JavaFX - Uma visão Geral

448 visualizações

Publicada em

Visão geral sobre JavaFX. Apresentação complementar ao TCC sobre JAVAFX.

Publicada em: Software
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
448
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

JavaFX - Uma visão Geral

  1. 1. IFRN TECNOLOGIA EM DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS EDER CARLOS DE OLIVEIRA NOGUEIRA NATAL, AGOSTO DE 2008
  2. 2. Sumário  Introdução  Interfaces Gráficas  Ambiente Desktop  Ambiente Web  Dispositivos Móveis  Interfaces Gráficas em Java  Pontos Fracos  Pontos Fortes
  3. 3. Sumário  Onde entra o JavaFX?  JavaFX Mobile  JavaFX Script  O Foco: JavaFX Script  Sintaxe: Influências da Programação Declarativa  Resultados: RIA, Produtividade e Portabilidade  Exemplos Práticos  Conclusões
  4. 4. Introdução  O objetivo geral deste trabalho é apresentar o paradigma de programação declarativa na construção de interfaces gráficas, usando a tecnologia JavaFX e sua linguagem de script JavaFX Script.
  5. 5. PRINCIPAIS ASPECTOS DA TECNOLOGIA
  6. 6. Interfaces Gráficas  Ambiente Desktop  A nível de Usuário, há uma crescente necessidade de maior interatividade e migração de “front-ends” para a Internet;  A nível de Desenvolvedor, existe uma demanda por mais produtividade e código mais “enxuto”;  Principais tecnologias voltadas para o desenvolvimento Desktop: C++,Delphi,.Net, VB, etc.;  (Inserir Figuras)
  7. 7. Interfaces Gráficas  Ambiente Web  O conteúdo HTML há muito deixou de ser apenas estático e passou a ser dinâmico e interativo;  A consolidação das RIA’s (Rich Internet Applications) aumentou a disputa, e conseqüentemente, surgimento de várias tecnologias neste mercado (Vide Figura 2);  “Duas características chaves: são “ricas” e são “clientes”. “Rica” refere-se ao modelo de interação do cliente. Um modelo de interação rica com o usuário é aquele que suporte uma variedade de métodos de entrada e que responda intuitivamente e de forma oportuna. (...) É um “cliente”, pois se trata de um programa que se comunica com um processo exclusivo e independente, tipicamente rodando no servidor. Os clientes permitem os usuários finais verem e modificarem informações, e se muitos são os clientes conectados ao servidor, este permite então compartilhar os dados requisitados. ”(Grane, Passarelo e James, 2005)
  8. 8. Interfaces Gráficas  Ambiente Web
  9. 9. Interfaces Gráficas  Ambiente Web  AJAX (Asynchronous Javascript And XML): é composto por um conjunto de soluções (XHTML, CSS, DOM, XML, XSLT, HttpXMLRequest) e o já conhecido JavaScript;  Silverlight: Criada pela Microsoft possui funcionalidades como: Uso de XML próprio para construção de interfaces (XAML), interação com WebServices, Tratamento de Mídia, 2D, Animação, entre outros. É componente da plataforma .NET ;  Adobe Flex: É a solução mais adotada, com presença do Flash Player em 98% dos computadores de todo o mundo;Utiliza-se de linguagem própria, ActionScript (hoje se encontra na versão 3);
  10. 10. Interfaces Gráficas  Dispositivos Móveis  Dominado pela plataforma Java, sob a ótica Java ME;  Surgimento de dispositivos mais sofisticados (IPhone,por exemplo), sente-se uma necessidade por interfaces ricas;  Migração de várias tecnologias web para este ambiente: AJAX, Silverlight, etc.;
  11. 11. Interfaces Gráficas em Java  Pontos Fracos  Pouca Produtividade de sua biblioteca AWT/SWING/2D;  Falta de boas ferramentas para desenvolvimento visual: o Flash só é o que é hoje porque atacou o mercado dos designers e desenhistas antes de se preocupar com os programadores ;  Fracasso dos Applets na Web: Os Applets foram a primeira tentativa da Sun de atacar o mercado de RIA’s lá no começo da década de 90, mas Java não vingou nesse mercado.  O tamanho da JRE: enquanto o plugin Flash Player tem aproximadamente 3MB, a menor versão da JRE é de 7MB;  Tempo de Compilação;
  12. 12. Interfaces Gráficas em Java  Pontos Fortes  91% de todos os PCs rodam plataforma Java e 77% destes rodam a Sun’s Java Platform, Standard Edition (Java SE) com quantidade de downloads considerável (Vide Próximo Slide)  JSP/JSF: O ambiente Web já conta com esta solução sob a ótica JCP (Java Comunnity Process);  Lançamento do Scripiting Framework (JSR-223) que permite que a JVM compile vários tipos de linguagem de script (Vide próximo slide). Linguagens já suportadas pela JVM: JRuby e JavaFX;
  13. 13. Interfaces Gráficas em Java
  14. 14. Interfaces Gráficas em Java
  15. 15. Onde entra o JavaFX?  Família de tecnologias voltadas para o desenvolvimento de interfaces ricas para ambiente Desktop, Web e Dispositivos móveis;  Lançado no JavaOne 2007, tem como metas principais:  Atacar o mercado de RIA’s, Desktop, Web e Dispositivos Móveis;  É composto por duas tecnologias principais: JavaFX Mobile e JavaFX Script;  Portabilidade;
  16. 16. Onde entra o JavaFX?
  17. 17. JavaFX Mobile  Sistema Operacional baseado no kernel do Linux;  Convergência J2SE e J2ME  Plataforma Java SE popular entre desenvolvedores;  JavaFX Mobile inclui implementações Swing e 2D;  Conclusão: Plataforma Java SE e Swing No Celular!
  18. 18. JavaFX Script  Anteriormente chamada de F3 por seu criador, Chris Oliver, é uma linguagem orientada a objetos com sintaxe declarativa voltada para o desenvolvimento de conteúdo rico e interativo em ambiente Desktop,Web ou dispositivo móvel;  Aspectos Principais:  Orientada a Objeto;  Estaticamente tipada;  Sintaxe declarativa;  Aumento da Produtividade do desenvolvedor;  Torna a programação em GUI Java mais simples;  Trabalha com as principais IDE’s: Eclipse, NetBeans.
  19. 19. JavaFX Script
  20. 20. Aspectos Principais da Sintaxe de JavaFX Script
  21. 21. Influências da Programação Declarativa  As linguagens funcionais, tal como as linguagens lógicas, pertencem à classe das linguagens declarativas. Estas, contrariamente às linguagens imperativas , englobam numa só as noções de programa e de especificação: um programa é uma especificação executável.  Exemplos de linguagens declarativas: Haskel, Lisp, Prolog;  Exemplos de linguagens com aspectos declarativos: XML, SQL.
  22. 22. Influências da Programação Declarativa
  23. 23. Sintaxe  JavaFX suporta quatro tipos de dados:  String (equivalente a Java.lang.String)  Boolean (equivalente a Java.lang.Boolean)  Integer (equivalente a Java.lang.Integer)  Number (equivalente a Java.lang.Number)

×