CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA – REDES DE APRENDIZAGEM

145 visualizações

Publicada em

CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA – REDES DE APRENDIZAGEM

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
145
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA – REDES DE APRENDIZAGEM

  1. 1. CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA – REDES DE APRENDIZAGEM CURSISTAS: Lucenir de Oliveira Cruz Raimunda Ferreira Pereira Coelho
  2. 2. ““A leitura não é apenas uma atividade em si,A leitura não é apenas uma atividade em si, educativa ou informativa, mas um exercícioeducativa ou informativa, mas um exercício fundamental para o pleno desenvolvimento dasfundamental para o pleno desenvolvimento das capacidades cognitivas individuais”capacidades cognitivas individuais” (SISTO,(SISTO, DOBRÁNSZKY, MONTEIRO, 2001).DOBRÁNSZKY, MONTEIRO, 2001).
  3. 3. A deficiência de leitura e escrita agravada peloA deficiência de leitura e escrita agravada pelo não entendimento do que lêem contribui paranão entendimento do que lêem contribui para a reprovação.a reprovação.
  4. 4. Despertar nos alunos o gosto pela leitura eDespertar nos alunos o gosto pela leitura e consequentemente a compreensão do que lêem.consequentemente a compreensão do que lêem.
  5. 5.  Desenvolver atividades de leitura e interpretaçãoDesenvolver atividades de leitura e interpretação de texto com alunos do 6º ano.de texto com alunos do 6º ano. Produzir textos em formato diversificados: cordel,Produzir textos em formato diversificados: cordel, quadrinhas, poemas, músicas, parlendas,quadrinhas, poemas, músicas, parlendas, paródias, para exposição na escola.paródias, para exposição na escola.  Construir hipertextos.Construir hipertextos.  Seminário para divulgação do produto final.Seminário para divulgação do produto final.
  6. 6.  Atividades diversificadas  produção de textos e hipertextos.  Apresentação do tema para os alunos/alunas.  Formação de pequenos grupos  Escolha dos livros.  Exibição de vídeos.  Produção coletiva de hipertextos.
  7. 7. Serão avaliadas sistematicamente asSerão avaliadas sistematicamente as participações, bem como o empenho e aparticipações, bem como o empenho e a produção coletiva e individual, visando aprodução coletiva e individual, visando a reelaboração e adequação das estratégias parareelaboração e adequação das estratégias para o êxito do projeto.o êxito do projeto.
  8. 8. ALMEIDA, Maria José P.M. e SILVA, Henrique César da. Linguagens, leitura e ensino da ciência – Campinas, SP: Mercado das Letras, 1998. FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler. 17 ed.São Paulo: Cortez, 1987. ______. Pedagogia da autonomia. 6 ed. São Paulo: Paz e Terra, 1997. KLEIMAN, Ângela. Oficina de Leitura: Teoria e Prática, 9 ed., Campinas, SP: Pontes, 2002.
  9. 9. ALMEIDA, Maria José P.M. e SILVA, Henrique César da. Linguagens, leitura e ensino da ciência – Campinas, SP: Mercado das Letras, 1998. FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler. 17 ed.São Paulo: Cortez, 1987. ______. Pedagogia da autonomia. 6 ed. São Paulo: Paz e Terra, 1997. KLEIMAN, Ângela. Oficina de Leitura: Teoria e Prática, 9 ed., Campinas, SP: Pontes, 2002.

×