Trabalho final da clonagem

5.376 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.376
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
65
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho final da clonagem

  1. 1. 1
  2. 2. INTRODUÇÃO Neste trabalho vimos falar sobre :- O que é a clonagem- Os diferentes tipos de clonagem -Reprodutiva -Terapêutica- Como se faz a clonagem- O que é o clone- Método Cientifico- Problema formulado -Hipótese -Experimentação -Conclusões- Conclusão Geral -Vantagens e Inconvenientes -A nossa visão critica 2
  3. 3. O que é a clonagem A clonagem é a reprodução assexuada de um indivíduo. Da clonagem resulta umorganismo que se chama clone. Este clone tem composição genética igual à doorganismo que lhe deu origem e, portanto, tem características físicas (aspecto exterior)muito parecidos às daquele organismo. O clone é tão semelhante ao organismo do qualteve origem como dois gémeos verdadeiros o são entre si. Um clone é um como um“gémeo” de outro indivíduo que pode ter 10, 20 ou mais anos do que o seu “gémeo”. A clonagem faz-se no reino vegetal há muito tempo (às vezes de frutos “iguais”)e em animais inferiores, mas só recentemente, com o caso da ovelha Dolly, é que foipossível a clonagem de mamíferos. Existem diferentes tipos de clonagem entre os quais se destacam:Clonage m reprodutiva – Utilização da clonagem para obtenção de organismoscompletosClonage m terapêutica – Utilização da clonagem para produção de órgãos ou tecidosque serão posteriormente usados para tratar doenças ou deficiências. 3
  4. 4. Como se faz a clonagem Embora haja diversos métodos de fabricar clones, o mais utilizada é o datransferência nuclear. Neste método isola-se um ou óvulo existente no ovário, retira-se-lhe o núcleo, por aspiração com uma pipeta de ponta microscópica e introduz-se onúcleo de uma célula da pele ou de outro órgão, retirada ao indivíduo que se desejaclonar. Em seguida, através de estímulos químicos e eléctricos apropriados, provoca-sea divisão do óvulo assim preparado e vão-se dando divisões sucessivas. Colocando esteproduto celular no útero de uma fêmea da mesma espécie, e se as condições foremfavoráveis, continua a evolução através dos estados de embrião e feto até ao nascimentode um indivíduo. 4
  5. 5. O que é o clone O ser clonado ou clone que se desenvolve no útero e vem a nascer (casoas condições sejam favoráveis) é indubitavelmente, um indivíduo da espécie em causa,apenas com a característica de ser como um gémeo daquele que lhe deu origem. Nocaso da espécie humana (se se vier a verificar uma clonagem de seres humanos) o cloneserá uma pessoa como qualquer outra, embora com a característica de ser igual (ouquase) aquele que lhe deu origem. Isto quer dizer que, se houver clonagem humana, oclone terá a mesma dignidade que qualquer outro ser humano e direito a ser respeitada asua dignidade, liberdade e integridade. Quanto à natureza do clone, antes de ser implantado no útero, háposições divergentes. Como não resulta da fusão de um óvulo e de um espermatozóide,há quem diga que não é embrião, preferindo chamar-lhe “embrioide” ou “artefactoembrionário”.de alguns pontos de vista, o embrião é definido como resultado dapenetração de um óvulo por um espermatozóide e fusão destas duas células – mas adefinição é essa por que era desconhecida, até aí, outra forma de reprodução que nãofosse a sexuada. Outros entendem que o clone, antes da implantação, é um embrião, pois temcaracterísticas idênticas às do embrião obtido por via sexual, divide-se e tem o mesmopotencial de originar um indivíduo. Para clonar o primeiro mamífero foi necessário aplicar o método científico: O Método cientifico é uma estratégia de explicação da realidade, que se baseiaem e raciocínios lógicos com base em conhecimentos prévios e que se desenvolve aolongo e diversas fases: formulação do problema, formulação de uma hipótesequepermita responder ao problema, desenvolvimento de uma experimentação paracomprovar ou refutar a hipótese e posterior desenvolvimento de conclusões (conclusão).Conhecimentos prévios: A teoria celular é um dos conhecimentos fundamentais da biologia, indica quetodas as plantas e animais são compostos por células. A teoria celular tem três ideias principais: 1ª- Todos os seres vivos são formados por células e por seus produtos. Portanto,as células são unidades morfológicas dos seres vivos. 2ª- as actividades fundamentais que caracterizam a vida ocorrem dentro dacélula. Portanto, as células são unidades funcionais ou fisiológicas dos seres vivos. 3ª- Novas células formam-se pela reprodução de outras células pré existentes,por meio de divisão celular. 5
  6. 6. Diferentes tipos de células:Eucariótica: Possui um núcleo verdadeiro, núcleo esse que é protegido por umamembra na nuclear, que contém um ou mais núcleos. É constituída por organelos citoplasmáticos, ao contrário das células procarióticas. Podem ser animais ou vegetais.Procariótica: Célula relativamente simples em relação à eucariótica, de menordimensão, encontram-se em bactérias e nas “algas azuis”, não têm núcleo ne morganelos membranares, são organismos unicelulares Formulam-se problemas, hipóteses, actividades experimentais e respectivasconclusões.Para clonar a Dolly o problema formulado foi: Será possível clonar uma ovelha?Hipótese: De uma ovelha A é retirada um óvulo serão qual é retirado o núcleo, que ésubstituído por um núcleo de uma célula de uma outra ovelha B, célula essa que seráretirada de uma glândula mamária. Depois de todo este processo pega-se no óvulo quese divide em mais células e implanta-se esse embrião no útero de uma terceira ovelha(C). Passado o tempo de gestação prevê-se que ira nascer uma ovelha idêntica à quefoi doadora do núcleo da glândula mamária (B).Experimentação: 6
  7. 7. Conclusões: Para conseguirem obter a Dolly foram feitas 276 tentativas até que a elanascesse, sendo que a maioria dos óvulos utilizados, já com o núcleo trocado, ne msequer se dividiu. E que de todos os outros embriões que conseguiram se dividir e serimplantados, apenas a Dolly nasceu. Todos os outros morreram durante a gestação,muitos deles com alterações genéticas ou má-formações graves. No dia 14 de Fevereiro de 2003, aos seis anos e meio, Dolly foi submetida a umainjecção letal, pois era vítima de uma doença pulmonar grave, de origem supostamenteinfecciosa. A comunidade científica espera até hoje maiores explicações sobre a doençaque surgiu na ovelha mais famosa do mundo. Os "criadores" de Dolly, os pesquisadores escoceses do Instituto Roslin,disseram que a doença é comum em ovelhas e foi, provavelmente, adquirida. Pareceestranho, além disso Dolly já tinha apresentado outros problemas possivelmenterelacionados à clonagem. Ela era grande, obesa e vivia confinada. Teve três gestações eseis filhotes. Com pouco mais de cinco anos e meio foi divulgada a informação de queDolly sofria de artrite na pata esquerda traseira. Tanto a artrite quanto a doença pulmonar apresentadas por Dolly são doençascaracterísticas de ovelhas idosas. A artrite, especificamente, foi atribuída ao fato deDolly ficar muito tempo apoiada nas patas traseiras para "brincar" com os visitantes.Mas muitos veterinários contestam essa justi ficativa. A hipótese que tem sido discutidaé que essas doenças, comuns em animais mais velhos, poderiam estar associadas aoencurtamento dos telômeros (sequências de DNA que ficam na ponta doscromossomas). Conclusão GeralVantagens e inconvenientes da clonage m: As Vantagens da clonagem são aquelas que vêem para ajudar na cura de doençascomplicadas e fatais, e também a ajuda que pode dar para que os nossos filhos possa mvir a nascer sem correr o risco de herdar alguma doença de que um dos seusprogenitores seja portador. Um dos maiores inconvenientes é que a clonagem pode vir a tornar-se perigosa,pode vir a ser usada para meios pouco convencionais e vir a tornar-se numa tragédiaprincipalmente ao que toca na opinião dos religiosos. 7
  8. 8. A nossa visão critica sobre a clonage m Na nossa maneira de ver, a clonagem é um tema muito complexo pelo motivo deter muitas vantegens e desvantagens. Se virmos pelo lado em que toda esta experiência nos veio mostrar aspossibilidades que existem para a clonagem de órgãos, e assim poder acabar-se comtodas as enormes filas de espera que existem em todos os hospitais do mundo, para osdoentes que não iram sobreviver sem o transplante. Se olharmos também para aspossibilidades que podem existir dos nossos filhos poderem vir a nascer sem seremportadores de doenças graves que são hereditárias dos progenitores. Todas estas soluções nos fazem pensar bem se não será de arriscar pesquisarmais sobre a clonagem para se conseguir os resultados pelo menos para a ajuda damedicina, para poder dar melhor qualidade de vida aos seres humanos. Como é de esperar a clonagem também vem provocar muitos desentendimentose conflitos, entre países, religiões, politicas e naqueles que exercem medicina. Em aspectos religiosos a situação é bem complicada, porque aqueles queacreditam em deus, crêem piamente que só ele pode dar ou tirar a vida. Nos aspectos políticos seria usada como método para obter resultados desejadosnos actos políticos e se fossemos ver iria também causar muitas confusões entre países,pois todos os países tem uma cultura e tradição diferentes, onde se iriam encontrarvarias opiniões e depois viriam os conflitos entre eles. No que toca a parte médica acreditamos que nem todos os médicos concordamcom a clonagem logo muitos deles se iriam recusar a trabalhar com esse método. 8

×