O HOMEM QUE CALCULAVA         Poucas horas havia que viajávamos sem interrupção, quando nos ocorreu umaaventura digna de r...
_ Não posso consentir em semelhante loucura! Como poderíamos concluir aviagem, se ficássemos sem o nosso camelo?         _...
E o astucioso Beremis – o “homem que calculava” – tomou logo posse de um dosmais belos “jamales” do grupo e disse-me entre...
2. Observe o modelo e escreva os substantivos derivados dos seguintes verbos:“ Poucas horas havia que viajávamos sem inter...
3. O texto não apresenta caracterização do lugar onde se passa a ação, exceto uma   referência no início. Transcreva essa ...
__________________________________________________________________________________________________________________________...
_______________________________________________________________    _______________________________________________________...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

TEXTO2 8ANOS 3BIM

432 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
432
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

TEXTO2 8ANOS 3BIM

  1. 1. O HOMEM QUE CALCULAVA Poucas horas havia que viajávamos sem interrupção, quando nos ocorreu umaaventura digna de registro, na qual meu companheiro Beremis, com grande talento, pôsem prática as sua habilidades de exímio algebrista. Encontramos, perto de um antigo caravançará meio abandonado, três homensque discutiam acaloradamente ao pé de um lote de camelos. Por entre pragas e impropérios gritavam possessos, furiosos: _ Não pode ser! _ Isso é um roubo! _ Não aceito! O inteligente Beremis procurou informar-se do que se tratava. _ Somos irmãos – esclareceu o mais velho – e recebemos, como herança, esses35 camelos. Segundo a vontade expressa de meu pai, devo eu receber a metade, o meuirmão Hamed Namir uma terça parte e ao Harim, o mais moço, deve tocar apenas a nonaparte. Não sabemos, porém, como dividir dessa forma 35 camelos, e a cada partilhaproposta, segue-se recusa dos outros dois, pois a metade de 35 é 17 e meio! Como fazera partilha se a terça parte e a nona parte de 35 também não são exatas? _ É muito simples – atalhou o “homem que calculava”. _ Encarrego-me de fazer,com justiça, essa divisão, se permitires que eu junte aos 35 camelos da herança este beloanimal que, em boa hora, aqui nos trouxe! Neste ponto, procurei intervir na questão:
  2. 2. _ Não posso consentir em semelhante loucura! Como poderíamos concluir aviagem, se ficássemos sem o nosso camelo? _ Não te preocupes com o resultado, ó “bagdali”! _ replicou-me em voz baixaBeremis. _ Sei muito o que estou fazendo. Cede-me o teu camelo e verás, no fim, a queconclusão quero chegar. Tal foi o tom de segurança com que ele falou, que não tive dúvida em entregar-lhe o meu belo “jamal”, que , imediatamente, foi reunido aos 35 ali presentes, para seremrepartidos pelos três herdeiros. _ Vou, meus amigos – disse ele, dirigindo-se aos três irmãos -, fazer a divisãojusta e exata dos camelos que são agora, como vêem, em número de 36. E, voltando para o mais velho dos irmãos, assim falou: _ Devias receber, meu amigo, a metade de 35, isto é, 17 e meio. Receberás ametade de 36 e, portando 18. Nada tens a reclamar, pois é claro que saíste lucrando comesta divisão! E, dirigindo-se ao segundo herdeiro, continuou: _ E tu, Hamed Namir, devias receber um terço de 36, isto é, 12. não poderásprotestar, pois tu também saíste com lucro na transação. E disse, por fim, ao mais moço: _ E tu, jovem Harim Namir, segundo a vontade de teu pai, devias receber umanona parte de 35, isto é, 3 e tanto. Vais receber uma nona parte de 36, isto é, 4. O teulucro foi igualmente notável. Só tens a agradecer-me pelo resultado! E concluiu: _ Pela vantajosa divisão feita entre irmãos Namir- partilha em que todos os trêssaíram lucrando – couberam 18 camelos ao primeiro, 12 ao segundo e 4 ao terceiro, que dáresultado (18+12+4) de 34 camelos. Dos 36 camelos, sobram, portanto, dois. Umpertence, com sabem, ao “bagdali” meu amigo e companheiro, outro toca por direito amim, por ter resolvido, a contento de todos, o complicado problema da herança! _ Sois inteligente, ó estrangeiro! – exclamou o mais velho dos três irmãos. –Aceitamos a vossa partilha na certeza de que foi feita com justiça e equidade!
  3. 3. E o astucioso Beremis – o “homem que calculava” – tomou logo posse de um dosmais belos “jamales” do grupo e disse-me entregando-me pela rédea o animal que mepertencia: _ Poderás agora, meu amigo, continuar a viagem no teu camelo manso e seguro.Tenho um outro especialmente para mim! E continuamos a nossa jornada para Bagdá. Malba Tahan 1. Relacione as palavras destacadas a seus significados. a. “...as suas habilidades de exímio algebrista.” b. “ Por entre pragas e impropérios gritavam...” c. “...mas foi feito com justiça e equidade.” d. “...pois tu saíste com lucro na transação.”( ) palavras ofensivas ( ) excelente( ) operação comercial ( ) igualdade
  4. 4. 2. Observe o modelo e escreva os substantivos derivados dos seguintes verbos:“ Poucas horas havia que viajávamos sem interrupção...” ( interromper= interrupção)a. dividir –b. concluir –c. intervir –d. reclamar-e. resolver-f. reduzir-g. argumentar-h. adquirir –
  5. 5. 3. O texto não apresenta caracterização do lugar onde se passa a ação, exceto uma referência no início. Transcreva essa passagem._______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________4. Transcreva o trecho inicial da história que indica tempo.___________________________________________________________________5. Releia o 1º parágrafo e escreva as características de Beremis segundo o narrador._______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________6. Ao tomar conhecimento do conflito entre irmãos, Beremis propôs juntar, aos 35 camelos da herança, o animal em que viajavam. Responda:a. O que o “bagdali” achou da proposta feita por Beremis aos irmãos?_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________b. Que fato levou o “bagdali” a aceitar a nova situação?
  6. 6. _______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________7. Explique o raciocínio de Beremis ao propor uma divisão para a herança dos irmãos.______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________8. Que argumento o “homem que calculava” usou para justificar o camelo que lhe coube?____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________9. Na sua opinião, a partilha foi feita com justiça e equidade como afirma o mais velho dos três irmãos? Por quê?____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________10. O narrador caracteriza Beremis como astuto. Você concorda com ele? Por quê? Caso contrário, como você o caracterizaria? Explique.
  7. 7. _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ ________________________ Faça uma boa prova!1

×