SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 55
Urinálise UNIFENAS Profa.Vera Ângelo 2010
Hunayn ibn Ishaq al-'Ibadi  (809?-873) (conhecido como  Joannitius ). Isagoge Johannitii in Tegni Galeni . Oxford, século XIII (DeRicci NLM [78]).
Indicações : Exame de urina rotina -Diagnóstico de doenças do trato urinário (alto ou baixo) ou  sistêmicas. -“Screening” de doenças congênitas, hereditárias ou  assintomáticas -Avaliação da evolução de doenças. -Avaliação da terapêutica (efetividade ou complicações)
 
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
Alterações observadas em amostras de urina mantidas a temperatura ambiente pH  aumento  degradação da uréia Células   diminuição   lise Cilindros   desaparecimento  dissolução Glicose  diminuição  degradação Corpos cetônicos  diminuição  evaporação Bilirrubina   diminuição  oxidação para biliverdina Urobilinogênico  diminuição  oxidação para urobilina Refrigeração Bactérias  diminuição  inibe o crescimento Cristais  precipitação
   Exame de urina rotina ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
I-   Propriedades físicas: Transparência Clara ,  logo após a eliminação da urina Turvação  -  hemácias   leucócitos   cilindros   gordura   células epiteliais   microrganismos precipitação de cristais muco
I-   Propriedades físicas: b) Cor:  alterada por doenças, medicamentos, corantes, alimentos Amarelo claro – urina diluída/volume aumentado, diabetes  mellitus ,  insipidus Amarelo escuro – urina concentrada/volume diminuído, febre, desidratação “ Cor de coca cola” - Marrom escura – presença de bilirrubina, icterícia  (bilirrubina, urobilinogênio)  Rosa/ vermelho – Hemoglobina, mioglobina ou hemácias. Corantes e medicamentos (ex.: metildopa) Preto – presença de melanina Verde ou azul – presença de corantes ou medicamentos
 
I-   Propriedades físicas: c) Densidade-   soluto X solvente Ingestão hídrica X perdas
 
I-   Propriedades físicas: d) Odor: “ sui generis” Característico, devido à presença de ácidos voláteis. Alterado:  Amonical – degradação da uréia (bactérias)   Pútrido – infecção urinária   Adocicado – presença de corpos cetônicos
2. Pesquisa de elementos anormais: (exame químico) pH urinário Princípio – fitas com corantes indicadores de pH pH normalmente é ácido pH alcalino constante – infecção urinária? pH ácido (acidose) – jejum, doenças respiratórias, diabetes pH alcalino (alcalose) – vômitos, hiperventilação
2. Pesquisa de elementos anormais: (exame químico) Proteína ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
2. Pesquisa de elementos anormais: ,[object Object],[object Object],[object Object]
 
2. Pesquisa de elementos anormais: Hemoglobina ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
2. Pesquisa de elementos anormais: Bilirrubina ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
2. Pesquisa de elementos anormais: Glicosúria ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
2. Pesquisa de elementos anormais: Corpos Cetônicos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
2. Pesquisa de elementos anormais: Nitrito Princípio – conversão de nitrato a nitrito por bactérias Gram negativas. ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Infec ç ão Urin á ria
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Sedimentoscopia ,[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object]
 
3 - Sedimentoscopia Células epiteliais ,[object Object],Presença de grande número destas células indica contaminação na colheita ,[object Object],Presença de número aumentado indica infecção do trato urinário
3- Sedimentoscopia ,[object Object],Presença de número aumentado indica lesão tubular ou doença renal em atividade. Ex: necrose tubular aguda, infecções viróticas, rejeição de transplante renal. ,[object Object]
3- Sedimentoscopia Corpos graxos ovalados ,[object Object],Frequentemente observados na síndrome nefrótica presentes no lupus e diabetes  mellitus  avançado, envenenamento por mercúrio.
3- Sedimentoscopia Hemácias ,[object Object],[object Object],[object Object]
 
Morfologia Eritrocitária Isomorfismo  Dismorfismo
[object Object]
3- Sedimentoscopia Leucócitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
3- Sedimentoscopia Cilindros ,[object Object],[object Object],[object Object]
3- Sedimentoscopia Cilindros ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
 
 
3- Sedimentoscopia Cristais Cristais Normais: ácido úrico fosfato Urato Carbonato Oxalato Biurato Importância Clínica Limitada Cristais Anormais: Metabolismo: Cistina, tirosina, leucina, colesterol, bilirrubina. Iatrogenia:  Sulfonamidas, ampicilina, acyclovir, contraste radiográfico
 
Oxalato de cálcio Ácido úrico Fosfato amorfo
3 - Sedimentoscopia Microorganismos e outros ,[object Object],[object Object],[object Object],Detritos fecais Fibras Talco
 
 
Exame Microscópico (Sedimentoscopia) Sedimento Normal (citologia ) Hemácias  0 – 2 campo Leucócitos 0 – 5 campo Cilindros hialinos 0 – 2 campo Células epiteliais renais (tubulares) raras Células epiteliais de transição raras Células epiteliais pavimentosas raras
Características gerais: cor: amarela aspecto: límpido depósito: ausente densidade: 1,018  0.003 Reação pH: 6.0  0.5 Exame Químico: proteínas: < 100mg/1 subst. redutoras: ausentes cetonas: ausentes bilirrubinas: ausentes  sangue: ausente urobilinogênio: até 1/20 Sedimento: leucócitos: até 10.000/ml hemácias: até 10.000/ml cel. epiteliais: raras cilindro  ausentes   Exame de Urina
Sinopse diagnóstica esquemática ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atlas da urinálise
Atlas da urináliseAtlas da urinálise
Atlas da urinálisejunoeli
 
Slide 1 Aula 1 Hematologia
Slide 1   Aula 1 HematologiaSlide 1   Aula 1 Hematologia
Slide 1 Aula 1 Hematologiasamir12
 
Imunodiagnóstico de doenças infecciosas
Imunodiagnóstico de doenças infecciosasImunodiagnóstico de doenças infecciosas
Imunodiagnóstico de doenças infecciosasSandra Lago Moraes
 
ICSA17 - Resposta Imune a infecções PDF
ICSA17 - Resposta Imune a infecções PDFICSA17 - Resposta Imune a infecções PDF
ICSA17 - Resposta Imune a infecções PDFRicardo Portela
 
Exame quimico da urina
Exame quimico da urinaExame quimico da urina
Exame quimico da urinaArley Melo
 
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e AmostrasAula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e AmostrasJaqueline Almeida
 
Atlas de alterações e doenças hematológicas Alberto Galdino
Atlas de alterações e doenças hematológicas   Alberto GaldinoAtlas de alterações e doenças hematológicas   Alberto Galdino
Atlas de alterações e doenças hematológicas Alberto GaldinoLívia Galvão
 
Atlas de uroanálise
Atlas de uroanáliseAtlas de uroanálise
Atlas de uroanáliseTAMARACOUT
 
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.comJulio Dutra
 
Alterações eritrocitárias
Alterações eritrocitáriasAlterações eritrocitárias
Alterações eritrocitáriasjorjusp
 
Diluição Simples e Seriada
Diluição Simples e Seriada Diluição Simples e Seriada
Diluição Simples e Seriada José Vitor Alves
 

Mais procurados (20)

Leucemias
Leucemias Leucemias
Leucemias
 
Atlas da urinálise
Atlas da urináliseAtlas da urinálise
Atlas da urinálise
 
Bioquímica
BioquímicaBioquímica
Bioquímica
 
Slide 1 Aula 1 Hematologia
Slide 1   Aula 1 HematologiaSlide 1   Aula 1 Hematologia
Slide 1 Aula 1 Hematologia
 
Urinocultura
UrinoculturaUrinocultura
Urinocultura
 
Aula 4 meios de cultura
Aula 4   meios de culturaAula 4   meios de cultura
Aula 4 meios de cultura
 
Imunodiagnóstico de doenças infecciosas
Imunodiagnóstico de doenças infecciosasImunodiagnóstico de doenças infecciosas
Imunodiagnóstico de doenças infecciosas
 
2 Anemias - Visão Geral
2  Anemias - Visão Geral2  Anemias - Visão Geral
2 Anemias - Visão Geral
 
ICSA17 - Resposta Imune a infecções PDF
ICSA17 - Resposta Imune a infecções PDFICSA17 - Resposta Imune a infecções PDF
ICSA17 - Resposta Imune a infecções PDF
 
Manual coleta de sangue
Manual coleta de sangueManual coleta de sangue
Manual coleta de sangue
 
Exame quimico da urina
Exame quimico da urinaExame quimico da urina
Exame quimico da urina
 
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e AmostrasAula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
 
Hemoterapia 1
Hemoterapia 1Hemoterapia 1
Hemoterapia 1
 
Atlas de alterações e doenças hematológicas Alberto Galdino
Atlas de alterações e doenças hematológicas   Alberto GaldinoAtlas de alterações e doenças hematológicas   Alberto Galdino
Atlas de alterações e doenças hematológicas Alberto Galdino
 
Atlas de uroanálise
Atlas de uroanáliseAtlas de uroanálise
Atlas de uroanálise
 
Citologia de líquidos biológicos
Citologia de líquidos biológicosCitologia de líquidos biológicos
Citologia de líquidos biológicos
 
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
 
Alterações eritrocitárias
Alterações eritrocitáriasAlterações eritrocitárias
Alterações eritrocitárias
 
Diluição Simples e Seriada
Diluição Simples e Seriada Diluição Simples e Seriada
Diluição Simples e Seriada
 
Anemias
AnemiasAnemias
Anemias
 

Destaque

Atlas Sedimento Urinario
Atlas Sedimento UrinarioAtlas Sedimento Urinario
Atlas Sedimento Urinariograff95
 
Análises da urina
Análises da urinaAnálises da urina
Análises da urinagiovani
 
58087087 apostila-de-uroanalise2008
58087087 apostila-de-uroanalise200858087087 apostila-de-uroanalise2008
58087087 apostila-de-uroanalise2008Valdecir Marques
 
PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR IV - PIM IV
PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR IV - PIM IVPROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR IV - PIM IV
PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR IV - PIM IVHenry Jackman
 
Sedimento urinario
Sedimento urinarioSedimento urinario
Sedimento urinariomarcanete
 
Sistema urinario apresentação de slides
Sistema urinario apresentação de slidesSistema urinario apresentação de slides
Sistema urinario apresentação de slidesFabiano Reis
 
Atlas de sedimento urinario
Atlas de sedimento urinarioAtlas de sedimento urinario
Atlas de sedimento urinarioRoger Lopez
 
Análises especiais de urina
Análises especiais de urinaAnálises especiais de urina
Análises especiais de urinarafaelmenezes
 
Estudo dirigido pato clinica
Estudo dirigido pato clinicaEstudo dirigido pato clinica
Estudo dirigido pato clinicaP Lima
 
Processo de fabricação da uréia
Processo de fabricação da uréiaProcesso de fabricação da uréia
Processo de fabricação da uréiaVictor Said
 
Atlas de sedimento_urinario_com_fotos
Atlas de sedimento_urinario_com_fotosAtlas de sedimento_urinario_com_fotos
Atlas de sedimento_urinario_com_fotosAbraham Jorque
 
Roteiro urinálise
Roteiro urináliseRoteiro urinálise
Roteiro urináliseCarolvet88
 
2o ano.bioquimica.seminario de pratica coleta
2o ano.bioquimica.seminario de pratica   coleta2o ano.bioquimica.seminario de pratica   coleta
2o ano.bioquimica.seminario de pratica coletarasg75
 

Destaque (20)

Atlas Sedimento Urinario
Atlas Sedimento UrinarioAtlas Sedimento Urinario
Atlas Sedimento Urinario
 
Análises da urina
Análises da urinaAnálises da urina
Análises da urina
 
Urinalise 1
Urinalise 1Urinalise 1
Urinalise 1
 
111780598 questoes-urinalise
111780598 questoes-urinalise111780598 questoes-urinalise
111780598 questoes-urinalise
 
58087087 apostila-de-uroanalise2008
58087087 apostila-de-uroanalise200858087087 apostila-de-uroanalise2008
58087087 apostila-de-uroanalise2008
 
Urinálise
UrináliseUrinálise
Urinálise
 
PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR IV - PIM IV
PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR IV - PIM IVPROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR IV - PIM IV
PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR IV - PIM IV
 
Apostila coleta cnpq
Apostila coleta cnpqApostila coleta cnpq
Apostila coleta cnpq
 
Sedimento urinario
Sedimento urinarioSedimento urinario
Sedimento urinario
 
Sistema urinario apresentação de slides
Sistema urinario apresentação de slidesSistema urinario apresentação de slides
Sistema urinario apresentação de slides
 
Atlas de sedimento urinario
Atlas de sedimento urinarioAtlas de sedimento urinario
Atlas de sedimento urinario
 
APOSTILA DE MICOLOGIA CLÍNICA
APOSTILA DE MICOLOGIA CLÍNICA APOSTILA DE MICOLOGIA CLÍNICA
APOSTILA DE MICOLOGIA CLÍNICA
 
Análises especiais de urina
Análises especiais de urinaAnálises especiais de urina
Análises especiais de urina
 
Estudo dirigido pato clinica
Estudo dirigido pato clinicaEstudo dirigido pato clinica
Estudo dirigido pato clinica
 
Ciclo da uréia
Ciclo da uréiaCiclo da uréia
Ciclo da uréia
 
Processo de fabricação da uréia
Processo de fabricação da uréiaProcesso de fabricação da uréia
Processo de fabricação da uréia
 
Aula urinalise 2015
Aula urinalise 2015Aula urinalise 2015
Aula urinalise 2015
 
Atlas de sedimento_urinario_com_fotos
Atlas de sedimento_urinario_com_fotosAtlas de sedimento_urinario_com_fotos
Atlas de sedimento_urinario_com_fotos
 
Roteiro urinálise
Roteiro urináliseRoteiro urinálise
Roteiro urinálise
 
2o ano.bioquimica.seminario de pratica coleta
2o ano.bioquimica.seminario de pratica   coleta2o ano.bioquimica.seminario de pratica   coleta
2o ano.bioquimica.seminario de pratica coleta
 

Semelhante a Urinalise - 2010

38515565 bioquimica-da-urina-110512144604-phpapp02
38515565 bioquimica-da-urina-110512144604-phpapp0238515565 bioquimica-da-urina-110512144604-phpapp02
38515565 bioquimica-da-urina-110512144604-phpapp02Maria Jaqueline Mesquita
 
dokumen.tips_urinalise-humana-slide.pptx
dokumen.tips_urinalise-humana-slide.pptxdokumen.tips_urinalise-humana-slide.pptx
dokumen.tips_urinalise-humana-slide.pptxgabrielabouchuid
 
Seminário (Insuficiência Renal Aguda e Crônica)
Seminário (Insuficiência Renal Aguda e Crônica) Seminário (Insuficiência Renal Aguda e Crônica)
Seminário (Insuficiência Renal Aguda e Crônica) cuidadoaoadulto
 
Assistência de Enfermagem às Afecções Urológicas (1).pptx
Assistência de Enfermagem às Afecções Urológicas (1).pptxAssistência de Enfermagem às Afecções Urológicas (1).pptx
Assistência de Enfermagem às Afecções Urológicas (1).pptxVeridyanaValverde1
 
(2) sistema renal, dialise e hemodialise
(2) sistema renal, dialise e hemodialise(2) sistema renal, dialise e hemodialise
(2) sistema renal, dialise e hemodialiseRodrigo Vargas
 
Bioquimica clinica 2015
Bioquimica clinica 2015Bioquimica clinica 2015
Bioquimica clinica 2015ReginaReiniger
 
Principais diisturbios do sistema urinario 2015
Principais diisturbios do sistema urinario 2015Principais diisturbios do sistema urinario 2015
Principais diisturbios do sistema urinario 2015ReginaReiniger
 
Apresentação de estudo de caso
Apresentação de estudo de casoApresentação de estudo de caso
Apresentação de estudo de casoDanimilene
 
Técnicas de diagnóstico animal para desordens endócrinas e metabólicas
Técnicas de diagnóstico animal para desordens endócrinas e metabólicasTécnicas de diagnóstico animal para desordens endócrinas e metabólicas
Técnicas de diagnóstico animal para desordens endócrinas e metabólicasannie322004
 
Insuficiencia Renal Aguda e Crônica - por Eduarda Gobbi
Insuficiencia Renal Aguda e Crônica - por Eduarda GobbiInsuficiencia Renal Aguda e Crônica - por Eduarda Gobbi
Insuficiencia Renal Aguda e Crônica - por Eduarda GobbiEduarda Gobbi
 
aula aval renal e urinária 2018-19.pdf
aula aval renal e urinária 2018-19.pdfaula aval renal e urinária 2018-19.pdf
aula aval renal e urinária 2018-19.pdfSocorroClaudino2
 
Aula sobre Pâncreas e fígado e nutrição
Aula sobre  Pâncreas e fígado e nutriçãoAula sobre  Pâncreas e fígado e nutrição
Aula sobre Pâncreas e fígado e nutriçãoLuaraGarcia3
 

Semelhante a Urinalise - 2010 (20)

38515565 bioquimica-da-urina-110512144604-phpapp02
38515565 bioquimica-da-urina-110512144604-phpapp0238515565 bioquimica-da-urina-110512144604-phpapp02
38515565 bioquimica-da-urina-110512144604-phpapp02
 
38515565 bioquimica-da-urina
38515565 bioquimica-da-urina38515565 bioquimica-da-urina
38515565 bioquimica-da-urina
 
dokumen.tips_urinalise-humana-slide.pptx
dokumen.tips_urinalise-humana-slide.pptxdokumen.tips_urinalise-humana-slide.pptx
dokumen.tips_urinalise-humana-slide.pptx
 
Seminário (Insuficiência Renal Aguda e Crônica)
Seminário (Insuficiência Renal Aguda e Crônica) Seminário (Insuficiência Renal Aguda e Crônica)
Seminário (Insuficiência Renal Aguda e Crônica)
 
Assistência de Enfermagem às Afecções Urológicas (1).pptx
Assistência de Enfermagem às Afecções Urológicas (1).pptxAssistência de Enfermagem às Afecções Urológicas (1).pptx
Assistência de Enfermagem às Afecções Urológicas (1).pptx
 
Ira irc pdf ok
Ira irc pdf okIra irc pdf ok
Ira irc pdf ok
 
80502431 urinalise
80502431 urinalise80502431 urinalise
80502431 urinalise
 
(2) sistema renal, dialise e hemodialise
(2) sistema renal, dialise e hemodialise(2) sistema renal, dialise e hemodialise
(2) sistema renal, dialise e hemodialise
 
Bioquimica clinica 2015
Bioquimica clinica 2015Bioquimica clinica 2015
Bioquimica clinica 2015
 
Fisiologia gastrointestinal
Fisiologia gastrointestinal Fisiologia gastrointestinal
Fisiologia gastrointestinal
 
Principais diisturbios do sistema urinario 2015
Principais diisturbios do sistema urinario 2015Principais diisturbios do sistema urinario 2015
Principais diisturbios do sistema urinario 2015
 
Apresentação de estudo de caso
Apresentação de estudo de casoApresentação de estudo de caso
Apresentação de estudo de caso
 
Técnicas de diagnóstico animal para desordens endócrinas e metabólicas
Técnicas de diagnóstico animal para desordens endócrinas e metabólicasTécnicas de diagnóstico animal para desordens endócrinas e metabólicas
Técnicas de diagnóstico animal para desordens endócrinas e metabólicas
 
Anatomia - sistema renal
Anatomia - sistema renalAnatomia - sistema renal
Anatomia - sistema renal
 
Insuficiencia Renal Aguda e Crônica - por Eduarda Gobbi
Insuficiencia Renal Aguda e Crônica - por Eduarda GobbiInsuficiencia Renal Aguda e Crônica - por Eduarda Gobbi
Insuficiencia Renal Aguda e Crônica - por Eduarda Gobbi
 
URINÁLISE.pptx
URINÁLISE.pptxURINÁLISE.pptx
URINÁLISE.pptx
 
aula aval renal e urinária 2018-19.pdf
aula aval renal e urinária 2018-19.pdfaula aval renal e urinária 2018-19.pdf
aula aval renal e urinária 2018-19.pdf
 
Litíase urinária atualizada
Litíase urinária atualizadaLitíase urinária atualizada
Litíase urinária atualizada
 
exames laboratoriais.pdf
exames laboratoriais.pdfexames laboratoriais.pdf
exames laboratoriais.pdf
 
Aula sobre Pâncreas e fígado e nutrição
Aula sobre  Pâncreas e fígado e nutriçãoAula sobre  Pâncreas e fígado e nutrição
Aula sobre Pâncreas e fígado e nutrição
 

Mais de rdgomlk

Síndromes Digestórias
Síndromes DigestóriasSíndromes Digestórias
Síndromes Digestóriasrdgomlk
 
Síndromes Digestórias - 2010
Síndromes Digestórias - 2010Síndromes Digestórias - 2010
Síndromes Digestórias - 2010rdgomlk
 
Síndromes Digestórias - 2010
Síndromes Digestórias - 2010Síndromes Digestórias - 2010
Síndromes Digestórias - 2010rdgomlk
 
Síndromes Respiratórias PL 03
Síndromes Respiratórias PL 03Síndromes Respiratórias PL 03
Síndromes Respiratórias PL 03rdgomlk
 
Síndromes Respiratórias PL 02 - 2010
Síndromes Respiratórias PL 02 - 2010Síndromes Respiratórias PL 02 - 2010
Síndromes Respiratórias PL 02 - 2010rdgomlk
 
Síndromes Respiratórias PL-01
Síndromes Respiratórias PL-01Síndromes Respiratórias PL-01
Síndromes Respiratórias PL-01rdgomlk
 
Exame Parasitológico de Fezes - 2010
Exame Parasitológico de Fezes - 2010Exame Parasitológico de Fezes - 2010
Exame Parasitológico de Fezes - 2010rdgomlk
 
Hematologia 2010
Hematologia 2010Hematologia 2010
Hematologia 2010rdgomlk
 

Mais de rdgomlk (8)

Síndromes Digestórias
Síndromes DigestóriasSíndromes Digestórias
Síndromes Digestórias
 
Síndromes Digestórias - 2010
Síndromes Digestórias - 2010Síndromes Digestórias - 2010
Síndromes Digestórias - 2010
 
Síndromes Digestórias - 2010
Síndromes Digestórias - 2010Síndromes Digestórias - 2010
Síndromes Digestórias - 2010
 
Síndromes Respiratórias PL 03
Síndromes Respiratórias PL 03Síndromes Respiratórias PL 03
Síndromes Respiratórias PL 03
 
Síndromes Respiratórias PL 02 - 2010
Síndromes Respiratórias PL 02 - 2010Síndromes Respiratórias PL 02 - 2010
Síndromes Respiratórias PL 02 - 2010
 
Síndromes Respiratórias PL-01
Síndromes Respiratórias PL-01Síndromes Respiratórias PL-01
Síndromes Respiratórias PL-01
 
Exame Parasitológico de Fezes - 2010
Exame Parasitológico de Fezes - 2010Exame Parasitológico de Fezes - 2010
Exame Parasitológico de Fezes - 2010
 
Hematologia 2010
Hematologia 2010Hematologia 2010
Hematologia 2010
 

Último

Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024azulassessoria9
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxsfwsoficial
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalDouglasVasconcelosMa
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfAntonio Barros
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 

Último (20)

Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 

Urinalise - 2010

  • 2. Hunayn ibn Ishaq al-'Ibadi (809?-873) (conhecido como Joannitius ). Isagoge Johannitii in Tegni Galeni . Oxford, século XIII (DeRicci NLM [78]).
  • 3. Indicações : Exame de urina rotina -Diagnóstico de doenças do trato urinário (alto ou baixo) ou sistêmicas. -“Screening” de doenças congênitas, hereditárias ou assintomáticas -Avaliação da evolução de doenças. -Avaliação da terapêutica (efetividade ou complicações)
  • 4.  
  • 5.
  • 6.  
  • 7. Alterações observadas em amostras de urina mantidas a temperatura ambiente pH aumento degradação da uréia Células diminuição lise Cilindros desaparecimento dissolução Glicose diminuição degradação Corpos cetônicos diminuição evaporação Bilirrubina diminuição oxidação para biliverdina Urobilinogênico diminuição oxidação para urobilina Refrigeração Bactérias diminuição inibe o crescimento Cristais precipitação
  • 8.
  • 9.
  • 10.  
  • 11. I- Propriedades físicas: Transparência Clara , logo após a eliminação da urina Turvação - hemácias leucócitos cilindros gordura células epiteliais microrganismos precipitação de cristais muco
  • 12. I- Propriedades físicas: b) Cor: alterada por doenças, medicamentos, corantes, alimentos Amarelo claro – urina diluída/volume aumentado, diabetes mellitus , insipidus Amarelo escuro – urina concentrada/volume diminuído, febre, desidratação “ Cor de coca cola” - Marrom escura – presença de bilirrubina, icterícia (bilirrubina, urobilinogênio) Rosa/ vermelho – Hemoglobina, mioglobina ou hemácias. Corantes e medicamentos (ex.: metildopa) Preto – presença de melanina Verde ou azul – presença de corantes ou medicamentos
  • 13.  
  • 14. I- Propriedades físicas: c) Densidade- soluto X solvente Ingestão hídrica X perdas
  • 15.  
  • 16. I- Propriedades físicas: d) Odor: “ sui generis” Característico, devido à presença de ácidos voláteis. Alterado: Amonical – degradação da uréia (bactérias) Pútrido – infecção urinária Adocicado – presença de corpos cetônicos
  • 17. 2. Pesquisa de elementos anormais: (exame químico) pH urinário Princípio – fitas com corantes indicadores de pH pH normalmente é ácido pH alcalino constante – infecção urinária? pH ácido (acidose) – jejum, doenças respiratórias, diabetes pH alcalino (alcalose) – vômitos, hiperventilação
  • 18.
  • 19.
  • 20.  
  • 21.
  • 22.  
  • 23.
  • 24.
  • 25.  
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.  
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37.  
  • 39.
  • 40.
  • 41.  
  • 42.
  • 43.
  • 44.  
  • 45.  
  • 46.  
  • 47. 3- Sedimentoscopia Cristais Cristais Normais: ácido úrico fosfato Urato Carbonato Oxalato Biurato Importância Clínica Limitada Cristais Anormais: Metabolismo: Cistina, tirosina, leucina, colesterol, bilirrubina. Iatrogenia: Sulfonamidas, ampicilina, acyclovir, contraste radiográfico
  • 48.  
  • 49. Oxalato de cálcio Ácido úrico Fosfato amorfo
  • 50.
  • 51.  
  • 52.  
  • 53. Exame Microscópico (Sedimentoscopia) Sedimento Normal (citologia ) Hemácias 0 – 2 campo Leucócitos 0 – 5 campo Cilindros hialinos 0 – 2 campo Células epiteliais renais (tubulares) raras Células epiteliais de transição raras Células epiteliais pavimentosas raras
  • 54. Características gerais: cor: amarela aspecto: límpido depósito: ausente densidade: 1,018 0.003 Reação pH: 6.0 0.5 Exame Químico: proteínas: < 100mg/1 subst. redutoras: ausentes cetonas: ausentes bilirrubinas: ausentes sangue: ausente urobilinogênio: até 1/20 Sedimento: leucócitos: até 10.000/ml hemácias: até 10.000/ml cel. epiteliais: raras cilindro ausentes Exame de Urina
  • 55.