O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Transporte Público - PVH

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Transporte Público - PVH

  1. 1. A8 CAPITAL PORTO VELHO. Terça-feira, 4 DE SETEMBRO DE 2012 PORTO VELHO. Terça-feira, 4 DE SETEMBRO DE 2012 CAPITAL A9 RONI CARVALHO TRANSPORTE URBANO. Pesquisa revela descontentamento com o serviço dos ônibus na Capital. MP diz que há monopólio no setor e que o Judiciário tem sido insensível a essa realidade urgentes FALTA DE JOTA GOMES SERVIÇO REQUER MUDANÇAS PESQUISA. INFORMAÇÕES Quantidade de IMPEDEM coletivos disponível por região BENEFÍCIOS 68% acha que há poucos A falta de avisos não se veículos limita ao número para re- clamações da Semtran. De 32% acha razoável ou acordo com a Promotora suficiente de Justiça, Daniela Nico- lai, também deveriam es- Lotação tar afixados nos veículos as RAPHAEL VAZ guntou, inoportunamente, uma protege a face e os olhos miú- as opiniões da amiga. “Sou se- dos coletivos normas de como funciona raphael@diariodaamazonia.com.br das mulheres. “Não sei! Eu mal dos de Francisco Vaz da Silva, cretária num lugar em que pre- o serviço de integração do @DiarioAmazonia consigo enxergar o ônibus nessa um senhor de traços graves e ciso manter uma boa aparência. 58% consideram os coletivos transporte urbano através distância, quanto mais as ‘letri- pele enrugada, como que curti- Aí saio arrumada de casa pra sempre lotados nos horários do cartão Leva Eu. “O con- Era mais uma tarde ensolara- nhas’”, ironizou com afeto a co- da pelo sol. Com 83 anos e apo- sujar a roupa nesses bancos em que utilizam sórcio afirma que quem usa da na Capital. Por volta das 14h, lega. “Bom. Vamos ver quem dá sentado, ele aguardava sentado, imundos”. Ela também lamen- o serviço sabe como funcio- três simpáticas senhoras aguar- sorte”, sentenciou a terceira. em um abrigo na avenida Rai- ta os atrasos e conta que já foi 21% consideram algumas na, mas isso não justifica. A davam, em um ponto da aveni- Para contar com o transporte mundo Cantuária, a passagem prejudicada com isso. “Veja só. vezes lotados informação tem de estar a da Jorge Teixeira, a passagem urbano na capital rondoniense é do veículo que o levaria a seu Eu entro às 8h, mas estou aqui 19% nem sempre todo e qualquer usuário. O do ônibus que as levaria ao seu realmente necessária uma dose destino. “Ônibus? Que nada! Eu às 6h20 que é pra não correr o turista e mesmo aquele que destino. Duas delas esperavam a de sorte, além de muita paci- passei 30 anos andando nessas risco de perder a hora. Já acon- 2% quase nunca usa o ônibus ocasionalmen- linha Santo Antônio, que sobe a ência. Em incursão pelas ruas carroças. Estou aqui esperando teceu muitas vezes e nessas ho- te, precisa ter acesso as in- avenida Amazonas, no sentido da (e linhas) da Capital, o Diário um amigo que vai me levar ao ras a gente precisa apelar para o formações”, cobrou. zona Leste de Porto Velho e a ou- constatou que a população já trabalho”, revelou. mototáxi”, alegou. Climatização Nas palavras do prefeito tra aguardava o Grande Circular. está no limite da perseverança Deste período, o simpático e A estratégia de levantar mais dos coletivos Roberto Sobrinho, o progra- A agonia da espera era per- e que continua usando o servi- alegre senhor não guarda lem- cedo da cama para não perder 72% consideram péssima ma “é uma mecânica que faz ceptível, tanto que elas perma- ço, única e exclusivamente, pela branças. “Para mim esse negó- os compromissos também foi a integração do serviço. In- neciam em pé e a disponibili- necessidade.A constatação corro- cio de ônibus, em Porto Velho, adotada pela estudante Yasmin 20% como ruim dependente de você não ter dade do assento, no abrigo, era bora uma pesquisa pelo Progra- é um fracasso. Até pra entrar é Amaral, de 12 anos. Com os um terminal físico, a inte- 6% como regular um mero detalhe. “Está muito ma de Educação Tutorial (PET) difícil, sem contar a lotação. E o olhos embotados de sono, ela gração acontece através do quente e queima a perna”, res- do curso de Ciências Econômicas respeito pelo idoso? Que nada! chega num ponto da zona Les- 1% como bom cartão eletrônico. Você sai mungou uma, com bom humor. da Universidade Federal de Ron- Ia em pé porque esses estudan- te por volta das 6h10 com des- da zona Leste pra ir na zona Entre si elas contavam histórias dônia (Unir), divulgada em 23 tes não respeitam os direitos de tino ao Carmela Dutra, região 1% como ótima Sul, desce no centro e pega de outras dias onde, invariavel- de agosto deste ano. ninguém”, remoeu Silva. central da cidade, onde cursa o outro ônibus sem a necessi- mente, o ônibus atrasou. Depois de consultar 600 usuá- Já as reclamações não fa- 7º ano. “É melhor se antecipar Ruído dade de pagar outra tarifa”. Entre um causo e outro, elas rios do transporte coletivo o estu- zem distinção de idade. Viviane para não perder aulas”, ressalva Apesar de não conhecer a conferiam os ponteiros dos re- do concluiu que 48% da popula- da Silva, de 26 anos, trabalha a estudante. 50% consideram péssimo realidade de Porto Velho, o lógios de pulso e olhavam para ção considera o serviço péssimo. em casa de família e é taxativa presidente da Embarq Brasil, 28% ruim o início da avenida, lá ao longe, A soma dos que consideram pés- quando questionado sobre o as- Luis Antonio Lindau, analisa na esperança de surgir a mi- simo e regular resulta em outros sunto. “Péssimo, da pior quali- 20% regular que essa medida pode ser ragem de um coletivo entre o 48%, sobrando 4% que avaliam dade. Os veículos são sujos, en- pouca efetiva no serviço da mormaço que parecia brotar do o serviço como bom ou ótimo. ferrujados. Podre mesmo. Além 2% bom Capital. “Quando há um mo- asfalto, num abafado início de O pessimismo reflete em outros disso está sempre lotado e não VEJA SÓ. EU ENTRO ÀS vimento pendular, em que tarde.E foi tal o exercício de fé tópicos do levantamento (veja tem horário. Pra minha sorte, 8H, MAS ESTOU AQUI Tarifa a maioria se locomove dos que, em dado momento, viu-se box), que vaticinam o consenso tenho patrões compreensivos, ÀS 6H20 QUE É PRA bairros para o centro, torna- FONTE: PET | CIÊNCIAS ECONÔMICAS, UNIR o ônibus a percorrer, preguiço- popular: são necessárias mudan- que entendem minha situação”, 63% acham muito caro se uma iniciativa de pouco so, a faixa interna da avenida. ças urgentes na gestão do trans- suspira a jovem. NÃO CORRER O RISCO impacto”, opinou. Um fio de ânimo atiçou o humor porte urbano portovelhense. Viviane estava no ponto jun- DE PERDER A HORA 27% consideram caro Ele analisa ainda que o das senhoras, que passaram a to a uma amiga, Cassiana Perei- 9% razoável Brasil, de um modo geral, apalpar as bolsas sob o braço, QUEIXAS ra, de 35 anos. Ela trabalha em CASSUANA PEREIRA, está atravessando uma doen- como se todas estivessem para um escritório de advocacia no 1% barata ça urbana, a qual ele chamaOs abrigos feitos para usuários do transporte público precisam de manutenção partir. “Qual será que é?”, per- Um chapéu de boiadeiro centro da cidade e compartilha SECRETÁRIA A lotação nos ônibus é uma das queixas mais pertinentes dos passageiros de “autodependência”. “Nes- sa realidade, avanços por si JOTA GOMES só não são suficientes. Eles GESTORES AVALIAM QUE PROBLEMA É CRÔNICO EM TODO PAÍS CONTRATO É IRREGULAR E APONTA EXISTÊNCIA DE MONOPÓLIO, DIZ MP não vão, necessariamente, fazer com que o transporte Na visão do prefeito Ro- dirigindo a pasta municipal, culares são os grandes gargalos pação das empresas de ônibus Em entrevista do Diário por de Porto Velho, que ocorreu tas do Estado (TCE-RO). Em público seja a opção. É pre- RONI CARVALHOberto Sobrinho, as queixas da Rosa confessa que é difícil ad- a serem superados, na visão da com o serviço prestado. “Há ocasião da greve no setor, em num modelo de consórcio, a alguns momentos, têm-se a ciso melhorar, mas tambémpopulação e os resultados da ministrar com nível de rejeição secretária. uma queda de qualidade e, julho deste ano, o consultor concorrência foi restringida. impressão de que observam- criar mecanismos para res-pesquisa estão dentro da nor- elevado e aponta que, mesmo “Espero que o próximo em consequência, o usuário do Sindicato das Empresas de Foi direcionado para que as se (pelo MP e o Poder Judi- tringir carros, regular esta-malidade. “É uma realidade. sabendo a receita, não é sim- prefeito observe o trânsito de passa a optar pelo transporte Transportes de Passageiros de empresas já atuantes no mer- ciário) realidades diferentes”, cionamentos. A verdade éNinguém gosta de andar de ples transformá-la em realida- uma forma melhor, em espe- individual. Na equação, per- Porto Velho (SET), Ronaldo cado local tivessem vantagem, desabafa. que a solução não é simplesônibus e se você replicar esse de. A quantidade de veículos cial na questão orçamentária. de a cidade que tem suas vias Marciano, afirmou que não infração clara aos princípios De acordo com ela, novos e todos têm culpa e respon-estudo em outras capitais a disponíveis para o transporte Crie um mecanismo que possa sobrecarregadas e a empresa existe monopólio no transpor- da legalidade e igualdade”, prefeitos podem observar a sabilidade”, sintetizou.avaliação será idêntica. Mes- urbano, a melhoria e estrutu- aumentar o número de vias, que perde demanda e, com te público municipal. “Há um sublinhou. questão e proceder com a anu-mo com os esforços no senti- ração de vias, além do cresci- a criação de corredores. Não a sobrecarga, vê seu serviço contrato de concessão para um Ela conta que o MP tem lação do contrato, visto que ALTERNATIVASdo de melhorar, ele será visto mento elevado de carros parti- são ações imediatas, mas de mais vulnerável”, apontou. consórcio, um grupo que tem o atuado até o limite de sua ca- as irregularidades são percep-dessa maneira”, avaliou. médio prazo. Oferecendo um direito de realizar o serviço”. pacidade para anulação des- tíveis no modelo de licitação Se as melhorias não ocor- A gestora da Secretaria serviço de qualidade, a ten- A informação é rechaça- te contrato ou mesmo para empregado à época. “Em resu- rem, a população vai encon-Municipal de Transportes dência é que as pessoas vol- da pela promotora de justiça uma melhoria dos serviços mo, tem-se uma empresa com trando meios de adaptar-see Trânsito (Semtran), Rosa tem a usar o transporte coleti- Daniela Nicolai. Ela coordena prestados, mas que tem es- direito de prestar esse serviço às situações e driblar a pro-Maria das Chagas, segue do NÃO É vo”, prospectou. SE VOCÊ REPLICAR a Defesa do Consumidor no barrado numa “insensibilida- até 2016, mas que não se preo- blemática do transporte lo-mesmo pressuposto e enten- EXCLUSIVIDADE Presidente da Embarq ESSE ESTUDO EM Ministério Público de Rondô- de” do Poder Judiciário. “En- cupa em atender as demandas cal. É o caso da funcionáriade que este é um mal crônico Brasil, instituição que pres- nia (MP-RO) e denuncia que tramos com essa Ação Civil de serviço. Nossa ouvidoria pública Sandra Maria Dias,nacional. “Não é exclusivida- NOSSA E NEM PODE ta assessoria para governos OUTRAS CAPITAIS houve irregularidades desde Pública pedindo a anulação acumula muitas queixas con- de 48 anos. Ao invés de usarde nossa e nem pode ser re- SER RESOLVIDO EM e empresas na administração A AVALIAÇÃO SERÁ a assinatura do contrato de de um contrato notoriamen- tra este serviço e nem mesmo o serviço, ela preferiu dividirsolvido em um curto prazo. UM CURTO PRAZO do setor de transporte e mo- IDÊNTICA concessão, em 2003. “A li- te irregular e ela foi julgada as melhorias que foram combi- os custos da gasolina comA nível de Rondônia e Brasil bilidade urbana, Luis Antonio citação tem a finalidade de improcedente. Em tese, esse nadas por ocasião do aumento uma colega e ir de caronaé uma problemática grande”, Lindau avalia que parte dos garantir que várias empresas monopólio existe e esta teoria da tarifa, em 2011, foram ob- para o trabalho todos os dias.calculou. ROSA MARIA DAS CHAGAS, problemas que o País atraves- ROBERTO SOBRINHO, disputem um mesmo serviço. também está embasada em servados e cumpridos”, refor- Ronaldo Marciano, “Primeiro que nem sempre Há menos de um semestre SECRETÁRIA sa se deve à falta de preocu- PREFEITO Faltam informações aos passageiros sobreintegração nas linhas de de ônibus da Capital No caso do transporte público Faltam informações aos passageiros sobre a a integração nas linhas ônibus da Capital parecer do Tribunal de Con- çou Daniela. consultor do SET o ônibus para. Depois está sempre lotado, sujo. Dá nojo JOTA GOMES JOTA GOMES de entrar”, reclamou. COMO MELHORAR? SEMTRAN NÃO SABE ONDE ESTÁ O CONTRATO FIRMADO COM A SET Quem também buscou um método alternativo O presidente da Embarq principais interessados. Ele real- Prefeito de Porto Velho, Ro- de procurá-lo. para fugir das insatisfações JOTA GOMES Brasil, Luis Antonio Lindau, mente não tem consciência dos berto Sobrinho, rebate o argu- A julgar pelo Termo de Ajus- com os ônibus da Capital assinalou que há cinco eixos custos, mas se o passageiro dei- mento que o consórcio atuaria tamento de Conduta (TAC) as- foi Dora Silva Ponte, de 44 principais, onde devem estar xa de usar o serviço, a empresa em uma zona de conforto na sinado em 2011, por ocasião anos. Secretária de uma clí- alicerçados os padrões para um não se mantém. Logo, ele tem prestação do serviço público do aumento da tarifa, pode-se nica, ela sai todos os dias do bom serviço prestado no setor sim de ser agradado e aprovar o e rebate que há obrigações a prever que o consórcio não tem bairro Agenor de Carvalho de transporte público. “Envolve que é oferecido”, arrematou. serem observadas pelo grupo. cumprido com suas obrigações. até a região do Hospital de uma infraestrutura adequada Outra grande insatisfação “Tem que se cumprir um con- O próprio Sobrinho recorda de Base de bicicleta. “Hoje es- de vias, conectividade, rapidez encontrada na pesquisa, segun- junto de medidas. Horário, um compromisso feito à época tou aqui no ponto porque o na mobilidade, conforto dos do Jaqueline, seria a questão quantidade de ônibus na rua, que ainda não saiu do papel. pneu furou e já estou ago- veículos. Com a soma destes do monopólio que predomina o limpeza e manutenção da fro- “Determinamos que fosse co- niada. Cheguei às 6h30, já vem a confiança do usuário, serviço na cidade. “É uma situa- ta. Há um conjunto de obriga- locado em todos os ônibus um são 7h10 e nada do ônibus”, que garante satisfação e a con- ção cômoda para o consórcio. A ções contratuais que precisam GPS, onde através de um siste- resmungou. tinuidade no uso do serviço”, impressão que predomina para ser cumpridas e eles não tem ma eletrônico posso monitorar Ela contou que só vê be- argumentou. o cliente é que não há melhoria essa segurança de permanên- se está se cumprindo a rota no nefício em dispensar o uso Ele avalia, no entanto, que do serviço, nem mesmo a inten- cia”, defendeu. prazo determinado”. Quando dos coletivos. “Ganho 3 ve- as reclamações dos passageiros ção dela, porque o grupo detém Para saber quais são estas questionado sobre o prazo da zes. Não pago R$ 5, faço não podem ser parâmetro úni- o direito de explorar o serviço obrigações, a reportagem do inovação, ele diz que “já era exercício e ainda chego no co para demonizar o transporte até 2016”, replicou. Diário registrou ofício na Se- pra ter sido implantado, mas horário. Fico estressada público. “O usuário, em geral, cretaria Municipal de Trans- a Sentram os notificou sobre o de andar de ônibus aqui que pagar pouco e ter um servi- portes e Trânsito (Sentram) atraso”. em Porto Velho”, registrou ço de excelência. Para ele é mui- da Capital, solicitando acesso A notificação, a propósito, é Dora, que não aguentou a to fácil criticar, mas a realidade ao contrato firmado entre o um dos únicos meios pelo qual espera pelo ônibus. Não de- do equilíbrio financeiro vai mui- ELE [O PASSAGEIRO] município e o consórcio que a Secretaria costuma fiscalizar morou muito para ela pegar to além do que o cidadão pode TEM SIM DE SER presta o serviço. O documen- o serviço. “Temos problemas o celular e pedir uma caro- avaliar”, observou. to foi repassado a secretária com ônibus que quebra, com Prefeito diz que empresas devem cumprir acordos na para o trabalho. Quem Na visão de uma das líde- AGRADADO E da pasta, Rosa Maria das Cha- atraso, ar-condicionado, mo- veio buscá-la foi o chefe. A res da pesquisa e graduanda APROVAR O QUE É gas, no dia 29 de agosto e até torista que não para, acessi- onde recebemos reclamações e damente 190 veículos, dos quais equipe do Diário procurou do curso de Ciências Econômi- OFERECIDO o fechamento desta reporta- bilidade. A Semtran não está encaminhamos para a empresa. 20 foram usados ou observados representantes do SET para cas da Unir, Jaqueline Lima, o gem (ontem), o documento alheia a essas reivindicações Esse é o procedimento”, assina- pela equipe do Diário. Nestes contribuir com a reporta- argumento é inconsistente. “A ainda aguardava despacho. A dos usuários. O que a secre- lou Rosa. encontramos o número de de- gem, mas os mesmos esta- opinião do usuário é muito im- JAQUELINA LIMA, UMA DAS Bancos de ônibus de Porto gestora disse não saber aonde taria vem adotando é a noti- De acordo com ela, a frota núncia da Semtran (0800 6475 vam fora da cidade segundoUsuários querem mais disponibilidade de linhas de ônibus e um transporte com mais conforto portante, visto que eles são os LÍDERES DA PESQUISA DA UNIR Velho em estado precário estava o contrato e que teria ficação. Temos um telefone da Capital hoje é de aproxima- 100) em sete veículos. a secretária.

    Seja o primeiro a comentar

    Entre para ver os comentários

Vistos

Vistos totais

412

No Slideshare

0

De incorporações

0

Número de incorporações

60

Ações

Baixados

0

Compartilhados

0

Comentários

0

Curtir

0

×