Construção do império marítimo português

2.559 visualizações

Publicada em

Construção do império marítimo português.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Construção do império marítimo português

  1. 1. Construção do império marítimo português
  2. 2. Impérios territoriais e marítimos • Ponto comum do imperialismo antigo: submissão de povos, com seus respectivos territórios, que foram colocados sob o domínio e a tributação de um poder conquistador. • Os portugueses conquistaram, em primeiro lugar, o Oceano Atlântico. • Outros países europeus seguiram o exemplo lusitano. • Os impérios europeus modernos se destacariam, portanto, por serem marítimos.
  3. 3. • Início da colonização ultramarina em meados do século XV, quando, após a conquista de Ceuta, no extremo norte da África, teve início a colonização regular dos arquipélagos do Açores e da Madeira, até então desabitados. • Foram escolhidos produtos agrícolas que deveriam ser cultivados nessas ilhas: trigo e cana- de-açúcar. • A busca de ouro, no entanto, era o principal objetivo dos empreendimentos marítimos.
  4. 4. Reconhecimento político da expansão • Bula papal Romanus Pontifex (1454): todas as ações de descoberta, de conquista e de colonização do espaço atlântico e africano eram reconhecidas pelo papa como legítimas, o que incluía a escravização de árabes e africanos. • Tratado de Alcáçovas: em troca da aceitação portuguesa de Isabel como rainha de Castela, os castelhanos reconheciam a soberania de Portugal sobre os Açores, a Madeira e sobre todos os territórios ao sul das Canárias. • Tratado de Tordesilhas (1494).
  5. 5. Império marítimo português no século XVI
  6. 6. Casa da Índia • Instituição político-comercial responsável por administrar os negócios de Portugal com o Oriente. • Os portugueses levaram à Ásia a religião cristã, formas de vestimenta, alimentação e comportamento que alteraram os costumes e modo de vida dos nativos. • O contanto com os portugueses desestabilizou as relações entre os nativos, causou alta mortalidade nas populações locais, em razão da contaminação bacteriológica, e desestruturou tradições longamente estabelecidas.
  7. 7. Exploração do Brasil (capitanias-hereditárias) • A primeira grande riqueza explorada foi o pau- brasil. • Pelo sistema de capitanias, o rei doava uma faixa de terra a um súdito, que recebia o título de capitão donatário. Com seu falecimento, a terra era transferida ao herdeiro.
  8. 8. Obrigações do donatário • Garantir da defesa militar da capitania; • Estabelecer boas relações com populações indígenas; • Organizar e desenvolver a produção local de gêneros economicamente rentáveis; • Montar um aparato administrativo jurídico; • Estimular o povoamento da capitania e sua comunicação com as vizinhas; • Assegurar a fidelidade de seus moradores ao rei; • Garantir a capitania como parte do Império Português e sua exploração econômica por meio dos monopólios e da tributação. • O grosso dos investimentos na capitania tinha que partir de cofres PRIVADOS, e não reais.
  9. 9. Capitanias hereditárias no Brasil
  10. 10. A criação do Governo Geral (motivos) • Fracasso da maioria das capitanias. • Acirramento da competição mundial e o consequente crescimento das incursões estrangeiras no Brasil. • Aumento das guerras contra as populações indígenas. • O sucesso da conquista espanhola do Peru e a descoberta, em seus territórios, em 1545, de vastos depósitos de prata, como as minas de Potosí (na atual Bolívia).
  11. 11. O Brasil açucareiro
  12. 12. O trabalho nos engenhos • Principais regiões canavieiras: Pernambuco e Bahia (século XVI). • Mais tarde prosperaram Rio de Janeiro, Maranhão e São Vicente. • Engenho: local específico no qual a cana era moída e toda a propriedade açucareira. • Engenho podia ser real (força hidráulica) ou de trapiche (movido por animais).
  13. 13. Ação dos jesuítas na colônia • Fundação da Companhia de Jesus em 1534 no contexto das lutas religiosas entre católicos e protestantes. • Objetivo de catequizar os nativos da América e de outras áreas do vasto império ultramarino ibérico. • Os jesuítas fundaram vários colégios na colônia. • As missões ou aldeamentos jesuítas estenderam-se por vários pontos dos domínios portugueses e espanhóis na América. • Tentativas de catequização baseadas na “palavra” e na “cura” e depois no “medo” e na “submissão”. • No século XVII, os índios passaram a ser capturados por expedições de apresamento organizadas pelos bandeirantes.
  14. 14. Responda • Qual era o grande objetivo da Companhia de Jesus? Em que contexto surgiu? • O que eram as “constituições”? • Quem foram Manuel da Nóbrega e Antônio Raposo Tavares?

×