02 9º ano história rafael - brasil - ditadura militar e reabertura

2.616 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.616
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Alguns imaginavam que a Ditadura duraria apenas essa 1ª fase.
    Do dia 31/03/1964 à 15/04/1964: assumiu provisoriamente a presidência Ranieri Mazzilli, presidente da Câmara junto com uma junta militar que baixou o Ato Institucional Nº 1 (Ato Institucional emana sempre do Poder Executivo e regulava o funcionamento das Instituições).
  • O Governo Costa e Silva lança o pior o golpe da Ditadura sob o que restava de Democracia no País, o Ato Institucional nº 05, o famigerado AI – 5, estabelecendo no Brasil a Ditadura sem disfarces.
  • O Governo de Emílio Garrastazu Médici é bastante conhecido por ampliar as práticas de violência e pelo “milagre econômico” causado pelo investimento estrangeiro, mas por ter sido mal aplicado, fez com que aumentasse a divida externa e a concentração de renda.
  • O Governo de Ernesto Geisel deu início ao processo de reabertura política. Como a economia brasileira estava em crise, ele precisou buscar outros acordos econômicos que não se resumissem apenas aos EUA. Houve acordos com a China e a Alemanha. No plano interno, o Governo tentava manter o regime militar com emendas constitucionais, abertura e reabertura do congresso. Esse governo acabou com os Atos Institucionais que foram criados até então, havia sido 17 Atos. Em 1978 permitiu que os inúmeros partidos voltassem ou se fundassem. Essas ações positivas foram feitas para que a imagem do Ditadura fosse melhorada.
  • No final da década de 70 os movimentos sociais e as denúncias contra as torturas e exageros cometidos pelo regime militar aumentam.
    No ano de 1982 iniciou-se o movimento das Diretas Já com manifestações e passeatas, pedindo que as próximas eleições presidenciais fossem diretas.
    Em 1984 realizaram-se eleições não diretas, disputadas especialmente entre Paulo Maluf (com amplo apoio dos Militares) e Tancredo Neves (representante da oposição). Venceu Tancredo, que não chegou a assumir por um grave problema de saúde, vindo a falecer. Assumiu o seu lugar José Sarney.
  • No Governo José Sarney a moeda Cruzeiro é substituído pelo Cruzado. Para tentar resolver os planos econômicos, o Governo lança alguns Planos Econômicos, como o Plano Bresser, que congela os preços dos produtos e do salário, em 12/06/1987 e como o Plano Verão que novamente congelou os preços e lançou uma nova moeda, o Cruzado Novo, em 15/01/1989. Tudo para recuperar a economia e a inflação que passava de 500% ao ano. Sem sucesso, a nossa economia nos anos 80 fez com se usasse a expressão de geração perdida.
    Em 1989 ocorreram as primeiras eleições diretas para presidente. Depois de mais de 20 anos o povo voltava a escolher o seu Presidente. A disputa final ficou entre LULA e FERNANDO COLLOR DE MELO. Collor venceu e em 1992 saiu do poder de forma decepcionante. Mas isso, já é outra História.
  • Em 1989 ocorreram as primeiras eleições diretas para presidente. Depois de mais de 20 anos o povo voltava a escolher o seu Presidente. A disputa final ficou entre LULA e FERNANDO COLLOR DE MELO. Collor venceu e em 1992 saiu do poder de forma decepcionante.
  • 02 9º ano história rafael - brasil - ditadura militar e reabertura

    1. 1. História e Atualidades Professor Rafael Magno Noronha =] Material Único http://historiaeatualidade.blogspot.com professor.fael@terra.com.br 1
    2. 2. IInnttrroodduuççããoo • Vídeo 01 – Pela Memória e a Verdade. • Áudio – Porões da Ditadura
    3. 3. 4
    4. 4. IInnttrroodduuççããoo • A música “Cálice” protesta contra a censura que havia na época. • A palavra CÁLICE tem a mesma sonoridade da expressão CALA-SE e esse é o sentido que se quer dar na música.
    5. 5. RReelleemmbbrraannddoo • Golpe Militar de 1964: • Plano interno • Plano externo • Conjunção dos planos
    6. 6. 11ª ffaassee ddaa DDiittaadduurraa • Implantação e consolidação • Governo Castelo Branco (1964 – 67)
    7. 7. MMeeccaanniissmmooss ddoo PPooddeerr • Ato Institucional nº 1: mais poderes para o Presidente • AI – 2 e 3: eleições indiretas, instituição de apenas dois partidos (ARENA-Aliança Renovadora Nacional e MDB-Movimento Democrático Brasileiro)
    8. 8. MMeeccaanniissmmooss ddoo PPooddeerr • Em 24/02/1967 é aprovada uma nova Constituição, que estabelece mandato presidencial de 05 para 04 anos, estabelece eleições indiretas e reforça o poder do Presidente. • O Brasil aliado dos EUA, corta qualquer relação com países socialistas.
    9. 9. 22ª ffaassee:: ppeerrííooddoo ddee vviioollêênncciiaa • Governo Costa e Silva (1967-1969): • AI-5 e Junta Militar
    10. 10. AA RReepprreessssããoo AAuummeennttaa Passeata dos Cem Mil em 26/06/68: “Frente Ampla” pela democracia. AI – 5: resposta dos militares contra as manifestações  o presidente assume os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.
    11. 11. RRooddaa VViivvaa A música RODA – VIVA, de Chico Buarque representa bem esse período de forte censura A Roda-Viva em questão é a própria Ditadura
    12. 12. GGoovveerrnnoo MMééddiiccii ((11996699 –– 7744)) • Violência e o milagre econômico • Anos de Chumbo
    13. 13. MMááqquuiinnaa ddee RReepprreessssããoo Uso de Tortura (assassinato) Exílio Censura
    14. 14. AA CCEENNSSUURRAA Jornal Censurado
    15. 15. TTrriisstteess IInnssttrruummeennttooss Cadeira do dragão Pau de Arara Choques elétricos Espancamentos Soro da verdade Afogamentos Geladeira
    16. 16. TTrrooppiiccáálliiaa
    17. 17. UUffaanniissmmoo Propaganda de exaltação do governo militar: Inclusive com músicas, como “Eu te amo, meu Brasil”
    18. 18. Pra Não Dizer QQuuee NNããoo FFaalleeii ddaass FFlloorreess A música de Geraldo Vandré, foi o hino de uma geração que não ficou de braços cruzados “Vem, vamos embora, que esperar não é saber. Quem sabe faz hora, não espera acontecer”
    19. 19. 3ª fase: início ddaa rreeaabbeerrttuurraa Governo Geisel ( 1974 – 79) O Estado de exceção enfraquece.
    20. 20. AA HHoorraa ddaa VViirraaddaa Vladimir Herzog: a morte do jornalista por meio de tortura (e não suicídio como divulgado) foi fundamental para abertura política “lenta, gradual e segura”
    21. 21. Governo FFiigguueeiirreeddoo ((11997799 –– 8855)) O Governo de João Batista Figueiredo restabeleceu a autonomia das municípios, estabeleceu anistia aos presos e exilados por motivos políticos e voto direto para Governo Estadual.
    22. 22. AAnniissttiiaa A Lei 6 683 concedeu Anistia (PERDÃO) aos perseguidos políticos pela Ditadura Militar e aos agentes da ditadura!
    23. 23. Final dos Anos 7700 // IInníícciioo ddooss aannooss 8800...... Ainda há uma pequena repressão Atentados Movimento Sindical no ABC paulista
    24. 24. Reabertura Política A Nova República
    25. 25. VVííddeeoo 0077 Diretas Já Vídeo
    26. 26. RReeaabbeerrttuurraa PPoollííttiiccaa Anos 80: Diretas Já Eleição Indireta de Tancredo Neves em 1984, que falece. Substituído por Sarney.
    27. 27. RReeaabbeerrttuurraa PPoollííttiiccaa Governo de José Sarney: (1985 – 90): Planos e problemas econômicos e nova Constituição em 1988
    28. 28. RReeaabbeerrttuurraa PPoollííttiiccaa 1989:Eleições Diretas para presidente: Lula x Fernando Collor de Mello Venceu Collor
    29. 29. Governo CCoolllloorr ((11999900--9922)) 1º Dia de Governo: bloqueio de grande parte do dinheiro que pessoas e empresas tinham no Banco. Fracasso do Plano Collor e das medidas tomadas pela Ministra da Economia, Zélia Cardoso. A inflação continuou alta.
    30. 30. Governo CCoolllloorr ((11999900--9922)) Collor não realizou as promessas de campanha, como acabar com a inflação e com os marajás. Grande denúncia em 1992 de corrupção, feita pelo irmão do Presidente, seu motorista e sua secretária. Instauração de uma CPI.
    31. 31. Governo CCoolllloorr ((11999900--9922)) Movimento dos Caras Pintadas: FORA COLLOR. Em setembro de 1992, Collor foi afastado e pediu sua renúncia em dezembro do mesmo ano. O Senado o julgou e suspendeu seus direitos políticos por 08 anos. Hoje ele é Senador Federal afastado e disputou o governo do Estado de Alagoas
    32. 32. Caras-Pintadas -1992 30-09-1992
    33. 33. AAnnooss 9900 // 22000000

    ×