O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Raniere Menezes
 Dar a outra face ou lutar?
 O que as artes marciais carregam além das
técnicas?
 O que a Bíblia tem a dizer?
 Temos por direito a liberdade cristã, para
fazer todas as coisas (mas nem todas as
coisas nos convém). 1 Coríntios 10:23...
Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as
coisas convêm; todas as coisas me são lícitas,
mas nem todas as coisas ed...
 Há valores universais e humanos nas artes
marciais que pertencem a não cristãos e
cristãos, como por exemplo, a coragem ...
 As artes marciais são criadas a partir de
culturas não cristãs, pagãs e místicas, e isso
invalida a prática por cristãos.
 É só retirar todo aspecto místico da arte.
 De forma bem prática, o cristão praticante de
artes marciais deve retirar t...
Fique com o que é eficaz tecnicamente
e abandone o resto.
 As artes marciais são por natureza
violentas.
 Arte Marcial não pode ser associada somente
a MMA e brigas de rua (violência urbana).
 É inadmissível que um cristão "p...
 O cristão deve DAR A OUTRA FACE.
 Mateus 5.39 não ensina pacifismo total.
 Na cultura judaica ser atingido com um tapa
no rosto era um grave insulto (2 Coríntios
11:20).
 Jesus estava ensinando ...
 O pacifismo total não é o espírito do
ensinamento cristão.
 Na verdade, a coisa mais amorosa a fazer
quando um amigo ou...
 Defender uma criança, um idoso ou qualquer
outra pessoa indefesa é um ato de amor.
 A Bíblia permite que um cristão use autodefesa e
força quando confrontado com um ato
criminoso.
 A força não pode ser u...
 Cuidar da parte física é algo condenável.
 Porque o exercício corporal para pouco
aproveita, mas a piedade para tudo é
...
 Pergunta: "O cristão deve se exercitar? O que a Bíblia diz sobre a saúde?"
Resposta:1Timóteo 4:8 nos informa: “Pois o ex...
 Os benefícios físicos e de autodisciplina são
condenáveis para um cristão? De modo
nenhum!
 Condicionamento físico, for...
 Alguns cristãos são radicalmente contra a
defesa pessoal em qualquer situação e
dizem que invariavelmente acontecerá o
s...
 USO DIFERENCIADO DE CONTROLE DE
SITUAÇÕES.
 Êxodo 22:2-3 (texto chave)
 Cristo advertiu aos cristãos que fugissem das
...
 Praticamente todas as pessoas usam ou usarão em algum
momento.
 Quais recomendações que damos a pessoas da família ou
a...
 Atitudes defensivas diversas.
 Atitudes presenciais ALERTA.
 Técnicas de defesa.
 Táticas de defesa (agentes químicos...
 Muitas ações e reações antes de qualquer ato
de violência podem evitar conflitos, exemplo:
"acender uma luz de madrugada...
 Fatores e circunstâncias como idade, sexo,
porte físico, experiência, percepção do
perigo, tudo isso e muito mais influe...
 Há vários tipos de atitudes de controle, a
simples "presença" já é um tipo de controle, a
persuasão verbal, advertências...
 Análise da SITUAÇÃO, percepção do perigo;
opções de resposta, reação.
 MUITO IMPORTANTE:Toda SITUAÇÃO deve
a todo momen...
Quem conseguir dominar bem
a defesa pessoal, jamais terá
a necessidade de matar alguém.
(Imi Lichtenfeld)
 O cristão não defende a violência pela
violência, mas a força justa e necessária para
neutralizar uma ameaça real física...
 Deus se opõe ao homem violento.
 O Senhor prova o justo e o ímpio; a sua alma
odeia ao que ama a violência. Salmos 11:5...
 O cristão não defende a violência pela
violência, mas a força justa e necessária para
neutralizar uma ameaça real física.
 E o espírito competitivo violento?
 Exemplo: MMA
 O cristão não deve amar mais as artes
marciais do que a Deus, pois será considerado
idolatra (tentando servir a dois sen...
 O MMA não são combates letais. MAS SÃO
VIOLENTAMENTE DESNECESSÁRIOS.
 Tempo e energia devem ser investidos em
alcançar os perdidos para Cristo e na
construção de seu reino e para o amor e
se...
 Nessa lógica também se deve retirar toda
recreação também.
 Quebrar a perna de alguém é amar o
próximo?
 O cristão deve praticar MANSIDÃO,
HUMILDADE, DOMÍNIO PRÓPRIO,
COMBATER O ORGULHO, A IRA, A
VIOLÊNCIA CHEIA DE SI, DEVE H...
 Se preocupar com a nossa segurança é falta
de fé.
 Porque não temos que lutar contra a carne e o
sangue, mas, sim, cont...
 A batalha real é de natureza espiritual, mas
isso não nos transporta da terra para outro
mundo.
 Que tipo de defesa pessoal pode servir para
um cristão de 90 anos de idade?
 Seus filhos o protegerão e outras
providências. -- Salmos 127:5
 Autoproteção. É melhor praticar e nunca
precisar do que precisar e nunca ter
praticado.
 A autopreservação é natural ao...
 Mais confiança diante de ameaças externas.
 A arte marcial tem muito a ensinar como
analogia para várias situações da v...
 É recreativo, terapêutico e muitas vezes
divertido.
 Não deve ter nada a ver com terapia holística,
taoista.
 Condicionamento físico, força, equilíbrio etc.
 O homem é um ser integral, nossos corpos
materiais são parte de nossa i...
 Falta de humildade, autoconfiança, soberba,
vaidade.
 “Minha força”; “minha habilidade”.
 Não há rei que se salve com ...
 Davi possuía habilidades para a guerra.
 Jesus mandou que os discípulos comprassem
espadas.
 Pedro andava armado com e...
 Para os cristãos a guerra defensiva sempre
teve lugar na doutrina, com exceção histórica
da passividade anabatista.
 A ...
 A mansidão do cristão deve ser um autocontrole em
ação.
 O mesmo princípio da necessidade de guerra é
aplicado a defesa...
 O cristão deve rejeitar o ódio, a intolerância e
a violência desnecessária.
 O cristão deve ser a favor da harmonia, da...
1. EVITE o perigo...caso não evite...
2. FAÇA O INIMIGO DESISTIR...caso não
desista...
3. NEUTRALIZE O INIMIGO
 Em tudo há pecado, e onde há pecado há a
possibilidade de REDENÇÃO.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

7

Compartilhar

Baixar para ler offline

O cristão pode praticar artes marciais?

Baixar para ler offline

Dar a outra face ou lutar? O que as artes marciais carregam além das técnicas? O que a Bíblia tem a dizer?

O crescimento das artes marciais e escolas de defesa pessoal crescem absurdamente no mundo inteiro e o cristão muitas vezes é confundido com muitos argumentos contra e a favor. Portanto, o discernimento se faz necessário. Acredito que a ignorância sobre o assunto é o maior inimigo a vencer.

O cristão pode praticar artes marciais?

  1. 1. Raniere Menezes
  2. 2.  Dar a outra face ou lutar?  O que as artes marciais carregam além das técnicas?  O que a Bíblia tem a dizer?
  3. 3.  Temos por direito a liberdade cristã, para fazer todas as coisas (mas nem todas as coisas nos convém). 1 Coríntios 10:23.  A fé cristã, para surpresa de muitos, não é pacifista totalmente. Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz. Eclesiastes 3:8
  4. 4. Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam. 1 Coríntios 10:23.
  5. 5.  Há valores universais e humanos nas artes marciais que pertencem a não cristãos e cristãos, como por exemplo, a coragem e disciplina.  A coragem e disciplina não são más em si.
  6. 6.  As artes marciais são criadas a partir de culturas não cristãs, pagãs e místicas, e isso invalida a prática por cristãos.
  7. 7.  É só retirar todo aspecto místico da arte.  De forma bem prática, o cristão praticante de artes marciais deve retirar toda filosofia que pode envolver a arte e ficar com o que realmente importa, que é a aplicação biomecânica da arte.
  8. 8. Fique com o que é eficaz tecnicamente e abandone o resto.
  9. 9.  As artes marciais são por natureza violentas.
  10. 10.  Arte Marcial não pode ser associada somente a MMA e brigas de rua (violência urbana).  É inadmissível que um cristão "procure" briga!  Tudo que fazemos deve ser feito para a glória de Deus.
  11. 11.  O cristão deve DAR A OUTRA FACE.
  12. 12.  Mateus 5.39 não ensina pacifismo total.
  13. 13.  Na cultura judaica ser atingido com um tapa no rosto era um grave insulto (2 Coríntios 11:20).  Jesus estava ensinando que quando um discípulo é insultado por ser seu seguidor, o discípulo não deve retaliar com força.  No entanto, ser insultado é uma situação muito diferente de ser atacado por um assaltante ou sua esposa ser atacada por um estuprador.
  14. 14.  O pacifismo total não é o espírito do ensinamento cristão.  Na verdade, a coisa mais amorosa a fazer quando um amigo ou membro da família é atacado por um inimigo perigoso é arriscar a própria vida e usar a força necessária para conter o inimigo.  Se um homem está atacando uma criança, ou uma mulher está sendo estuprada, seria moralmente errado não sacrificar a sua vida e tentar conter o agressor, mesmo com força letal, se necessário.
  15. 15.  Defender uma criança, um idoso ou qualquer outra pessoa indefesa é um ato de amor.
  16. 16.  A Bíblia permite que um cristão use autodefesa e força quando confrontado com um ato criminoso.  A força não pode ser utilizada como vingança ou por raiva injusta.  Os cristãos que se envolvem nas artes marciais devem ter uma compreensão clara disso.  O uso de artes marciais deve ser para autodefesa e para proteger seus entes queridos de atos de maldade.  Nunca se deve usar um sistema de combate para instigar briga ou buscar vingança.
  17. 17.  Cuidar da parte física é algo condenável.  Porque o exercício corporal para pouco aproveita, mas a piedade para tudo é proveitosa, tendo a promessa da vida presente e da que há de vir. 1Timóteo 4:8-9
  18. 18.  Pergunta: "O cristão deve se exercitar? O que a Bíblia diz sobre a saúde?" Resposta:1Timóteo 4:8 nos informa: “Pois o exercício físico para pouco é proveitoso, mas a piedade para tudo é proveitosa, porque tem a promessa da vida que agora é e da que há de ser”. Note que este versículo não diz que o exercício não tem valor! Ele diz que o exercício tem algum valor, mas mantém as prioridades corretamente ao dizer que a piedade é de maior valor. O apóstolo Paulo também menciona o treinamento físico ao ilustrar a verdade espiritual. 1 Coríntios 9:24-27: “Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. Todo atleta em tudo se domina; aqueles, para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, a incorruptível. Assim corro também eu, não sem meta; assim luto, não como desferindo golpes no ar. Mas esmurro o meu corpo e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado”. 2Timóteo 2:5: “Igualmente, o atleta não é coroado se não lutar segundo as normas.” 2Timóteo 4:7: “Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé.” Então, claramente não há nada de errado no fato de um cristão se exercitar. Na verdade, a Bíblia é clara ao dizer que nós devemos cuidar bem dos nossos corpos (1 Coríntios 6:19-20). Efésios 5:29 nos diz: “Porque ninguém jamais odiou a própria carne; antes, a alimenta e dela cuida...” A Bíblia também nos adverte contra a gula (Deuteronômio 21:20; Provérbios 23:2; 2 Pedro 1:5-7; 2Timóteo 3:1-9; 2 Coríntios 10:5). Ao mesmo tempo, a Bíblia nos adverte contra a vaidade (1 Samuel 16:7; Provérbios 31:30; 1 Pedro 3:3-4). O que a Bíblia diz sobre a saúde? Seja saudável! Como alcançamos este objetivo?Ao fazermos exercícios não muito pesados e comendo moderadamente. Este é o padrão Bíblico para a saúde e para o exercício físico. Leia mais:http://www.gotquestions.org/Portugues/exercicio-cristao.html#ixzz33EMMOLDO
  19. 19.  Os benefícios físicos e de autodisciplina são condenáveis para um cristão? De modo nenhum!  Condicionamento físico, força, equilíbrio etc.  É recreativo, terapêutico e muitas vezes divertido.
  20. 20.  Alguns cristãos são radicalmente contra a defesa pessoal em qualquer situação e dizem que invariavelmente acontecerá o seguinte com eles: 1.Vai ser morto e irá diretamente para Deus; 2.Vai ficar ferido ou com sequelas; 3. Obter um livramento por Sua Providência, assim como Daniel, Ezequias, Paulo etc.
  21. 21.  USO DIFERENCIADO DE CONTROLE DE SITUAÇÕES.  Êxodo 22:2-3 (texto chave)  Cristo advertiu aos cristãos que fugissem das perseguições vindouras e da destruição de Jerusalém (Mt 10.23; 24.16; Lc 21.21).  Fugir é uma forma de autopreservação, que é um componente da autodefesa.
  22. 22.  Praticamente todas as pessoas usam ou usarão em algum momento.  Quais recomendações que damos a pessoas da família ou amigas? Andar na rua com cuidado, olhos bem abertos, evite falar com estranhos, a noite não saia para caminhar, principalmente se estiver sozinho e seu bairro for deserto; quando estacionar travar as portas; de madrugada não parar em sinal vermelho, se for assaltado não reaja.  Todo mundo já usou alguma tática defensiva.  Uma simples presença ou comportamento defensivo pode evitar situações de perigo para a integridade física.
  23. 23.  Atitudes defensivas diversas.  Atitudes presenciais ALERTA.  Técnicas de defesa.  Táticas de defesa (agentes químicos, bastão, facas, armas de fogo).  O MAIS IMPORTANTE É ESCALAR OS NÍVEIS DE CONTROLE.
  24. 24.  Muitas ações e reações antes de qualquer ato de violência podem evitar conflitos, exemplo: "acender uma luz de madrugada ao ouvir um barulho externo", "entrar e sair de um local se preocupando com a segurança"; etc.  A força letal só deve ser usada em situação de ameaça a vida.  A simples presença pode ser persuasiva.
  25. 25.  Fatores e circunstâncias como idade, sexo, porte físico, experiência, percepção do perigo, tudo isso e muito mais influenciam para evitar uma situação de perigo iminente.  Uma consciência de autoproteção deve evitar dois extremos: uma ineficiência no controle da situação e o excesso no controle.
  26. 26.  Há vários tipos de atitudes de controle, a simples "presença" já é um tipo de controle, a persuasão verbal, advertências, avisos, sinais e o controle físico (imobilizações, forçamento de articulações, quebramento e outros métodos de forçamento mecânico).  Instrumentos contundentes, armas de impacto, agentes químicos, cães e choque.
  27. 27.  Análise da SITUAÇÃO, percepção do perigo; opções de resposta, reação.  MUITO IMPORTANTE:Toda SITUAÇÃO deve a todo momento passar por uma AVALIAÇÃO>>PLANEJAMENTO>>AÇÃO.  Habilidade, capacidade, oportunidade e atitude são necessários.
  28. 28. Quem conseguir dominar bem a defesa pessoal, jamais terá a necessidade de matar alguém. (Imi Lichtenfeld)
  29. 29.  O cristão não defende a violência pela violência, mas a força justa e necessária para neutralizar uma ameaça real física.  Óbvio que Cristo quer que sejamos gentis, tolerantes, confiando plenamente em Deus e sua proteção.  Mas afirmar que Deus não quer que os seus seguidores pratiquem autodefesa já é fermento farisaico.
  30. 30.  Deus se opõe ao homem violento.  O Senhor prova o justo e o ímpio; a sua alma odeia ao que ama a violência. Salmos 11:5-6.
  31. 31.  O cristão não defende a violência pela violência, mas a força justa e necessária para neutralizar uma ameaça real física.
  32. 32.  E o espírito competitivo violento?  Exemplo: MMA
  33. 33.  O cristão não deve amar mais as artes marciais do que a Deus, pois será considerado idolatra (tentando servir a dois senhores), o mesmo é válido para família (mulher, filhos, pai, mãe etc), para o dinheiro, para o trabalho etc.  Se a competição de combate contém ira, vingança, vaidade, orgulho, violência, maldade, carnalidade etc, não deve ser apoiada.
  34. 34.  O MMA não são combates letais. MAS SÃO VIOLENTAMENTE DESNECESSÁRIOS.
  35. 35.  Tempo e energia devem ser investidos em alcançar os perdidos para Cristo e na construção de seu reino e para o amor e serviço de nossos irmãos. E não para treinar como ferir e matar!
  36. 36.  Nessa lógica também se deve retirar toda recreação também.
  37. 37.  Quebrar a perna de alguém é amar o próximo?
  38. 38.  O cristão deve praticar MANSIDÃO, HUMILDADE, DOMÍNIO PRÓPRIO, COMBATER O ORGULHO, A IRA, A VIOLÊNCIA CHEIA DE SI, DEVE HONRAR A CRISTO, DEVEVIVER UMAVIDA TRANQUILA, SANTIFICADA E PACÍFICA.  Podemos orar para que Deus nos livre de precisar usar a força, mas se um dia precisar que saibamos honrar a Cristo.
  39. 39.  Se preocupar com a nossa segurança é falta de fé.  Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Efésios 6:12-13
  40. 40.  A batalha real é de natureza espiritual, mas isso não nos transporta da terra para outro mundo.
  41. 41.  Que tipo de defesa pessoal pode servir para um cristão de 90 anos de idade?
  42. 42.  Seus filhos o protegerão e outras providências. -- Salmos 127:5
  43. 43.  Autoproteção. É melhor praticar e nunca precisar do que precisar e nunca ter praticado.  A autopreservação é natural ao ser humano e tornar técnico e mais eficiente aquilo que já temos é aumentar as chances de sobrevivência em caso de agressão física.  A legítima defesa é bíblica! É importante saber proteger a nós mesmos e as pessoas mais próximas de pessoas más.
  44. 44.  Mais confiança diante de ameaças externas.  A arte marcial tem muito a ensinar como analogia para várias situações da vida, como enfrentar uma doença, uma crise, desafios profissionais etc.
  45. 45.  É recreativo, terapêutico e muitas vezes divertido.  Não deve ter nada a ver com terapia holística, taoista.
  46. 46.  Condicionamento físico, força, equilíbrio etc.  O homem é um ser integral, nossos corpos materiais são parte de nossa integridade, somos inteiramente de Cristo.  Não somos corpo e espírito, somos uma unidade de ser que Deus ressuscitará totalmente um dia.
  47. 47.  Falta de humildade, autoconfiança, soberba, vaidade.  “Minha força”; “minha habilidade”.  Não há rei que se salve com a grandeza dum exército, nem o homem valente se livra pela muita força. O cavalo é falaz para a segurança; não livra ninguém com a sua grande força. Salmos 33:16-17
  48. 48.  Davi possuía habilidades para a guerra.  Jesus mandou que os discípulos comprassem espadas.  Pedro andava armado com espada.
  49. 49.  Para os cristãos a guerra defensiva sempre teve lugar na doutrina, com exceção histórica da passividade anabatista.  A maioria dos esportes nasceram no contexto de preparação para a guerra, apesar do aspecto de recreação e prazer sempre existentes.
  50. 50.  A mansidão do cristão deve ser um autocontrole em ação.  O mesmo princípio da necessidade de guerra é aplicado a defesa pessoal. Diante de um perigo grave ou mortal imposto por outro onde não existe auxílio de autoridade superior no momento.  Diante de um perigo real a tradição cristã permite o uso da força para autodefesa.  É o mesmo princípio da guerra defensiva.  Em Êxodo 22 a Bíblia aceita a força letal, defensiva e pessoal.  Amar ao próximo requer defesa do próximo desamparado.
  51. 51.  O cristão deve rejeitar o ódio, a intolerância e a violência desnecessária.  O cristão deve ser a favor da harmonia, da paz, do amor e da aprendizagem.  O cristão deve colocar sua confiança em Deus e não na força física nem na inteligência marcial.  Ao cristão cabe redimir, reconstruir as disciplinas marciais embasadas nas Escrituras.
  52. 52. 1. EVITE o perigo...caso não evite... 2. FAÇA O INIMIGO DESISTIR...caso não desista... 3. NEUTRALIZE O INIMIGO
  53. 53.  Em tudo há pecado, e onde há pecado há a possibilidade de REDENÇÃO.
  • FranThalison

    Feb. 22, 2017
  • valmarfernandes5

    Jul. 19, 2016
  • priscilamelanesdemarins

    Oct. 2, 2015
  • JulianoBonomo

    Aug. 6, 2015
  • FernandoSouza103

    Apr. 22, 2015
  • rogerioarrudacastanho

    Nov. 24, 2014
  • raimundojunior10420

    Jun. 13, 2014

Dar a outra face ou lutar? O que as artes marciais carregam além das técnicas? O que a Bíblia tem a dizer? O crescimento das artes marciais e escolas de defesa pessoal crescem absurdamente no mundo inteiro e o cristão muitas vezes é confundido com muitos argumentos contra e a favor. Portanto, o discernimento se faz necessário. Acredito que a ignorância sobre o assunto é o maior inimigo a vencer.

Vistos

Vistos totais

6.217

No Slideshare

0

De incorporações

0

Número de incorporações

335

Ações

Baixados

96

Compartilhados

0

Comentários

0

Curtir

7

×