Ragnarok- Guia de Cenário

4.987 visualizações

Publicada em

Guia de cenário ragnarok online.

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.987
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
102
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ragnarok- Guia de Cenário

  1. 1. GUIA RAGNAROKLendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  2. 2. SUMÁRIOGênese......................................................................................................................... 9O Surgimento dos Reinos ........................................................................................ 12Um Cenário de RPG .................................................................................................. 15Rune Midgard ............................................................................................................ 16 História................................................................................................................... 16 Cidades .................................................................................................................. 18 Prontera e Izlude ................................................................................................ 18 História ........................................................................................................................... 18 Geografia ....................................................................................................................... 19 Guildas e Organizações .............................................................................................. 20 Catedral de Prontera ................................................................................................ 20 Ordem dos Templários ............................................................................................ 21 Guilda dos Espadachins .......................................................................................... 21 Cavalaria de Prontera .............................................................................................. 21 Abadia de Santa Capitolina .................................................................................... 22 Locais de Interesse ...................................................................................................... 22 Castelo de Prontera ................................................................................................. 22 Avenida Central ........................................................................................................ 23 Os Esgotos ................................................................................................................ 23 Byalan......................................................................................................................... 24 Labirinto da Floresta ................................................................................................ 24 Jawaii .......................................................................................................................... 25 Feudo das Valkírias.................................................................................................. 26 Aeroporto de Izlude .................................................................................................. 26 Arena de Izlude ......................................................................................................... 27 Morroc ................................................................................................................ 27 História ........................................................................................................................... 27 Geografia ....................................................................................................................... 28 Guildas e Organizações .............................................................................................. 29 Guilda dos Gatunos.................................................................................................. 29 Dandelion ................................................................................................................... 29 Guilda dos Mercenários........................................................................................... 30 Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  3. 3. Culto a Morroc........................................................................................................... 30 O Ponto Espiritual..................................................................................................... 31 Locais de Interesse ...................................................................................................... 31 Pirâmides ................................................................................................................... 31 Esfinge ....................................................................................................................... 32 Castelo de Morroc .................................................................................................... 32 Refinaria ..................................................................................................................... 32 O Formigueiro Infernal ............................................................................................. 32 Situação Atual ............................................................................................................... 33 Payon .................................................................................................................. 33 História ........................................................................................................................... 33 Geografia ....................................................................................................................... 34 Guildas e Organizações .............................................................................................. 35 Vila dos Arqueiros .................................................................................................... 35 Escola de Tae Kwon Do .......................................................................................... 36 Locais de Interesse ...................................................................................................... 36 Castelo de Payon ..................................................................................................... 36 Caverna de Payon .................................................................................................... 36 Feudo do Bosque Celestial ..................................................................................... 37 Geffen ................................................................................................................. 37 História ........................................................................................................................... 37 Geografia ....................................................................................................................... 38 Guildas e Organizações .............................................................................................. 40 Escola de Magia ....................................................................................................... 40 Academia de Magia.................................................................................................. 40 Locais de Interesse ...................................................................................................... 40 Geffenia ...................................................................................................................... 40 Glast Heim ................................................................................................................. 41 Os Subterrâneos....................................................................................................... 41 Mina Abandonada .................................................................................................... 41 As Terras Orcs .......................................................................................................... 42 Feudo de Britoniah ................................................................................................... 42 Alberta ................................................................................................................ 42Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  4. 4. História ........................................................................................................................... 42 Geografia ....................................................................................................................... 43 Guildas e Organizações .............................................................................................. 44 Guilda dos Mercadores............................................................................................ 44 Locais de Interesse ...................................................................................................... 45 Cais ............................................................................................................................. 45 Ilha das Tartarugas .................................................................................................. 45 O Navio Naufragado ................................................................................................ 45 Al De Baran ........................................................................................................ 46 História ........................................................................................................................... 46 Geografia ....................................................................................................................... 47 Guildas e Organizações .............................................................................................. 48 Guilda dos Alquimistas ............................................................................................ 48 Corporação Kafra ..................................................................................................... 49 Locais de Interesse ...................................................................................................... 49 Torre do Relógio ....................................................................................................... 49 Monte Mjolnir ............................................................................................................. 50 Lutie, a Cidade do Natal .......................................................................................... 50 A Fábrica de Brinquedos ......................................................................................... 50 Clube das Pessoas Legais...................................................................................... 51 Comodo .............................................................................................................. 51 História ........................................................................................................................... 51 Geografia ....................................................................................................................... 53 Guildas e Organizações .............................................................................................. 54 Guilda dos Arruaceiros ............................................................................................ 54 “Guilda” dos Bardos ................................................................................................. 55 Escola de Dança....................................................................................................... 55 Corporação Kafra do Oeste .................................................................................... 56 Locais de Interesse ...................................................................................................... 56 A Fortaleza de Saint Darmian ................................................................................ 56 As Cavernas .............................................................................................................. 57 A Ilha de Pharos ....................................................................................................... 57República de Schwartzwald ..................................................................................... 58 Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  5. 5. História................................................................................................................... 58Cidades .................................................................................................................. 62 Juno .................................................................................................................... 62 História ........................................................................................................................... 62 Geografia ....................................................................................................................... 63 Guildas e Organizações .............................................................................................. 64 Universidade Federal de Juno................................................................................ 64 Instituto Kiehl Hire .................................................................................................... 65 Locais de Interesse ...................................................................................................... 66 Palácio Presidencial ................................................................................................. 66 Caverna de Magma .................................................................................................. 67 Juperos....................................................................................................................... 67 Aeroporto de Juno .................................................................................................... 67 Feudo de Nithafjol .................................................................................................... 68 Einbroch e Einbech ........................................................................................... 68 História ........................................................................................................................... 68 Geografia ....................................................................................................................... 69 Guildas e Organizações .............................................................................................. 70 Guilda dos Ferreiros................................................................................................. 70 Guilda dos Justiceiros .............................................................................................. 71 Locais de Interesse ...................................................................................................... 71 Estação Ferroviária .................................................................................................. 71 Mina Abandonada de Einbech ............................................................................... 71 Lighthalzen......................................................................................................... 72 História ........................................................................................................................... 72 Geografia ....................................................................................................................... 73 Guildas e Organizações .............................................................................................. 74 Corporação Rekenber.............................................................................................. 74 Guilda dos Alquimistas ............................................................................................ 75 Locais de Interesse ...................................................................................................... 75 A Favela ..................................................................................................................... 75 Laboratório de Somatologia .................................................................................... 76 Hugel .................................................................................................................. 76 História ........................................................................................................................... 76 Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  6. 6. Geografia ....................................................................................................................... 78 Guildas e Organizações .............................................................................................. 78 Guilda dos Caçadores ............................................................................................. 78 Locais de Interesse ...................................................................................................... 79 Templo de Odin ........................................................................................................ 79 Lago do Abismo ........................................................................................................ 80 Torre de Thanatos .................................................................................................... 80Estados de Arunafeltz .............................................................................................. 82 História................................................................................................................... 82 Cidades .................................................................................................................. 83 Rachel ................................................................................................................. 83 História ........................................................................................................................... 83 Geografia ....................................................................................................................... 84 Guildas e Organizações .............................................................................................. 85 O Culto a Freya......................................................................................................... 85 Locais de Interesse ...................................................................................................... 85 Santuário do Templo de Freya ............................................................................... 85 Caverna de Gelo....................................................................................................... 86 Veins ................................................................................................................... 87 História ........................................................................................................................... 87 Geografia ....................................................................................................................... 88 Guildas e Organizações .............................................................................................. 89 Sindicato dos Mineradores...................................................................................... 89 Locais de Interesse ...................................................................................................... 89 Bar de Veins .............................................................................................................. 89 Vulcão de Thor .......................................................................................................... 89 Feudo de Valfreyja ................................................................................................... 90 Base do Vulcão de Thor .......................................................................................... 90 A Ilha Esquecida ....................................................................................................... 91Independentes .......................................................................................................... 93 Amatsu ................................................................................................................... 93 História ............................................................................................................... 93 Geografia ............................................................................................................ 94 Guildas e Organizações .................................................................................... 95 Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  7. 7. Clã dos Ninjas ............................................................................................................... 95 Locais de Interesse ........................................................................................... 96 Lago de Amaterasu ...................................................................................................... 96 Palácio Imperial de Amatsu ........................................................................................ 96 Labirinto de Tatame ..................................................................................................... 96Louyang ................................................................................................................. 97 História ............................................................................................................... 97 Geografia ............................................................................................................ 98 Guildas e Organizações .................................................................................... 99 Wu Lin ............................................................................................................................ 99 Locais de Interesse ........................................................................................... 99 Castelo do Dragão........................................................................................................ 99 Tumba Real ................................................................................................................... 99 Hospital ........................................................................................................................ 100Kunlun.................................................................................................................. 100 História ............................................................................................................. 100 Geografia .......................................................................................................... 101 Guildas e Organizações .................................................................................. 102 Casamenteiras de Kunlun ......................................................................................... 102 Locais de Interesse ......................................................................................... 102 Santuário de Xi Wang Mu ......................................................................................... 102 Arena de Kunlun ......................................................................................................... 103Ayothaya .............................................................................................................. 103 História ............................................................................................................. 103 Geografia .......................................................................................................... 105 Guildas e Organizações .................................................................................. 105 Academia de Muay Thai ............................................................................................ 105 Labirinto do Santuário Ancestral .............................................................................. 106Umbala ................................................................................................................. 106 História ............................................................................................................. 106 Geografia .......................................................................................................... 107 Guildas e Organizações .................................................................................. 108 Os Seringueiros de Umbala ...................................................................................... 108 Locais de Interesse ......................................................................................... 109 Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  8. 8. Bungee Jumping ......................................................................................................... 109 Yggdrasil ...................................................................................................................... 109 Niflheim ........................................................................................................................ 111O Panteão ................................................................................................................ 112 Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  9. 9. Gênese Ao começar a criação, mesmo no centro do espaço abria-se Ginnungagap, o terrível abismo sem fundo e sem luz, circundado por umamassa de vapor. Ao norte estava a Terra de Niflheim - o mundo de água eescuridão que se abria ao redor da eterna fonte de Hvergelmir. Dessa fontenasciam os 12 rios do Elivagar, as doze correntes que corriam até a borda doseu mundo, antes de encontrar-se com o muro de frio que gelava as suaságuas, fazendo-o também cair no abismo central. Com um estrondoensurdecedor, as águas escoavam abismo adentro, para muito longe de suaorigem, onde em alguns pontos a água congelou, formando assim camadassobrepostas de gelo que foram pouco a pouco preenchendo o abismo. Ao sul deste caos estava Muspelheim, o mundo do fogo, cuja custódiaestava encomendada ao gigante Sutr e seus filhos, os gigantes do fogo que láviviam. Este gigante era quem lançava nuvens de centelhas ao brandir a suaespada chamejante, enchendo do seu fogo o céu, mas este fogo quase nãoconseguia fundir o gelo do abismo e o frio venceria de novo, fazendo com quese elevasse uma coluna de vapor que também não podia fugir do abismo, dadoque, ao encontrar-se com o mundo do gelo, condensavam-se as grandescolunas de umidade, enchendo de nuvens o espaço central, impedindo quequalquer caminho fosse encontrado. Deste lugar surgiu o Gigante Ymir, a personificação do oceano gelado edos pedaços de gelo. Enquanto ele dormia, o suor de seu corpo formou oprimeiro de sua prole glacial. Tempos mais tarde, tomado pela fome sua e deseus filhos, criou uma vaca chamada Audhumla, e de seu úbere corriam quatrorios de leite, de onde se alimentavam Ymir e seus filhos. Para se alimentar, avaca lambia as pedras de gelo salgado, e após três dias ela descobriu no geloum homem forte e esbelto chamado Buri. Buri casou-se com uma das filhas de Ymir e teve um filho, Bor, que tevetrês filhos com outra donzela gelada, chamados Odin, Vili e Vé, os primeirosAesires. Logo que os gigantes tornaram-se cientes dos deuses, elescomeçaram uma guerra violenta. Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  10. 10. Ymir e seus filhos avançaram com fúria sobre Bor e sua prole. A guerradurou anos a fio, com sangrentas lutas travadas a cada dia. Morroc, um dosfavoritos de Ymir, engalfinhou-se com Odin numa luta que, por um instante, feztodos pararem para assistir. A luta entre o aesir e o gigante só terminou quandoOdin derrubou Morroc. A guerra seguiu até a morte de Ymir, cujo sangue afogou todos osgigantes de gelo, exceto Bergelmir, do qual teve origem uma nova raça degigantes de gelo. Morroc, um dos únicos sobreviventes, foi arremessado emdireção a Muspelheim, de onde nunca deveria conseguir escapar. Odin e seusirmãos carregaram o corpo de Ymir para fora do Ginnungagap e fizeram aTerra de seu corpo e as rochas de seus ossos. Pedras e cascalho originaram-se dos dentes e ossos esmigalhados do gigante morto, e seu sanguepreencheu o Ginnungagap, dando origem aos lagos e mares. A abóbadaceleste foi formada de seu crânio esfacelado. Dos parasitas do corpo de Ymir,eles criaram os anões, e quatro anões chamados Nordri, Sudri, Ausdri e Wesdrisustentam o crânio de Ymir. Do cabelo de Ymir formou-se a flora, e de seu cérebro originaram- se as nuvens. Brasas de Muspelheim foram colocados no céu, e assim surgiram as estrelas. A Terra era um grande círculo rodeado pelo oceano, e os deuses haviam construído uma grande muralha a partir das pestanas de Ymir, que circundavam este local que eles nomearam Midgard. Uma enorme serpente chamada Jormungand, a Serpente, rodeia toda a extensão do círculo da Terra, devorando qualquer homem quequeira sair de Midgard. Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  11. 11. Após isso, Odin e seus irmãos criaram o lar dos deuses, Aasgard aCidade Dourada. Em seguida Odin criou mais deuses, os Aesires, para povoarAasgard. Um outro grupo de deuses, os Vanires, surgiu exatamente antes ouapós os Aesires. Suas origens são muito misteriosas, mas eles parecempovoar Vanaheim, uma terra próxima de Aasgard. Os Aesires são claramentedeuses da guerra e do destino, enquanto os Vanires aparentam ser deuses defertilidade e prosperidade. Por um longo tempo uma terrível guerra ocorreu entre estas duas raçasdivinas, causada pelo rapto de uma Vanir, Gullveig, que guardava o segredo decriar riquezas, fato este que atiçou a cobiça dos Aesires. Nenhum dos ladosparecia próximo de alcançar a vitória. A paz foi finalmente arranjada quando osdois grupos concordaram em trocar reféns. Os Vanires mandaram Njörd e seusfilhos gêmeos Freyr e Freya para viver com os Aesires, e estes mandaramHoenir, um homem grande que eles disseram ser um de seus melhores líderes,e Mimir, o mais sábio dos Aesires, para viver com os Vanires. Os Vaniresficaram desconfiados de Hoenir, acreditando que ele era menos capaz do queos Aesires disseram e percebendo que suas respostas eram menos autoritáriasquando Mimir não estava presente para aconselhá-lo. Quando elesperceberam que haviam sido trapaceados, os Vanires cortaram a cabeça deMimir e mandaram-na de volta aos Aesires. Aparentemente, os Aesiresconsideraram isto como um preço justo por terem enganado os Vanires, poisos dois lados permaneceram em paz. Com o passar do tempo, as duas raçasforam se integrando e tornaram-se grandes aliadas. Após estabelecerem controle sobre Aasgard, Odin criou o primeirohomem, Askr, de um salgueiro e a primeira mulher, Embla, de um olmo. Odindeu a cada um dos dois um espírito, Hoenir os presenteou com seus cincosentidos e a habilidade de se mover, e Lodur deu a eles vida e sangue. Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  12. 12. O Surgimento dos Reinos Midgard não conheceu paz durante muito tempo após sua criação. Erauma constante batalha entre humanos e monstros. Foi nessa era que surgiramas lendas como a de Fenrir e Tyr, O Anel dos Nibelungos, Thor e Mjolnir entreoutras. Mas uma era a mais importante: A lenda de Jormungand. A grande serpente fustigava os humanos impiedosamente. A cada dia, acada ataque, mais e mais corpos eram queimados nas piras, mais e maisfamílias choravam. Jormungand era invencível, um monstro de imenso poder.Até que se ergueram sete heróis. Liderados por Tristão Gaebolg I em umabatalha com estratégias jamais vistas, os sete conseguiram forçar a serpente asair de Midgard e retornar ao seu lugar de direito. E finalmente uma trégua foifeita entre deuses, humanos e monstros. Onde antes habitava a serpente, criou-se um reino, batizado pelos seteheróis de Rune Midgard. Ao mesmo tempo, no que seria futuramente chamadode Deserto de Sograth, erguia-se uma civilização que venerava outros deusese, nas florestas a Leste, um império que venerava o Sol, a Lua e as estrelas. Eram Epitus e o Império de Payon, respectivamente. Rune Midgard mantinha-se fiel aos deuses e, devido à sua origem guerreira, especializou-se na arte do combate, tornando-se um reino altamente militarizado. Epitus, venerando seus deuses antropomórficos, tornou-se um país altamente religioso, onde seu líder era tido como uma encarnação de seus deuses em Midgard. Por fim, Payon era um reino assolado por monstros, tornando-se um reino guerreiro também, mas tendo como maior Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  13. 13. especialidade à luta desarmada e o uso do arco e flecha. Mas a paz de Midgard acabaria alguns séculos depois. Alguém há muitoesquecido conseguiu retornar, trazendo consigo uma horda de monstrosacumulada em milênios. Era Morroc, filho de Ymir, sedento por vingança contraOdin e suas crias. Foi um massacre impiedoso contra os humanos. Epitus foiatingida diretamente por monstros que vinham a sudoeste, e, mesmo comreforços de Rune Midgard e Payon, foi posta em ruínas em apenas doze dias.Payon agora era a próxima refeição para a fúria de Morroc. Após essaesmagadora vitória, as pessoas não apenas de Payon, mas de Rune Midgardtambém, começaram a fugir. Os habitantes Império de Payon, como estavamencurralados, começaram a apelar para a saída ao mar, preferindo arriscar-sea enfrentar Morroc. Os fugitivos de Rune Midgard rumaram ao norte. Uma partedas caravanas ficou no meio do caminho, passando a habitar o planalto de ElMes, enquanto o resto continuou avançando pelo deserto que foi descoberto aoNorte. O Império de Payon tremia em pânico até que um jovem abriu caminhoentre o exército de Morroc, o desafiando para um combate mano-a-mano. Seunome era Thanatos, um guerreiro cuja origem era desconhecida. Morrocaceitou e ambos lutaram por dez dias e dez noites. A luta partiu o céu e tingiu osolo de vermelho. O embate era tão brutal que até mesmo o calor que havianas areias fugiu para nunca mais voltar. E então Thanatos cravou sua espadano rosto de Morroc, derrotando o gigante e o lacrando novamente emMuspelheim. Após a vitória, Thanatos ordenou que, no lugar do selo, fosse construídoum castelo. Não demorou para que fosse completamente terminado, levandopouco mais de cinco anos.Enquanto isso, uma fortaleza muito maior eraerguida em outro deserto enquanto seus habitantes oravam a Freya e Freyr, osirmãos gêmeos, pela fertilidade da terra e outros lutavam para sobreviver àhostilidade do terreno. Surgiria assim Arunafeltz, servente a Freya e aRepública de Schwartzwald, herdeiros do conhecimento. Seguiram-se poucas guerras após isso e então, tudo cessou. FinalmenteMidgard conheceu uma paz duradoura, onde não havia mais guerras e Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  14. 14. massacres. Apesar disso, essa paz ainda é instável, uma vez que nem todosos antigos guerreiros foram mortos. E alguns ainda querem vingança... Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  15. 15. Um Cenário de RPG Ragnarök Online é um MMORPG (Massively Multiplayer OnlineRoleplaying Game) criado pela Gravity, que, no Brasil, é localizado e distribuídopela Level Up! Ragnarök é baseado no mangá coreano (manhwa) de mesmonome criado por Lee Myoung Jim. A obra mistura mitologia nórdica com umtoque oriental. É um mundo virtual no qual você pode interagir com milhares dejogadores em tempo real. Basta ter um PC conectado à internet e instalar oprograma de Ragnarök. Ao acessar esse mundo, você vai encontrar milharesde personagens que são controlados por outros jogadores. Isso faz com que ojogo seja completamente imprevisível e extremamente dinâmico. Além disso, ele é um jogo de interpretação, onde você pode criar edesenvolver um personagem. O mundo continua existindo mesmo quando vocênão está online. E aí que entra este trabalho. Feito com base em textos obtidos de sites como algumas pesquisas noGoogle sobre Mitologia Nórdica, o International Ragnarök Online (iRO),Phillipines RO (pRO), Brasil RO (bRO), o fansite alemão ROCards, as questsfornecidas pelo jogo, algumas idéias de jogadores (como o autor que escreve)e outros mais, essa é a compilação do material obtido, formando um cenáriocoeso e com histórias bem amarradas, facilitando a interação dos jogadorescom o cenário, aumentando ainda mais a diversão proporcionada. O jogador deve sentir-se livre para usar ou não esse material, uma vezque, apesar da tentativa de fazê-lo o mais próximo do oficial, não o é em suatotalidade. Além do mais, RPG foi feito para se divertir e, se não se divertirusando este cenário, sinta-se livre para usar o seu. Espero que gostem do material que foi levantado e dos pequenoscomplementos feitos.Um abraço a todos e Lets Rök! Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  16. 16. Rune MidgardHistória Após a sangrenta batalha com Jorgmungand, os sete heróis liderados porTristão Gaebolg I, fundaram o Reino de Rune Midgard, liderado por Tristão I.Para que o reino nunca tivesse um líder fraco, todas as sete famílias dos seteheróis teriam direito ao trono, cabendo uma disputa para selecionar quem seriao líder mais forte na sucessão, sendo incomum a sucessão porhereditariedade. Assim, conseguiu-se manter o controle com facilidade pelosséculos vindouros. A derrota para Morroc durante o massacre de Epitus forçou Rune Midgarda reforçar ainda mais suas fileiras, devido ao medo de serem os próximos. Foiaí que surgiu a primeira grande fuga. Apenas os mais corajosos (ou loucos)ficaram por lá, tornando o reino um lugar de heróis, de guerreiros competentes,capazes de valer por cinco homens em média. E assim surgiu a tradição pela guerra. Cada habitante de Rune Midgardera treinado em alguma arte combativa, de espadas à magia. Era raro umhabitante de Rune Midgard que não fosse capaz de torcer o pescoço de umPeco Peco sem muitos problemas. Rune Midgard passou de um reino com umexército para um exército com um reino. E um exército precisa de umafortaleza, uma base. Surgiu assim a grandiosa Glast Heim. Glast Heim era um dos maiores orgulhos arquitetônicos já feito. Umcastelo do tamanho de uma cidade, capaz de abrigar milhares de pessoas, desoldados rasos até o próprio regente. Com um exército imenso, não foi difícilque começasse a se expandir. As estratégias eram precisas, os ataques, fulminantes. Glast Heim abriucaminho por um Império de Payon enfraquecido, atingindo rapidamente umasaída ao mar. Foi criada uma cidade-satélite como um pequeno quartel-general Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  17. 17. para manter as tropas sempre próximas a seu inimigo. A cidade foi batizada deProntera e o porto novo foi chamado de Alberta. Esse porto tornou-se ponto deexploração para saciar a curiosidade dos soldados de Glast Heim, por venturatrazendo novidades. E tudo isso fez com que o Império de Payon, ante agrandeza de seu inimigo, se rendesse e sua capital se tornasse uma dascidades. Não se sabe com precisão quanto tempo se passou e nem o motivo,porém, Rune Midgard, com capital em Glast Heim, entrou em guerra contraaqueles que os ajudaram a se desenvolver quando os homens ainda viviam emcavernas: Os elfos de Geffenia, o império subterrâneo. Cada geração quepassava, o ódio entre as duas raças ficava cada vez maior. Magias cada vezmais destrutivas, forças cada vez mais poderosas se lançavam em combatesque agrediam Midgard mais e mais. E como nas guerras por ódio, osescrúpulos foram perdendo-se. Pactos com entidades de pura maldade edestruição foram sendo firmados em ambos os lados. E isso provocou a ruínade ambos, pois eram entidades de destruição e, como tais, destruíam tudo. Afamília real, acompanhada de muitos súditos, fugiu para a cidade de Prontera,um mero protetorado de Glast Heim, deixando para trás toda a glória de umpovo que perdeu seus limites. Poucos séculos depois, magos e estudiosos resolveram aproximar-se doque restou do antigo império inimigo, sedentos pelo conhecimento sobre magiaque os elfos possuíam. Construíram a cidade de Geffen, nome dado em honraà antiga Geffenia, e começaram os estudos. Enquanto isso, Prontera cresciaem um ritmo tão acelerado que foi necessário criar a cidade-satélite de Izlude.Recentemente a influência de Rune Midgard cresceu tanto que Al De Baran,cidade da República de Schwartzwald, juntou-se ao reino devido à sua grandeparticipação e interesse nos assuntos do reino. Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  18. 18. Cidades Prontera e IzludeHistória Criada originalmente como um quartel general das Forças de Glast Heim,a cidade de Prontera experimentou seu maior crescimento durante o períodopós-guerra contra Geffenia. Em pouco tempo já possuía uma estruturaequivalente a um grande centro urbano. Atualmente, está sob o controle do reiTristan III. Foi sob a tutela deste sábio rei que Prontera teve sua segunda explosãode crescimento. Com manobras econômicas como a liberação da avenidacentral como um mercado livre. Além disso, decretou que os espadachins quese tornariam cavaleiros deveriam ser treinados na cidade. Com isso, conseguiuatrair milhares de pessoas, fazendo com que a cidade ficasse tão populosa quenecessitou de uma cidade satélite. Essa cidade foi batizada de Izlude. Como maneira de atrair habitantes para o novo lugar, Tristan III transferiu a guilda dos Espadachins para lá, reduzindo a densidade populacional e tornando Prontera novamente um lugar agradável para se viver. Um grande problema que vem assolado acidade é a morte de todos os príncipes filhos de Tristan III. Com a ajuda daCatedral e de aventureiros, uma antiga lenda retornou: A Maldição deJormungand. Depois de vencida por Tristão Gaebolg I e os heróis, a serpenteamaldiçoou o líder nos seguintes termos: O primeiro de cada descendente Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  19. 19. morrerá e terá a aparência de escamas pelo corpo, como forma de punição. E,nessa geração, todos os príncipes morreram, aparentemente vítimas damesma maldição. Até o presente momento, tudo indica que foi assassinato. Agora, sem herdeiros, o reino enfrenta uma crise: Sem sucessor, qual dasfamílias irá assumir? Será que haverá uma guerra civil? Há quem defenda ahereditariedade. Além do mais, o fato do Rei Tristan III estar constatementeviajando para Arunafeltz, com quem o Reino acabou de firmar relações nãoestá ajudando em nada nessa crise. Recentemente a crise agravou-se ainda mais com o Rei Tristan III sendoencontrado morto na Ilha Esquecida. O desaparecimento do rei despertou umadisputa entre os príncipes pela sucessão e, com isso, uma antiga conspiraçãode outras famílias mais poderosas que a atual Gaebolg, tão açoitada pelasinúmeras circunstâncias. Há, entre os membros da corte, quem diga que oassassinato dos príncipes foi trama deles, mas esse boato não tem como serconfirmado ainda.Geografia Prontera apresenta-se em uma região de terreno irregular, com váriasescarpas, porém predominando planícies e florestas. Possui uma malha fluvialempobrecida, compensada com uma saída para o oceano e uma para o Mar deGeffen, um dos pontos de fronteira com a cidade da magia. Uma parte doMonte Mjolnir se situa dentro das fronteiras de Prontera, onde faz fronteira aonorte com Al De Baran. Apresenta clima tropical, com clima de temperaturas elevadas devido à vizinhança imediata com o Deserto de Sograth, pertencente à cidade Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  20. 20. de Morroc. Esse clima é mantido assim devido à proximidade com duasgrandes massas de água e com o deserto ao sul, justificando, assim, seu climaameno. Apresenta vegetação latifoliada (lati = largo; árvores de folhas largas),com árvores altas e de folhas largas. Como o inverno não é rigoroso, não háperda das folhas durante essa estação. Apresenta algumas regiões de floresta,mais direcionadas à Abadia de Santa Capitolina. Como capital, a cidade é a sede da monarquia de todo o reino. É aqui amorada do rei Tristan III e sua corte. Ele vem governando Rune Midgard já hámuitos anos e seu reinado tem sido um dos mais pacíficos já registrados nahistória do reino, fazendo com que seja querido e amado pela população.Entretanto, como descendente de Tristão Gaebolg I, sua família herda amaldição de Jormungand: O primogênito sempre morrerá. Para piorar, todos ostrês filhos do rei morreram vítimas dessa maldição e Tristan III está semherdeiros. Se algo acontecer com ele...Guildas e OrganizaçõesCatedral de Prontera Situada próximo ao Castelo de Prontera, a Catedral é a sede de toda areligião de RuneMidgard. É aqui quesão treinados ostodos a maioria dosservos dos deuses:Noviçose Sacerdotes.Possuem umapostura rígida com oensino de religião,sendo famosos por Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  21. 21. criar servos de grande fé nos deuses. Casamentos são realizados nesse localpelo próprio Rei Tristan III. Os Sumo-Sacerdotes são os homens mais santos. Capazes de curar asdoenças mais incapacitantes, os ferimentos mais graves e até de pequenosmilagres. São necessárias muitas horas de oração e uma fé forte para atingiresse nível de pureza.Ordem dos Templários Templários são os guerreiros mais leais ao rei de Rune Midgard e àcatedral. A confiança que adquiriram do rei por sua lealdade é tamanha que foipermitido que se fixassem no Castelo de Prontera, para cumprirem seu deverde proteger a realeza com maior facilidade. São também servos fervorosos dosdeuses, donos de uma fé quase inabalável que os fortalece, conferindo a tãofamosa resistência dos Templários. Além dos Cavaleiros, são os únicostreinados em montaria, especialistas em cavalgar Grand Pecos, e não PecoPecos. Os Paladinos são a força divina em terra. Guerreiros de armadurasimpenetráveis e escudos inquebráveis são exemplo de fé e resistência. Suaperícia com escudo é tão elevada que conseguem, num único arremesso,atingir um mesmo inimigo diversas vezes, aproveitando-se disso para venceruma batalha.Guilda dos Espadachins Localizada anteriormente na capital, a guilda dos Espadachins foi movidapara Izlude numa manobra para desafogar a população de Prontera, já emnúmero elevadíssimo. Lá são ensinadas as artes de combate baseadas naespada, sendo o passo inicial para se integrar a Cavalaria de Prontera comoCavaleiros ou a Catedral de Prontera, como Templários.Cavalaria de Prontera Localizada no outro lado do castelo, a Cavalaria treina os guerreiros quejuram lealdade ao reino, os Cavaleiros. Aqui são ensinados o uso de espadas Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  22. 22. de duas mãos aprimorado, o uso de lanças e técnicas de montaria em PecoPeco, as aves do Deserto de Sograth. Seus membros de Elite, os Lordes, são a força definitiva de ocupação.Com uma resistência balanceada com capacidade ofensiva, são tidos comoguerreiros capazes de, mesmo em condições extremamente adversas,recuperar sua força num frenesi de batalha e vencer.Abadia de Santa Capitolina É aqui, neste lugar construído fora da cidade, onde são treinados osMonges. Aqui, os Noviços aprendem a usar seus punhos e seus espíritos comosuas armas para se tornarem guerreiros divinos. Possuem a mortal técnica doPunho Supremo de Asura, capaz de derrubar os oponentes mais poderosos aocusto de uma imensa quantidade de energia. Por ser relativamente distante dacapital, é um local calmo onde a meditação, tão valorizada por essesguerreiros, pode ser praticada. Os Mestres são aqueles que se tornaram um com o mundo. São capazesde manipular sua própria energia à vontade, capazes de engatar combinaçõesmais mortíferas que os monges. Seu Punho Supremo de Asura atingiu um nívelde poder tamanho que é capaz de derrubar o mais resistente Paladino. E suameditação é tão profunda que mesmo com uma guerra estourando ao seu lado,conseguem concentrar-se para manter sua unidade com o mundo. A abadia sustenta, na verdade, um terrível segredo, mantido apenaspelos monges. Lá está aprisionado o Bafomé primordial, um dos demôniosmais poderosos a andar em nosso mundo, vencido e aprisionado por um heróino lugar onde existe o atual campo de treino dos monges. O motivo delesguardarem esse segredo com tanto esforço ninguém realmente sabe, nemmesmo os recém-formados.Locais de InteresseCastelo de Prontera A grande sede da Capital. Essa impressionante construção adota a formade uma cruz. Devido à proximidade da Catedral e da Cavalaria com o Castelo, Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  23. 23. é comum encontrar membros de ambas circulando por ali, além dos membrosda corte e ocasionalmente o próprio Tristan III. Possui uma masmorrasubterrânea com poucas celas reservadas aos grandes traidores da nação.Avenida Central O centro comercial de Prontera. Mercadores de todas as partes do Reino(e muitos fora dele) convergem aqui para tentar vender sua mercadoria. Emtodos os dias é possível encontrar uma gigantesca variedade de objetos, desimples enfeites até armas mágicas de grande poder. O maior problema é ofato de ser lotada. Andar na avenida central de Prontera é tão difícil que issofaz com que ladrões prefiram aqui para bater a algibeira de pessoasdesavisadas.Os Esgotos Uma das últimas recordações da glória tecnológica de Glast Heim foi suacapacidade em construir uma rede de esgotos de elevada eficiência. EmProntera não foi diferente. Os dejetos de toda a capital são encaminhados aesses locais e tratados, sendo que a água purificada é jogada de volta aooceano ou ao Mar de Geffen. Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  24. 24. Porém toda essa imundície atraiu uma verdadeira infestação deBesouros-Ladrões e Tarous, seres adaptados a viver na sujeira. O maior perigopresente nos esgotos é o Besouro-Ladrão Dourado. Sua carapaça tem semostrado difícil de vencer, então a Cavalaria de Prontera recrutaconstantemente novos aventureiros para tentar ajudar a controlar essa praga.Byalan Também chamada de Ilha da Caveira pela sua forma, Byalan é uma ilhaacessível a partir de Izlude e um lugar curioso e fascinante. Possui umapequena rede de cavernas subterrâneas que terminam em uma grande galeriade águas mágicas. Essas águas permitem que um ser humano respire e mova-se livremente mesmo em grandes profundidades. Toda essa beleza, noentanto, serve como esconderijo para monstros marinhos. O que intriga muitos pesquisadores de Prontera é a presença de umaconstrução atribuída a uma civilização há muito perdida. Entre essas ruínas,vivem os Stroufs e os Tritões, seres adaptados à vida marinha e extremamenteterritorialistas, não tolerando qualquer tipo de intruso e atacandoimediatamente.Labirinto da Floresta Formado por caminhos completamente imprevisíveis, esse Labirinto estáao norte de Prontera, passando por entre as montanhas do Monte Mjolnir. Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  25. 25. Conta uma antiga lenda que um demônio de nome Bafomé e seus filhosameaçavam Prontera constantemente e matando sem a menor piedade. Foientão que um grupo de heróis criou por magia esse labirinto de onde épraticamente impossível sair. É povoado por quase todos os tipos de monstros, além de Bafomé e seusfilhos. Pé-Grandes, Selvagens, Argiopes entre outros habitam aqui, tornandoesse labirinto um local completamente inóspito. Há quem diga que foi umamedida para que a magia nunca fosse quebrada, mas ninguém sabe ao certo. O que poucos sabem é que essa história é apenas uma lenda. O Bafoméoriginal foi selado na Abadia de Santa Capitolina. Nesse lugar místico, naverdade, os estudiosos acreditam imperar um pequeno feitiço lançado por Loki,uma brincadeira mortal para quem ousar se aventurar naquele local sem estarmuito bem preparado.Jawaii A ilha paradisíaca favorita dosnoivos de Rune Midgard! Aqui,neste lugar, o novo casal podedesfrutar agradáveis momentosjuntos, ter maravilhosas vistas dooceano, degustar saborosasbebidas e namorar sobre a Ilha doAmor, a famosa ilha em forma decoração e de areia rósea. Porém, Jawaii não é apenaspara os casados! O bar dossolteiros é para aqueles que ainda sonham em amarrar (ou ser amarrado por)alguém e poder desfrutar de todo o glamour da ilha. Para ter acesso a ela,basta partir de Izlude em rumo a uma das mais cobiçadas viagens de todo oReino! Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  26. 26. Feudo das Valkírias A Guerra do Emperium é um das heranças da origem belicosa de RuneMidgard. Desde o início, são jogos extremamente populares, atraindo gruposde todas as partes do reino para tentarem competir pelo prêmio: A posse deum castelo e de seus incríveis tesouros. Esse torneio é sediado nas cidades deGeffen, Payon, Al de Baran e, como se espera, Prontera. As regras são simples: Um grupo protege o castelo enquanto outrostentam invadi-lo e quebrar seu Emperium. Caso consiga, uma magia teleportatodos que não dividem o mesmo emperium daquele que quebrou e o grupopassa a defender o castelo. Uma outra poderosa magia impede que aspessoas sejam mortas. Na iminência da morte, a pessoa é removida deimediato do local, sendo enviado a algum lugar seguro. Após um tempodeterminado, o possessor do castelo é sagrado vencedor e fica com o casteloque obtém até os próximos jogos. Como parte dos jogos, o donos do castelo podem usar seus fundos paracomprar robôs guerreiros da República de Schwartzwald: os Guardiões.Existente em três tipos, esse tipo de guerreiro nunca se cansa, nunca dorme enão sente dor, sendo, como seu próprio nome, os guardiões ideais emqualquer ocasião. Há também o interesse em treinar guerreiros cada vez mais fortes paraagraciar os deuses com grandes Einherjar, os guerreiros dignos do Valhallamortos em combate, cada vez mais fortes e, além de atrair a sua graça,também prepará-los para o cataclismo que será o Ragnarök. Situado na entrada Norte de Prontera, é uma das arenas mais popularesde toda Midgard. Essa grande arena é constituída de uma grande áreaquadrangular, com cinco castelos, um em cada canto do feudo e um central.Aeroporto de Izlude Devido ao estreitamento de laços com a República de Schwartzwald eArunafeltz, foi construído um Aeroporto em Izlude. Esse foi um presente doPresidente ao Rei como demonstração de boa vontade e interesse nasrelações entre os dois. A cidade de Izlude foi escolhida devido ao seu relativo Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  27. 27. afastamento da agitação de Prontera, permitindo que sua construção afetassepouco a vida dos habitantes.Arena de Izlude A origem guerreira do Reino faz com que algumas pessoas prefiram fazerjogos contra monstros, não contra humanos. Assim surgiu a Arena de Izlude,um grande palco com arquibancadas onde as pessoas podem assistir osgladiadores enfrentarem as mais variadas bestas em combates sucessivos,indo até seu limite. O local é encantado com a mesma magia da Guerra doEmperium, sendo que, quando alguém está para morrer dentro da arena, ételetransportado para um lugar seguro. Os gladiadores acumulam pontos quepodem trocar por prêmios diversos, fazendo com que algumas pessoasvenham aqui apenas para praticar e outras atrás de fama e glória. MorrocHistória Epitus foi a primeira civilização a conseguir viver no deserto. Desenvolveuuma cidade construída para honrar deuses antigos antropomórficos, diferentesdos aesir. Tinham uma cultura avançada em engenharia a ponto de construiruma cidade brilhante, com monumentos que fariam o Monumentos à Amizade,na avenida central de Prontera, parecer criança brincando com barro. Mas issoruiu em 12 dias com a vinda do gigante Morroc. A luta entreThanatos e o monstro sesituou no Deserto deSograth, durou por 10 diase 10 noites, tingiu o céude vermelho e fez choverno deserto. Thanatos seergueu vitorioso desseconfronto, lacrandoMorroc em Muspelheim Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  28. 28. novamente. Como selo, criou um castelo fazendo um ritual que cobrou umpreço terrível. Essa é a versão mais bem aceita pela comunidade científica daRepública de Schwartzwald e pelo Reino. E também explica a lenda de que aLua em Morroc é vermelha, pois é o gigante tentando retornar. A cidade que cresceu em volta do castelo foi criada por Mercadorescorruptos que não pretendiam pagar as taxas para a Coroa. O nome atual dacidade vêm do fato dela ser criada em torno do Lacre de Morroc, o que explicao fato da cidade ter o nome de um monstro como esse. Cresceu com o dinheirodos mercadores que investiam na segurança e no conforto para eles, criandoatualmente uma das cidades mais conhecidas.Geografia Morroc se situa no Deserto de Sograth, que apresenta essencialmente umrelevo plano, com dunas que mudam de lugar de acordo com o vento.Apresenta oásis perto da cidade, formados pela exposição do lençol freáticoque se localiza no subsolo. Ao sul, o Deserto de Sograth termina com acessoao mar, continuando-se, a Oeste, com a praia Kokomo e a borda da FlorestaPapuchica, A Leste com a Floresta de Payon e ao Norte com os Campos deProntera. A vegetação no deserto é composta por xerófitas (juniano arcaico xeros = seco; phitos = planta; planta de ambiente seco). Cactos são o exemplo mais marcante de tais plantas. Nos oásis, crescem palmeiras e uma vegetação do tipo arbustiva. Morroc apresenta clima árido em todas as estações do ano, com baixos índices pluviométricos, sem neve ecom ventos constantes. Por se tratar de uma zona de alta pressão, o ventocorre centrifugamente, em direção a Payon, Prontera e Geffen, amenizando oclima dessas cidades. Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  29. 29. A economia de Morroc atualmente se baseia no refino de metaispreciosos e sua revenda para as outras cidades. Tal fato tornou Morroc umacidade atrativa para os comerciantes, tornando-se parada obrigatória dediversas caravanas comerciais. Portanto, Morroc também vive às custas deserviços e comércios. Para as paradas de guerreiros em busca de metais parasuas armaduras, para albergar Mercadores, Ferreiros e Alquimistas e outrosfins, há diversas tavernas em Morroc. A agricultura se faz inviável dado o clima. Morroc possui um chefe em separado, mas que se submete ao Reino e ocargo de chefia é, pelo que se sabe, hereditário. Sob a tutela desse chefe, háuma armada independente, responsável pela segurança da cidade.Guildas e OrganizaçõesGuilda dos Gatunos Situada numa das Pirâmides anoroeste da cidade, a Guilda dosGatunos recruta especialmenteórfãos da organização Dandelion epessoas que nada têm a perder. Osnovos aprendizes são ensinadosnas artes de furto e da fuga,tornando os Gatunos esguios edifíceis de pegar. Apesar daaparência, a maioria deles não émá, apenas usa os métodosensinados para sobreviver ou, emalguns casos, proteger alguém.Dandelion Organização filantrópica queauxilia os cidadãos de Morroc com sua creche, seus cuidados com a estrutura Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  30. 30. da cidade e outros feitos. Foi criada há poucos anos devido ao relativoabandono da cidade por parte do governo. Apesar da índole benevolente daorganização, uma sombra caiu sobre ela, fazendo com que muitos cidadãosficassem profundamente insatisfeitos. Seu nome é Ryan Moore, um cultista aMorroc capaz de tudo para trazer seu senhor de volta. Até mesmo de sacrificaras crianças da creche de Dandelion, fato que é mantido a sete chaves pelogoverno. Se essa informação vazar, seria o fim da organização.Guilda dos Mercenários Em uma ilha quase encostada no continente, protegida por umatempestade de areia e localizada num templo está a Guilda dos Mercenários.Guerreiros que agem nas sombras, praticamente invisíveis e com um grandepotencial combativo, eles partilham de uma ideologia de neutralidade. Suasações visam manter um equilíbrio binário de forças como Bem e Mal, Ordem eCaos, Luz e Sombra. Para eles, os deuses e as relações humanas apenasinteressam se isso afetar de alguma forma o equilíbrio que tanto pregam.Possuem uma hierarquia rígida, na qual o membro deve fazer por merecer oposto de comando. Com o constante recrutamento do Rei Tristan III, os Mercenários viramuma oportunidade de limparem seu passado sombrio enviando diversos deseus membros para servir as ordens do Rei. Recentemente, têm pedido ajudaa todas as outras guildas por conta dos problemas com o Culto a Morroc. Seus membros de Elite, os Algozes, são famosos por "não existirem". Diza população que você só vê um Algoz de duas formas: Se ele quiser ou semagia for usada. São capazes de técnicas extremamente destrutivas, como oImpacto Meteoro e o Destruidor de Almas, um ataque que mistura magia eforça numa mortífera combinação.Culto a Morroc Com o recente desaparecimento de crianças, foi-se descoberta umaameaça que há tempos era combatida pela Guilda dos Mercenários: O Culto aMorroc. Esse culto tem por objetivo trazer novamente Morroc de volta para Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  31. 31. Midgard para que ele torne o mundo digno dos mais fortes. O maior problemano combate a esse culto é o fato de que eles não possuem rosto, forma oulugar, isto é, não se sabe quem é, se são realmente humanos e onde sereúnem. Numa medida extrema, os Mercenários pediram a cada guilda de Midgarda indicação de integrantes para ajudar na proteção de Ryan Moore e nainvestigação das crianças. As investigações apontaram Moore como umcultista e que ele usava as crianças como sacrifício para a volta de seu senhor.Após ser impedido, desapareceu. Os Mercenários ainda estão no encalço delenão apenas pela obrigação moral, mas também por vingança pela humilhação.O Ponto Espiritual Situado ironicamente num bar ao Norte de Morroc, O local é liderado poruma criança que é tida como aquela que é capaz de lidar com os espíritos deuma maneira tão complexa que é capaz de despertar essa capacidade emoutras pessoas. É constantemente procurada por lutadores de Tae Kwon Doque querem focalizar em treinar seus espíritos ao invés de seus corpos sereúnem devido a uma estranha e inexplicável ligação espiritual no local.Locais de InteressePirâmides Construídas nas dinastias faraônicas, as pirâmides são túmulos deantigos faraós e seus servos, escravos e alguns familiares. São locaislabirínticos com armadilhas e criaturas invocadas para a proteção de seussenhores, como Minorous, Mímicos e etc. As pessoas eram mumificadas paraque retornassem um dia, obtendo a benção de seus deuses. E a crença dealguns foi tão forte que seus corpos ainda vagam pelo lugar, completamenteenfaixados. Dizem que, recentemente, Osíris e Amon Rá, dois de seus antigosdeuses, retornaram, porém a maioria acredita serem apenas um monstro e umlouco poderosos. Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  32. 32. Esfinge Monumento erguido como túmulo do maior faraó que já existiu, segueuma estrutura de cinco andares labirínticos semelhante às pirâmides. Cadapiso é guardado por seus escravos e seus guerreiros, os famosos Pasanas,sendo difícil um aventureiro novato chegar longe. A Esfinge passou a atrairaventureiros desde que, com a descoberta do caminho para Niflheim, esseFaraó retornou sem seu nome, exigindo o trono da cidade (e entrando emconflito com Amon Rá por causa disso).Castelo de Morroc Criado há mais de um milênio por ordem de Thanatos, o Castelo deMorroc se situa-se no coração da cidade. Ele era o lacre que prendia Morroc aMuspelheim e, quando foi violado, Morroc retornou a esse mundo. Possuíauma estrutura em T, com dois andares em cada uma das extremidades e um“U” subterrâneo, onde se situa a Prisão e o Depósito.Refinaria Centro da economia de Morroc, este é o local que os aventureirosprocuram para refinar Minérios de Oridecon, de Elunium, seus equipamentos,tornando-os mais afiados ou mais resistentes e consertar os danificados.Exportam Elunium e Oridecon para outras cidades, como Payonprincipalmente.O Formigueiro Infernal O maior formigueiro de toda Midgard, habitado por Andrés, Pierres,Deniros, Vitatas e pelo Rei e Rainha de nome Maya. Representa um problemadevido à sua expansão recente e seu hábito de coletar tudo para alimentar sua"agricultura" fúngica. Antigamente, o formigueiro era dominado pelo Freeoni,mas a Rainha Maya se ergueu e expulsou-o do local. Recentemente têm sidorelatados desaparecimentos perto desse formigueiro. As formigas seguem uma estrutura semelhante à do Reino, porémapenas uma das filhas da Rainha Maya herdará o cargo da mãe, sendo que as Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  33. 33. outras filhas serão mortas e devoradas e os filhos se tornarão Rei Maya,zangões reais, seguindo a mesma estrutura da sucessão da Rainha. Sua estrutura é feita com barro, saliva e possui uma agricultura rica emfungos, alimento principal dos seres que habitam. Vitatas produzem o alimentopara as filhas e filhos da Rainha Maya até que elas/eles possam digladiar-se.Situação Atual Morroc atualmente está apenas em ruínas. A volta do gigante Morrocencharcou o deserto com sangue de inúmeras pessoas. Diversos monstrosmudaram de lugar ao fugir ou serem arremessados pela explosão que trouxe ogigante de volta. O pesadelo de Midgard recomeçou e, para conter tudo, astrês nações de Schwartzwald, Arunafeltz e Rune Midgard criaram uma armadachamada Guarda Continental, uma liga das três nações para impedir queMorroc avance. Próximo à explosão, devido à intensa energia liberada, foi criado umportal dimensional, uma instabilidade entre dois mundos irrigados porYggdrassil. Não se sabe o que há lá ainda e o fato do filho de Ymir, Morroc,rondar o local às vezes, não anima ninguém a se aventurar. PayonHistória A origem do Império de Payon se perde no tempo. O antigo Império daFloresta surgiu em um local estratégico: Alto e com um único acesso, além deextensas muralhas, protegendo a cidade dos monstros e de outros inimigos.Devido à escassez de metais, aprenderam a usar o próprio corpo e a madeiracomo armas, criando assim a arte marcial Tae Kwon Do e o uso de arco eflecha. Porém, isso se mostrou inútil ante o avanço inexorável de Morroc nadireção da cidade. Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  34. 34. Assim começou a ruína do Império. Como o segundo alvo de Morroc, Payon sofreu baixas numerosas, além da destruição promovida. Isso apenas parou quando a luta entre Thanatos e Morroc aconteceu, estendendo o deserto ainda mais, fazendo com que parte da glória vivida se transformasse emareia. Aliado a isso, a maciça fuga de pessoas para o oceano impediu a totalrecuperação da cidade. Glast Heim agarrou essa chance com toda a força. Após uma série de batalhas, Payon perdeu sua única saída portuária erendeu-se. Diferente da saída portuária, a cultura de Payon foi preservada porGlast Heim, permitindo aos habitantes manterem seu estilo de vida no pré-guerra. Isso melhorou a relação entre dominador e dominados, criando um laçode amizade forte que atualmente se faz com Prontera.Geografia Payon possui um terrenocompletamente irregular, com diversosdesníveis e planaltos, facilitando em muito ouso de técnicas de combate à distância. Aprópria cidade situa-se além de um pequenodesfiladeiro com um rio central, tento apenasuma ponte como comunicação efetiva com omundo exterior. É situada numa península,cercada pelo oceano em quase toda suavolta, limitada apenas pelo Deserto deSograth a Oeste e pela cidade de Alberta a sudeste. Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  35. 35. Devido á sua vizinhança com o deserto, possui um clima quente, porém adensa vegetação torna o calor do local mais ameno, apesar de bastante úmido.Chuvas são uma constante em Payon, sendo que seu índice pluviométrico é omais elevado de toda a Midgard atualmente conhecida, permitindo que árvoresimensas. Toda essa riqueza em termos de vida fez com que diversos tipos deanimais viessem habitar o local. A economia é fundamentada na agricultura, uma vez que o local tem solorico em nutrientes, exportando para quase toda Rune Midgard seus produtosalimentícios, tidos como da melhor qualidade. Também exporta arcos feitos dasmelhores madeiras, leves e resistentes, além de bem precisos, tornando umponto perfeito para todos os usuários trocarem suas experiências e até mesmofazerem pequenas disputas entre si, como, por exemplo, quem acerta a maçãna árvore. Possui um chefe com poderes sobre a cidade, porém submetido àsordens da coroa real. Atualmente, o cargo de liderança é exercido pela famíliaIrine, famosos combatentes que respeitam seus senhores: As Estrelas, o Sol ea Lua, trazendo para Payon a sua benção tão quista.Guildas e OrganizaçõesVila dos Arqueiros Ao norte de Payon, além das muralhas da cidade, fica um pequenovilarejo onde os arqueiros são treinados. Priorizam acima de tudo a destreza dousuário, que deve provar ter a capacidade de conseguir manejar um arco apósum treino cansativo enfrentando monstros ágeis para melhorar a rapidez dasmãos. Com os contratos feitos pelo Rei Tristan III, não era por menos que osarqueiros se candidatassem a formar a artilharia do reino, fato apreciado portodos aqueles que lutam corpo-a-corpo sabendo que possuem alguémguardando suas costas. Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  36. 36. Escola de Tae Kwon Do Devido à escassez de riquezas minerais, os habitantes do Império dePayon desenvolveram uma arte marcial que prioriza o uso de chutes,caneladas e joelhadas. A essa arte foi chamada de Tae Kwon Do. Mesmo apósa dominação de Payon por Glast Heim e a chegada de armas metálicas até acidade, a cultura dessa arte marcial não foi esquecida, sendo ensinada em umDojo específico. Aqueles que demonstrarem grandes capacidades recebemtreinos mais profundos, aperfeiçoando mente e corpo para tornarem-seMestres de Tae Kwon Do.Locais de InteresseCastelo de Payon Ao norte da cidade está o castelo onde a família Irine reside atualmente.É feito da melhor madeira e das melhores pedras encontradas na Floresta dePayon, sendo mais resistente que muitas casas feitas de pedras. Para entrarno local, qualquer pessoa deve obrigatoriamente desprovir-se de qualquercoisa que denote agressividade, uma vez que violência não é algo toleráveldentro desse lugar.Caverna de Payon Situada na Vila dos Arqueiros, essa caverna era, antigamente, usadacomo cemitério para todos aqueles que morriam. Com o passar dos anos,notou-se que os cadáveres levantavam-se e, incapazes de descansar,voltavam a vagar como mortos sem mentes. A conclusão foi que o local eramaldito e, confirmado com relatos da guarda que alega ter encontrado algunsdemônios, o local foi selado com magia, impedindo que qualquer monstro saia.Entretanto, a sombra de uma possível violação desse lacre ainda atormenta oshabitantes da pequena vila. Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  37. 37. Feudo do Bosque Celestial Payon, fascinada com a cultura beligerante de Rune Midgard, tambémaderiu à Guerra do Emperium. Construiu castelos numa área da floresta emdiversos pontos. Somando isso à geografia irregular do local tem-se castelosmais fáceis e mais difíceis de defender, chamando a atenção dos maisvariados grupos que adorariam encarar o desafio de controlar um castelo difícilou sedentos por um castelo mais fácil. GeffenHistória Geffen é fruto do ódio e da curiosidade. Sua história começa comGeffenia, a colônia dos elfos de Alfheim, um dos nove mundos sustentadospela árvore da vida, Yggdrasil. Essa colônia não tem um começo preciso, massabe-se que eles já existiam quando os seres humanos ainda aprendiam aviver em sociedade. Essa relação de amizade, no entanto, não durou parasempre. Até hoje não há um consenso sobre o que teria originado o ódio extremoentre Geffenia e Glast Heim e nem quando começou, mas o fato é que eleexistiu. E trouxe pesadasconseqüênciaspara ambos os lados: umaguerra que marcaria RuneMidgard para sempre. As estratégiasfulminantes de Glast Heimnão foram suficientes parafazer o povo élfico serender. As retaliaçõesvieram na mesmaproporção. E cada vezmais o ódio ia se Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  38. 38. acirrando. A tecnologia de Glast Heim evoluía mais e mais, pois a tecnologia émais rápida, embora menos poderosa que a magia. Armas mais eficientes,capazes de matar elfos mais rapidamente. Melhorias na cidade, pois oscidadãos deveriam ser saudáveis para poderem ser soldados melhores. Eassim a guerra continuou por séculos. Até que, levados pelo ódio, ambos oslados cometeram seu maior erro. Magias proibidas foram lançadas sobre cada lado. Demônios eramconjurados, pactos, firmados, tudo apenas para que Glast Heim ou Geffeniafossem destruídas. Maldições mutilantes, limitantes, incapacitantes eramusadas. Mortos eram revividos para lutar novamente. Até que toda essacorrupção chegou a nível tão extremo que, em ambos locais, a barreira entre omundo das trevas e Midgard tornou-se tênue. E os demônios começaram amassacrar humanos e elfos. A nobreza de Rune Midgard, trazendo consigo os súditos sobreviventes,mudou-se para Prontera. Todo o conhecimento acumulado em séculos teve deser completamente abandonado. Geffenia e Glast Heim tornaram-sepermanentemente inabitáveis. E mesmo isso não foi capaz de limitar a maiorbênção dada ao ser humano: sua curiosidade. As magias de Geffenia eram impressionantes. Feitos indescritíveis compalavras eram capazes, e esse conhecimento era registrado. E como os elfosviviam no subterrâneo, os magos criaram uma torre em cima de onde estaria acapital élfica e começaram a estudar a exaustão os conhecimentos queconseguiam devido a excursões de aventureiros financiadas pela própriaacademia. E os demônios notaram a presença de novas vítimas acima deles. Novas batalhas contra demônios foram travadas até que um selo mágicofoi feito, trancando os monstros de Geffenia lá e os que estavam no meio doselo ficariam presos entre as duas barreiras feitas. E assim a cidade pôde sedesenvolver em torno da academia.Geografia Ao contrário das outras cidades de Rune Midgard, a cidade está situadanuma ilha no meio do Mar de Geffen. A ilha tem geografia ligeiramentecôncava, ou seja, com as beiradas mais altas que o centro. Fora da ilha, Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  39. 39. apresenta um relevo relativamente plano, entrecortado por algumasmontanhas, tornando o local bastante acidentado. Seu terreno é apenasmontanhoso na região do Monte Mjolnir pertencente a Geffen. Possui a malhahídrica mais rica de todas as cidades, com rios convergindo da região Leste edivergindo para a região Oeste. Devido ao relativo afastamento com o Deserto de Sograth, Geffen apresenta um clima temperado, com estações do ano bem definidas: verões quentes, invernos frios e primavera e outono de temperaturas amenas, tendendo para a estação que precede. Sua proximidade com águas impede grandes variações de temperatura durante o dia, além de proporcionar um índice pluviométricoum pouco alto. Sua economia é baseada na Academia de Magia, onde os Magos quemelhor se preparam podem assumir o posto de Bruxos. Serviços comoestalagem, restaurantes e outros são parte da economia. O maior evento, otorneio de magia, feito a cada três anos, traz uma explosão econômica àcidade, embora boa parte da receita seja usada para fins de manutenção. O diretor da Academia de Magia é, também, o líder da cidade. Graças aisso, a cidade apresenta um sistema de nomeação de líderes, sendo que asucessão hereditária não seja usada. O diretor é, também, vinculado à coroa.Atualmente, a linha de sucessão está apontando para Zanzibar Hellmod, umdos professores mais bem conceituados da Academia. Há quem diga que elequer algo mais, porém a aprovação popular têm falado mais alto ultimamente. Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  40. 40. Guildas e OrganizaçõesEscola de Magia O ensino de magia em Geffen segue uma rígida hierarquia. Primeiro, oaluno deve graduar-se na Escola de Magia como Mago e estudarintensamente. É aqui, nesse ambiente, onde um Aprendiz pode aprender ausar a energia arcana do ambiente a seu favor, tornando-se capaz de lançarfogo sobre seus inimigos, congelá-los e outras magias. Devido a um passadode combates, a maioria das magias da escola são ofensivas.Academia de Magia Após adquirir conhecimento pelos treino e pelos estudos, um Mago podematricular-se na Academia. Aqui, seu aprendizado será elevado a níveis maisaltos, tornando o Bruxo capaz de usar a energia arcana bruta com facilidade,criando nevascas sobre seus oponentes, convocando a ira de deuses entreoutras coisas. Dizem que foi aqui que a magia Trovão de Júpiter, cuja lenda dizque foi criada em Juperos, foi realmente dominada. Os Arquimagos são os Bruxos que conseguiram desenvolver seu podermágico além dos limites. Capazes de lançar verdadeiras catástrofes sobre seusinimigos são terríveis oponentes. Entretanto, tanta habilidade com magiaconsome a resistência física de seu usuário, tornando-o menos resistente aosataques físicos. Mesmo assim, são temíveis e devem ser respeitados.Locais de InteresseGeffenia A antiga capital dos elfos ainda existe abaixo de Geffen, porém não maiscomo a utopia perfeita. Durante a guerra com Glast Heim, foi criado um portalpor onde apenas os portadores de um determinado tesouro eram capazes deentrar, tornando impossível que humanos comuns entrassem sem permissão.Nem isso foi capaz de parar as magias proibidas utilizada pelos magos dacapital humana ou pelos próprios elfos. Hoje, nada da cidade restou devido aovandalismo dos demônios, que tornaram o lugar seu lar. Contudo, a fama dos Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  41. 41. tesouros élficos ainda faz com que aventureiros que fossem capazes deencontrar a chave para Geffenia migre para lá, tentando recuperá-los porganância ou curiosidade.Glast Heim Outrora o orgulho da humanidade, Glast Heim hoje existe como umlembrete sobre o que acontece com aqueles que perdem os escrúpulos. Acidade é apenas uma mórbida paródia do esplendor que era antigamente.Pode-se encontrar toda sorte de maldade aqui, de demônios sádicos etorturadores a almas atormentadas, condenadas às próprias armaduras. O usoconstante de magias das trevas tornou a barreira entre esses dois mundos tãotênue que até mesmo monstros como o Senhor das Trevas, conseguem atingiro local sem muitos problemas. Devido a essa ameaça tão próxima, a Catedralde Prontera constantemente envia seus guerreiros sagrados para combater asameaças em Glast Heim. Por conta disso, é difícil encontrar um Sacerdote ouum Templário que jamais tenha visto os horrores da ganância humana.Os Subterrâneos Anos depois da fundação da Academia de Magia, os demônios deGeffenia notaram os humanos acima deles. Devido ao seu desprezo extremo,os demônios menores foram enviados para expulsar os humanos de seu novolar. Pesadelos, Jakk’s entre outros monstros menores foram prontamenteenviados constantemente para atacar a cidade. Isso até que os professoresseniores da Academia decidiram por um fim nisso. Fizeram um selo de duasbarreiras que impedia a entrada e saída de qualquer demônio, restando aosque permaneceram no meio do selo o destino de estarem presos até o dia emque o selo for quebrado.Mina Abandonada Situada na porção pertinente a Geffen do Monte Mjolnir, a antiga mina eraa fonte do carvão destinado às máquinas de guerra de Glast Heim durante aguerra com os elfos. Há uma divergência entre pesquisadores se houve um Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  42. 42. desabamento ou se foi uma manobra estratégica élfica, mas os trabalhadoresda mina ficaram presos para sempre, voltando mais tarde como mortos-vivoscom uma única lembrança: seu trabalho jamais deve ser interrompido...As Terras Orcs Situadas nas margens Sul do Mar de Geffen, essas são terras de umaraça guerreira que valoriza a batalha acima de suas próprias vidas: os Orcs.Suas terras fazem fronteira com Prontera à oeste, onde costumeiramentecostumam combater qualquer invasor humano. Ao Sul, está as terras dosGoblins e ao Norte a dos Kobolds, submissos aos Orcs depois de um pequenocombate numa floresta nos arredores de Prontera. Aqui também está oCalabouço dos Orcs, onde os Orcs são presos até a morte. Dizem que tantavontade de lutar ainda faz seus corpos voltarem à vida, isso quando nãosofrem mutações devido à imundície extrema do lugar, criando os chamadosZenorcs. Seu líder costuma andar com sua guarda de Orcs Arqueiros por suasterras, enfrentando ele mesmo os humanos que invadem seus domínios.Feudo de Britoniah Outrora um posto para a proteção de Glast Heim contra os Orcs, hoje oscastelos do Feudo de Britoniah são usados como arena para a guerra doEmperium. Seus castelos são de difícil defesa, uma vez que alguns delesapresentam mais de uma entrada, forçando o defensor a dividir-se e enfrentaros invasores apenas com parte de sua força. AlbertaHistória A sede por poder da capital Glast Heim não conhecia limites. Tampoucosua falta de justiça. Poucas décadas após o grande massacre promovido porMorroc e seus asseclas, o enfraquecido Império de Payon foi brutalmenteatacado por aquele que menos havia sido atingido pelos ataques: Rune Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  43. 43. Midgard. O Império resistiu com força ante o avanço para sua capital, até queos estrategistas decidiram apelar: Atacaram a fonte de comida de Payon. O porto do Império foi tomado em poucos meses. Parte da elite doexército passou a atacar a capital, enquanto as outras tropas avançaram sem amenor piedade sobre a vila portuária. Os habitantes do vilarejo lutaram esperando por um reforço que estava impedido de chegar. E então a comida começou a faltar em Payon. Após a rendição, uma pequena cidade portuária começou a se desenvolver sob a tutela de Glast Heim, provando ao mundo que não era mais o Império que mandava lá. A cidade foi construída com pedrastrazidas do reino, e então, o cais foi feito. Agora Rune Midgard tinha mais umafonte de alimentação para suprir suas necessidades. Então veio a curiosidade. O que haveria no além mar? Que surpresasestariam esperando para serem conquistadas? Glast Heim começou a investirpesadamente no porto, financiando navegações que traziam poucasnovidades. Logo se chegou à conclusão de que nada havia. Até o reinado deTristan III de Prontera. Confiante, ele investiu novamente em navegações feitasnas proximidades. Logo descobriram a existência de civilizações humanascomo Amatsu, Kunlun, além de lugares fascinantes como a Ilha dasTartarugas.Geografia Pouco se pode falar de Alberta. Sua área de influência acaba em seusmuros, fazendo fronteira unicamente com Payon e o oceano. Possui um relevo Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  44. 44. em escada, sendo a parte mais alta da cidadena entrada e seu porto na parte mais baixa.Não há nenhum rio passando pela pequenacidade. O clima de Alberta é o mesmo de Payon,sendo ligeiramente mais fresco devido àsbrisas vindas do oceano. Devido à sua baixacontinentalidade, praticamente não há estações do ano, sendo que seu invernoé apenas um pouco mais frio que o verão. Chuvas acontecem com menorfreqüência devido ao desmatamento promovido para a construção, então atranspiração das árvores é menos abundante. Sua economia é centrada unicamente no comércio. Como grande centrode comunicação com os reinos insulares, Alberta possui um mercado único,perdendo em qualidade apenas para a Avenida Central de Prontera. Suahabilidade em mercado tornou esse o ponto da Guilda dos Mercadores, osgrandes vendedores de Rune Midgard. Seu governo é exercido por um prefeito nomeado pela coroa. Sua funçãoé representar o poder real na cidade, cabendo a ele alguns privilégiosdelegados pelo Rei Tristan III, como autonomia de mercado e alteraçõesestruturais benéficas para a cidade.Guildas e OrganizaçõesGuilda dos Mercadores O centro econômico de toda Alberta. Devido à grande habilidade embarganhar e “vender areia a um habitante de Morroc” de seus vendedores, aGuilda dos Mercadores não poderia estar em lugar mais adequado. Apesar dapouca tradição combativa de Alberta, não se pode esquecer da origemguerreira de toda Rune Midgard, fazendo com que até mesmo os mercadoressaibam alguma técnica de luta, geralmente com o machado ou a maça. Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius
  45. 45. Locais de InteresseCais O ponto mais agitado de Alberta, também centro da maior força naval detoda Midgard, superando inclusive a de Izlude. Os navios daqui são famosospela sua grande resistência e durabilidade, sendo os mais indicados paraviagens longas e curtas, o suficiente para chegar em cidades como Louyang eAyothaya. Devido aos antigos investimentos de Glast Heim, a cidade contacom modernidades como guindastes, acelerando a carga e descarga dosnavios e agilizando o comércio entre essa cidade e os reinos insulares.Ilha das Tartarugas Um lugar completamente misterioso. Foi descoberto há anos por umaexpedição exploradora e visitada por um grande capitão. Dizem que essehomem era de grande poder combativo e que, não se sabe como, nenhum deseus tripulantes conseguiu retornar. Isso, além da grande quantidade detartarugas de habitam o local, fez com que os pesquisadores imaginassem quehouvesse uma maldição nas ruínas subterrâneas da ilha: Aquele quepermanecer lá muito tempo passará a habitar a ilha como uma tartaruga. E osurgimento de um General Tartaruga, tão forte quanto diziam ser o capitão daprimeira expedição para a ilha, apenas reforça esse fato.O Navio Naufragado O flagelo dos mares,comandado pelo maior dospiratas, Capitão Drake, fezsua última viagem contra aarmada de Alberta. Foi umabatalha naval como nuncahavia sido vista,culminando com o dueloentre Drake e seu Lendas de Midgard: http://lendasdemidgard.blogspot.com.br/| Raphael Vinicius

×