Universidade Católica de Pelotas
Centro Politécnico
Análise e Desenvolvimento de Sistemas



            Projeto de Sistem...
Introdução
 Um caso de uso representa uma possível utilização do
 sistema por um ator, que pode ser uma pessoa, dispositiv...
Introdução
 São também chamados de histórias de uso.
 Os casos de uso dependem de que se tenha um
 entendimento ao menos p...
Como identificar atores
 Observar os responsáveis, direta ou indiretamente, pela
 interação com o sistema.
   Ator princip...
Como identificar casos de uso
 Analisar cada requisito do sistema em busca dos grandes
 eventos que ocorrem no mundo real ...
Como identificar casos de uso
 De acordo com esses 3 requisitos, dois casos de uso
 candidatos são:
   Emprestar Livro
   ...
Formatos
 Resumido (ou de alto nível): resumo de um parágrafo
 (cenário de sucesso principal).
 Completo (ou expandido):
 ...
Exemplos
 Resumido:
   Caso de uso: Comprar Itens
   Atores: Cliente, Caixa
   Descrição: Um cliente chega ao balcão de sa...
Exemplos
             Ação do ator                  Resposta do Sistema

 1. Este caso começa quando o cliente
 chega ao T...
Exemplos
 Seqüências alternativas:
   Linha 2: Identificador inválido. Indicar o erro.
   Linha 7: O Cliente não tem dinhe...
Exemplos
 Caso de Uso Essencial:


       Ação do Ator           Resposta do Sistema
 1. O Caixa      registra o 2. Determ...
Exemplos
 Caso de Uso Real:

            Ação do Ator          Resposta do Sistema
      1. Para cada item o       2. Most...
Identificação de casos de uso
 Baseado em atores:
   Identificar os atores relacionados a um
   sistema ou organização;
  ...
Identificação de casos de uso
 Baseado em eventos do sistema:
   Identificar os eventos externos aos quais
   um sistema d...
Identificação de casos de uso
 Um caso de uso não representa um passo
 individual ou uma operação ou transação de
 entrada...
Notação
 Comece o nome de um caso de uso com um
 verbo, para enfatizar que é um processo.
 Inicie o caso de uso Completo (...
Pontos de decisão e desvio
      Ex: o cliente pode pagar em dinheiro, cartão de crédito
      ou cheque.
        O Client...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Casos de Uso

5.161 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.161
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
89
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Casos de Uso

  1. 1. Universidade Católica de Pelotas Centro Politécnico Análise e Desenvolvimento de Sistemas Projeto de Sistemas I Casos de Uso Prof. João Ladislau Lopes Setembro de 2009
  2. 2. Introdução Um caso de uso representa uma possível utilização do sistema por um ator, que pode ser uma pessoa, dispositivo físico, mecanismo ou subsistema que interage com o sistema alvo, utilizando algum de seus serviços. Exemplos de atores: Funcionário de um banco. Sensor. Subsistema de autorização de crédito. Um caso de uso é um documento textual que narra a interação entre o sistema e os atores envolvidos, para atingir um ou mais objetivos. 2
  3. 3. Introdução São também chamados de histórias de uso. Os casos de uso dependem de que se tenha um entendimento ao menos parcial dos requisitos do sistema. Deve estar relacionado a um processo bem definido, com começo, meio e fim. Exemplos: Emprestar livros; Vender produtos; Gerenciar ordem de serviço. Muitas vezes é utilizado como um contrato entre desenvolvedor e cliente. 3
  4. 4. Como identificar atores Observar os responsáveis, direta ou indiretamente, pela interação com o sistema. Ator principal: interage diretamente com o sistema computacional. Ator secundário: interage com outros atores. Exemplo: Ao emprestar um livro, o Atendente é quem opera o computador e realiza a transação, portanto é o ator principal. Já o Leitor, interage com o atendente, sendo um ator secundário. 4
  5. 5. Como identificar casos de uso Analisar cada requisito do sistema em busca dos grandes eventos que ocorrem no mundo real e que dão origem a uma interação entre um ator e o sistema. Exemplo: Biblioteca. R1: Para usar os serviços de uma biblioteca, os leitores deverão estar registrados e possuir um cartão com número de identificação e foto. R2: O sistema deve permitir que um leitor apto empreste um ou mais livros, por um período de tempo que varia de 1 semana a 6 meses, dependendo do tipo de leitor (1 semana para estudante de graduação, 15 dias para estudantes de pós-graduação e 6 meses para docentes). R3: O leitor está apto a emprestar livros se não possuir em seu poder livros com data de devolução vencida e desde que o número de livros emprestados não ultrapasse o número máximo permitido. 5
  6. 6. Como identificar casos de uso De acordo com esses 3 requisitos, dois casos de uso candidatos são: Emprestar Livro Cadastrar Leitor Um requisito pode referir-se a mais de um caso de uso. Um caso de uso pode referir-se a mais de um requisito. Requisitos x Casos de Uso Requisitos: R1, R2, R3 Casos de Uso: Emprestar livro Um leitor empresta um ou mais livros por um período de tempo que depende do tipo de leitor. 6
  7. 7. Formatos Resumido (ou de alto nível): resumo de um parágrafo (cenário de sucesso principal). Completo (ou expandido): Várias seções: atores, propósitos, visão geral, referência cruzada (com os requisitos funcionais - decomposição funcional). Seqüência típica de eventos e seqüências alternativas. Tipos: Abstrato (ou essencial): utilizado na fase de análise, sem considerar muitos detalhes. Concreto (ou real): utilizado no projeto, com mais detalhes. 7
  8. 8. Exemplos Resumido: Caso de uso: Comprar Itens Atores: Cliente, Caixa Descrição: Um cliente chega ao balcão de saída da loja com itens para comprar. O caixa registra os itens de compra e recebe o pagamento. Quando termina, o cliente sai com os itens comprados. Expandido: Caso de Uso: Comprar Itens com Dinheiro Atores: Cliente, Caixa Propósito: Capturar a venda e seu pagamento em dinheiro Visão geral: Um cliente chega ao balcão de saída da loja com itens para comprar. O caixa registra os itens de compra e recebe o pagamento. Quando termina, o cliente sai com os itens comprados. Referências Cruzadas: 1.1, 1.2, 1.3, 1.7, 1.9, 2.1. 8
  9. 9. Exemplos Ação do ator Resposta do Sistema 1. Este caso começa quando o cliente chega ao TPV com itens para comprar 2. O Caixa registra o identificador de 3. Determina a cada item descrição, o preço do item e adiciona informação sobre o item à transação de venda corrente 4. Quando termina a entrada dos 5. Calcula e apresenta itens, o caixa indica ao TPV que as o total da venda entradas estão completas 6. O caixa informa o total ao cliente 7. O cliente entrega o pagamento em dinheiro, possivelmente maior que o total da venda 8. O Caixa registra a quantia 9. Mostra o saldo a ser recebida como pagamento recebido pelo cliente e gera o recibo 10. O Caixa deposita o dinheiro 11. Registra a venda recebido e extrai o troco devido completa 12. O Caixa entrega o troco devido e o recibo impresso ao cliente 13. O Cliente sai com os itens comprados 9
  10. 10. Exemplos Seqüências alternativas: Linha 2: Identificador inválido. Indicar o erro. Linha 7: O Cliente não tem dinheiro suficiente. Cancelar a transação de venda. 10
  11. 11. Exemplos Caso de Uso Essencial: Ação do Ator Resposta do Sistema 1. O Caixa registra o 2. Determina a descrição, identificador de cada o preço do item e adiciona item informação sobre o item à transação de venda corrente ... ... 11
  12. 12. Exemplos Caso de Uso Real: Ação do Ator Resposta do Sistema 1. Para cada item o 2. Mostra o preço do item Caixa digita o código e adiciona a informação do universal do produto no item à transação de venda campo de entrada UPC corrente. A descrição e o da janela. Pressiona o preço são então mostrados botão “Entrar Item” na caixa de texto 2 da com o mouse ou tecla Janela1. <Enter> ... ... Em geral, os casos de uso reais não devem ser produzidos na fase de engenharia de requisitos (comprometimento prematuro com uma decisão de projeto e complexidade desnecessária). 12
  13. 13. Identificação de casos de uso Baseado em atores: Identificar os atores relacionados a um sistema ou organização; Para cada ator, identificar os processos que eles iniciam ou dos quais eles participam; Exemplos: Caixa - Iniciar uso, Registrar retirada de dinheiro. Cliente – Comprar itens, Reembolsar itens. 13
  14. 14. Identificação de casos de uso Baseado em eventos do sistema: Identificar os eventos externos aos quais um sistema deve responder. Relacionar os eventos a atores e a casos de uso. Exemplos: Itens vendidos (ator=cliente, caso de uso=comprar item). Dinheiro retirado (ator=caixa, caso de uso=registrar retirada de dinheiro). 14
  15. 15. Identificação de casos de uso Um caso de uso não representa um passo individual ou uma operação ou transação de entrada. Por exemplo: “imprimir o recibo” não é um caso de uso no sistema de TPV. Um caso de uso é normalmente a descrição de um processo relativamente grande, com início e fim próprios, que normalmente incluem várias transações ou operações de entrada e saída. 15
  16. 16. Notação Comece o nome de um caso de uso com um verbo, para enfatizar que é um processo. Inicie o caso de uso Completo (expandido) com o seguinte esquema: Este caso de uso inicia quando o <Ator> <dispara um evento>... Ex: Este caso de uso inicia quando o cliente chega ao TPV com itens para comprar. 16
  17. 17. Pontos de decisão e desvio Ex: o cliente pode pagar em dinheiro, cartão de crédito ou cheque. O Cliente escolhe o tipo de pagamento. i. Se for pagamento em dinheiro, ver seção Pagamento em Dinheiro. ii. for pagamento por cartão de crédito ver seção Pagamento por Cartão de Crédito. iii. for pagamento por cheque, ver seção Pagamento em Cheque. ... Seção : Pagamento em Dinheiro ... 17

×