Trabalho topónios

369 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
369
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho topónios

  1. 1. CLCEscola Secundaria de Sampaio Curso EFA Gestão Raquel Silva Ana Rita Carriço 1
  2. 2. INTRODUÇÃOEste trabalho fala sobre os topónimos de algumas terras e também sobre o que é atoponímia.Escolhemos este tema porque achamos que seria interessante e que seria um trabalhoonde a pesquisa iria ser facilitada, pois Portugal é um país em que quase todas as suasaldeias, vilas, cidades e terras tem nomes muito interessantes e sempre com uma bonitahistória para contar.Neste trabalho vamos apresentar o nome e a origem do mesmo de três cidades e trêsvilas, os locais escolhidos foram:-Évora-Funchal-Odivelas e Lumiar-Conímbriga-Freixo Espada à Cinta-Sesimbra 2
  3. 3. O que é a Toponímia Toponímia é a divisão da onomástica que estuda os topónimos, ou seja, nomespróprios de lugares, a sua origem e evolução. É considerada uma parte da linguísticacom fortes ligações com a história, arqueologia e a geografia A palavra é derivada dos termos gregos “tópos” (τόπος) lugar, e ónoma (ὄνομα)nome, literalmente o nome de um lugar. Além dos nomes de localidades (cidades, vilas, municípios, províncias, paísesetc.), a toponímia estuda os hidrônimos, nomes de rios e outros cursos de água, nomesde lagos, nomes dos montes e outros relevos, nomes de subdivisões administrativas e deestradas, entre muitos outros. 3
  4. 4. Cidade de Évora A cidade de Évora foi fundada por Elisa, 145 anos antes do dilúvio e 2164 anosantes de Jesus Cristo, que deu o nome Évora. Diz-se que o primeiro Rei desta cidade tinha um filho hermafrodita (nasceu como sexo feminino e masculino) que se chamava Elbora. Quando o Rei Elbur casou teveum filho chamado Évora. Assim com os filhos de nome Elbora e Évora, quando o rei morreu a cidadeficou com o nome de Évora. 4
  5. 5. Cidade do Funchal. A origem do nome Funchal deriva de funcho (umbelifera foeniculum vulgare). Não se conhece razões ou factos que contradigam esta história. Os descobridoresou primitivos povoadores ao desembarcarem neste lugar, que primeiro foi vila e depoiscidade, depararam com a planta que abundantemente vegetava o vale e que, sem demorae sem esforço, se começou a chamar Funchal. Lá diz Frutuoso: «…Funchal, a que o capitam deo este nome, por se fundar emhum valle fermoso de singular arvoredo, cheyo de funcho até ao mar». Segundo o autor das saudades, foi o próprio João Gonçalves Zargo que deu onome de Funchal ao lugar que hoje é a capital deste arquipélago. Também se afirma que, nas mais próximas imediações do local do desembarque,depararam logo os descobridores com o funcho em abundância, e daí o fácil baptismode Funchal dado ao lugar. 5
  6. 6. Odivelas e Lumiar O nome desta terra, ligou-o o povo ao rei Lavrador. É da tradição oral que omonarca saía muitas vezes, à noite, tentando não ser notado, para vir ao seu RealMosteiro. A Santa Rainha, porém, sempre silenciosa mas atenta, reagiu com sabedoria ediscrição. Certa noite, na companhia de suas damas, veio até ao Lumiar e pararam, dearchotes acesos, num sítio onde sabiam que o rei costumava passar, a fim de lhe"alumiarem" o caminho. Daí veio o nome de "Lumiar", mas também o nome de"Odivelas" porque Dona Isabel, sempre generosa e condescendente, disse a seu RealEsposo, quando passou junto dela: "Ide vê-las". E, daqui, se formou o nome“Odivelas”. 6
  7. 7. Conímbriga A alguns quilómetros de Coimbra podemos encontrar a cidade Romana deConímbriga, nome este que está na origem de Coimbra. O nome Conímbriga teve origem no nome da tribo que habitava o local antes àchegada dos Romanos, a tribo tinha o nome de Conii. A Conii juntou-se a palavra brigaque significa lugar alto, fortificado, dando assim origem ao nome que conhecemos hoje. 7
  8. 8. Freixo Espada a Cinta O nome desta vila é controverso havendo várias opiniões e lendas. Uma das queos habitantes da vila de freixo mais gostam é a de El Rei D. Dinis. Conta-se que El Rei D. Dinis estando muito fatigado das guerras que mantinhacom o seu filho bastardo, Afonso Sanches, e de passagem por esta terra se deitou adescansar à sombra de um freixo, onde cravou o seu cinturão com a majestosa espada. Adormecendo e embalado pela brisa suave que batia nas folhas da possantearvore sonhou que o espírito do freixo lhe traçava as directrizes mais sábias e correctaspara o futuro do reino de Portugal. Quando o rei acordou deste revigorante descanso, decretou que a vila se passa-sea chamar Freixo de Espada à Cinta. 8
  9. 9. Sesimbra A permanência humana neste concelho remete à pré-história e aos períodosRomano e Muçulmano. Em 1165 as tropas comandadas por D. Afonso Henriques conquistam o casteloaos mouros. A povoação foi doada aos cavaleiros da ordem de Santiago e em 1323 éelevada a vila pelo Rei D. Dinis. Sobre as origens do nome “Sesimbra” não existemcertezas. Segundo uns, vem de “Zambra”, origem romana, segundo outros“Sesimbrigue”, origem celta, Zimbra Celtibera ou ainda origem Caspiana. 9

×