Ludico e aprendizagem

3.788 visualizações

Publicada em

Secretaria Municipal da Educação de Marília - SP 2013
Pacto pela alfabetização na Idade Certa
Professora Ana Paula Cordeiro - UNESP

2 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.788
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
764
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
129
Comentários
2
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ludico e aprendizagem

  1. 1. Profa. Ana Paula Cordeiro. Faculdade de Filosofia e Ciências - UNESP- Marília.
  2. 2.  CRIANÇAS: PESSOAS EM FORMAÇÃO, SERES CURIOSOS E ATIVOS, COM DIREITOS E NECESSIDADES, QUE NECESSITAM DE UM ESPAÇO DIFERENTE DO AMBIENTE FAMILIAR , ONDE SÃO OBJETO DO AFETO DE ADULTOS.
  3. 3.  PERSPECTIVA DA SOCIOLOGIA DA INFÂNCIA: AS CRIANÇAS SÃO AGENTES SOCIAIS, ATIVOS E CRIATIVOS, PRODUZEM CULTURAS INFANTIS E CONTRIBUEM PARA A PRODUÇÃO DAS SOCIEDADES ADULTAS. AS CRIANÇAS AFETAM E SÃO AFETADAS PELA SOCIEDADE. (CORSARO, 2011)
  4. 4.  SEGUNDO A SOCIOLOGIA DA INFÂNCIA É UMA FORMA ESTRUTURAL, OU SEJA: É CATEGORIA SOCIAL, PARTE DA SOCIEDADE. (CORSARO, 2011, P.15)  PARA A CRIANÇA: É UM PERÍODO TEMPORÁRIO.  PARA A SOCIEDADE: É FORMA ESTRUTURAL PERMANENTE OU CATEGORIA QUE NUNCA DESAPARECE, EMBORA OS MEMBROS MUDEM CONTINUAMENTE E SUA NATUREZA E CONCEPÇÃO VARIEM HISTORICAMENTE.  É CATEGORIA QUE SE INTER-RELACIONA A OUTRAS CATEGORIAS ESTRUTURAIS, COMO CLASSE SOCIAL, GÊNERO E GRUPOS DE IDADE. (P.16)
  5. 5.  ÀS VEZES, PALAVRAS DE SENTIDOS BASTANTE DIVERSOS E MESMO DE CLASSES GRAMATICAIS DIFERENTES TÊM A MESMA ETIMOLOGIA. ESSE É O CASO DAS PALAVRAS ILUSÃO E LÚDICO. AMBOS DERIVAM DO LATIM ILLUDO (BRINCAR COM, ZOMBAR).  LEVEZA, ILUSÃO, SIMULAÇÃO.
  6. 6.  SEGUNDO HUIZINGA (1990), NAS LÍNGUAS LATINAS O TERMO LÚDICO ABRANGE UMA GAMA AMPLA DE AÇÕES: JOGOS, BRINCADEIRAS INFANTIS, COMPETIÇÕES, ETC.  COM O TEMPO, O TERMO FOI SUBSTITUÍDO PELA PALAVRA JOGO, QUE VEM DE JOCUS, QUE SIGNIFICA GRACEJAR, TROÇAR.
  7. 7.  BRINQUEDO- OBJETO, SUPORTE DA BRINCADEIRA.  BRINCADEIRA- DESCRIÇÃO DE UMA CONDUTA ESTRUTURADA, COM REGRAS.  JOGO INFANTIL- JUNÇÃO DO OBJETO E DA AÇÃO DE JOGAR. (KISHIMOTO, 2003)
  8. 8.  HUIZINGA-VOLUNTARIEDADE; SEPARAÇÃO DOS FENÔMENOS COTIDIANOS; EXISTÊNCIA DE REGRAS; LIMITAÇÃO DO JOGO NO TEMPO E NO ESPAÇO. (PREOCUPAÇÃO EM CARACTERIZAR O JOGO)  ROGER CAILLOIS- LIBERDADE DE AÇÃO DO JOGADOR; SEPARAÇÃO DO JOGO EM LIMITES DE ESPAÇO E TEMPO; INCERTEZA QUE PREDOMINA NO ATO DE JOGAR; CARÁTER IMPRODUTIVO DO JOGO (PREOCUPAÇÃO COM O TIPO DE EXPERIÊNCIA QUE O JOGO PROPORCIONA)
  9. 9.  SOCIALIZAÇÃO: CONTRAPONTO COM AS TEORIAS TRADICIONAIS DE SOCIALIZAÇÃO- MODELOS DETERMINISTAS: FUNCIONALISTAS E REPRODUTIVISTAS.  CULTURAS DE PARES: CRIANÇAS BRINCANDO JUNTAS CRIAM, SOCIALIZAM- SE, PRODUZEM CULTURAS LOCAIS QUE CONTRIBUEM COM A CULTURA ADULTA; SÃO AGENTES CULTURAIS.
  10. 10.  AS CRIANÇAS PARTICIPAM COLETIVAMENTE DA SOCIEDADE.  TERMO REPRODUÇÃO INTERPRETATIVA NO LUGAR DO TERMO “SOCIALIZAÇÃO”. 
  11. 11.  “O TERMO INTERPRETATIVO ABRANGE OS ASPECTOS INOVADORES E CRIATIVOS DA PARTICIPAÇÃO INFANTIL NA SOCIEDADE [...] “AS CRIANÇAS CRIAM E PARTICIPAM DE SUAS PRÓPRIAS E EXCLUSIVAS CULTURAS DE PARES QUANDO SELECIONAM OU SE APROPRIAM CRIATIVAMENTE DE INFORMAÇÕES DO MUNDO ADULTO PARA LIDAR COM SUAS PRÓPRIAS E EXCLUSIVAS PREOCUPAÇÕES. O TERMO REPRODUÇÃO INCLUI A IDÉIA DE QUE AS CRIANÇAS NÃO SE LIMITAM A INTERNALIZAR A SOCIEDADE E A CULTURA, MAS CONTRIBUEM ATIVAMENTE PARA A PRODUÇÃO E MUDANÇA CULTURAIS. O TERMO TAMBÉM SUGERE QUE CRIANÇAS ESTÃO, POR SUA PRÓPRIA PARTICIPAÇÃO NA SOCIEDADE, RESTRITAS PELA ESTRUTURA SOCIAL EXISTENTE E PELA REPRODUÇÃO SOCIAL. OU SEJA, A CRIANÇA E SUA INFÂNCIA SÃO AFETADAS PELAS SOCIEDADES E CULTURAS QUE INTEGRAM”. (CORSARO, 2011, p.31/32)
  12. 12.  NESSE PROCESSO DE SOCIALIZAÇÃO DA CRIANÇA O JOGO É IMPRESCINDÍVEL. OS JOGOS APRESENTAM PROBLEMAS QUE PRECISAM SER SOLUCIONADOS. ABREM POSSIBILIDADES PARA QUE O GRUPO DE JOGADORES ORGANIZE E ANALISE ESTRATÉGIAS DE AÇÃO PARA A RESOLUÇÃO DOS PROBLEMAS POSTOS. A INCERTEZA E A IMPREVISIBILIDADE, CARACTERÍSTICAS DO JOGO, ABREM ESPAÇO PARA QUE NADA SE PETRIFIQUE. AO CONTRÁRIO, MUITAS COMBINAÇÕES DE IDEIAS SURGEM, AS REGRAS VÃO SE TORNANDO EXPLÍCITAS, PASSAM A SER DISCUTIDAS E COMPREENDIDAS. O ENTORNO, A CULTURA, AS FORMAS DE VER O MUNDO ESTÃO PRESENTES NOS JOGOS E BRINCADEIRAS INFANTIS.
  13. 13.  EFEITO POSITIVO- PRAZER E ALEGRIA.  FLEXIBILIDADE- ESTIMULA NOVAS COMBINAÇÕES DE IDÉIAS E COMPORTAMENTOS.  AUTONOMIA;  SOLIDARIEDADE;  DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM;  CRITICIDADE;  ESTIMULA PROCESSOS DE CRIAÇÃO (JOGOS DRAMÁTICOS E TEATRAIS, POR EXEMPLO)
  14. 14.  POR MEIO DE UM TRABALHO INTENCIONALMENTE ORGANIZADO. POR QUÊ? PARA QUÊ? PARA QUEM?  PREPARAÇÃO DE AMBIENTES LÚDICO- EDUCATIVOS QUE SEJAM ATRATIVOS E ESTIMULADORES.  MEDIAÇÕES DOS ADULTOS EM RELAÇÃO ÀS BRINCADEIRAS E JOGOS: OFERECIMENTO DE CONDIÇÕES E AMPLIAÇÃO DE REPERTÓRIO DE BRINCADEIRAS E JOGOS.
  15. 15.  O JOGO EDUCATIVO  SIGNIFICADO ATUAL DO JOGO NA EDUCAÇÃO.  2 FUNÇÕES:  FUNÇÃO LÚDICA  FUNÇÃO EDUCATIVA
  16. 16.  SENTIDO AMPLO: COMO MATERIAL OU SITUAÇÃO QUE PERMITE A LIVRE EXPLORAÇÃO EM RECINTOS ORGANIZADOS PELO PROFESSOR, VISANDO O DESENVOLVIMENTO GERAL DA CRIANÇA.  SENTIDO RESTRITO: JOGO DIDÁTICO- MATERIAL OU SITUAÇÃO QUE EXIGE AÇÕES ORIENTADAS COM VISTAS À AQUISIÇÃO OU TREINO DE CONTEÚDOS ESPECÍFICOS (KISHIMOTO, 2003).
  17. 17.  ÔNIBUS LÚDICO QUE FUNCIONA COMO ATELIÊ, BRINQUEDOTECA E BIBLIOTECA ITINERANTES.  O PROJETO EXISTE DESDE 1999.  VISA A LEVAR ATIVIDADES ARTÍSTICAS E LÚDICAS DIVERSIFICADAS ÀS ESCOLAS DE EDUCAÇÃO BÁSICA (EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL- CICLO I) DE MARÍLIA.  TRABALHAMOS COM A IDEIA DE JOGO EM SENTIDO AMPLO, ORGANIZANDO E PREPARANDO ATIVIDADES E AMBIENTE ADEQUADO E RICO EM PROPOSTAS E SENTIDOS LÚDICOS.
  18. 18.  TRADICIONAIS (PASSADOS DE GERAÇÃO A GERAÇÃO);  DRAMÁTICOS E TATRAIS; CRIAÇÃO TEATRAL COLETIVA;  LITERATURA INFANTIL COM “CONTAÇÃO” DE HISTÓRIAS, RECRIAÇÃO E DRAMATIZAÇÃO DE HISTÓRIAS PELAS CRIANÇAS, LEITURAS;  MOVIMENTO E MÚSICA;  ATIVIDADES DE ARTES VISUAIS.  BRINCADEIRAS ENVOLVENDO TEMÁTICAS RELACIONADAS AO MEIO AMBIENTE, TEMAS DE INTERESSE DAS CRIANÇAS (AMIZADE, ENTORNO, MEDOS, SONHOS E ANSEIOS INFANTIS), CRESCIMENTO E ENVELHECIMENTO HUMANOS, POBREZA E LUTA DE CLASSES, PRECONCEITOS, ENTRE OUTROS TEMAS.
  19. 19.  CORSARO. W. A. Sociologia da Infância. São Paulo: Artmed, 2011.  COURTNEY, R. Jogo, Teatro e Pensamento. São Paulo: Perspectiva, 1980.  HUIZINGA, Johan. Homo Ludens: o jogo como elemento da cultura. Trad. João Paulo Monteiro. São Paulo: Perspectiva, 1990.  JAPIASSU, Ricardo. Metodologia do Ensino de Teatro. Campinas, SP: Papirus, 2001.  KISHIMOTO, T. M. O jogo e a educação infantil. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2003.  LABAN, R. Domínio do Movimento. Ed. organizada por Lisa Ullman. São Paulo: Summus, 1978.

×