O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Golpe da pirâmide_parte 2

189 visualizações

Publicada em

Reportagem denuncia golpe da pirâmide financeira com dados exclusivos do site Reclame Aqui e comentários de especialistas.
Observação: texto dividido em três partes.

Publicada em: Economia e finanças
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Golpe da pirâmide_parte 2

  1. 1. DOMINGO, 4 DE MAIO DE 2014 – capa 5 você sabia? 83 0,92% 22%das mortes em acidentes ocorridos em feriados nas rodovias federais aconteceram em trechos que representam apenas 2% de toda malha nacional, de acordo com planilha da Polícia Rodoviária Federal políticos paulistas tiveram mandatos cassados em 2013, segundo a Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo Pelo menos foi a inflação registrada em março, segundo o Banco Central. É a sexta semana em que os economistas sobem as projeções para as altas de preços. A previsão passou de 6,35% para 6,47% do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) TELEXFREE E BBOM SÃO DUAS empresas investigadas pela Justiça brasileira pela prática de pirâmide financeira, que é ilegal no País. Na primeira, o negócio seria sustentado pela venda de telefonia VoIP e anúncios na internet. Na segunda, o produto seria um rastreador de veículos. Até o fechamento desta edição, nenhuma suspeita foi legalmente comprovada percentual muito alto, de até 200%, rendimento que não condiz com o mercado. É preci- so ficar atento”, comenta Maria Inês Dolci, coordenadora insti- tucionaldaProTeste,órgãoque luta pela defesa do consumidor. Caso TelexFree Desde junho de 2013, as operações da TelexFree foram bloqueadas no Brasil, por deter- minação da Justiça do Acre, sob suspeita de prática de pirâmide financeira.Aempresacontinuou operando nos Estados Unidos e em outras partes do mundo. Agora, a Justiça americana também aponta para a suspeita de fraude. Um relatório divul- Na foto, os proprietários da TelexFree, James Merrill (à esquerda) e Carlos Wanzeler AFP gado pela Secretaria de Estado de Massachusetts no último dia 15 afirmou que a TelexFree é uma pirâmide disfarçada de venda de telefonia VoIP (por meio de internet) que arreca- dou cerca de US$ 1,2 bilhão em todo o mundo. No documento, as autoridades pedem o fim das operações, a devolução dos lu- cros e o ressarcimento dos pre- juízos causados aos investidores, chamados de “divulgadores”. A denúncia aconteceu um dia após a TelexFree pedir concor- data no Tribunal de Falências do Distrito de Nevada. A ação das autoridades de Massachu- setts é uma tentativa de proteger parte do dinheiro arrecadado pela empresa para uma eventu- al indenização das vítimas. Durantebuscasfeitasnasede da TelexFree em Massachusetts no fim de abril, a polícia surpre- endeu o diretor financeiro da empresa, Joseph Craft, numa tentativa de fuga com cheques destinados aos donos da com- panhia, James Merrill e Carlos Wanzeler. O valor da apreensão chegou a US$ 38 milhões. O processo contra a TelexFree ARTE:EDIEDSON

×