SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Baixar para ler offline
A Indústria  Trabalho realizado por: Mafalda Oliveira Marta Silva
Índice -  A Indústria  ,[object Object]
Indústria Têxtil
Indústria do Calçado
Indústria do Papel
Indústria de Conservas
Indústria da Cortiça-  Conclusão
A Indústria A industria é uma actividade que transforma as matérias primas em outros produtos necessários à vida das pessoas. Os principais pólos industriais em Portugal situam-se no litoral, nos grandes  centros urbanos: PORTO LISBOA BRAGA AVEIRO LEIRIA COIMBRA SETÚBAL
Principais Indústrias Portuguesas ,[object Object]
Calçado

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

As fragilidades dos sistemas agrários
As fragilidades dos sistemas agráriosAs fragilidades dos sistemas agrários
As fragilidades dos sistemas agráriosIlda Bicacro
 
Agricultura
Agricultura Agricultura
Agricultura anatao
 
3 r agrária alentejo
3   r agrária alentejo3   r agrária alentejo
3 r agrária alentejoPelo Siro
 
As regiões agrárias: Entre Douro e Minho
As regiões agrárias: Entre Douro e MinhoAs regiões agrárias: Entre Douro e Minho
As regiões agrárias: Entre Douro e MinhoSara Guerra
 
Paisagens agrarias 1
Paisagens agrarias 1Paisagens agrarias 1
Paisagens agrarias 1Idalina Leite
 
Paisagens agrarias 2
Paisagens agrarias 2Paisagens agrarias 2
Paisagens agrarias 2Idalina Leite
 
Geografia 2013 3ºe 4º bim (4º ano)
Geografia 2013   3ºe 4º bim (4º ano)Geografia 2013   3ºe 4º bim (4º ano)
Geografia 2013 3ºe 4º bim (4º ano)smece4e5
 
O mundo rural em portugal e seus fatores
O mundo rural em portugal e seus fatoresO mundo rural em portugal e seus fatores
O mundo rural em portugal e seus fatoresCacilda Basto
 
Rraagriculturamodernatradicionalebiolgica 130619133252-phpapp01
Rraagriculturamodernatradicionalebiolgica 130619133252-phpapp01Rraagriculturamodernatradicionalebiolgica 130619133252-phpapp01
Rraagriculturamodernatradicionalebiolgica 130619133252-phpapp01Joel Loureiro
 
Regiões Agrárias 2
Regiões Agrárias 2Regiões Agrárias 2
Regiões Agrárias 2Idalina Leite
 
Região agrária do Ribatejo e Oeste.
Região agrária do Ribatejo e Oeste.Região agrária do Ribatejo e Oeste.
Região agrária do Ribatejo e Oeste.Mariana Costa
 
Fazenda a venda Minas Gerais-Araxá-Tapira,Triângulo Mineiro, 653,4 hect. Pecu...
Fazenda a venda Minas Gerais-Araxá-Tapira,Triângulo Mineiro, 653,4 hect. Pecu...Fazenda a venda Minas Gerais-Araxá-Tapira,Triângulo Mineiro, 653,4 hect. Pecu...
Fazenda a venda Minas Gerais-Araxá-Tapira,Triângulo Mineiro, 653,4 hect. Pecu...Edmo Ferreira
 

Mais procurados (20)

As fragilidades dos sistemas agrários
As fragilidades dos sistemas agráriosAs fragilidades dos sistemas agrários
As fragilidades dos sistemas agrários
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
 
Agricultura
Agricultura Agricultura
Agricultura
 
3 r agrária alentejo
3   r agrária alentejo3   r agrária alentejo
3 r agrária alentejo
 
Atividades económicas
Atividades económicasAtividades económicas
Atividades económicas
 
Setor primário
Setor primárioSetor primário
Setor primário
 
As regiões agrárias: Entre Douro e Minho
As regiões agrárias: Entre Douro e MinhoAs regiões agrárias: Entre Douro e Minho
As regiões agrárias: Entre Douro e Minho
 
Paisagens agrarias 1
Paisagens agrarias 1Paisagens agrarias 1
Paisagens agrarias 1
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
 
Paisagens agrarias 2
Paisagens agrarias 2Paisagens agrarias 2
Paisagens agrarias 2
 
Agricultura 1
Agricultura 1Agricultura 1
Agricultura 1
 
Geografia 2013 3ºe 4º bim (4º ano)
Geografia 2013   3ºe 4º bim (4º ano)Geografia 2013   3ºe 4º bim (4º ano)
Geografia 2013 3ºe 4º bim (4º ano)
 
O mundo rural em portugal e seus fatores
O mundo rural em portugal e seus fatoresO mundo rural em portugal e seus fatores
O mundo rural em portugal e seus fatores
 
Setores da economia
Setores da economiaSetores da economia
Setores da economia
 
A agricultura
A agriculturaA agricultura
A agricultura
 
Características da agricultura portuguesa
Características da agricultura portuguesaCaracterísticas da agricultura portuguesa
Características da agricultura portuguesa
 
Rraagriculturamodernatradicionalebiolgica 130619133252-phpapp01
Rraagriculturamodernatradicionalebiolgica 130619133252-phpapp01Rraagriculturamodernatradicionalebiolgica 130619133252-phpapp01
Rraagriculturamodernatradicionalebiolgica 130619133252-phpapp01
 
Regiões Agrárias 2
Regiões Agrárias 2Regiões Agrárias 2
Regiões Agrárias 2
 
Região agrária do Ribatejo e Oeste.
Região agrária do Ribatejo e Oeste.Região agrária do Ribatejo e Oeste.
Região agrária do Ribatejo e Oeste.
 
Fazenda a venda Minas Gerais-Araxá-Tapira,Triângulo Mineiro, 653,4 hect. Pecu...
Fazenda a venda Minas Gerais-Araxá-Tapira,Triângulo Mineiro, 653,4 hect. Pecu...Fazenda a venda Minas Gerais-Araxá-Tapira,Triângulo Mineiro, 653,4 hect. Pecu...
Fazenda a venda Minas Gerais-Araxá-Tapira,Triângulo Mineiro, 653,4 hect. Pecu...
 

Destaque

A indústria
A indústriaA indústria
A indústriaMayjö .
 
Los secotores economicos
Los secotores economicosLos secotores economicos
Los secotores economicosmatimarin
 
A indústria em portugal no século xix
A indústria em portugal no século xixA indústria em portugal no século xix
A indústria em portugal no século xixAnabela Sobral
 
Apostila processos químicos industriais ii - papel e celulose
Apostila   processos químicos industriais ii - papel e celuloseApostila   processos químicos industriais ii - papel e celulose
Apostila processos químicos industriais ii - papel e celuloseKarina Miranda
 
Apresentação: empresa celulose e papel pappercut
Apresentação:   empresa celulose  e papel pappercutApresentação:   empresa celulose  e papel pappercut
Apresentação: empresa celulose e papel pappercutKarina Miranda
 
Parte 2ª a industria na segunda metade do século xix
Parte 2ª   a industria na segunda metade do século xixParte 2ª   a industria na segunda metade do século xix
Parte 2ª a industria na segunda metade do século xixanabelasilvasobral
 
Os tipos de papel
Os tipos de papelOs tipos de papel
Os tipos de papelRenato Melo
 
Produção do Papel e seus Impactos Ambientais
Produção do Papel e seus Impactos AmbientaisProdução do Papel e seus Impactos Ambientais
Produção do Papel e seus Impactos AmbientaisMarina Godoy
 
Estrutura da população activa
Estrutura da população activaEstrutura da população activa
Estrutura da população activaPedro Tomé
 
Desporto na sociedade
Desporto na sociedadeDesporto na sociedade
Desporto na sociedadeGrupoVerde12B
 
Industrialização Reino unido, frança, itália e alemanha
Industrialização Reino unido, frança, itália e alemanha Industrialização Reino unido, frança, itália e alemanha
Industrialização Reino unido, frança, itália e alemanha Gabriel Santos
 
Amor de Perdição (exceto cap. VI, VII, VIII) de Camilo Castelo Branco
Amor de Perdição (exceto cap. VI, VII, VIII) de Camilo Castelo BrancoAmor de Perdição (exceto cap. VI, VII, VIII) de Camilo Castelo Branco
Amor de Perdição (exceto cap. VI, VII, VIII) de Camilo Castelo BrancoLurdes Augusto
 
Processos de fabricação
Processos de fabricaçãoProcessos de fabricação
Processos de fabricaçãoLuciano Santos
 

Destaque (20)

A indústria
A indústriaA indústria
A indústria
 
Los secotores economicos
Los secotores economicosLos secotores economicos
Los secotores economicos
 
A indústria em portugal no século xix
A indústria em portugal no século xixA indústria em portugal no século xix
A indústria em portugal no século xix
 
Fabricadepapel
FabricadepapelFabricadepapel
Fabricadepapel
 
Apostila processos químicos industriais ii - papel e celulose
Apostila   processos químicos industriais ii - papel e celuloseApostila   processos químicos industriais ii - papel e celulose
Apostila processos químicos industriais ii - papel e celulose
 
Papel e Celulose
Papel e CelulosePapel e Celulose
Papel e Celulose
 
Apresentação: empresa celulose e papel pappercut
Apresentação:   empresa celulose  e papel pappercutApresentação:   empresa celulose  e papel pappercut
Apresentação: empresa celulose e papel pappercut
 
A produção industrial
A produção industrialA produção industrial
A produção industrial
 
Cimento portland aula
Cimento portland aulaCimento portland aula
Cimento portland aula
 
Apresentação Papel
Apresentação PapelApresentação Papel
Apresentação Papel
 
História do papel
História do papelHistória do papel
História do papel
 
Parte 2ª a industria na segunda metade do século xix
Parte 2ª   a industria na segunda metade do século xixParte 2ª   a industria na segunda metade do século xix
Parte 2ª a industria na segunda metade do século xix
 
Os tipos de papel
Os tipos de papelOs tipos de papel
Os tipos de papel
 
Produção do Papel e seus Impactos Ambientais
Produção do Papel e seus Impactos AmbientaisProdução do Papel e seus Impactos Ambientais
Produção do Papel e seus Impactos Ambientais
 
Estrutura da população activa
Estrutura da população activaEstrutura da população activa
Estrutura da população activa
 
Desporto na sociedade
Desporto na sociedadeDesporto na sociedade
Desporto na sociedade
 
Industrialização Reino unido, frança, itália e alemanha
Industrialização Reino unido, frança, itália e alemanha Industrialização Reino unido, frança, itália e alemanha
Industrialização Reino unido, frança, itália e alemanha
 
Amor de Perdição (exceto cap. VI, VII, VIII) de Camilo Castelo Branco
Amor de Perdição (exceto cap. VI, VII, VIII) de Camilo Castelo BrancoAmor de Perdição (exceto cap. VI, VII, VIII) de Camilo Castelo Branco
Amor de Perdição (exceto cap. VI, VII, VIII) de Camilo Castelo Branco
 
Doping
DopingDoping
Doping
 
Processos de fabricação
Processos de fabricaçãoProcessos de fabricação
Processos de fabricação
 

Semelhante a A indústria t.p.c

Semelhante a A indústria t.p.c (20)

Pagina 02 cor
Pagina 02 corPagina 02 cor
Pagina 02 cor
 
201507_DA_Canada_Sheriff
201507_DA_Canada_Sheriff201507_DA_Canada_Sheriff
201507_DA_Canada_Sheriff
 
Resíduos
ResíduosResíduos
Resíduos
 
Setores da economia
Setores da economiaSetores da economia
Setores da economia
 
Port e dest ed 5 (16) ccc
Port e dest ed 5 (16)   cccPort e dest ed 5 (16)   ccc
Port e dest ed 5 (16) ccc
 
Aquecimento global no brasil
Aquecimento global no brasil  Aquecimento global no brasil
Aquecimento global no brasil
 
Revista_emRede05_DGADR, 2014
Revista_emRede05_DGADR, 2014Revista_emRede05_DGADR, 2014
Revista_emRede05_DGADR, 2014
 
Green cork
Green corkGreen cork
Green cork
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
 
Grupo Insular de Molinos de Madeira
Grupo Insular de Molinos de MadeiraGrupo Insular de Molinos de Madeira
Grupo Insular de Molinos de Madeira
 
A cortiça
A cortiçaA cortiça
A cortiça
 
O sector q vale2 autoeuropa
O sector q vale2 autoeuropaO sector q vale2 autoeuropa
O sector q vale2 autoeuropa
 
Indústria do calçado
Indústria do calçadoIndústria do calçado
Indústria do calçado
 
Indústria do calçado
Indústria do calçadoIndústria do calçado
Indústria do calçado
 
Floresta em Portugal Continental
Floresta em Portugal ContinentalFloresta em Portugal Continental
Floresta em Portugal Continental
 
Industria do vidro e do cristal
Industria do vidro e do cristalIndustria do vidro e do cristal
Industria do vidro e do cristal
 
Proposta de Indicação Geográfica - Truta Rosa de Visconde de Mauá
Proposta de Indicação Geográfica - Truta Rosa de Visconde de MauáProposta de Indicação Geográfica - Truta Rosa de Visconde de Mauá
Proposta de Indicação Geográfica - Truta Rosa de Visconde de Mauá
 
El Cambioclimatico En Lap
El Cambioclimatico En LapEl Cambioclimatico En Lap
El Cambioclimatico En Lap
 
Cutelaria
CutelariaCutelaria
Cutelaria
 
Powerpoint 6 ExploraçãO Das Potencialidades Da Biosfera Ii (Animais)
Powerpoint 6   ExploraçãO Das Potencialidades Da Biosfera Ii (Animais)Powerpoint 6   ExploraçãO Das Potencialidades Da Biosfera Ii (Animais)
Powerpoint 6 ExploraçãO Das Potencialidades Da Biosfera Ii (Animais)
 

Mais de Raquel Azevedo (10)

1
11
1
 
2
22
2
 
Sector terciário
Sector terciárioSector terciário
Sector terciário
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
 
Silvicultura
SilviculturaSilvicultura
Silvicultura
 
Agricultura1
Agricultura1Agricultura1
Agricultura1
 
Pecuária (beatriz)
Pecuária (beatriz)Pecuária (beatriz)
Pecuária (beatriz)
 
Pecuária
PecuáriaPecuária
Pecuária
 
Celebração das flores
Celebração das floresCelebração das flores
Celebração das flores
 
Festa da Gratidão
Festa da GratidãoFesta da Gratidão
Festa da Gratidão
 

A indústria t.p.c

  • 1. A Indústria Trabalho realizado por: Mafalda Oliveira Marta Silva
  • 2.
  • 8. A Indústria A industria é uma actividade que transforma as matérias primas em outros produtos necessários à vida das pessoas. Os principais pólos industriais em Portugal situam-se no litoral, nos grandes centros urbanos: PORTO LISBOA BRAGA AVEIRO LEIRIA COIMBRA SETÚBAL
  • 9.
  • 11. Papel
  • 14.
  • 15. Indústria do Calçado É com a pele de certos animais, depois de devidamente tratada, que o homem fabrica sapatos, botas, cintos malas, carteiras, etc. É em S. João da Madeira , Guimarães e Felgueiras que esta indústria está mais desenvolvida.  
  • 16. Indústria do Papel Em Portugal utiliza-se a madeira para fabricar a pastadepapel, através da qual se fabrica o papel. A madeira mais utilizada, devido ao seu baixo preço, é a madeira de Eucalipto. Há grandes fábricas em Vila Velha-de-Rodão (Concelho de Nisa, distrito de Portalegre)
  • 17. Indústria de Conservas Todos sabemos que é necessário manter os alimentos em perfeito estado de conservação. Como alguns alimentos se alteram em pouco tempo e, depois de estragados, tornam-se perigosos para a saúde, o homem teve de inventar processos de conservação de alimentos. Com essa finalidade o homem emprega a fumagem, a salmoura, a congelação, a salga e até a secagem ao ar para preparar as carnes, os peixes, os legumes e as frutas. Portugal tem porém uma maior tradição nas conservas de peixe (sardinhas e atum). As conservas de peixe estão mais desenvolvidas em Matosinhos Lisboa, Setúbal e por todo o Algarve.
  • 18. Indústria da Cortiça Devemos considerar que o sobreiro é uma das árvores que mais contribui para a riqueza nacional. A sua casca, a cortiça, é muito valiosa e é um dos principais produtos da nossa exportação. Com a cortiça fazem-se rolhas, corticite, etc. A indústria corticeira é muito abundante no Sul do País.
  • 19.