Amamentação, sobrevivência e qualidade de vida

2.279 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.279
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
676
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
84
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Amamentação, sobrevivência e qualidade de vida

  1. 1. Amamentação: sobrevivência infantil e qualidade de 2 vida1 Instituto de Saúde CIP/SES-SP
  2. 2. Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde recomendam:Amamentação exclusiva nos 6 primeiros meses e Amamentação continuada até os 2 anos de idade ou mais 3 4
  3. 3. Termos e definições do aleitamento materno• Aleitamento Materno ExclusivoA criança recebe somente leite materno(diretamente do peito ou ordenhado) e nenhumoutro líquido ou sólido, com exceção desuplementos minerais ou vitaminas.• Alimentação Complementar Oportuna A criança recebe leite maternocomplementado por alimentos sólidos, semisólidos e/ou outros líquidos a partir do 6º mês.
  4. 4. Práticas que interferem noaleitamento materno exclusivo• Dar líquidos ou alimentos ao bebê além do leite materno.• Dar mamadeiras ou chupetas ao bebê.• Limitar o número de mamadas.• Limitar o tempo de sucção ou aduração de uma mamada.
  5. 5. O Leite Humano é muito mais do que uma fonte de nutrientes.5 É uma substância VIVA DE GRANDE COMPLEXIDADE BIOLÓGICA.
  6. 6. COMPOSIÇÃO DO LEITE MATERNO“O LEITE MATERNO É ESPÉCIE-ESPECÍFICO” GORDURA VITAMINAS AÇÚCAR ÁGUA PROTEÍNA FERRO ENZIMAS SAIS ANTICORPOS
  7. 7. 6
  8. 8. COLOSTRO• Aparece por volta do 7º mês degestação.• É espesso, pegajoso e amarelo claro.• É completo como primeiro alimentopara o bebê.• Volume = 30 ml (10 a 100 ml/dia).
  9. 9. A UNIÃO PERFEITA = QUANTIDADE DE COLOSTRO POR MAMADA E CAPACIDADE DE GÁSTRICA DO RN Capacidade gástrica do recém- nascido 20 ml =4x colheres de chá Capacidade gástrica da criança com um ano de idade200 ml = 40 x colheres de chá 7
  10. 10. COLOSTROPROPRIEDADE IMPORTÂNCIA· rico em anticorpos · protege contrainfecções e alergias· muitos leucócitos · protege contra infecções· laxante · expulsa o mecônio, ajuda a prevenir aicterícia· fatores de crescimento · acelera a maturação intestinal,previne alergia eintolerância· rico em vitamina A · reduz a gravidadede algumas infecções(como sarampo ediarréia);previne doenças oculares 8
  11. 11. FATORES DE PROTEÇÃO PRESENTES NO COLOSTRO• Lactoferrina• Imunoglobulina A• Fator Bifidus
  12. 12. Variação da composição do leite humano LEITE MATERNO PREMATURO Contém mais proteína, Ig A e lactoferrina, fatores de proteção para o9 bebê prematuro
  13. 13. LEITE MATERNO MADURO ANTERIOR POSTERIOR acinzentado branco Modifica-se conforme o período do dia Modifica-se durante a mamada Modifica-se conforme as necessidades do bebê Modifica-se conforme as doenças que amãe já teve contato
  14. 14. COMPOSIÇÃO DO LEITE MATERNO MADURO“O LEITE MATERNO É ESPÉCIE-ESPECÍFICO” 11 10
  15. 15. Mulher Vaca Cabra 12
  16. 16. PROTEÍNA o teor é perfeito para o crescimento e desenvolvimento cerebral do bebê é facilmente digerida e bemabsorvida pelo organismo do bebê a quantidade de proteína no leite não é afetada pela dieta da mãe
  17. 17. TEOR DE PROTEÍNA NO LEITE relacionada com a taxa de crescimentoCoelho: leite com 10- 13% proteína6 dias para dobrar o peso 14 Bebê humano: leite com 0,9% proteína 13 180 dias para dobrar o peso ao nascer
  18. 18. 15
  19. 19. GORDURA• Principal fonte de energia para o bebê• O leite materno contém enzimas quedigerem a gordura e a transformam emenergia (caloria) para o bebê• Contém substâncias essenciais parao bom crescimento cerebral• A quantidade de gordura do leitepode ser afetada pela dieta da mãe
  20. 20. A gordura é o componente mais variável no leite materno PICOS:• fim da manhã e tarde• o nível é mais baixo no início da mamada (leite anterior)• o nível é mais alto na parte posterior da mamada 16 (leite posterior) NÃO LIMITAR A DURAÇÃO DAS MAMADAS
  21. 21. 17
  22. 22. LACTOSE• Fornece 40% das necessidades de energia• Facilita a absorção de cálcio e ferro• Promove a colonização intestinal com lactobacilus bifidus
  23. 23. FERRO 18
  24. 24. VITAMINAS PRESENÇA DE VITAMINAS NOS DIFERENTES LEITESVITAMINA BVITAMINA C VITAMINA B VITAMINA CVITAMINA A VITAMINA A VITAMINA AHUMANO VACA 19
  25. 25. Aleitamento materno no 2º ano de vida: Cerca de 2 copos de leite materno fornecem mais de 90% das necessidades diárias de vitamina C, assim como % importante das necessidades de vitamina A, proteínas e calorias. % das necessidades diárias em 500ml de leite materno 20De: WHO/CDR/93.4
  26. 26. POR QUE A AMAMENTAÇÃO É IMPORTANTE ?• A Organização Mundial da Saúdeestima que a cada ano um milhão e meiode mortes poderiam ser evitadas pormeio da prática da amamentação.• Crianças em amamentação exclusivaadoecem 2 vezes e meia menos do quecrianças que tomam leite artificial. OMS, 1994, Chadan, 1979, Feachem 1984 e Victora, 1987
  27. 27. POR QUE A AMAMENTAÇÃO É IMPORTANTE PARA O BEBÊ?• Proporciona uma nutrição superior e um ótimo crescimento.• Fornece água adequada para hidratação.• Favorece o vínculo afetivo e o desenvolvimento.• Protege contra infecções e alergias. 21
  28. 28. OMS/CDR/93.6 PROTEÇÃO CONTRA INFECÇÕES 1 2 Mãe se infecta As células brancas da mãe produzem anticorpos para protegê-la 4Os anticorpos 3contra a infecção Alguns leucócitosmaterna são vão ao seio e alisecretados no leite produzem anticorpospara proteger obebê. 22
  29. 29. Risco de morte por diarréia em menores de um ano, segundo o tipo de alimentação (Pelotas, RS, Brasil) 16,3 só peito peito + suplemento não 11,6 lácteo peito + leite em pó peito + leite fluido 4,5 só leite em pó 3,4 1,9 1 só leite fluidoDe: Victora et al, 1986
  30. 30. Risco de morte por pneumonia entre 8 dias e 12 meses segundo o tipo de alimentação (Pelotas, RS, Brasil) Só peito Peito + Peito + Só leite Só leite de fórmula de vaca fórmula vacaDe: Victora et al, Lancet, 1987
  31. 31. Crianças amamentadas de forma exclusiva durante 4 meses ou mais têm metade de episódios de otite média aguda do que as que não são amamentadas.Duncan et. al. 1993. UNICEF/OMS/UNESCO/UNFPA, 1993 e Kleinman, 1994
  32. 32. OUTRAS VANTAGENS PARA O BEBÊ• Proteção contra diabetes e câncer na infância• Melhor resposta a vacinação 23• Recuperação mais rápida nas doenças• Menos problemas ortodônticos efonoaudiológicos associados ao uso demamadeira.• Melhor desempenho em testes de QI
  33. 33. VANTAGENS DO ALEITAMENTO MATERNO PARA A MÃE24 • Ajuda o útero a recuperar seu tamanho normal, reduzindo o risco de hemorragia • Aumenta as reservas de ferro • Reduz o risco de câncer de mama e de ovário • Ajuda a retardar uma nova gravidez
  34. 34. VANTAGENS DO ALEITAMENTO MATERNO PARA A MÃE O aleitamento materno torna conveniente as viagens e as mamadas noturnas. A depressão pós parto é reduzida. É mais prático e menos trabalhoso. O leite está pronto, não necessita preparo. O leite não estraga e não é preciso se preocupar com a falta de estoque. É mais econômico.
  35. 35. 26 VANTAGENS DO ALEITAMENTO MATERNO PARA A FAMÍLIA Melhor saúde e nutrição resultam em melhor ambiente psico-social e bem estar. Menos gastos com cuidados médicos. A economia que se faz pode ser revertida em outros benefícios.
  36. 36. EXERCÍCIO: Porcentagem de salário necessário para alimentar um lactente com leite artificial durante 6 mesesCálculos: Marca da fórmula infantil:................................ Preço de uma lata de 500g da fórmula:……........ Preço de 44 latas x 500g da fórmula:............................ Salário mínimo: 1 mês........................... 6 meses........................Custo de 44 de latas x 500g da fórmula = x100= .........% Salário mínimo para 6 mesesResposta: Para alimentar um bebê c/ leite .................. custa:..................% do salário mínimoAdaptado de: Curso de Aconselhamento em Amamentação,Guia do Treinador, WHO/UNICEF,1993, pp. 420-421.
  37. 37. Vantagens do aleitamento materno para o hospital• ambiente emocional mais calmo e tranqüilo.• mais espaço para o hospital (com alojamentoconjunto.• melhor direcionamento no trabalho da equipe.• melhor imagem e maior prestígio.• menos crianças abandonadas.• menos infecção neonatal.• mais seguro em emergências. 25
  38. 38. RISCOS DA ALIMENTAÇÃO ARTIFICIAL bebê • interfere no vínculo bebê• mais diarréia e • mais alergia e intolerância infecção respiratória ao leite • diarréia • maior risco de doenças persistente crônicas• desnutrição e • obesidade deficiência de vit. A • menor desempenho em • maior mortalidade testes de inteligência • pode ficar grávida • maior risco de anemia, precocemente MÃE câncer de ovário e de mama
  39. 39. Questões para debateVer livro Manejo e promoção do aleitamento materno: curso de 18 horas para equipes de maternidades.• O que você diria a uma mãe que diz: “ O leite em pó é tão bom quanto o materno. Acho que só preciso amamentar por algumas semanas.”• Quais são as últimas recomendações da OMS sobre a duração da amamentação?• Por que o passo 6 da IHAC enfatiza o aleitamento materno exclusivo desde o nascimento?

×