Como manter suas resoluções para 2017 7 dicas valiosas

101 visualizações

Publicada em

Se você está frustrado com seu desempenho em 2016, aqui estão 7 dicas para cumprir as resoluções para 2017. Apenas 8% das pessoas conseguem.

Publicada em: Marketing
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
101
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
0
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Como manter suas resoluções para 2017 7 dicas valiosas

  1. 1. Cumpra suas resoluções de 2017 Como manter suas resoluções para 2017 | 7 dicas valiosas planoblife.com.br /como-manter-suas-resolucoes-para-2017/ Você terminou 2016 insatisfeito consigo mesmo e com o que gostaria de ter alcançado? Saiba que isso é mais comum do que parece. Enquanto nas mídias sociais todos parecem estar satisfeitos e contentes com suas vidas, apenas 8% das pessoas realmente são capazes de realizar suas resoluções anuais, de acordo com um estudo conduzido pelo Journal of Clinical Psychology, da Universidade de Scranton. Assim, estar entre os 92% não é lá grandes coisas. Como tornar-se parte da elite dos 8% que cumprem suas resoluções É ótimo fazer resoluções. Elas nos levam ao caminho do melhoramento e daquilo que queremos ver concretizado em nossas vidas. Mas manter-nos consistentes até alcançá-las já é outra estória. Para caminharmos em sua direção e ver nossas metas concluídas, precisamos de uma abordagem mais prática e lógica: 1. Crie uma resolução tangível Ao invés de criar uma ideia vaga sobre a meta a ser alcançada, torne-a mais palpável. Se por exemplo, você 1/3
  2. 2. quer perder peso, sua meta para janeiro poderia ser eliminar o açúcar, para fevereiro, eliminar o glúten, para março comer mais frutas e iniciar academia. Dividir em pequenos passos faz com que a meta seja mais fácil de ser alcançada. É importante também deixá-las registrada no papel ou digitalmente. Em 1.953, a Universidade americana de Yale fez uma pesquisa com seus formados para verificar quem tinha registrado suas metas. Apenas 3% tinha. O incrível é que 20 anos depois esses mesmos 3% estavam mais alegres, apaixonados e de bem com a vida. E mais do que isso, esses 3% valiam mais financeiramente do que os 97% juntos. Assim, vale a pena gastar uns minutinhos para registrar suas metas. 2. Simples = atingível Auto-aprimoramento é um processo contínuo. Você não pode tornar sua melhor versão da noite para o dia ou até mesmo de um ano para o outro. Assim, fazer uma longa lista com tudo o que você deseja na vida para conseguir no mesmo ano é a receita para o desastre. Ater-se apenas a uma meta e fazer isso bem feito é melhor do que ter milhares de metas e não conseguir alcançar nada pela sobrecarga. 3. Defina a razão correta Perder peso porque “Meu namorado quer que eu emagreça” ou “Minha mãe disse que estou gorda” não são boas razões para a definição de uma meta. O seu porque deve vir de um bom lugar (de preferência do seu coração). Caso contrário, sua razão desaparecerá assim que a pessoa que a gerou desaparecer também. 4. Torne público Registrar num diário o acompanhamento das suas metas é uma tática interessante, mas não muito eficiente. Por ser um meio privado, as falhas ficam apenas ao seu alcance. Mais eficiente é criar um blog, uma conta específica para isso no Instagram ou no Face. Você será motivado por outras pessoas estarem te seguindo, criará uma corrente de apoio e quem sabe um negócio caso seja bem-sucedido no alcance dos seus objetivos. Veja a incrível estória de Natallie Jill, que atualmente tem um negócio de fitness e nutrição. Ela começou seu negócio depois de perder a casa, o marido, sua pensão e ganhar muitos quilos. 5. Obtenha pequenas vitórias Até o final do ano sua meta pode ser perder 20 quilos, mas a perda de meio quilo ou mesmo aquele pão não comido deve ser comemorado. Como sugere o psicólogo Karl Weick no seu artigo “Small Wins – Pequenos ganhos”, nós deveríamos ter como prática diária focar nossa atenção em direção aos pontos positivos contando cada vitória que nós temos. O princípio funciona pela mudança de perspectiva. Ao invés de focar em metas complexas, o foco fica em mudanças pequenas e alcançáveis. É importante que cada vitória seja comemorada, mesmo uma massagem ou ouvir sua música favorita. Assim o comportamento é reforçado e continuado no dia seguinte. 6. “Multe” a si mesmo Usamos cinto de segurança e evitamos correr no trânsito porque não queremos ser multados. Não traímos nossos namorados/ namoradas porque não queremos perdê-los. A perda é um gatilho muito poderoso. Assim, estabeleça uma multa a si mesmo caso não cumpra uma meta e/ou parte de sua meta. Caso decida adotar essa prática, o aplicativo Stickk, usado por Tim Ferris, pode te ajudar. Com ele, você estabelece metas, penalidades como doar dinheiro para a caridade ou a um amigo, indica uma pessoa como sua referência e obtém apoio de amigos. O aplicativo te envia relatórios periódicos. É bem interessante. Como ele é gratuito, vale a pena experimentar. 2/3
  3. 3. 7. Continue acreditando As vezes acordamos com o pé esquerdo, de mal humor, tudo dá errado. Nesses dias, não queremos fazer a nossa parte do acordo. Independente de qualquer coisa, não desencoraje a si mesmo. Se você continuar acreditando, no final você alcançará as suas metas. Referência: Lifehack E você, quais são suas metas e sonhos para 2017 Sem Ideias para Começar Seu Negócio Online? Baixe o Guia com 50 Ideias de Negócios de Sucesso e Inspire-se!!! 3/3

×