Tratamento e Disposição Final de Resíduos

21.495 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
21.495
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
414
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
759
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tratamento e Disposição Final de Resíduos

  1. 1. RESÍDUOS SÓLIDOS Prof. Dr. Valdir Schalch MÓDULO 2
  2. 2. RESÍDUOS SÓLIDOS - DEFINIÇÃO ... aqueles nos estados sólidos e semi-sólidos, que resultam de atividades da comunidade de origem: industrial, doméstica, hospitalar, comercial, agrícola, de serviços e de varrição. Ficam incluídos, nesta definição os lodos provenientes de sistemas de tratamento de água, aqueles gerados em equipamentos e instalações de controle de poluição, bem como determinados líquidos, cujas particularidades tornem inviável seu lançamento na rede pública de esgoto ou corpos de água, ou exijam para isso soluções técnica e economicamente inviável em face à melhor técnica disponível. NBR 10004:2004
  3. 3. Serviços Fontes Geradoras de Resíduos Sólidos Gestão e Gerenciamento de Resíduos Sólidos Indústrias de transformação Rejeitos Radiativos Rejeitos Agrícolas Resíduos de Poda e Capina Resíduos de Construção e Demolição Resíduos de Serviços de Saúde Resíduos Sólidos Domiciliares Sacolão e Feira-Livre Comercial e Shopping Limpeza de boca de lobo Urbanos Industriais
  4. 4. Gestão e Gerenciamento de Resíduos Sólidos Prefeitura Gerador e Prefeitura Gerador e Prefeitura Prefeitura Gerador Responsabilidades Indústrias de transformação Rejeitos Radiativos Rejeitos Agrícolas Resíduos de Poda e Capina Resíduos de Construção e Demolição Resíduos de Serviços de Saúde Resíduos Sólidos Domiciliares Urbanos Industriais
  5. 5. Resíduos Sólidos Domiciliares Estação de Transferência ou Transbordo Varrição Coleta Regular Caracterização Tratamento Disposição Final Aterro Sanitário Compostagem Incineração Sistema de Triagem Outras Alternativas R e j e i t o s Transporte Acondicionamento Poda / Capina Coleta Seletiva Física Química Biológica (OPERACIONAL) (TECNOLÓGICA) OBS: Todos os processos devem levar em consideração a Coleta Seletiva Aterro Controlado Lixão
  6. 6. *Redução *Reutilização A c o n d i c i o n a m e n t o COLETA SELETIVA Caracterização Transporte Central de Triagem Material Reciclável Material Compostável Utilização como Matéria- prima em Processos Pirólise R e j e i t T o s Procedimento para Redução, Reutilização e Reciclagem de Resíduos Sólidos (*) Devem ser praticadas até os seus limites Aterro Controlado Lixão Aterro Sanitário
  7. 7. Compostagem Material Compostável Reaproveitamento COMPOSTAGEM (Bioprocesso) Outras Alternativas Composto Utilização Rejeitos Aterro Sanitário Aterro Controlado Lixão
  8. 8. Resíduos de Serviços de Saúde (RSS) RESÍDUO GERADO SEGREGAÇÃO NA ORIGEM ACONDICIONAMENTO TRATAMENTO INTERNO ARMAZENAMENTO TEMPORÁRIO COLETA E TRANSPORTE INTERNO IDENTIFICAÇÃO CLASSIFICAÇÃO COLETA E TRANSPORTE INTERNO ARMAZENAMENTO EXTERNO COLETA ESPECIAL E TRANSPORTE EXTERNO TRATAMENTO DISPOSIÇÃO FINAL REDUÇÃO REUTILIZAÇÃO RECICLAGEM PROCESSOS COLETA SELETIVA VIDRO PAPEL PAPELÃO PLÁSTICO COMPOSTAGEM (RESTOS DE ALIMENTOS)
  9. 9. Resíduos de Construção e Demolição (RCD) Geradores Programas de Informação e Educação Ambiental *Redução na Fonte *Reutilização na Fonte *Reciclagem na Fonte Coleta e Transporte Área Licenciada para Armazenamento e Triagem Poda e Capina Coleta Seletiva Aterro de Inertes Limpeza Pública Caracterização Disposição Final Usina de Reciclagem Rejeitos (*) Devem ser praticadas até os seus limites Descartes Clandestinos
  10. 10. Resíduos de Construção e Demolição (RCD) Programa Municipal de Gerenciamento Até 1m³ ECOPONTOS Triagem Disposição Final CLASSE A (tijolos, blocos, telhas) Pequenos Geradores CLASSE B (plástico, papelão) CLASSE C (gesso) CLASSE D (tintas, solventes) Rejeitos Coleta Seletiva Armazenamento Adequado Armazenamento Adequado Aterro de Inertes Disposição Final Usina de Reciclagem Rejeitos
  11. 11. Resíduos de Construção e Demolição (RCD) Projetos de Gerenciamento Acima de 1m³ Área Licenciada para Armazenamento Triagem Disposição Final CLASSE A (tijolos, blocos, telhas) Grandes Geradores CLASSE B (plástico, papelão) CLASSE C (gesso) CLASSE D (tintas, solventes) Rejeitos Coleta Seletiva Armazenamento Adequado Armazenamento Adequado Usina de Reciclagem Aterro de Inertes Disposição Final Rejeitos
  12. 12. Geração de resíduos Prevenção da Poluição (P2) Análise do ciclo de vida Reutilização Acondicio-namento Coleta Transporte Interno Armazenamento Estocagem Transporte Sucata Carga Perigosa Reciclagem Bolsa de Resíduos Utilização como matéria prima em processos Tratamento Disposição Final STRS – Sistema de Tratamento de Resíduos sólidos “LANDFARMING” Aterro Industrial Co-disposição Encapsulamento, Solidificação, Estabilização Remediação e Bioremediação Secagem e Desidratação de lodo Neutralização Flotação Osmose Reversa Troca Iônica Eletrodiálise Adsorção Incineração/ Co-processamento Tecnologia de Plasma RESÍDUOS SÓLIDOS INDUSTRIAIS
  13. 13. Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais: Práticas Recentes e Propostas Matérias-Primas Energia Processo Produtos Resíduos dispostos diretamente no ambiente A) Práticas de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais no Passado B) Práticas Recentes de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais Matérias-Primas Energia Processo Produtos Tratamento Resíduos tratados e dispostos no ambiente Resíduos Resíduos Mercado Mercado
  14. 14. Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais: Práticas Recentes e Propostas Matérias-Primas Energia Processo Produtos Reutilização Reciclagem Recuperação Resíduos C) Práticas correntes em prevenção à poluição Mercado Resíduos Tratamento Sub-produtos Resíduos tratados e dispostos no ambiente
  15. 15. Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais: Práticas Recentes e Propostas D) Gerenciamento ideal de práticas futuras para resíduos sólidos industriais Matérias-Primas Energia Processo Produtos Reutilização Reciclagem Recuperação Resíduos Mercado Resíduos Reprocessamento Reutilização Reciclagem Recuperação Sub-produtos Reciclagem Reciclagem
  16. 16. GESTÃO E GERENCIAMENTO GESTÃO : definição de um conjunto de normas e diretrizes que regulamentem os arranjos institucionais (identificação dos diferentes agentes envolvidos e seus respectivos papéis), os instrumentos legais e os mecanismos de financiamento. GERENCIAMENTO : é a realização do que a gestão delibera, através da ação administrativa, de controle e planejamento de todas as etapas do processo.
  17. 17. Atual Prevenção da poluição (P2) Análise do ciclo de vida Redução Reutilização Reciclagem Tratamento de resíduos Físico Químico Biológico Disposição Final Minimização das quantidades produzidas Estratégia para a Gestão e o Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos Recuperação Energética Ideal

×