SlideShare uma empresa Scribd logo

Exito ou fracasso

Exito ou fracasso

1 de 18
Baixar para ler offline
Aprendendo com o
Êxito e com o Fracasso
A vida é arriscada, e nem sempre triunfamos:
Por trás de grandes acertos há muito erros.
Em toda a ação há duas possibilidades:
Exito ou fracasso .
Saber aprender com as lições que a vida nos
apresenta:
Aprender a dar a volta por cima.
Na vida encontraremos
o êxito e o Fracasso
A dor e o fracasso
fazem parte da vida.
Chega sempre um momento em que se experimenta:
Dor física: doença, pobreza, deficiência física.
Dor moral: Desemprego, abandono, depressão, fracasso,...
A vida se desenvolve em estado de tensão continua
entre aquilo que deveríamos alcançar e o que nos vem.
Insucessos profissionais, decepções.
Esbarramos com as nossas incapacidades e limitações
A dor íntima (depressão), que é muito mais forte, e causa
muito maior dano.
A dor é um mal em sentido
estrito?
Mal:
Tudo o que causa dano irreparável, e que impede a
realização, felicidade.
Não é um mal, mas sim privação de um bem.
Doença => privação da saúde
Fracasso => privação do sucesso
Estritamente não nos impede de sermos felizes.
Podemos padecer muitas dores e estar realizados...
Sociedade atual
Tentativa de erradicar a dor da vida
humana
Felicidade = Sucesso, realização, Prazer
Dor => Maldição => fonte de tristeza
Tentativa até de exterminar doentes
É Impossível erradicar a dor
A vida nos colocará, e a dor questionará os
nossos valores.
Ao fugir da dor, aumenta-se o
sofrimento.
Encontraremos onde não esperávamos
Dificuldades do dia a dia que se tornam insuportáveis:
Onibus, engarrafamento, sogra, chefe chato, dor de
cabeça, colega...
Para encarar a dor => dar um Sentido Transcendente
Que sentido pode ter?
Pode-se fazer algo com ela?
Posso fazer algo mais além de fugir?
Pode-se ter sentido uma vida cheia de sofrimentos?
Pode-se ser feliz sofrendo?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (16)

Aceitacao
AceitacaoAceitacao
Aceitacao
 
Aceitacao
AceitacaoAceitacao
Aceitacao
 
Aceitacao
AceitacaoAceitacao
Aceitacao
 
Aceitacao
AceitacaoAceitacao
Aceitacao
 
Aceitacao
AceitacaoAceitacao
Aceitacao
 
Aceitação
AceitaçãoAceitação
Aceitação
 
Aceitacao
AceitacaoAceitacao
Aceitacao
 
Mensagem Reunião Pública 6/10/2010
Mensagem Reunião Pública 6/10/2010Mensagem Reunião Pública 6/10/2010
Mensagem Reunião Pública 6/10/2010
 
Aceitação
AceitaçãoAceitação
Aceitação
 
Aceitação
AceitaçãoAceitação
Aceitação
 
Aceitação
AceitaçãoAceitação
Aceitação
 
Aceitacao
AceitacaoAceitacao
Aceitacao
 
Aceitação
AceitaçãoAceitação
Aceitação
 
Aceitação
AceitaçãoAceitação
Aceitação
 
Aceitação
AceitaçãoAceitação
Aceitação
 
Aceitação
AceitaçãoAceitação
Aceitação
 

Semelhante a Exito ou fracasso

Semelhante a Exito ou fracasso (20)

SUPERE SUAS BARREIRAS
SUPERE SUAS BARREIRASSUPERE SUAS BARREIRAS
SUPERE SUAS BARREIRAS
 
10 Atitudes Espartanas para transformar obstaculo em oportunidades
10 Atitudes Espartanas para transformar obstaculo em oportunidades10 Atitudes Espartanas para transformar obstaculo em oportunidades
10 Atitudes Espartanas para transformar obstaculo em oportunidades
 
Perdão
PerdãoPerdão
Perdão
 
Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17
 
Aceitacao
Aceitacao Aceitacao
Aceitacao
 
Aceitacao
Aceitacao Aceitacao
Aceitacao
 
5 passos para enfrentar as dificuldades do dia a dia
5 passos para enfrentar as dificuldades do dia a dia5 passos para enfrentar as dificuldades do dia a dia
5 passos para enfrentar as dificuldades do dia a dia
 
Dor, Momento de Reflexão e Progresso - Instituto Espírita de Educação
Dor, Momento de Reflexão e Progresso - Instituto Espírita de EducaçãoDor, Momento de Reflexão e Progresso - Instituto Espírita de Educação
Dor, Momento de Reflexão e Progresso - Instituto Espírita de Educação
 
02p escada da motivacao
02p   escada da motivacao02p   escada da motivacao
02p escada da motivacao
 
Aceitação
AceitaçãoAceitação
Aceitação
 
Lidarcoma demissao
Lidarcoma demissaoLidarcoma demissao
Lidarcoma demissao
 
Reforma Íntima
Reforma ÍntimaReforma Íntima
Reforma Íntima
 
Apresentação sobre mudanças.
Apresentação sobre mudanças.Apresentação sobre mudanças.
Apresentação sobre mudanças.
 
Notas de bem_viver
Notas de bem_viverNotas de bem_viver
Notas de bem_viver
 
Apresentação aacd mudanças agosto_2015 (2)
Apresentação aacd mudanças agosto_2015 (2)Apresentação aacd mudanças agosto_2015 (2)
Apresentação aacd mudanças agosto_2015 (2)
 
Aceitação
AceitaçãoAceitação
Aceitação
 
Palestra técnicas de proteção-2.pptx
Palestra técnicas de proteção-2.pptxPalestra técnicas de proteção-2.pptx
Palestra técnicas de proteção-2.pptx
 
Cartilha estresse
Cartilha estresseCartilha estresse
Cartilha estresse
 
Agressividade na Infância
Agressividade na InfânciaAgressividade na Infância
Agressividade na Infância
 
A Lei Universal do amor.
A Lei Universal do amor.A Lei Universal do amor.
A Lei Universal do amor.
 

Mais de Universidade Federal Fluminense

Mais de Universidade Federal Fluminense (20)

Etica nas ações profissionais
Etica nas ações profissionaisEtica nas ações profissionais
Etica nas ações profissionais
 
As virtudes na profissão e na universidade
As virtudes na profissão e na universidadeAs virtudes na profissão e na universidade
As virtudes na profissão e na universidade
 
éTica nas ações profissionais
éTica nas ações profissionaiséTica nas ações profissionais
éTica nas ações profissionais
 
éTica nas ações profissionais
éTica nas ações profissionaiséTica nas ações profissionais
éTica nas ações profissionais
 
Rompendo barreiras para gerar nov as idéias
Rompendo barreiras para gerar nov as idéiasRompendo barreiras para gerar nov as idéias
Rompendo barreiras para gerar nov as idéias
 
Identificação do problema
Identificação do problemaIdentificação do problema
Identificação do problema
 
Etica e ciencia
Etica e cienciaEtica e ciencia
Etica e ciencia
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
Metodologia de pesquisa nv
Metodologia de pesquisa nvMetodologia de pesquisa nv
Metodologia de pesquisa nv
 
O desafio da amizade
O desafio da amizadeO desafio da amizade
O desafio da amizade
 
As invenções e a revolução industrial
As invenções e a revolução industrialAs invenções e a revolução industrial
As invenções e a revolução industrial
 
As potencias humanas e os modelos de felicidade
As potencias humanas e os modelos de felicidadeAs potencias humanas e os modelos de felicidade
As potencias humanas e os modelos de felicidade
 
As virtudes cardeais no ambiente profissional
As virtudes cardeais no ambiente profissionalAs virtudes cardeais no ambiente profissional
As virtudes cardeais no ambiente profissional
 
1. introdução ao método dos elementos de contorno
1. introdução ao método dos elementos de contorno1. introdução ao método dos elementos de contorno
1. introdução ao método dos elementos de contorno
 
8. ciencia e fe 1
8. ciencia e fe 18. ciencia e fe 1
8. ciencia e fe 1
 
Modelagem mef
Modelagem mefModelagem mef
Modelagem mef
 
Motivação
MotivaçãoMotivação
Motivação
 
O papel das vitrudes na formação do carater
O papel das vitrudes na formação do caraterO papel das vitrudes na formação do carater
O papel das vitrudes na formação do carater
 
Virtudes e defeitos dos caracteres
Virtudes e defeitos dos caracteresVirtudes e defeitos dos caracteres
Virtudes e defeitos dos caracteres
 
Etica carateriologia
Etica carateriologiaEtica carateriologia
Etica carateriologia
 

Último

2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...apoioacademicoead
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...azulassessoriaacadem3
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 

Exito ou fracasso

  • 1. Aprendendo com o Êxito e com o Fracasso
  • 2. A vida é arriscada, e nem sempre triunfamos: Por trás de grandes acertos há muito erros. Em toda a ação há duas possibilidades: Exito ou fracasso . Saber aprender com as lições que a vida nos apresenta: Aprender a dar a volta por cima. Na vida encontraremos o êxito e o Fracasso
  • 3. A dor e o fracasso fazem parte da vida. Chega sempre um momento em que se experimenta: Dor física: doença, pobreza, deficiência física. Dor moral: Desemprego, abandono, depressão, fracasso,... A vida se desenvolve em estado de tensão continua entre aquilo que deveríamos alcançar e o que nos vem. Insucessos profissionais, decepções. Esbarramos com as nossas incapacidades e limitações A dor íntima (depressão), que é muito mais forte, e causa muito maior dano.
  • 4. A dor é um mal em sentido estrito? Mal: Tudo o que causa dano irreparável, e que impede a realização, felicidade. Não é um mal, mas sim privação de um bem. Doença => privação da saúde Fracasso => privação do sucesso Estritamente não nos impede de sermos felizes. Podemos padecer muitas dores e estar realizados...
  • 5. Sociedade atual Tentativa de erradicar a dor da vida humana Felicidade = Sucesso, realização, Prazer Dor => Maldição => fonte de tristeza Tentativa até de exterminar doentes É Impossível erradicar a dor A vida nos colocará, e a dor questionará os nossos valores.
  • 6. Ao fugir da dor, aumenta-se o sofrimento. Encontraremos onde não esperávamos Dificuldades do dia a dia que se tornam insuportáveis: Onibus, engarrafamento, sogra, chefe chato, dor de cabeça, colega... Para encarar a dor => dar um Sentido Transcendente Que sentido pode ter? Pode-se fazer algo com ela? Posso fazer algo mais além de fugir? Pode-se ter sentido uma vida cheia de sofrimentos? Pode-se ser feliz sofrendo?
  • 7. “Aprende a tirar das quedas impulso, da morte vida”
  • 8. O que se pode tirar de uma situação adversa? Dois Exemplos: Steve Jobs Empresário Mexicano
  • 9. Diante da dor, devemos ter três movimentos
  • 10. 1) Aceitação Paciência e paz. Sem Revoltas. Atitude positiva: Não se sentir dominado, mas dominar. A doença me é dada como uma tarefa: encontro- me com a responsabilidade do que vou fazer com ela. A atitude de aceitação faz-nos mais livres e abre os olhos para a real importância das coisas. O verdadeiro resultado do sofrimento é um processo de amadurecimento. A maturidade se manifesta q o ser humano alcança uma liberdade interior, apesar da dependência externa.
  • 11. O que supera e aproveita sobe mais alto O que converte o fato doloroso na tarefa de reorganizar a vida, contando com essa situação nova dentro de nós. Ex: Fracasso Econômico. Pode ser crescimento ou desespero. 2) Saber aproveitar
  • 12. Aprender O Fracasso nos fala da limitação da vida e das coisas. Encontro-me num momento especialmente importante de minha vida, em que, com a luz dessa experiência, posso compreender com luzes novas a distinção entre o verdadeiramente importante e o que não é . Reordenamos os valores: Relativizamos as satisfações que julgávamos irrenunciáveis...
  • 13. 3) Para superar, buscar seu sentido O sacrifício vivido com sentido, deixa de sê-lo. Quando se ama, suporta-se a dor, e transforma-se em sacrifício Para levar a família ou para educar um filho, passa-se de tudo Buscar um sentido transcendente Sofrer por algo ou por alguém. Ao aceitá-lo, transcendemos.
  • 14. Sabedoria: aprender em todas as situações. Incorporar as experiências: nada é definitivo. Humildade: Não se deixar envolver pelo sucesso precoce Para se trabalhar com eficácia são necessários anoso. Respeitar os demais. Aprender. Não abusar da autoridade. Combater o orgulho, a prepotência, a arrogância. Conclusão: Atitudes diante o Êxito e o Fracasso
  • 15. Atitudes que se podem desenvolver Fortaleza Não se deixar contaminar pelo êxito Não se deixar dominar pelo desânimo Valentia Não se acovardar e enfrentar uma situação adversa. Para manter a clareza de razão diante dos temores.
  • 16. Sempre: controle da Situação Acima dos Êxitos e dos Fracassos, está o nosso Projeto de Vida Os ideais nos resgatam dos fracassos. Felicidade é coerência, liberdade, maturidade, progresso interior. O específico da vida humana não é só emitir respostas, mas ter propostas, projetos vitais
  • 17. Receita para o sucesso profissional Estar preparado para o momento. Saber adequar-se à diferentes situações. Sorte.
  • 18. Ter claro O sucesso na vida consiste na realização da pessoa como um todo e não apenas no âmbito profissional.