Geografia Homem & Espaço
9º ano
Unidade I
Capítulo 2 – Geopolítica atual
ELIAN ALABI LUCCI E ANSELMO LAZARO BRANCO
Partein...
Observe a ilustração.
ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
Fonte: 32º Salão de Humor de
Piracicaba. p...
Conversa
 O cartum expressa que idéia?
 Em que sentido o cartum se refere às
relações internacionais?
 Que título você ...
ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
Leia a tirinha.
Quino. Toda Mafalda. São Paulo: Martins Fontes, ...
Conversa
Por que Mafalda faz uma
“advertência” à Terra em seu
último quadrinho? A que ela se
refere?
Parteintegrantedaobra...
AS RELAÇÕES INTERNACIONAIS
NO INÍCIO DO SÉCULO XXI
 No período da Guerra Fria, uma das
principais preocupações da humanid...
O que faz dos Estados Unidos uma
potência hegemônica?
 a influência exercida, de algum modo, sobre
os outros países;
 a ...
 Continuam ocorrendo guerras entre grupos
étnicos e marcantes disputas territoriais entre
vários países, assim como a lut...
Início do século XXI - Doutrina BushInício do século XXI - Doutrina Bush
Linha de ação baseada em um conjunto de
princípio...
A disputa pela hegemoniaA disputa pela hegemonia
 No entanto, particularmente em relação à
influência no continente asiát...
Os chineses passam a ser competidores dos
Estados Unidos não apenas no âmbito
econômico, mas também a geopolítica
mundial....
Ao colocar em prática os princípios da
Doutrina Bush, o governo dos EUA pretendia
consolidar ainda mais o status do país c...
Quais são os protagonistas do cartum? O que o
cartunista quis expressar? Você concorda com essa
visão? Por quê?
Parteinteg...
ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
CarlosTadeudeCarvalhoGambaFonte:InstitutodePesquisadaPazdeEstoco...
Conversa
 Em quais continentes as forças
militares norte-americanas estão
presentes?
 Quais regiões e/ou continentes
apr...
Os Estados Unidos e a produção mundial
 Os EUA são responsáveis por cerca de 25%
de toda produção e geração de serviços n...
ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
Fonte: 2005 International Comparison Program, dec. 2007 – The Wo...
Combate ao terrorismo internacional
 Após os atentados terroristas de 11 de
setembro de 2001 contra os Estados Unidos,
o ...
ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
Águiaabatida,2001,deWaldomirode
Deus.
Algumas ações de combate ao terrorismo:
 maior rigor no controle do fluxo de
imigrantes;
 estabelecimento de leis que au...
Guerra no Afeganistão
 Essa foi a primeira reação dos Estados
Unidos aos atentados, já em 2001.
 O pretexto usado para a...
 A Rússia apoiava algumas ações no combate ao
terrorismo, dos Estados Unidos e de alguns países
europeus, esperando que e...
Principais questões ambientais ePrincipais questões ambientais e
relações internacionaisrelações internacionais
 Desde a ...
Alguns avanços foram obtidos, mas há
muito o que fazer, em relação a:
 conservação da biodiversidade;
 redução do desmat...
Escala: os maiores índices correspondem aos maiores impactos.
Pegada HumanaPegada Humana
 ConceitoConceito: espaços que sofreram influência
da ação humana. Segundo pesquisa do
ecólogo...
É preciso considerar que novos padrões de
crescimento econômico, de distribuição de
riquezas e de utilização dos recursos
...
Controle e conservação dos recursosControle e conservação dos recursos
hídricoshídricos
 Outra questão ambiental importan...
A Usina Hidrelétrica de Itaipu Binacional foi construída pelo
Brasil e pelo Paraguai, no rio Paraná, na fronteira entre os...
ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
Fonte: Robin Clarke e Jannef King. O atlas da água. São Paulo: P...
Aquecimento global
ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
O que o cartunista quis expressar?
A maior parte dos cientistas consideram o
aquecimento globalaquecimento global um fenômeno
inquestionável. Segundo eles, a...
ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
O aquecimento global, por afetar o
mundo todo, exige uma modific...
Após a entrada em vigor do Protocolo de
Kyoto, em 2005, e a divulgação dos
relatórios do IPCC (Painel Inter-
governamental...
Apesar de alguns países desenvolvidos assumirem
responsabilidades no controle das emissões e
colocarem em prática mecanism...
Esses países em desenvolvimento
entendem ser necessário que os países
desenvolvidos – os maiores poluidores
da história – ...
 compromissos dos países para ampliar ainda mais a
redução nas emissões a médio prazo;
 os países que fazem parte da Con...
Por fim, todas as discussões têm
um papel importante no intuito de
mostrar o quanto precisam ser
alterados os padrões de c...
Conversa
 Leia o texto e observe a foto a seguir:
As guerras e os conflitos bélicos promovem
transformações políticas, so...
ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
Destruição em bairro de Beirute, no Líbano, após conflitos com I...
Conversa
 Que consequências as guerras e os
conflitos bélicos podem trazer para as
paisagens e as pessoas?
Parteintegrant...
Geografia Homem & Espaço
9º ano
Unidade I
Capítulo 2 – Geopolítica atual
ELIAN ALABI LUCCI E ANSELMO LAZARO BRANCO
Partein...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Geo he 9o_ano_cap2_site

762 visualizações

Publicada em

Geopolítica Atual

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
762
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
48
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
72
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geo he 9o_ano_cap2_site

  1. 1. Geografia Homem & Espaço 9º ano Unidade I Capítulo 2 – Geopolítica atual ELIAN ALABI LUCCI E ANSELMO LAZARO BRANCO ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  2. 2. Observe a ilustração. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva Fonte: 32º Salão de Humor de Piracicaba. p. 22.
  3. 3. Conversa  O cartum expressa que idéia?  Em que sentido o cartum se refere às relações internacionais?  Que título você daria ao cartum? ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  4. 4. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva Leia a tirinha. Quino. Toda Mafalda. São Paulo: Martins Fontes, 1995.
  5. 5. Conversa Por que Mafalda faz uma “advertência” à Terra em seu último quadrinho? A que ela se refere? ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  6. 6. AS RELAÇÕES INTERNACIONAIS NO INÍCIO DO SÉCULO XXI  No período da Guerra Fria, uma das principais preocupações da humanidade era a possibilidade de uma guerra nuclear entre as superpotências. Com a dissolução da União Soviética e a abertura para o capitalismo em quase todos os antigos países socialistas, esse período se encerrou, e os Estados Unidos assumiram o papel de potência hegemônica nos planos econômico, político e militar. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  7. 7. O que faz dos Estados Unidos uma potência hegemônica?  a influência exercida, de algum modo, sobre os outros países;  a imposição da sua política;  a interferência nos sistemas de regras no âmbito das relações internacionais;  o fato de moldar o sistema mundial de acordo com sua visão e seus interesses;  ter força política e militar dominante. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  8. 8.  Continuam ocorrendo guerras entre grupos étnicos e marcantes disputas territoriais entre vários países, assim como a luta pela independência empreendida por vários povos. Nova Ordem Mundial - 1990 ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  9. 9. Início do século XXI - Doutrina BushInício do século XXI - Doutrina Bush Linha de ação baseada em um conjunto de princípios, que permitem ao governo dos Estados Unidos:  defender-se de modo preventivo e antecipado;  estabelecer alianças com outros países para derrotar o terrorismo no mundo;  não permitir a ascensão de qualquer país a uma situação de potência militar.  Essa linha de ação poderá sofrer alterações com a chegada ao poder do presidente Obama, que, já ordenou, por exemplo, o fechamento da prisão de Guantánamo, em Cuba ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  10. 10. A disputa pela hegemoniaA disputa pela hegemonia  No entanto, particularmente em relação à influência no continente asiático, os EUA enfrentam a concorrência de dois atores geopolíticos fortes neste final da primeira década do século XXI – a Rússia e a China.  ChinaChina – crescimento econômico vigoroso desde os anos 1980; intensas relações político- econômicas com países de diversos continentes; uma das principais potências comerciais e econômicas do mundo atual.  RússiaRússia – crescimento econômico apoiado nas exportações de petróleo e busca por papel mais atuante no cenário político-militar. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  11. 11. Os chineses passam a ser competidores dos Estados Unidos não apenas no âmbito econômico, mas também a geopolítica mundial. As relações EUA-China desempenham um papel cada vez mais importante na geopolítica global neste início de século, sobretudo após a crise econômica e financeira de 2008, que terá sérios desdobramentos em 2009. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  12. 12. Ao colocar em prática os princípios da Doutrina Bush, o governo dos EUA pretendia consolidar ainda mais o status do país como superpotência global, defendendo seus interesses econômicos e político-militares para controlar regiões que considera estratégicas. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  13. 13. Quais são os protagonistas do cartum? O que o cartunista quis expressar? Você concorda com essa visão? Por quê? ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva MárcioBaraldi
  14. 14. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva CarlosTadeudeCarvalhoGambaFonte:InstitutodePesquisadaPazdeEstocolmo,2007.
  15. 15. Conversa  Em quais continentes as forças militares norte-americanas estão presentes?  Quais regiões e/ou continentes apresentam mais bases militares? ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  16. 16. Os Estados Unidos e a produção mundial  Os EUA são responsáveis por cerca de 25% de toda produção e geração de serviços no mundo. Com cerca de 5% da população do planeta, os norte-americanos consomem 1/4 da energia gerada no mundo, considerando todas as fontes energéticas. Aproximadamente 20% das importações mundiais são realizadas pelos Estados Unidos. Desse país dependem, em termos de comércio exterior, vários países, inclusive alguns desenvolvidos. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  17. 17. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva Fonte: 2005 International Comparison Program, dec. 2007 – The World Bank. Disponível em: [http://siteresources.worldbank.org/ICPINT/Resources/ICPreportprelim.pdf]. Acesso em: mar.2008. * Purchasing Power Parity
  18. 18. Combate ao terrorismo internacional  Após os atentados terroristas de 11 de setembro de 2001 contra os Estados Unidos, o combate ao terrorismo se tornou uma das prioridades do Ocidente em termos político- militares.  O combate vem sendo realizado por meio de diversas ações lideradas especialmente pelos Estados Unidos e por países da Europa. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  19. 19. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva Águiaabatida,2001,deWaldomirode Deus.
  20. 20. Algumas ações de combate ao terrorismo:  maior rigor no controle do fluxo de imigrantes;  estabelecimento de leis que autorizam governos a prender, sem julgamento e por tempo indeterminado, pessoas suspeitas de atos terroristas;  promulgação de leis que permitem aos órgãos de segurança do governo rastrear e- mails e grampear ligações telefônicas. Tratam-se, porém, de ações que violam os direitos de liberdade das pessoas. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  21. 21. Guerra no Afeganistão  Essa foi a primeira reação dos Estados Unidos aos atentados, já em 2001.  O pretexto usado para a guerra era eliminar integrantes da rede terrorista Al Qaeda e o governo do Taleban, milícia islâmica que comandava o país desde 1996. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  22. 22.  A Rússia apoiava algumas ações no combate ao terrorismo, dos Estados Unidos e de alguns países europeus, esperando que eles não reprovassem as ações de seu exército para reprimir o movimento separatista na Tchetchênia.  No entanto não concorda com as ações militares dos Estados Unidos em países que, segundo os estadunidenses, apoiam e protegem terroristas. Esses países, como Irã e Coréia do Norte, são tradicionais aliados dos russos. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  23. 23. Principais questões ambientais ePrincipais questões ambientais e relações internacionaisrelações internacionais  Desde a primeira grande conferência sobre o meio ambiente, em 1972 (Conferência de Estocolmo, na Suécia), as discussões sobre problemas ambientais entraram na pauta da agenda política internacional. A partir de então, inúmeras reuniões e diversos acordos foram feitos. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  24. 24. Alguns avanços foram obtidos, mas há muito o que fazer, em relação a:  conservação da biodiversidade;  redução do desmatamento;  proteção dos ecossistemas marinhos;  redução de poluentes;  diminuição do lixo gerado;  manutenção de reservas hídricas etc. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  25. 25. Escala: os maiores índices correspondem aos maiores impactos.
  26. 26. Pegada HumanaPegada Humana  ConceitoConceito: espaços que sofreram influência da ação humana. Segundo pesquisa do ecólogo Eric Sanders, autor deste conceito, apenas 17% da superfície do globo apresenta terras intocadas ou pouco tocadas pela humanidade.  ConversaConversa: observando o mapa, quais regiões apresentam menores índices? Apresente algumas justificativas para isso, considerando as especificidades de cada uma delas. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  27. 27. É preciso considerar que novos padrões de crescimento econômico, de distribuição de riquezas e de utilização dos recursos naturais dependem fundamentalmente da atuação dos principais atores no cenário econômico e geopolítico contemporâneo: os governos de países poderosos e as grandes empresas multinacionais ou transnacionais. Frequentemente, esses atores colocam seus interesses acima da resolução dos grandes problemas ambientais. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  28. 28. Controle e conservação dos recursosControle e conservação dos recursos hídricoshídricos  Outra questão ambiental importante das relações internacionais refere-se à utilização, ao controle e à conservação dos recursos hídricos. Diversos desses recursos estendem-se pelos territórios de vários países. Desse modo, o uso compartilhado dessas fontes de água, a sua captação, a construção de hidrelétricas, a navegação, o lançamento de esgotos são aspectos importantes nas relações entre os governos e podem ocasionar conflitos e disputas. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  29. 29. A Usina Hidrelétrica de Itaipu Binacional foi construída pelo Brasil e pelo Paraguai, no rio Paraná, na fronteira entre os dois países. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva RicardoAzoury/PulsarImagens
  30. 30. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva Fonte: Robin Clarke e Jannef King. O atlas da água. São Paulo: PubliFolha, 2005. p. 76-77 (adaptado).
  31. 31. Aquecimento global ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva O que o cartunista quis expressar?
  32. 32. A maior parte dos cientistas consideram o aquecimento globalaquecimento global um fenômeno inquestionável. Segundo eles, a capacidade de absorção de gases-estufa (dióxido de carbono e gás metano, principalmente) pela atmosfera é limitada e tal fato tem provocado a intensificação do efeito estufa, responsável pelo aumento das temperaturas médias na Terra nos últimos cem anos. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  33. 33. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva O aquecimento global, por afetar o mundo todo, exige uma modificação nos padrões de uso de fontes energéticas e de consumo das sociedades. Nesse contexto, cada país assume posições de acordo com os próprios interesses.
  34. 34. Após a entrada em vigor do Protocolo de Kyoto, em 2005, e a divulgação dos relatórios do IPCC (Painel Inter- governamental sobre Mudanças Climáticas), em 2007, foi conhecida a gravidade do problema. As reuniões e conferências entre países estabeleceram o papel de cada um e o encaminhamento de soluções. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  35. 35. Apesar de alguns países desenvolvidos assumirem responsabilidades no controle das emissões e colocarem em prática mecanismos eficientes para atingir as metas do Protocolo de Kyoto, as conferências para estabelecer metas e soluções a partir de 2012 esbarraram na posição dos EUA de não assumir compromissos definidos, e não resultaram em acordos efetivos para a redução desses gases nos países “em desenvolvimento”, como China, Brasil, Indonésia e África do Sul. Essa situação pode ser alterada em razão da chegada ao poder nos EUA de Barack Obama e dos possíveis acordos entre países nas conferências que são realizadas anualmente. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  36. 36. Esses países em desenvolvimento entendem ser necessário que os países desenvolvidos – os maiores poluidores da história – transfiram tecnologia e recursos financeiros para o mundo subdesenvolvido, onde seriam aplicados em projetos de cortes de emissões. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  37. 37.  compromissos dos países para ampliar ainda mais a redução nas emissões a médio prazo;  os países que fazem parte da Convenção do Clima terão de adotar ações de redução que possam ser medidas, verificadas e informadas ao IPCC. Essas ações podem ser: • o uso de fontes energéticas menos poluentes e/ou renováveis; • a utilização de equipamentos eletroeletrônicos mais eficientes em termos de consumo de energia; • a redução do desmatamento. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva 2008: Avanços obtidos em negociações2008: Avanços obtidos em negociações
  38. 38. Por fim, todas as discussões têm um papel importante no intuito de mostrar o quanto precisam ser alterados os padrões de consumo e de descarte de lixo nas sociedades contemporâneas e, por consequência, as relações entre sociedade e natureza. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  39. 39. Conversa  Leia o texto e observe a foto a seguir: As guerras e os conflitos bélicos promovem transformações políticas, sociais, econômicas e espaciais. Os bombardeios revelam a enorme capacidade destruidora das armas e do próprio ser humano – vidas são aniquiladas, pessoas são mutiladas e paisagens são transformadas em poucos instantes. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  40. 40. ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva Destruição em bairro de Beirute, no Líbano, após conflitos com Israel em 2006. MarcoDiLauro/GettyImages
  41. 41. Conversa  Que consequências as guerras e os conflitos bélicos podem trazer para as paisagens e as pessoas? ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva
  42. 42. Geografia Homem & Espaço 9º ano Unidade I Capítulo 2 – Geopolítica atual ELIAN ALABI LUCCI E ANSELMO LAZARO BRANCO ParteintegrantedaobraGeografiahomem&espaço,EditoraSaraiva

×