Slides iv encontro

1.112 visualizações

Publicada em

Escola de Gestores - Secretaria Municipal da Educação - Marília - SP 2013

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Slides iv encontro

  1. 1. IV ENCONTRO ESCOLA DE GESTORES - MARÍLIA
  2. 2. OBJETIVO (1) CONVIDÁ-LOS PARA O EVENTO APRESENTAR O FÓRUM DE EDUCAÇÃO
  3. 3. OBJETIVO (2) INICIAR O TRABALHO COM A TEMÁTICA DO NOSSO CURSO DE APERFEIÇOAMENTO
  4. 4. DATA: 03 e 04 de outubro TEMA: Qualidade da educação escolar em debate PÚBLICO ALVO: participantes do projeto Observatório e profissionais da educação do sistema municipal de educação de Marília. OBJETIVO: divulgar resultados das pesquisas desenvolvidas no âmbito do Observatório e promover diálogo entre profissionais da rede e pesquisadores. FORUM DE EDUCAÇÃO MARÍLIA
  5. 5. Dia 03/10: Manhã: palestra de abertura Presença: Flávia Obino Correa Werle Apresentação de cada projeto (UNISINOS: UPF; UNESP; UNIOESTE) Tarde: Grupos de trabalho Apresentação dos resultados das pesquisas e debate com os profissionais da rede
  6. 6. Dia 04/10: Manhã: Mesa redonda: Elianeth; João Jorge; Fabiana Tarde: minicursos com temáticas variadas Participação - integrantes
  7. 7. Se um diretor de escola “premiada” fosse levado a dirigir uma empresa para “salvá-la” e um gerente de empresa bem sucedida fosse levado a dirigir uma escola pública também para "salvá-la", qual deles, na sua opinião, teria maiores chances de êxito? Argumente a favor de sua opção.
  8. 8. GESTÃO EMPRESARIAL GESTÃO ESCOLAR LUCRO PROCESSO EDUCACIONAL: APRENDIZAGEM SEPARAÇÃO TRABALHO MANUAL E INTELECTUAL SABER ESTÁ NO PROCESSO PRODUTO QUANTIFICÁVEL E QUALIFICÁVEL (MENSURAÇÃO) PRODUTO REFLETE PARA ALÉM DO CONSUMO E PARA ALÉM DO CONTATO PROCESSO: MATÉRIA PRIMA É ESCOLHIDA E INERTE “MATÉRIA PRIMA” PENSA, QUER, NÃO QUER, NÃO É ESCOLHIDA
  9. 9. GESTÃO DA ESCOLA PÚBLICA PARTICIPAÇÃOAUTONOMIA
  10. 10. PENSANDO AS RELAÇÕES NA GESTÃO ESCOLAR...
  11. 11. 1- O diferente na escola pode aparecer 2- Os conflitos podem existir sem que seus integrantes sejam “dispensados”: •Eles são importantes? •Onde eles podem se manifestar? •A gestão tem algum papel a desempenhar?
  12. 12. A GESTÃO DEMOCRÁTICA SURGE... ONDE? COMO? POR QUÊ? PARA QUÊ?
  13. 13. DE: democratização do acesso e a estratégias globais que garantam a continuidade dos estudos, tendo como horizonte a universalização do ensino com qualidade social para toda a população. GD: associa-se ao estabelecimento de mecanismos institucionais e à organização de ações que desencadeiem processo de participação social;
  14. 14. Art. 206- O Ensino será ministrado com base nos seguintes princípios: VI - Gestão Democrática do Ensino Público, na forma da lei; VII - Garantia de padrão de qualidade (BRASIL, 1988)
  15. 15. Art.14 - Os sistemas de ensino definirão as normas da gestão democrática, conforme os seguintes princípios: • Participação dos profissionais da educação, na elaboração do Projeto Pedagógico da Escola; • Participação das comunidades escolar e local em conselhos escolares ou equivalentes. (BRASIL, 1996)
  16. 16. Art. 15 - Os sistemas de ensino assegurarão às unidades escolares públicas de educação básica que os integram progressivos graus de autonomia pedagógica e administrativa e de gestão financeira, observadas as normas gerais de direito financeiro público.
  17. 17. “possibilitar implica estabelecer, instituir, fundar, exige olhar inquisidor, que busca a forma de instaurar, desenvolver, retomar, reiventar procedimentos democráticos.” (WERLE, THUM, ANDRADE, 2008)
  18. 18. Pesquisadores dos diferentes lugares do país – leituras de realidades: - Conselhos; - Eleição de diretores; - Garantia e descentralização de recursos financeiros públicos.
  19. 19. O reordenamento legal precisa ser seguido do reordenamento institucional.
  20. 20. VÍDEO ESCOLA AMORIM LIMA
  21. 21. O QUE É O CONSELHO DE ESCOLA?: Legalmente, onde está presente no nosso município? Praticamente, como está presente no nosso município?

×