Ecologia

765 visualizações

Publicada em

Noções de Ecologia, habitat, Ecótono,

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Ecologia

  1. 1. INTRODUÇÃO À ECOLOGIA
  2. 2. ESPÉCIE É o grupo de populações naturais semelhantes, capazes de cruzar entre si e produzir descendentes férteis. Exemplo: Cruzamento da égua Equus caballus e o jumento Equus asinus (apesar de parecidos até no nome não são da mesma espécie, apenas do mesmo gênero, nesse caso quando cruzados não são capazes de gerar descendentes férteis). O resultado do cruzamento desses animais é a mula.
  3. 3. Equus caballu Nome vulgar = Égua Equus asinus Nome vulgar = Jumento MULA
  4. 4. POPULAÇÃO É o conjunto de indivíduos de mesma espécie, que vive em dada área geográfica, em determinado espaço e tempo. Exemplo: Os indivíduos da araucária ou pinheiro-do-paraná (Araucaria angustifolia) na mesma floresta constituem uma população.
  5. 5. Origem do nome Curitiba (capital do estado do Paraná região sul do Brasil). A palavra “CURI” vem do tupi e é a denominação dada ao pinheiro-do-paraná. . Já a palavra “TIBA” também vem do tupi e significa abundância ou lugar onde se encontram reunidas muitas pessoas ou coisas. Daí o nome CURI TIBA: “lugar onde se encontravam muitas araucárias”.
  6. 6. COMUNIDADE OU BIOCENOSE São populações de espécies diferentes que vivem na mesma área.
  7. 7. A comunidade de uma lagoa compõem-se de populações de plantas aquáticas, peixes, anfíbios, algas e plantas que convivem e se inter-relacionam.
  8. 8. BIÓTOPO É a área demarcável e o conjunto de fatores físicoquímicos (ar, água, solo) que cercam uma comunidade.
  9. 9. Todos os seres vivos de uma floresta ocupam um Biótopo. Um lugar que possui fatores físicoquímicos (ar, água e solo), possível de se viver.
  10. 10. ECOSSISTEMA É o conjunto de interações formado pelos seres vivos (fatores bióticos) e pelos componentes químicos e físicos do ambiente (fatores abióticos).
  11. 11. Fatores Bióticos – Comunidades de seres vivos Fatores Abióticos – Dizem respeito às características físico-químicas do local onde vive a comunidade, como o solo com sais minerais e água, os gases atmosféricos, a temperatura, o grau de luminosidade, a salinidade e a pressão.
  12. 12. BIOSFERA É o conjunto de todos os ecossistemas do planeta. Exemplo: A Terra é o maior ecossistema do próprio planeta.
  13. 13. É a soma de todas as regiões da Terra onde existe vida.
  14. 14. HÁBITAT É o local do ecossistema onde uma espécie pode ser encontrada.
  15. 15. Os cactos encontramse nos desertos.
  16. 16. NICHO ECOLÓGICO É o papel que determinado organismo desempenha no ecossistema, incluindo seu hábitat, suas relações alimentares, estratégias de sobrevivência, seus inimigos naturais, locais de abrigo e de reprodução.
  17. 17. O jacaré-do-pantanal, por exemplo, habita as margens dos rios, onde se alimenta principalmente de peixes, alguns caramujos e crustáceos. Na época reprodutiva a fêmea coloca ovos que são chocados em ninhos construídos com vegetação dentro da mata. Seus filhotes alimentam-se de peixes pequenos e insetos e também servem de alimento para algumas aves.
  18. 18. ECÓTONO É a zona de transição entre dois ou mais ecossistemas. É a região que apresenta grande diversidade de espécies, por conter nichos ecológicos que possibilitam o estabelecimento de organismos dos dois ecossistemas adjacentes e alguns próprios dele mesmo. Exemplo: A zona de transição entre o campo e uma floresta constitui um ecótono. Esse ecossistema apresenta animais e vegetais das duas regiões, além de espécies próprias.
  19. 19. BIODIVERSIDADE É o conjunto de todas as espécies de seres vivos que compõem a vida na Terra e dos ecossistemas dos quais fazem parte.
  20. 20. CADEIA ALIMENTAR É uma representação gráfica que mostra o fluxo de energia num ecossistema. É a interação entre os organismos de um ecossistema, produzindo energia e possibilitando a vida.
  21. 21. TEIA ALIMENTAR É o conjunto de cadeias alimentares de que um animal participa. Ocorre quando um organismo consumidor pertence a mais de uma cadeia alimentar, por possuir mais de uma fonte de alimento ou sofrer predação por mais de um organismo.

×