Tribulacoes -joanna_de_angelis

352 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
352
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tribulacoes -joanna_de_angelis

  1. 1. A vida, na Terra, é feita de experiências evolutivas, em que o processo de crescimento se faz através dos cursos educativos dos sofrimentos.
  2. 2. Nem todas as tribulações, no entanto, são decorrência da imposição das divinas leis.
  3. 3. Quando o Espírito se dá conta dos erros cometidos numa etapa, roga a bênção do recomeço sob o açodar dos sofrimentos que o aprimoram, ensinando-o a valorizar a oportunidade e a criar melhores condições para o equilíbrio futuro.
  4. 4. Entendendo a vida como um processo eterno de evolução, conquista, numa oportunidade, o que noutra não soube considerar e, quando tal ocorre, porque o amor foi desdenhado, é no sofrimento que se aprimora.
  5. 5. As tribulações solicitadas constituem bênção que deve ser vivida com alegria, mediante o aproveitamento de cada instante, mesmo que, aparentemente, sob a rudeza causticante da agonia.
  6. 6. Noutras vezes, faz-se imperioso expungir, e os soberanos códigos, ensejando a libertação do calceta que, renitentemente, se entregou ao desvario,
  7. 7. convidam-no à reparação expiatória com que conquista a paz, mediante os exercícios mais dolorosos da angústia ou da limitação, das mutilações ou da saudade.
  8. 8. Afirmou Jesus: “No mundo só tereis aflições” em face de ser a Terra, ainda, uma Escola de crescimento, cujos métodos são defluentes das necessidades mais imediatas dos seus educandos.
  9. 9. Assim, converte cada tribulação em conquista valiosa, insculpindo, no teu mundo íntimo, o seu conteúdo, de modo a não repetires os mesmos erros que ora te jugulam ao carreiro da agonia.
  10. 10. Sofrendo, valorizarás a alegria e a paz, amando mais seguramente o teu próximo e melhor entendendo as suas dores, que são companheiras das tuas.
  11. 11. Não tendo qualquer compromisso a resgatar, Jesus ofereceu-Se à Vida, experimentando as mais rudes tribulações que se possa imaginar, para que compreendêssemos que,
  12. 12. na escalada da evolução, o amor é luz a brilhar perenemente, mesmo quando o sofrimento nos convoca a compreendê-lo e incorporá-lo ao nosso dia-a-dia.
  13. 13. Mensagem de Joanna de Ângelis Psicografia de Divaldo Pereira Franco Do livro “Receitas de Paz” – Ed. LEAL Imagens: Laura de Paola ( lpaola@uol.com.br ) Música: Ernesto Cortazar – Eternal Love Affair Formatação: Ângela Santos ( angelaeveline@gmail.com ) Todos os direitos reservados

×