das redes prioritárias, estávamos prontos para assinar o COAP.
  • 15. Unicidade no processo de planejamento • As Ações Estruturantes dos PDA se transformaram em Diretrizes do PES 2012/2015 cujos Objetivos passaram a ser as Responsabilidades Estaduais no COAP, articuladas com as Diretrizes Nacionais.
  • 16. Ações Estruturantes dos PDA e Diretrizes Estaduais • Fortalecimento da Atenção Básica • Inserção dos Hospitais nas Redes Regionalizadas • Otimização da Atuação em Rede • Fortalecimento da Gestão • Fortalecimento do Controle Social
  • 17. Desafios na construção do COAP • O fato de trabalhar somente com indicadores universais excluiu por exemplo a Ação Estruturante e Diretriz “Inserção dos Hospitais nas Redes Regionalizadas”. • Mapa da Saúde – ferramenta não disponível. • PPI não demonstra execução das ações.
  • 18. Execução do COAP • Os COAP foram assinados em 30/08/12 por 100% dos municípios e durante 06 meses colocamos em execução os compromissos assumidos. • Os planos regionais das redes prioritárias compuseram os COAP.
  • 19. Em março e julho de 2013 • Realizamos uma oficina para revisar os COAP: partindo dos objetivos do PES 2012/2015, avaliamos o desempenho do conjunto de indicadores; os orçamentos foram atualizados para o exercício de 2013. • Os novos signatários assinarão os aditivos. • A PEH/MS continua seu caminho.
  • 20. Ações atuais da PEH/MS • Foram capacitados (em 2012) 80 monitores em 03 macrorregiões (Campo Grande, Dourados e Corumbá) e cada um ficou responsável pelo processo de formação das equipes locais e monitoramento/avaliação dos planos de intervenção, em 05 unidades locais de saúde. • A última macrorregião (Três Lagoas) será trabalhada ainda em 2013.
  • 21. Resultados mensurados • Construímos um instrumento de monitoramento e avaliação que já foi validado por 40 dos 79 municípios.
  • 22. Para implantar redes de atenção em saúde • “Prevenir, cuidar, proteger, tratar, recuperar, promove r, valorizar os diferentes sujeitos (trabalhadores, usuários/cidadãos e gestores) são dimensões do processo de produção de saúde que exigem novos posicionamentos do modo de fazer o trabalho em saúde”.