Relato de experiência-_biblioteca nicácia garcia gil

901 visualizações

Publicada em

Outubro: Mês da Biblioteca Escolar. Atividades desenvolvidas nas EMEFs
Secretaria Municipal da Educação de Marília - SP

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Relato de experiência-_biblioteca nicácia garcia gil

  1. 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE MARÍLIA SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO Avenida Santo Antonio, nº 2.377 CEP 17.506-040 – Bairro Somenzari Fone – Fax: (0xx14) 3402-6300 – MARÍLIA – SP e-mail: se@marilia.sp.gov.br EMEF “NICÁCIA GARCIA GIL” Rua: José Clemente Ribeiro, 280- Jd Marajó Marília-SP – Fone: 3417 1095 e-mail: emefnicacia@marilia.sp.gov.br _____________________________________________________________________ PAÇO MUNICIPAL – RUA BAHIA Nº 40 – FONE (0xx 14) 3402-6000 FAX: (0xx 14) 3433-2490 CENTRO – CEP 17.501-090 – MARÍLIA – SP RELATO DE ATIVIDADE- BIBLIOTECA PROFª VANESSA BATAUS ANO: 5º ANO O objetivo deste texto é relatar algumas experiências vivenciadas pelos alunos da EMEF Profª Nicácia Garcia Gil na oficina de “Hora da leitura”. O enfoque será dado às oficinas decorrentes de um projeto em que trabalhei a releitura de contos infantis atrelado ao ensino da estratégia de leitura conexão texto-texto. A ideia de abordar releituras de contos infantis deve-se ao fato de que boas histórias sobrevivem ao tempo, e os contos clássicos são a prova disso. Como afirma Cademartori: A literatura Infantil tem como parâmetro contos consagrados pelo público mirim de diferentes épocas que, por terem vencido tantos testes de recepção, fornecem aos pósteros referências a respeito da constituição da tônica literária do texto destinado à criança (CADEMARTORI, 2006, p.33). Devido à popularidade de seus personagens centrais, hoje as editoras investem em formatos diferenciados para tratar os contos infantis, já que há uma infinidade de títulos disponíveis no mercado. Tornou-se popular, principalmente nos cinemas, fazer releituras, como por exemplo, o filme “Deu a louca na Chapeuzinho Vermelho”. Releituras nada mais são que uma nova versão das histórias que já foram contadas, mantendo-se as mesmas personagens, só que sempre com “algo mais”. Visto que muitos de nossos alunos já conheciam grande parte das histórias infantis consagradas (contos infantis como Cinderela, Branca de Neve, etc.), foi interessante oportunizar experiências de leitura que permitiram às crianças o contato com um patrimônio cultural, selecionado, eternizado e transmitido por gerações, porém com uma nova roupagem, mais atuais nas situações de conflito e nas suas resoluções,
  2. 2. PREFEITURA MUNICIPAL DE MARÍLIA SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO Avenida Santo Antonio, nº 2.377 CEP 17.506-040 – Bairro Somenzari Fone – Fax: (0xx14) 3402-6300 – MARÍLIA – SP e-mail: se@marilia.sp.gov.br EMEF “NICÁCIA GARCIA GIL” Rua: José Clemente Ribeiro, 280- Jd Marajó Marília-SP – Fone: 3417 1095 e-mail: emefnicacia@marilia.sp.gov.br _____________________________________________________________________ PAÇO MUNICIPAL – RUA BAHIA Nº 40 – FONE (0xx 14) 3402-6000 FAX: (0xx 14) 3433-2490 CENTRO – CEP 17.501-090 – MARÍLIA – SP mantendo ainda a especificidade mais marcante dos contos infantis: a esperança de que tudo acabe bem (e viveram felizes para sempre...). Ao considerar que os alunos tinham a possibilidade de comparar os textos lidos com os contos clássicos que deram origem a eles, percebendo as diferenças e semelhanças, o ensino da estratégia de leitura conexão texto-texto foi muito propício neste momento. A estratégia conexão permite à criança ativar seu conhecimento prévio, fazendo conexões com aquilo que está lendo. São possíveis três tipos de conexões: as conexões texto-texto, conexões texto-leitor e conexões texto-mundo. Especificamente a estratégia trabalhada – conexão texto-texto – permite ao leitor estabelece relações com outro texto do mesmo gênero ou de gênero distinto enquanto lê, ativando principalmente seu conhecimento textual. Os livros trabalhados nessas oficinas foram Que história é essa? (1, 2 e 3), de Flávio de Souza e Chapeuzinhos Coloridos, de José Roberto Torero. O livro Que história é essa? é propício para realizar a estratégia de leitura conexão texto-texto, pois o autor usa o recurso de transformar um personagem secundário de um conto tradicional em personagem principal, às vezes lhe dando a tarefa de ser também o narrador. Outro recurso é incluir em contos clássicos personagens que não aparecem na versão original, ou reproduzir a história 'verdadeira' mas com um protagonista 'falso'. Assim, o personagem de um conto conhecido aparece como secundário na história, e o leitor precisa estar atento para descobrir qual é a história clássica que originou o texto escrito por Flávio de Souza. Após conceituar a estratégia de leitura em foco para os alunos, a oficina se iniciava com a aula modelo, ou seja, momento em que o professor lê a história e faz suas próprias conexões, evidenciando aos alunos o que se passa em sua mente no ato da leitura, pois:
  3. 3. PREFEITURA MUNICIPAL DE MARÍLIA SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO Avenida Santo Antonio, nº 2.377 CEP 17.506-040 – Bairro Somenzari Fone – Fax: (0xx14) 3402-6300 – MARÍLIA – SP e-mail: se@marilia.sp.gov.br EMEF “NICÁCIA GARCIA GIL” Rua: José Clemente Ribeiro, 280- Jd Marajó Marília-SP – Fone: 3417 1095 e-mail: emefnicacia@marilia.sp.gov.br _____________________________________________________________________ PAÇO MUNICIPAL – RUA BAHIA Nº 40 – FONE (0xx 14) 3402-6000 FAX: (0xx 14) 3433-2490 CENTRO – CEP 17.501-090 – MARÍLIA – SP ler em voz alta e mostrar como leitores pensam enquanto lêem é o ponto central para a instrução que partilhamos [...]. Quando nós lemos, pensamentos preenchem nossa mente. Nós podemos fazer conexões com nossas vidas [...]. Nós podemos fazer uma pergunta ou uma inferência. Todavia, não é suficiente ter esses pensamentos. Leitores estratégicos utilizam seus pensamentos em uma conversa interior que os ajudam a criar sentido para o que lêem. Eles procuram respostas para as suas perguntas. Tentam entender melhor o texto por meio de suas conexões com os personagens, situações e problemas. [...] Leitores tomam a palavra escrita e constroem significados baseados em seus próprios pensamentos, conhecimentos e experiências. O leitor é em parte escritor. (HARVEY & GOUDIVS, 2007, p.12-13). Em seguida, realizamos a prática guiada, que consiste em o professor ler a história e deixar que os alunos façam e explicitem aos demais suas conexões. Por fim desenvolvemos a prática independente, momento em que os alunos objetivam o que aprenderam em suas leituras autônomas, seja de modo individual, em duplas ou grupos. Neste momento era possível avaliar se os alunos realmente haviam se apropriado da estratégia em foco e se a colocavam em prática de maneira que esta os auxiliassem a atingir a compreensão no ato da leitura. Para ilustrar o trabalho com a estratégia de leitura conexão texto-texto atrelado à releitura de contos clássicos, é válido destacar a participação de um aluno do 2º ano durante uma das oficinas. Quando li uma parte de uma das histórias do livro Que história é essa? em que o pavão se achava lindo, o aluno viu a imagem de um pavão se olhando no espelho e disse: “professora, essa parte me fez lembrar da história da Branca de Neve”. Nesse instante ninguém entendeu a relação feita por ele, que então explicou: “é que assim como o pavão se acha lindo e está se olhando no espelho, a madrasta da branca de neve também se achava a mais linda e ficava se olhando no espelho, até conversava com ele”. Com relação ao livro Chapeuzinhos Coloridos (que transforma a história Chapeuzinho Vermelho já conhecida em seis outras histórias), além de trabalhar a
  4. 4. PREFEITURA MUNICIPAL DE MARÍLIA SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO Avenida Santo Antonio, nº 2.377 CEP 17.506-040 – Bairro Somenzari Fone – Fax: (0xx14) 3402-6300 – MARÍLIA – SP e-mail: se@marilia.sp.gov.br EMEF “NICÁCIA GARCIA GIL” Rua: José Clemente Ribeiro, 280- Jd Marajó Marília-SP – Fone: 3417 1095 e-mail: emefnicacia@marilia.sp.gov.br _____________________________________________________________________ PAÇO MUNICIPAL – RUA BAHIA Nº 40 – FONE (0xx 14) 3402-6000 FAX: (0xx 14) 3433-2490 CENTRO – CEP 17.501-090 – MARÍLIA – SP estratégia de leitura conexão texto-texto, durante a leitura feita pela professora de cada uma das histórias contidas no livro, os alunos foram convidados a encená-las. As crianças de todas as faixas etárias adoraram encenar as histórias, todas queriam participar, os meninos imploravam para ser o lobo só para usarem a máscara do personagem. Encenar as histórias do livro em questão foi cativante para os alunos, uma vez que confeccionamos vários adereços que caracterizam os personagens, como máscara, cestinha para levar os doces, capuz com as cores de todas as Chapeuzinhos, roupa e touca para a vovó. Vale destacar que ao final de todas as oficinas, os alunos são livres para escolherem livros literários para realizar a leitura fruição. Segue as capas dos livros lidos durante as oficinas em foco, fotos dos alunos encenando as histórias de Chapeuzinhos Coloridos, bem como fotos dos alunos nos momentos de leitura fruição:
  5. 5. PREFEITURA MUNICIPAL DE MARÍLIA SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO Avenida Santo Antonio, nº 2.377 CEP 17.506-040 – Bairro Somenzari Fone – Fax: (0xx14) 3402-6300 – MARÍLIA – SP e-mail: se@marilia.sp.gov.br EMEF “NICÁCIA GARCIA GIL” Rua: José Clemente Ribeiro, 280- Jd Marajó Marília-SP – Fone: 3417 1095 e-mail: emefnicacia@marilia.sp.gov.br _____________________________________________________________________ PAÇO MUNICIPAL – RUA BAHIA Nº 40 – FONE (0xx 14) 3402-6000 FAX: (0xx 14) 3433-2490 CENTRO – CEP 17.501-090 – MARÍLIA – SP
  6. 6. PREFEITURA MUNICIPAL DE MARÍLIA SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO Avenida Santo Antonio, nº 2.377 CEP 17.506-040 – Bairro Somenzari Fone – Fax: (0xx14) 3402-6300 – MARÍLIA – SP e-mail: se@marilia.sp.gov.br EMEF “NICÁCIA GARCIA GIL” Rua: José Clemente Ribeiro, 280- Jd Marajó Marília-SP – Fone: 3417 1095 e-mail: emefnicacia@marilia.sp.gov.br _____________________________________________________________________ PAÇO MUNICIPAL – RUA BAHIA Nº 40 – FONE (0xx 14) 3402-6000 FAX: (0xx 14) 3433-2490 CENTRO – CEP 17.501-090 – MARÍLIA – SP
  7. 7. PREFEITURA MUNICIPAL DE MARÍLIA SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO Avenida Santo Antonio, nº 2.377 CEP 17.506-040 – Bairro Somenzari Fone – Fax: (0xx14) 3402-6300 – MARÍLIA – SP e-mail: se@marilia.sp.gov.br EMEF “NICÁCIA GARCIA GIL” Rua: José Clemente Ribeiro, 280- Jd Marajó Marília-SP – Fone: 3417 1095 e-mail: emefnicacia@marilia.sp.gov.br _____________________________________________________________________ PAÇO MUNICIPAL – RUA BAHIA Nº 40 – FONE (0xx 14) 3402-6000 FAX: (0xx 14) 3433-2490 CENTRO – CEP 17.501-090 – MARÍLIA – SP
  8. 8. PREFEITURA MUNICIPAL DE MARÍLIA SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO Avenida Santo Antonio, nº 2.377 CEP 17.506-040 – Bairro Somenzari Fone – Fax: (0xx14) 3402-6300 – MARÍLIA – SP e-mail: se@marilia.sp.gov.br EMEF “NICÁCIA GARCIA GIL” Rua: José Clemente Ribeiro, 280- Jd Marajó Marília-SP – Fone: 3417 1095 e-mail: emefnicacia@marilia.sp.gov.br _____________________________________________________________________ PAÇO MUNICIPAL – RUA BAHIA Nº 40 – FONE (0xx 14) 3402-6000 FAX: (0xx 14) 3433-2490 CENTRO – CEP 17.501-090 – MARÍLIA – SP

×