Aula prática de análise musical como gênero textual

17.151 visualizações

Publicada em

Este é um plano de aula em música para aula prática de Análise Musical com perspectiva em Gênero Textual

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.151
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.256
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
108
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula prática de análise musical como gênero textual

  1. 1. Aula Prática de Análise MusicalO presente plano de aula visa fazer a análise em Gênero Textual de três músicas compropostas de letras diferentes para alunos do 6º ao 9º do ensino básico. A mesma écomposta de: Música, Público Alvo,Objetivos, Descrição das atividades, Resultados,Esperados e Avaliação. (KALORYI Otto, 1990, p1) apreciador de música que gosta de ouvi-la, mas nãoentende sua linguagem, é como o turista que vai ao estrangeiro nas férias, encanta-secom a paisagem, as gesticulações dos nativos e o som das suas vozes, mas nãoconsegue entender uma palavra do que eles dizem. Sentem, mas não podemcompreende.Raimundo Soares de Andrade é formado em Música pela UFPR, 2000. HTTP://prrsoaresamigodedeus.blogspot.com/ Rondonópolis-MT Data: 16/01/2013
  2. 2. Música 1:Estrangeirismo – Carlos SilvaPúblico Possível: 7º Ano do Ensino FundamentalFonte da Imagem: Disponível em > http://www.compadrelemos.com/audio.php?cod=13266, acesso em 16/01/2013Objetivos:-Conceituar o termo “ Estrangeirismo-Refletir sobre o uso das expressões estrangeiras e compreender a ação doestrangeirismo na língua portuguesa-Explorar formas de linguagens estrangeiras observando aspectos positivos e negativosno nosso dia a diaResultados Esperados:-Que o aluno reconheça palavras estrangeiras colocados no nosso vocabulário-Que o aluno identifique e entenda o significado de tais palavrasDescrição das atividades-Trabalhar a música “Estrangeirismo”, de Carlos Silva, procurando identificar esublinhar os estrangeirismos inseridos;-Procurar no dicionário e Google Tradutor o significado de cada um deles;-Analisar se o estrangeirismo causou dificuldade na interpretação do texto.-Ler ( em conjunto) a letra da música- Ouvir a música- Assistir ao vídeo clip-Trabalhar em língua portuguesa e inglesaAvaliação:Os alunos deverão coletar palavras encontradas em diferentes locais da cidade,anexando com as quais já conhecem e se possível registrar as origens( língua inglês,francesa, espanhola, etc)Os alunos deverão apresentar as palavras com seus significados para a sala de aula.Raimundo Soares de Andrade é formado em Música pela UFPR, 2000. HTTP://prrsoaresamigodedeus.blogspot.com/
  3. 3. Letra:Música: Estrangeirismo ( Carlos paiva)Outro dia me convidaram pra ir ao McDonalds comemos X burgerO salao estava, lotado fizemos os pedidos através de um tal de Drive ThruOs colegas percebendo a minha irritação disseram: Se tu estiver com pressa eles tem umsistema de Delivery, maravilhosoDesacostumado com esse linguajar chamei os cabras: vamos simbora.Seguimos pela avenida Henrique Shaumann, onde pude observar um Outdoor, queestava escrito China in Boxe uma seta indicativa Parking, nós não paramos por lá não.Seguimos mais adiante, avistamos um restaurante bonito e luxuoso e na porta de entradauma luz neon piscando escrita: Open.Quando olhei pro chão pude ver um capacho abandonado com a bandeira americana meconvidando: Welcome. Ao adentrarmos naquele recinto pude observar na suadecoraçao, e nas paredes estava escrito assim: Ice cake, X egg, Cheese burger e Fastfood.Eu pensei comigo: Food na Bahia a gente usa numa outra situação.Do meu lado esquerdo uma garota tomava uma cerveja numa lata vermelha e azul cuja amarca era Budwisser.O camarada que lhe acompanhava com sua Long Neck Heinekenn. Do meu lado direitouma loira bonita, peituda falava pro cabra com uma voz sensual assim: Eu trabalhonuma Relax for Men. E ele pergunta pra ela: Fica próximo do motel My Flowers? E elalhe responde: Não Baby, fica junto a Night Club, Wonderful Penetration.A fome aumentava juntamente com a raiva e eu não sabia se eu pedia um Hot Dog ouum simples cachorro quente.Emputecido mais uma vez com aquela situação chamei os caboclos: vamos simbora.Na saída o manobrista nos recebe e nos entraga a chave do nosso possante veículo: umFusca 68 fabricado em Volta Redonda na épouca do presidente Jucelino Kubistchekele olha pra mim e me diz: Thank you sir and have a good night. E eu usando todaminha simplicidade e educaçao que aprendi no sertão da Bahia, eu olhei pra ele e lhedisse: Vá pra puta que lhe pariu!Eu gostaria de falar com presidente pra cuidar melhor da gente que vive nesse país.Nossa gramática está tão dividida, tem gente falando Happy, pensando que é feliz.Acabaria com esse tal de estrangeirismo que deturpa nossa língua e muda tudo de umvez. E os mendigos que hoje vivem nas calçadas ensinaria ao brasileiro que aqui se falao português.Sou simples, sou composto, oculto, indeterminado, particípio, eu sou gerúndio, fonemasim senhor, adjetivo, predicado, eu sou sujeito, ainda trago no meu peito esse país commuito amor.Lá no centro da cidade quase que morri de fome, tanta coisa, tanto nome, sem eu saberpronunciar. É Fast Food, Delivery, Self Service, Hot Dog, Catchup. Eu só queriaalmoçar.Lá no centro da cidade quase que morri de fome, tanta coisa, tanto nome, sem eu saberpronunciar. É Fast Food, Delivery, Self Service, Hot Dog, Catchup. Meu Deus onde éque eu vim parar.Oxente problem.Estrangeirismo. Disponível em: http://www.vagalume.com.br/carlos-silva/estrangeirismo.html#ixzz2F80zoxP7 Acesso em 15/12/2012Raimundo Soares de Andrade é formado em Música pela UFPR, 2000. HTTP://prrsoaresamigodedeus.blogspot.com/
  4. 4. Música 2 :Pra ser feliz ; Letra DanielPúblico Possível: 9º Ano do Ensino FundamentalObjetivos:Discutir a importância da vida e dos direitos humanos na sociedadeDesenvolver o senso crítico para a violação dos Direitos HumanosResultados Esperados:-Que aluno compreenda a importância da prática dos direitos humanos-Que o aluno veja a vida como fator de inclusão e superaçãoDescrição das atividades-Ler a letra da música-Ouvir a música e áudio- Assistir ao vídeo clip-Fazer anotações dos quais assuntos a música fala-Discutir com o grupo os conceitos apresentados pela letra sobre a vida e direitoshumanos.Avaliação:Através da letra, propor que os alunos estudem os direitos humanos e que planejem umaação pratica para a realização do mesmo: Teatro, música, dança, arte.O trabalho deverá ser realizado em equipe e apresentado na reunião de pai da escola.LetraPra ser feliz ( Daniel)Ás vezes é mais fácil reclamar da sorteDo que na adversidade ser mais forteQuerer subir sem batalharPedir carinho sem se dar, sem olhar do ladoJá imaginou de onde vem a luz de um cegoJá cogitou descer de cima do seu egoTem tanta gente por aí na exclusãoE ainda sorri, tenho me perguntadoPra ser felizDo que é que o ser humano necessitaO que é que faz a vida ser bonitaA resposta onde é que está escritaPra ser felizO quanto de dinheiro eu precisoComo é que se conquista o paraísoQuanto custa pro verdadeiro sorrisoBrotar do coraçãoRaimundo Soares de Andrade é formado em Música pela UFPR, 2000. HTTP://prrsoaresamigodedeus.blogspot.com/
  5. 5. Talvez a chave seja a simplicidadeTalvez prestar mais atenção na realidadePorque não ver como liçãoO exemplo de superação de tantas pessoasO tudo às vezes se confunde com o nadaNo sobe e desce da misteriosa escadaE não tem como calcularNão é possível planejarNão é estratégicoVídeo da música Pra ser feliz: http://www.vagalume.com.br/daniel/pra-ser-feliz.html#ixzz2HJFQTy2e. Acessado em 07/01/201 Pra ser feliz, Vídeo. Disponível em:https://www.youtube.com/watch?v=zEfRZOjH7KI.Acesso em : 07/01/2013Fonte da imagem: Disponível em:http://www.popscreen.com/p/MTI2OTY2OTU3/Amazoncom-Daniel-Pra-Ser-FelizDaniel-MusicRaimundo Soares de Andrade é formado em Música pela UFPR, 2000. HTTP://prrsoaresamigodedeus.blogspot.com/
  6. 6. Música 3 : Carcará – Barbatuques Público Possível: 6º Ano do Ensino Fundamental Objetivos: Resultados Esperados: -Que o aluno reconheça e discuta práticas do sertão nordestino -Que o aluno identifique elementos dos costumes do cangaço Descrição das atividades -Ler a letra da música, identificando elementos estranhos - Enumerar elementos do cerrado comparando com osertanejo encontrado na letra da música-Ouvir a música e áudio- Assistir ao vídeo clip-Discutir elementos encontrados referentes ao sertão nordestino-Elaborar uma nova proposta de apresentação da música carcaráAvaliação:A avaliação será realizada pela prática executada no trabalho proposto:Comparação de elementos do cerrado e sertão ( escrito ou desenhado)Nova proposta da forma representada da música.LetraLá no sertãoÉ um bicho que avoa que nem aviãoÉ um pássaro malvadoTem o bico ponteado que nem gaviãoCarcaráQuando vê roça queimada, sai voando, cantando,CarcaráVai fazer sua caçadaCarcará come inté cobra queimadaMas quando chega o tempo da invernadaO sertão não tem mais roça queimadaCarcará mesmo assim num passa fomeOs burrego que nasce na baixadaCarcaráPega, mata e come. CarcaráNum vai morrer de fome. CarcaráMais coragem do que home. CarcaráPega, mata e come(2x)Carcará é malvado, é valentãoÉ a águia de lá do meu sertãoOs burrego novinho num pode andáEle puxa o umbigo inté matáCarcará, (hei) Carcará, Carcará, CarcaráPega, mata e comeLink da música carcará, Barbatuques > Disponível em:http://www.vagalume.com.br/barbatuques/carcara.html#ixzz2F80A59CG. Acesso em 07/01/2012Raimundo Soares de Andrade é formado em Música pela UFPR, 2000. HTTP://prrsoaresamigodedeus.blogspot.com/

×