História da Ciência 2011/02 Professor: Rodrigo Claudino Diogo Licenciatura em Física
Introdução à Filosofia da Ciência – Parte I
Licenciamento <ul>Licença Creative Commons <li>O trabalho Introdução à Filosofia da Ciência de Rodrigo Claudino Diogo foi ...
Agenda <ul><li>Algumas ideias fundamentais
Começando a filosofar sobre a Ciência
Francis Bacon, indução e dedução
A natureza da Ciência, segundo os indutivistas </li></ul>
Fontes <ul><li>O que é a Ciência, afinal?  De Alan Chalmers
Dicionário de Filosofia . De Nicola Abbagnano
Reflexões e ideias . De Rodrigo Claudino Diogo </li></ul>
Algumas ideias fundamentais
A Ciência e a opinião Caracterizada pela falta de garantia de sua validade. Conhecimento que inclua, em qualquer forma ou ...
Filosofia da Ciência: que bicho é esse? <ul><li>Filosofia que tenta responder: “O que é a Ciência?”
Uma tentativa de definição (que os Deuses me perdoem):  Estudo da natureza da própria Ciência: métodos, conceitos, pressup...
A F.C. Se preocupa com: Formulação, uso e análise do Método Estrutura lógica da Ciência Como se consegue validar as inform...
Começando a filosofar sobre a Ciência
Francis Bacon <ul><li>Um dos primeiros a tentar articular o que é o método da Ciência (séc. XVII)
Escreveu o livro Novo Organum </li></ul>Meta da Ciência melhoramento da vida do homem  na Terra
Francis Bacon <ul><li>Como alcançar esta meta? </li></ul>+ = Teorias
Indutivismo <ul><li>A Ciência começa com a observação
As observações originam as proposições de observação ou afirmações singulares </li></ul>Este lápis, parcialmente imerso na...
Indutivismo <ul><li>As afirmações singulares </li></ul><ul><ul><li>Podem ser verificadas com cuidadosa observação
Referem-se a um fenômeno específico, num tempo específico
Resultam do uso dos sentidos do observador </li></ul></ul>
Mas, a Ciência é constituída por afirmações singulares?
Analise estas afirmações <ul><li>Os planetas descrevem órbitas elípticas em torno do Sol
Na ausência de forças externas o momento (quantidade de movimento) de um sistema é constante
A proporção, em massa, dos elementos que participam da composição de uma substância é sempre constante e independente do p...
Afirmações universais <ul><li>São afirmações gerais e válidas para todas as ocorrências dos fenômenos aos quais se referem
Mas... </li></ul>
Da experiência à teoria ? ? Experiências e observações   Afirmações singulares   Como se obtém as afirmações universais?
A resposta indutivista <ul><li>“Desde que certas condições sejam satisfeitas, é legítimo generalizar a partir de uma lista...
Condições para indução ser válida <ul><li>O número de proposições de observação (afirmações singulares) deve ser grande;
As observações devem ser repetidas sob uma ampla variedade de condições;
Nenhuma proposição de observação deve conflitar com a lei universal derivada </li></ul>
Em outras palavras <ul><li>Devem ser observados um grande número de fenômenos particulares </li></ul><ul><ul><li>Gerando u...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

IFG História da Ciência - Introdução à Filosofia da Ciência Parte I

3.483 visualizações

Publicada em

Apresentação utilizada em uma aula de história da Ciência. Trata do pensamento indutivo.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.483
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
91
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Observação organizada, coleta de fatos, derivam teorias
  • Copiar as condições no quadro, para futuras referências
  • (1) e (2) como verdadeiras e (3) como falsa não envolve uma contradição. O argumento é inválido.
  • Onde 1) é o resultado do processo indutivo; 2) é fruto das observações e 3) é obtido a partir do raciocínio dedutivo.
  • IFG História da Ciência - Introdução à Filosofia da Ciência Parte I

    1. 1. História da Ciência 2011/02 Professor: Rodrigo Claudino Diogo Licenciatura em Física
    2. 2. Introdução à Filosofia da Ciência – Parte I
    3. 3. Licenciamento <ul>Licença Creative Commons <li>O trabalho Introdução à Filosofia da Ciência de Rodrigo Claudino Diogo foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada. </li></ul>
    4. 4. Agenda <ul><li>Algumas ideias fundamentais
    5. 5. Começando a filosofar sobre a Ciência
    6. 6. Francis Bacon, indução e dedução
    7. 7. A natureza da Ciência, segundo os indutivistas </li></ul>
    8. 8. Fontes <ul><li>O que é a Ciência, afinal? De Alan Chalmers
    9. 9. Dicionário de Filosofia . De Nicola Abbagnano
    10. 10. Reflexões e ideias . De Rodrigo Claudino Diogo </li></ul>
    11. 11. Algumas ideias fundamentais
    12. 12. A Ciência e a opinião Caracterizada pela falta de garantia de sua validade. Conhecimento que inclua, em qualquer forma ou medida, uma garantia da própria validade. Ciência Opinião X
    13. 13. Filosofia da Ciência: que bicho é esse? <ul><li>Filosofia que tenta responder: “O que é a Ciência?”
    14. 14. Uma tentativa de definição (que os Deuses me perdoem): Estudo da natureza da própria Ciência: métodos, conceitos, pressupostos e seu lugar no conhecimento humano. </li></ul>
    15. 15. A F.C. Se preocupa com: Formulação, uso e análise do Método Estrutura lógica da Ciência Como se consegue validar as informações A natureza das afirmações e conceitos científicos Os limites das Ciências e suas relações As relações entre a Ciência e a sociedade Como o conhecimento científico evolui
    16. 16. Começando a filosofar sobre a Ciência
    17. 17. Francis Bacon <ul><li>Um dos primeiros a tentar articular o que é o método da Ciência (séc. XVII)
    18. 18. Escreveu o livro Novo Organum </li></ul>Meta da Ciência melhoramento da vida do homem na Terra
    19. 19. Francis Bacon <ul><li>Como alcançar esta meta? </li></ul>+ = Teorias
    20. 20. Indutivismo <ul><li>A Ciência começa com a observação
    21. 21. As observações originam as proposições de observação ou afirmações singulares </li></ul>Este lápis, parcialmente imerso na água parece quebrado
    22. 22. Indutivismo <ul><li>As afirmações singulares </li></ul><ul><ul><li>Podem ser verificadas com cuidadosa observação
    23. 23. Referem-se a um fenômeno específico, num tempo específico
    24. 24. Resultam do uso dos sentidos do observador </li></ul></ul>
    25. 25. Mas, a Ciência é constituída por afirmações singulares?
    26. 26. Analise estas afirmações <ul><li>Os planetas descrevem órbitas elípticas em torno do Sol
    27. 27. Na ausência de forças externas o momento (quantidade de movimento) de um sistema é constante
    28. 28. A proporção, em massa, dos elementos que participam da composição de uma substância é sempre constante e independente do processo químico pelo qual a substância é obtida </li></ul>São afirmações singulares?
    29. 29. Afirmações universais <ul><li>São afirmações gerais e válidas para todas as ocorrências dos fenômenos aos quais se referem
    30. 30. Mas... </li></ul>
    31. 31. Da experiência à teoria ? ? Experiências e observações Afirmações singulares Como se obtém as afirmações universais?
    32. 32. A resposta indutivista <ul><li>“Desde que certas condições sejam satisfeitas, é legítimo generalizar a partir de uma lista finita de proposições singulares para uma lei universal.” (CHALMERS, 1993, p. 21). </li></ul>
    33. 33. Condições para indução ser válida <ul><li>O número de proposições de observação (afirmações singulares) deve ser grande;
    34. 34. As observações devem ser repetidas sob uma ampla variedade de condições;
    35. 35. Nenhuma proposição de observação deve conflitar com a lei universal derivada </li></ul>
    36. 36. Em outras palavras <ul><li>Devem ser observados um grande número de fenômenos particulares </li></ul><ul><ul><li>Gerando um grande número de afirmações singulares </li></ul></ul><ul><li>As condições de realização das experiências (observações) devem ser variadas
    37. 37. Não deve existir nenhuma experiência que contradiz a lei universal </li></ul>
    38. 38. Será que entendemos? <ul><li>Podemos afirmar que todos os metais se expandem quando aquecidos, a partir de uma única observação de uma barra de metal em expansão?
    39. 39. Não </li></ul><ul><ul><li>Não satisfaz a primeira condição </li></ul></ul>
    40. 40. Será que entendemos? <ul><li>Podemos afirmar que todos os metais se expandem quando aquecidos, a partir de diversas observações de uma única barra de metal em expansão?
    41. 41. Não </li></ul><ul><ul><li>Não satisfaz a segunda condição </li></ul></ul>
    42. 42. Será que entendemos? <ul><li>Se observarmos uma única peça de metal que não se expande quando é aquecida, podemos afirmar que todos os metais se expandem quando aquecidos?
    43. 43. Não </li></ul><ul><ul><li>Não satisfaz a terceira condição </li></ul></ul>
    44. 44. O princípio da indução Se um grande número de As for observado sob uma ampla variedade de condições, e se todos esses As observados possuíam sem exceção a propriedade B, então todos os As têm a propriedade B.
    45. 45. A indução é apenas parte do quebra-cabeça Leis Universais
    46. 46. Cite outras características da Ciência Previsão e Explicação
    47. 47. Como se percorre <ul><li>O caminho entre as leis universais e a previsão e a explicação?
    48. 48. Raciocínio dedutivo </li></ul>
    49. 49. Exemplo de dedução lógica <ul><li>Todas as aulas de história da Ciência são chatas
    50. 50. Esta é uma aula de história da Ciência
    51. 51. Esta aula é chata </li></ul>Premissas Conclusão
    52. 52. Regra básica da dedução <ul><li>Se as premissas são verdadeiras
    53. 53. A conclusão é verdadeira </li></ul>
    54. 54. Argumento inválido <ul><li>Muitas aulas de história da Ciência são chatas
    55. 55. Esta é uma aula de história da Ciência
    56. 56. Esta aula é chata </li></ul>É possível (1) e (2) Serem verdadeiras e, ainda assim, (3) ser falsa
    57. 57. Dedução válida e conclusão falsa <ul><li>Todos cães têm cinco
    58. 58. patas
    59. 59. Polly é meu cão.
    60. 60. Polly tem cinco patas. </li></ul>O argumento é válido (dedução lógica correta). Mas, (1) e (3) são falsas!!!
    61. 61. Qual é a conclusão? <ul><li>A lógica dedutiva sozinha não funciona como uma fonte de afirmações verdadeiras sobre o mundo </li></ul>
    62. 62. Qual é a fonte da verdade <ul><li>Para um indutivista?
    63. 63. Lógica
    64. 64. Experiência </li></ul>
    65. 65. Para um indutivista <ul><li>A forma geral de todas as explicações e previsões científicas pode ser assim resumida: </li></ul>1) Leis e teorias 2) Condições iniciais 3) Previsões e explicações
    66. 66. Fim da primeira parte

    ×