SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 74
Sistema Respiratório parte III UNIFENAS Profa Vera Ângelo
Objetivos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Carcinomas pulmonares É o tumor maligno com a maior taxa de mortalidade mundial no homem e o segundo na mulher, só perdendo para o câncer de mama. Nos Estados Unidos são notificados 170.000 novos casos por ano No Brasil, a estimativa para o ano de 2008, válida também para 2009, é de que 27 mil pessoas serão atingidas, sendo 18 mil homens e 9 mil mulheres Apesar de mais freqüente entre indivíduos do sexo masculino, sua incidência no homem se estabilizou ou diminuiu, enquanto nas mulheres vem aumentando drasticamente nas últimas décadas. Apenas 20% dos casos são diagnosticados em fases iniciais.
Classificação : Carcinomas pulmonares ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Classificação : Carcinomas pulmonares ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
Carcinomas pulmonares De janeiro de 2000 a janeiro de 2006, foram acompanhados 240 pacientes. Destes 64% do sexo masculino.  Entre os homens, a média de idade foi 64 anos e, entre as mulheres, 59 anos, e 77 (32%) estavam acima de 70 anos.  O tabagismo foi evidenciado em 89,4% dos casos avaliados, com carga tabágica média de 47,02 anos-maço.  O padrão histológico de maior incidência foi o carcinoma espinocelular, seguido pelo adenocarcinoma   J. bras. pneumol. vol.34 no.8 São Paulo Aug. 2008
J. bras. pneumol. vol.34 no.8 São Paulo Aug. 2008
J. bras. pneumol. vol.34 no.8 São Paulo Aug. 2008
J. bras. pneumol. vol.34 no.8 São Paulo Aug. 2008
Classificação do estadiamento   TNM (T=tumor; N=gânglios linfáticos e M=metástases).   1. A letra “T” equivale ao TUMOR :  -Extensão do tumor avaliada pela tomografia do tórax e uma endoscopia respiratória.  -Avaliar se existe ou não invasão de estruturas vizinhas ao tumor.  -Estadiamento “T” que varia desde o “Tx” até o “T4”. Quanto maior o número maior é o comprometimento. 2-  A letra “N” equivale aos LINFONODOS:                                                           Os linfonodos podem ser avaliados através do estadiamento clínico (usando métodos não invasivos) ou do estadiamento cirúrgico (usando métodos mais invasivos).                                         ,[object Object]
Classificação do estadiamento   TNM (T=tumor; N=gânglios linfáticos e M=metástases).   3. A letra “M” equivale a presença de METÁSTASES: -As metástases devem ser pesquisadas no fígado e suprarrenais por meio de tomografia ou ecografia abdominal. - Quando o paciente apresenta sintomatologia óssea deve-se pesquisar a presença de metástases nos ossos com cintilografia.  -A pesquisa de metástase em crânio só é realizada quando o paciente apresenta sintomas neurológicos (cefaleia, tonturas, alterações visuais e convulsão).  - Ao final dessa análise teremos o estadiamento “M”, que varia desde o “M0” até o “M1”. Quanto maior o número, maior é o comprometimento.                                         ,[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Etiopatogênese
Etiopatogenia Agressão ambiental Acúmulo progressivo de anormalidade genéticas Epitélio brônquico benigno  tecido neoplásico ,[object Object],[object Object],[object Object],10 a 20 mutações genéticas: tumor clinicamente aparente Ocongenes: C-MYC, EGFR e HER-2 Genes supressores deletados: p53, RB Pequenas células Não pequenas células Ocongenes: K-RAS, EGFR e HER-2 Genes supressores deletados: p53, p16. Genes mais afetados HUSAIN, Aliya N., KUMAR, Vinay.  O pulmão. In: KUMAR, Vinay; ABBAS, Abulk; FAUSTO, Nelson.  Robbins e Cotran- Bases da Patología das doenças . 7. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005. cap. 15, p. 796-798.
 
1- Tabagismo.  Existem evidências estatísticas  ( há correlação entre a freqüência do câncer do pulmão e a quantidade de cigarros consumidos por dia, o hábito de "tragar" e a duração do hábito),   Experimentais do seu papel   (existem mais de 1200 substâncias químicas na fumaça do cigarro, muitas delas comprovadamente carcinogênicas) Evidências clínicas:   (são comuns as alterações histológicas no epitélio do trato respiratório dos fumantes ).  Carcinomas pulmonares: etiologia
2- Riscos industriais: a exposição a determinadas substâncias usadas na industria ( asbestos, urânio, radiação, niquel, cromatos ) está associada com maior risco de câncer do pulmão.  3- Poluição do ar: não há provas inquestionáveis do seu papel na gênese do câncer do pulmão.  4- Cicatrizes pulmonares: alguns cânceres do pulmão assestam-se sobre cicatrizes de infartos, corpos estranhos, tuberculose. Carcinomas pulmonares: etiologia
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Carcinomas broncogênicos
Sintomas Os tumores de localização central provocam sintomas como tosse, sibilos, estridor, dor torácica, escarros hemópticos e dispnéia. Os de localização periférica são geralmente assintomáticos. Quando eles invadem a pleura ou a parede torácica, causam dor, tosse e dispnéia do tipo restritivo. Carcinomas broncogênicos http://www.inca.gov.br/conteudo_view.asp?id=340
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
                                                       
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Macroscopia
 
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
                                                                             
 
Carcinoma tipo “oat cell” http://www.mediglyphics.com/public/img/Demo/pathology___lung_cancers.png ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Características clínicas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],http://www.netterimages.com/images/vtn/000/000/001/1092-150x150.jpg
                                                       
Características macroscópicas http://www.binglixue.com/image/images/pul/LUNG074.jpg
 
 
 
Características histopatológicas Pequenas células uniformes. Núcleo denso, oval ou redondo, cromatina difusa, nucléolo inconspícuo. Citoplasma escasso. Estroma. Pseudo-rosetas. Necrose: massas hematoxilínicas na parede dos vasos. http://www.pathguy.com/~tdemark/0080.jpg
 
 
Adenocarcinoma:   Terceiro  tipo mais comum.  Localização mais freqüente na periferia do pulmão, associação com cicatrizes pulmonares. É mais freqüente em mulheres e o tipo cuja associação com o tabagismo é menos evidente.  A maioria origina-se  nas vias aéreas periféricas, a partir de células epiteliais colunares não ciliadas ou dos pneumócitos II.
                                                       
MACROSCOPIA ,[object Object],[object Object]
- sintomas apenas em fases mais avançadas (difícil detecção precoce) - é comum a disseminação por via linfática, sanguínea e aerógena -  acometimento da pleura visceral - locais de metastização mais frequentes: cérebro, osso, supra-renais e fígado LOCALIZAÇÃO PERIFÉRICA
 
 
Presença de massa esbranquiçada localizada perifericamente no parênquima pulmonar.  A localização periférica do tumor fala a favor do subtipo adenocarcinoma
 
Microscopia: é uma neoplasia com diferenciação glandular e produção de mucina. Pode ser classificado em:  - bem diferenciado,  - moderadamente diferenciado  - pouco diferenciado.
MICROSCOPIA
                                                                             
Adenocarcinoma: PADRÕES 1 – Acinar  2 - Papilífero
PADRÕES 3 –  Carcinoma sólido com produção de muco
PADRÕES 4 – Carcinoma bronquíolo-alveolar
Carcinoma de grandes células : ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
Carcinoma de grandes células: Microscopia . Presença de células com citoplasma abundante, grandes núcleos centrais, com nucléolo evidente e alta relação núcleo citoplasma. Pode apresentar as seguintes variantes: carcinoma de células claras e carcinoma de células gigantes.
 
 
Carcinoma de grandes células ,[object Object],[object Object],http://escuela.med.puc.cl/paginas/cursos/tercero/anatomiapatologica/imagenes_ap/patologia358-366.html.
http://www.pneumoatual.com.br/ >.
Complicações ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Tumor carcinóide :
Tumor carcinóide ,[object Object],[object Object],[object Object]
 
 
Adenocarcinoma Metastático É uma neoplasia maligna com diferenciação glandular e produção de mucina.  No adenocarcinoma metastático pulmonar podem ter como foco primário mama, cólon, próstata, rins, tireóide, estômago.
 
 
 
 
 
Metástase pulmonar de melanoma
CASO CLÍNICO DESCRIÇÃO Homem com tosse produtiva e expectoração mucóide há 6 meses, febre não aferida e emagrecimento. No último mês passou a apresentar dispnéia progressiva. Tabagista 40 anos/maço.
CASO CLÍNICO A radiografia de tórax em PA mostra opacidades alveolares bilaterais, em alguns locais de aspecto alveolar. As imagens apresentam áreas de confluência, sobretudo a esquerda. Não se observa o seio costo-frênico esquerdo, sugerindo a presença de derrame pleural.
CASO CLÍNICO A TC de tórax mostra com mais detalhes as lesões, caracterizando a presença de nódulos bilateralmente, bem como áreas com opacidades alveolares. A biópsia pulmonar a céu aberto evidenciou carcinoma bronquíolo alveolar.
Anatomia Patológica

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aparelho cardiovascular histologia 02
Aparelho cardiovascular histologia 02Aparelho cardiovascular histologia 02
Aparelho cardiovascular histologia 02argeropulos1
 
Câncer de pulmão (1)
Câncer de pulmão (1)Câncer de pulmão (1)
Câncer de pulmão (1)Lu Bernardes
 
1195247189 bronquite cronica
1195247189 bronquite cronica1195247189 bronquite cronica
1195247189 bronquite cronicaPelo Siro
 
Aula 02 radiologia intervencionista
Aula 02    radiologia intervencionistaAula 02    radiologia intervencionista
Aula 02 radiologia intervencionistaHeraldo Silva
 
Neoplasia Pulmonar e Derrame Pleural
Neoplasia Pulmonar e Derrame PleuralNeoplasia Pulmonar e Derrame Pleural
Neoplasia Pulmonar e Derrame PleuralLuciana Costa
 
Anatomia do sistema circulatório
Anatomia do sistema circulatórioAnatomia do sistema circulatório
Anatomia do sistema circulatórioCaio Maximino
 
Histologia respiratória
Histologia respiratóriaHistologia respiratória
Histologia respiratóriaFlávia Salame
 
Monitoria Radiografia de Tórax - Manifestações Patológicas Pulmonares
Monitoria Radiografia de Tórax - Manifestações Patológicas PulmonaresMonitoria Radiografia de Tórax - Manifestações Patológicas Pulmonares
Monitoria Radiografia de Tórax - Manifestações Patológicas PulmonaresHercules Antonio Kozorosky Junior
 
Tuberculose, Bronquiectasia e Doença de Crohn (Trabalho de Radiologia)
Tuberculose, Bronquiectasia e Doença de Crohn (Trabalho de Radiologia)Tuberculose, Bronquiectasia e Doença de Crohn (Trabalho de Radiologia)
Tuberculose, Bronquiectasia e Doença de Crohn (Trabalho de Radiologia)Patrícia Oliver
 

Mais procurados (20)

O coração
O coraçãoO coração
O coração
 
Aparelho cardiovascular histologia 02
Aparelho cardiovascular histologia 02Aparelho cardiovascular histologia 02
Aparelho cardiovascular histologia 02
 
Câncer de pulmão (1)
Câncer de pulmão (1)Câncer de pulmão (1)
Câncer de pulmão (1)
 
Embolia pulmonar
Embolia pulmonarEmbolia pulmonar
Embolia pulmonar
 
Apostila hematologia parte 1
Apostila hematologia parte 1Apostila hematologia parte 1
Apostila hematologia parte 1
 
1195247189 bronquite cronica
1195247189 bronquite cronica1195247189 bronquite cronica
1195247189 bronquite cronica
 
Aula 02 radiologia intervencionista
Aula 02    radiologia intervencionistaAula 02    radiologia intervencionista
Aula 02 radiologia intervencionista
 
Neoplasia Pulmonar e Derrame Pleural
Neoplasia Pulmonar e Derrame PleuralNeoplasia Pulmonar e Derrame Pleural
Neoplasia Pulmonar e Derrame Pleural
 
Pneumotorax
PneumotoraxPneumotorax
Pneumotorax
 
Anatomia do sistema circulatório
Anatomia do sistema circulatórioAnatomia do sistema circulatório
Anatomia do sistema circulatório
 
TORAX_AULA_1.pdf
TORAX_AULA_1.pdfTORAX_AULA_1.pdf
TORAX_AULA_1.pdf
 
Mediastino
MediastinoMediastino
Mediastino
 
Derrame pleural
Derrame pleuralDerrame pleural
Derrame pleural
 
Derrame pleural
Derrame pleuralDerrame pleural
Derrame pleural
 
Histologia respiratória
Histologia respiratóriaHistologia respiratória
Histologia respiratória
 
Monitoria Radiografia de Tórax - Manifestações Patológicas Pulmonares
Monitoria Radiografia de Tórax - Manifestações Patológicas PulmonaresMonitoria Radiografia de Tórax - Manifestações Patológicas Pulmonares
Monitoria Radiografia de Tórax - Manifestações Patológicas Pulmonares
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Aneurisma de Aorta
Aneurisma de AortaAneurisma de Aorta
Aneurisma de Aorta
 
Tuberculose, Bronquiectasia e Doença de Crohn (Trabalho de Radiologia)
Tuberculose, Bronquiectasia e Doença de Crohn (Trabalho de Radiologia)Tuberculose, Bronquiectasia e Doença de Crohn (Trabalho de Radiologia)
Tuberculose, Bronquiectasia e Doença de Crohn (Trabalho de Radiologia)
 
Tumores de ovário
Tumores de ovárioTumores de ovário
Tumores de ovário
 

Destaque

Carcinoma de células pequeñas
Carcinoma de células pequeñasCarcinoma de células pequeñas
Carcinoma de células pequeñasWaldo Torres
 
Atualização em SDRA após as novas Definições de Berlim
Atualização em SDRA após as novas Definições de BerlimAtualização em SDRA após as novas Definições de Berlim
Atualização em SDRA após as novas Definições de BerlimYuri Assis
 
Síndromes Respiratórias PL-01
Síndromes Respiratórias PL-01Síndromes Respiratórias PL-01
Síndromes Respiratórias PL-01rdgomlk
 
Síndromes Respiratórias - Semioliga UFMT
Síndromes Respiratórias - Semioliga UFMTSíndromes Respiratórias - Semioliga UFMT
Síndromes Respiratórias - Semioliga UFMTSemioliga UFMT
 
Síndrome da angústia respiratória aguda (sara) reriew
Síndrome da angústia respiratória aguda (sara)   reriewSíndrome da angústia respiratória aguda (sara)   reriew
Síndrome da angústia respiratória aguda (sara) reriewlukeni2015
 
DoençAs RespiratóRias
DoençAs RespiratóRiasDoençAs RespiratóRias
DoençAs RespiratóRiasguest787ebb4
 
Respiratorio1 2010 1
Respiratorio1 2010 1Respiratorio1 2010 1
Respiratorio1 2010 1UFPEL
 
Doenças respiratorias
Doenças respiratoriasDoenças respiratorias
Doenças respiratoriasclinicansl
 
Aula suporte respiratorio em uti
Aula suporte respiratorio em uti Aula suporte respiratorio em uti
Aula suporte respiratorio em uti mesquitah
 
Síndromes pulmonares
Síndromes pulmonaresSíndromes pulmonares
Síndromes pulmonarespauloalambert
 
Assistência de enfermagem às infecções respiratórias agudas.
Assistência de enfermagem às infecções respiratórias agudas.Assistência de enfermagem às infecções respiratórias agudas.
Assistência de enfermagem às infecções respiratórias agudas.Cleiton Ribeiro Alves
 
Aula 09 oxigênioterapia
Aula 09  oxigênioterapiaAula 09  oxigênioterapia
Aula 09 oxigênioterapiaRodrigo Abreu
 
Cuidados de enfermagem ao paciente com pneumonia
Cuidados de enfermagem ao paciente com pneumoniaCuidados de enfermagem ao paciente com pneumonia
Cuidados de enfermagem ao paciente com pneumoniaManoela Correia
 
Doenças do sistema respiratório
Doenças do sistema respiratórioDoenças do sistema respiratório
Doenças do sistema respiratórioAroldo Gavioli
 

Destaque (19)

Carcinoma de células pequeñas
Carcinoma de células pequeñasCarcinoma de células pequeñas
Carcinoma de células pequeñas
 
Atualização em SDRA após as novas Definições de Berlim
Atualização em SDRA após as novas Definições de BerlimAtualização em SDRA após as novas Definições de Berlim
Atualização em SDRA após as novas Definições de Berlim
 
Síndromes respiratórias
Síndromes respiratóriasSíndromes respiratórias
Síndromes respiratórias
 
Síndromes Respiratórias PL-01
Síndromes Respiratórias PL-01Síndromes Respiratórias PL-01
Síndromes Respiratórias PL-01
 
Síndromes Respiratórias - Semioliga UFMT
Síndromes Respiratórias - Semioliga UFMTSíndromes Respiratórias - Semioliga UFMT
Síndromes Respiratórias - Semioliga UFMT
 
Síndrome da angústia respiratória aguda (sara) reriew
Síndrome da angústia respiratória aguda (sara)   reriewSíndrome da angústia respiratória aguda (sara)   reriew
Síndrome da angústia respiratória aguda (sara) reriew
 
DoençAs RespiratóRias
DoençAs RespiratóRiasDoençAs RespiratóRias
DoençAs RespiratóRias
 
Respiratorio1 2010 1
Respiratorio1 2010 1Respiratorio1 2010 1
Respiratorio1 2010 1
 
Sara
SaraSara
Sara
 
Doenças respiratorias
Doenças respiratoriasDoenças respiratorias
Doenças respiratorias
 
Bronquite
BronquiteBronquite
Bronquite
 
Aula suporte respiratorio em uti
Aula suporte respiratorio em uti Aula suporte respiratorio em uti
Aula suporte respiratorio em uti
 
Síndromes pulmonares
Síndromes pulmonaresSíndromes pulmonares
Síndromes pulmonares
 
Oxigenoterapia - Dr. José Alexandre Pires de Almeida
Oxigenoterapia - Dr. José Alexandre Pires de AlmeidaOxigenoterapia - Dr. José Alexandre Pires de Almeida
Oxigenoterapia - Dr. José Alexandre Pires de Almeida
 
Doenças respiratórias
Doenças respiratóriasDoenças respiratórias
Doenças respiratórias
 
Assistência de enfermagem às infecções respiratórias agudas.
Assistência de enfermagem às infecções respiratórias agudas.Assistência de enfermagem às infecções respiratórias agudas.
Assistência de enfermagem às infecções respiratórias agudas.
 
Aula 09 oxigênioterapia
Aula 09  oxigênioterapiaAula 09  oxigênioterapia
Aula 09 oxigênioterapia
 
Cuidados de enfermagem ao paciente com pneumonia
Cuidados de enfermagem ao paciente com pneumoniaCuidados de enfermagem ao paciente com pneumonia
Cuidados de enfermagem ao paciente com pneumonia
 
Doenças do sistema respiratório
Doenças do sistema respiratórioDoenças do sistema respiratório
Doenças do sistema respiratório
 

Semelhante a Síndromes Respiratórias PL 03

Clínica médica pneumologia - neoplasias pulmonares
Clínica médica   pneumologia - neoplasias pulmonaresClínica médica   pneumologia - neoplasias pulmonares
Clínica médica pneumologia - neoplasias pulmonaresLucas Nicola
 
Câncer de pulmão novembro 2011
Câncer de pulmão novembro 2011Câncer de pulmão novembro 2011
Câncer de pulmão novembro 2011upload718
 
Lesoes mediastino
Lesoes mediastinoLesoes mediastino
Lesoes mediastinocrisvbarros
 
Lesoes mediastino
Lesoes mediastinoLesoes mediastino
Lesoes mediastinocrisvbarros
 
Pneumo PUCPRLON - Aula 09 cancer de pulmao v2
Pneumo PUCPRLON - Aula 09 cancer de pulmao v2Pneumo PUCPRLON - Aula 09 cancer de pulmao v2
Pneumo PUCPRLON - Aula 09 cancer de pulmao v2alcindoneto
 
CâNcer
CâNcerCâNcer
CâNcerISJ
 
Tumor de pulmão e diagnósticos diferenciais
Tumor de pulmão e diagnósticos diferenciaisTumor de pulmão e diagnósticos diferenciais
Tumor de pulmão e diagnósticos diferenciaisGuilherme Sicuto
 
TC tórax: câncer de pulmão
TC tórax: câncer de pulmãoTC tórax: câncer de pulmão
TC tórax: câncer de pulmãoarbarretto
 
Trabalho defini+º+úo e etiologia do cancro
Trabalho   defini+º+úo e etiologia do cancroTrabalho   defini+º+úo e etiologia do cancro
Trabalho defini+º+úo e etiologia do cancroCláudia Sofia
 
TC tórax: tumores do mediastino
TC tórax: tumores do mediastinoTC tórax: tumores do mediastino
TC tórax: tumores do mediastinoarbarretto
 

Semelhante a Síndromes Respiratórias PL 03 (20)

Clínica médica pneumologia - neoplasias pulmonares
Clínica médica   pneumologia - neoplasias pulmonaresClínica médica   pneumologia - neoplasias pulmonares
Clínica médica pneumologia - neoplasias pulmonares
 
Câncer de pulmão
Câncer de pulmãoCâncer de pulmão
Câncer de pulmão
 
Nódulo Pulmonar Solitário
Nódulo Pulmonar SolitárioNódulo Pulmonar Solitário
Nódulo Pulmonar Solitário
 
Artigotcccapulmão
ArtigotcccapulmãoArtigotcccapulmão
Artigotcccapulmão
 
Câncer de pulmão novembro 2011
Câncer de pulmão novembro 2011Câncer de pulmão novembro 2011
Câncer de pulmão novembro 2011
 
Lesoes mediastino
Lesoes mediastinoLesoes mediastino
Lesoes mediastino
 
Lesoes mediastino
Lesoes mediastinoLesoes mediastino
Lesoes mediastino
 
Apresentação câncer de pulmão
Apresentação câncer de pulmãoApresentação câncer de pulmão
Apresentação câncer de pulmão
 
Apresentação câncer de pulmão
Apresentação câncer de pulmãoApresentação câncer de pulmão
Apresentação câncer de pulmão
 
Pneumo PUCPRLON - Aula 09 cancer de pulmao v2
Pneumo PUCPRLON - Aula 09 cancer de pulmao v2Pneumo PUCPRLON - Aula 09 cancer de pulmao v2
Pneumo PUCPRLON - Aula 09 cancer de pulmao v2
 
CâNcer
CâNcerCâNcer
CâNcer
 
Câncer de pulmão
Câncer de pulmãoCâncer de pulmão
Câncer de pulmão
 
Tumor de pulmão e diagnósticos diferenciais
Tumor de pulmão e diagnósticos diferenciaisTumor de pulmão e diagnósticos diferenciais
Tumor de pulmão e diagnósticos diferenciais
 
TC tórax: câncer de pulmão
TC tórax: câncer de pulmãoTC tórax: câncer de pulmão
TC tórax: câncer de pulmão
 
Neoplasia slide
Neoplasia slideNeoplasia slide
Neoplasia slide
 
Câncer de pulmão
Câncer de pulmãoCâncer de pulmão
Câncer de pulmão
 
Apresentação-1.pptx
Apresentação-1.pptxApresentação-1.pptx
Apresentação-1.pptx
 
Apresentação.pptx
Apresentação.pptxApresentação.pptx
Apresentação.pptx
 
Trabalho defini+º+úo e etiologia do cancro
Trabalho   defini+º+úo e etiologia do cancroTrabalho   defini+º+úo e etiologia do cancro
Trabalho defini+º+úo e etiologia do cancro
 
TC tórax: tumores do mediastino
TC tórax: tumores do mediastinoTC tórax: tumores do mediastino
TC tórax: tumores do mediastino
 

Mais de rdgomlk

Síndromes Digestórias
Síndromes DigestóriasSíndromes Digestórias
Síndromes Digestóriasrdgomlk
 
Síndromes Digestórias - 2010
Síndromes Digestórias - 2010Síndromes Digestórias - 2010
Síndromes Digestórias - 2010rdgomlk
 
Síndromes Digestórias - 2010
Síndromes Digestórias - 2010Síndromes Digestórias - 2010
Síndromes Digestórias - 2010rdgomlk
 
Síndromes Respiratórias PL 02 - 2010
Síndromes Respiratórias PL 02 - 2010Síndromes Respiratórias PL 02 - 2010
Síndromes Respiratórias PL 02 - 2010rdgomlk
 
Urinalise - 2010
Urinalise - 2010Urinalise - 2010
Urinalise - 2010rdgomlk
 
Exame Parasitológico de Fezes - 2010
Exame Parasitológico de Fezes - 2010Exame Parasitológico de Fezes - 2010
Exame Parasitológico de Fezes - 2010rdgomlk
 
Hematologia 2010
Hematologia 2010Hematologia 2010
Hematologia 2010rdgomlk
 

Mais de rdgomlk (7)

Síndromes Digestórias
Síndromes DigestóriasSíndromes Digestórias
Síndromes Digestórias
 
Síndromes Digestórias - 2010
Síndromes Digestórias - 2010Síndromes Digestórias - 2010
Síndromes Digestórias - 2010
 
Síndromes Digestórias - 2010
Síndromes Digestórias - 2010Síndromes Digestórias - 2010
Síndromes Digestórias - 2010
 
Síndromes Respiratórias PL 02 - 2010
Síndromes Respiratórias PL 02 - 2010Síndromes Respiratórias PL 02 - 2010
Síndromes Respiratórias PL 02 - 2010
 
Urinalise - 2010
Urinalise - 2010Urinalise - 2010
Urinalise - 2010
 
Exame Parasitológico de Fezes - 2010
Exame Parasitológico de Fezes - 2010Exame Parasitológico de Fezes - 2010
Exame Parasitológico de Fezes - 2010
 
Hematologia 2010
Hematologia 2010Hematologia 2010
Hematologia 2010
 

Último

As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptorlando dias da silva
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdfCarinaSofiaDiasBoteq
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docCarolineWaitman
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 

Último (20)

As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 

Síndromes Respiratórias PL 03