O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Aula 5 jane_jacobs

1.413 visualizações

Publicada em

Aula THAU 1 Unipe nIndianápolis
Profa. Raquel da Costa Nery

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Aula 5 jane_jacobs

  1. 1. Aula 5Jane JacobsA década de 1960 e as revisões críticas sobre ascidades: Jane Jacobs e o resgate da rua a partir das idéias dolivro “Morte e vida nas grandes cidades”.27/03/2013Teoria e História da Arquitetura 1Profa. Raquel da Costa Nery
  2. 2. Aula 5Jane Jacobs. A década de 1960 e asrevisões críticas sobre as cidades: JaneJacobs e o resgate da rua a partir dasidéias do livro “Morte e vida nas grandescidades”.27/03/2013Teoria e História da Arquitetura 1
  3. 3. Levittown, N.Y. Subúrbio em Long Island. Construído em 1948. Via: NYT.
  4. 4. Houses &Homes, anúncioimobiliário(04.02.2012).
  5. 5. Robert Moses.
  6. 6. 1961
  7. 7. Jane Jacobs
  8. 8. Jane JacobsVida e Morte das Grandes CidadesCrítica: planejamento e o desenho urbanos
  9. 9. Jane JacobsVida e Morte das Grandes CidadesDiversidadesocial, cultural, econômicaTipologias, usosVida da cidadeRuas e calçadas-Deve demarcar o espaço público e o privado;-Segurança:olhos para vigiar a rua, ie, janelas e aberturas dosedifícios devem dar para rua e não fachadas cegas;-ruas com atrativos como serviços, bares, restaurantes, ie, vidaurbana;-pequenos comerciantes e proprietários são os melhores agentes desegurança, ie, tem a qualidade de zelar pelo espaço público;
  10. 10. Jane JacobsVida e Morte das Grandes CidadesRuas são espaços de diversidade, os lugaresonde se desenrola a vida comunitária, o lugar doencontro, da expressão pública.
  11. 11. Jane JacobsVida e Morte das Grandes CidadesCrítica aos modelos de urbanismo:“Ebenezer Howard autor da proposta da Cidade Jardim, em 1898: um núcleourbano que não deveria ultrapassar 30.000 habitantes, cercado de um cinturãoverde (essa proposta inspirou os bairros jardins construídos em São Paulo).Le Corbusier, que propôs, nos anos 20, a Ville Radieuse, uma cidade formadapor arranha céus dentro de um parque, tendo o solo livre e a circulação deveículos e pedestres, completamente separada.Daniel Burnham – líder da proposta City Beautiful, apresentada em umaexposição em Chicago, 1893, que previa a localização de edifícios monumentaisem torno de bulevares e parques.”** Maricato, Ermínia. Resenha Vida e Morte das Grandes Cidades. Jane Jacobs.2001.
  12. 12. Jane JacobsVida e Morte das Grandes CidadesContexto atualMovimento ambientalistaLegislação de proteção do meio ambienteGlobalização“cidade como uma construção complexa e valoriza(ção) (da)ação social sobre a realidade.”
  13. 13. Bostons North End,
  14. 14. Implosão do conjunto Pruitt-Igoe http://youtu.be/8CAfACI7LBY http://youtu.be/opqn-w_4DgA
  15. 15. São Paulo
  16. 16. “espaços monumentais, padronizados, vazios, semvida ou sem usuários, enfim verdadeiras “cidadelasda iniquidade”. Trata-se da “anti-cidade” ou da“urbanização inurbana”, fruto de uma pseudo ciênciaque é incapaz de olhar para a cidadereal e aprender as muitas lições que ela podetransmitir a cada instante. Desprezam avitalidade urbana e a interação entre os usos parase fixar em fronteiras formais. Buscamautonomia de bairros “acolhedores” e “voltados parasi mesmos”, à moda das pequenascidades ao invés de valorizar a diversidade e apotencialidade propiciada pela grandemetrópole.”“planejamento e desenho arquitetônico ortodoxosmodernos”Maricato, Erminia

×