Os mass media

755 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
755
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os mass media

  1. 1. OS MASS MEDIA1 Turma EFA Gestão 2º ano CLCpor Prof. Lurdes Melo Escola Secundária de Sampaio 2009/2010 Módulo 5 DR2 Raquel Gaspar da Silva
  2. 2. OS MASS MEDIA O termo “Mass Media” é formado pela palavra latina media (meios), plural demedium (meio) e pela palavra inglesa mass (massa). Em sentido literal, os mass mediaseriam os meios de comunicação de massa (televisão, rádio, imprensa, etc.). Porém, estadenominação sugere que os meios de comunicação são agentes de massificação social, oque nem sempre está de acordo com a realidade social observável. Os Mass Media são sistemas organizados de produção, difusão e recepção deinformação. Estes sistemas são geridos, por empresas especializadas na comunicação demassas e exploradas nos regimes concorrenciais, monopolísticas ou mistos. Asempresas podem ser privadas, públicas ou estatais. Os Mass Media assentam em diferentes suportes ou tipos de transmissão dainformação:Por difusão - Scriptovisual (impre nsa escrita)- Áudio (rádio)- Audiovisual (televisão e cinema)Por edição - Script (livro)- Áudio (disco)- Scriptovisual (cartaz e poster)- Audiovisual (documento áudio visual) Os vários meios de expressão social, como por exemplo a Imprensa, a Tv, aRádio e o Cinema são criados para o máximo de público, sendo produzido um produtoespecífico das mensagens que querem transmitir. As Diferentes Modalidades de Divulgação Existem vários meios de divulgação que estão integrados no dia a dia de todosos cidadãos do mundo. Para começar vou falar sobre a Televisão, por incrível que pareça faz parte darealidade á mais anos do que aquilo que imaginamos, a famosa caixinha mágicaapareceu á muitos anos, nem todos tinham acesso como é lógico pois era um aparelhomuito caro e a maioria das famílias não tinha possibilidade de ter uma televisão emcasa. Mas nos dias que correm é meio por onde nos passam mais informação. 2 Turma EFA Gestão 2º ano CLCpor Prof. Lurdes Melo Escola Secundária de Sampaio 2009/2010 Módulo 5 DR2 Raquel Gaspar da Silva
  3. 3. A televisão O aparecimento da televisão deve-se em grande parte a cientistas, visionários ehomens de ideias muito avançadas. Desde o inicio do século XIX, os cientistas estavam preocupados com a transmissãode imagens à distância. E foi com a invenção de Alexander Bain, em 1942, que seobteve a transmissão telegráfica de uma imagem (fac-símile), actualmente conhecidocomo fax. Mas em 1817 o químico sueco Jons Jacob Berzelius descobriu o selénio. Mas só 56anos depois, em 1873, é que o inglês Willoughby Smith comprovou que o seléniopossuía a propriedade de transformar energia luminosa em energia eléctrica. Atravésdesta descoberta conseguiu-se realizar a transmissão de imagens por meio da correnteeléctrica. No ano de 1892 Julius Elster e Hans Getiel inventaram a célula fotoeléctrica. Em 1906Arbwehnelt desenvolveu um sistema de televisão por raios catódicos. Em 1920realizaram-se as verdadeiras transmissões, graças ao inglês John Logie Baird, através deum sistema mecânico baseado no disco de Nipkow. Quatro anos depois, em 1924, JohnBaird transmitiu contornos de objectos à distância e no ano seguinte fisionomias depessoas. 3 Turma EFA Gestão 2º ano CLCpor Prof. Lurdes Melo Escola Secundária de Sampaio 2009/2010 Módulo 5 DR2 Raquel Gaspar da Silva
  4. 4. O Rádio A radiocomunicação é um recurso tecnológico das telecomunicações utilizadopara propiciar comunicação por intermédio da transcepeção de informaçõespreviamente codificadas em sinal electromagnético que se propaga através do espaço. Uma estação de radiocomunicação é o sistema utilizado para executar contactosà distância entre duas estações, ela é composta basicamente de um transceptor(transmissor-receptor) de radiocomunicação, de uma linha de transmissão e da antenapropriamente dita. Este sistema tem o nome de sistema irradiante. A radiodifusão é uma emissão comercial, que ocorre apenas por trans missão desinais, sem transcepção dos mesmos. Segundo alguns autores, a tecnologia de transmissão de som por ondas de rádiofoi desenvolvida pelo italiano Guglielmo Marconi, no fim do século XIX, mas aSuprema Corte Americana concedeu a Nikola Tesla o mérito da criação do rádio, tendoem vista que Marconi usara 19 patentes de Tesla em seu projeto. Segundo alguns autores, a tecnologia de transmissão de som por ondas de rádiofoi desenvolvida pelo italiano Guglielmo Marconi, no fim do século XIX, mas aSuprema Corte Americana concedeu a Nikola Tesla o mérito da criação do rádio, tendoem vista que Marconi usara 19 patentes de Tesla em seu projecto. Na mesma época em 1893, no Brasil, o padre Roberto Landell de Mouratambém buscava resultados semelhantes, em experiências feitas em Porto Alegre, nobairro Medianeira, onde ficava sua paróquia. Ele fez as primeiras transmissões de rádiono mundo, entre a Medianeira e o morro Santa Teresa. A Relação entre os vários media A comparação entre estes dois media torna-se pertinente na medida em quepartilham um elemento de grande cumplicidade, ou seja, a informação. Como aImprensa foi a primeira forma de mediatizar os conteúdos bastava-lhe o seu nome para adistinguir. Todavia, actualmente é mais vulgar designá-la de Imprensa escrita, porque otermo Imprensa começou a caracterizar os media que tratam a informação, o queacontece tanto em Rádio, como em Televisão e nos próprios Jornais. Certo é que ojornalista que na antiguidade era pertença da Imprensa escrita, actualmente, é comum atodos os meios de comunicação, apenas tem que moldar o seu discurso às característicasdo medium que integra. Como em relação a tudo, as preferências do público divergem, por isso, pode moptar por tirar partido da escrita informativa ou então podem fidelizar-se à informaçãofalada da Rádio. Actualmente, a nível nacional já conseguimos ter Rádios e Jornais paratodos os gostos, desde os mais sensacionalistas àqueles que tentam ser relativamente 4 Turma EFA Gestão 2º ano CLCpor Prof. Lurdes Melo Escola Secundária de Sampaio 2009/2010 Módulo 5 DR2 Raquel Gaspar da Silva
  5. 5. isentos. De qualquer forma a Rádio tem a vantagem de não exigir a deslocação aoquiosque como acontece com quem quer ler o Jornal, já que as publicações on line,ainda não atingiram as regalias do público, pelo que não parece ser muito cómodo lerum Jornal no ecrã ou ter que clicar nos títulos para aceder à notícia completa. Por isso, aRádio evidencia-se como um medium à medida das necessidades do público. SegundoMCLUHAN (1996) as notícias à hora certa, as informações sobre o tráfego e sobre otempo, agora servem para enfatizar o poder do rádio de envolver as pessoas umas comas outras. A Rádio, através da sua linguagem, afecta as pessoas, agita as consciências,chama a atenção para a necessidade de reter as linhas principais da quantidade deinformação que circula. Comentário a Anuncio PublicitárioEsta imagem publicitaria, faz passar a ideiade que com a coca-cola temos energia,para ir para todo o lado e encaramos tudocom muita animação.Da garrafa sai a alegria de viver nummundo colorido. 5 Turma EFA Gestão 2º ano CLCpor Prof. Lurdes Melo Escola Secundária de Sampaio 2009/2010 Módulo 5 DR2 Raquel Gaspar da Silva
  6. 6. ConclusãoDesta forma, os meios de comunicação dão-nos uma imagem do mundo, mas quemuitas vezes é a imagem que eles têm do mundo condicionada pelos seus interesseseconómicos, políticos e sociais.Certo é que, apesar do conteúdo que transmitem, os media diferenciam-se da formacomo nos transmitem essa informação, ainda que o modo de a obter possa sersemelhante ou em sistema de complementaridade, mediante o que a concorrênciaproduz. 6 Turma EFA Gestão 2º ano CLCpor Prof. Lurdes Melo Escola Secundária de Sampaio 2009/2010 Módulo 5 DR2 Raquel Gaspar da Silva

×