Treinamento processos draw io

1.291 visualizações

Publicada em

Breve manual para apoio no mapeamento de processos organizacionais utilizando a ferramenta web app draw.io

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.291
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
74
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Treinamento processos draw io

  1. 1. Mapeamento de processos com draw.io
  2. 2. Configurações iniciais
  3. 3. Mapeamento de processos com draw.io Ao acessar o site do draw.io, a primeira pergunta realizada pela ferramenta é “onde você vai desejar salvar seus diagramas?”. As 3 opções disponíveis são, da esquerda para direita: Google Drive, Dropbox ou no próprio dispositivo (computador, tablet, etc). Configurações iniciais Marcando esta opção, o draw.io salva o dispositivo indicado para ser automaticamente utilizado nos próximos acessos à ferramenta.
  4. 4. Mapeamento de processos com draw.io Basta então selecionar o local onde seus arquivos serão salvos. Recomenda-se utilizar o próprio dispositivo como local para guarda dos arquivos. Configurações iniciais
  5. 5. Mapeamento de processos com draw.io A seguir, deve se escolher entre as opções “criar um novo diagrama” ou “abrir um diagrama existente. Configurações iniciais
  6. 6. Mapeamento de processos com draw.io Configurações iniciais Ao selecionar a opção “criar um novo diagrama”, a ferramenta oferece, além do diagrama em branco, uma série de outros modelos de diagramas. Para selecionar o diagrama em branco, basta selecionar a opção indicada. Para abrir um diagrama existente – no caso de o dispositivo ter sido indicado como opção de trabalho – o draw.io abre a seguinte janela, para localizar o arquivo indicado pelo usuário. Basta
  7. 7. Mapeamento de processos com draw.io Escolhendo as opções “criar novo diagrama” e “diagrama em branco”, o usuário será conduzido até esta tela: Configurações iniciais Área de trabalho Barras de ferramentas Visualização da área de trabalho Ícones
  8. 8. Mapeamento de processos com draw.io Uma das primeiras configurações recomendadas para se realizar no novo arquivo de trabalho é a configuração da página. Na barra de ferramentas, em “Arquivo > Configuração da Página” é possível escolher a o tamanho da área de trabalho (A4, A3, Letter, etc.) e a orientação do documento, se paisagem ou retrato. Configurações iniciais Configuração da página
  9. 9. Mapeamento de processos com draw.io Outra configuração que pode facilitar o trabalho é a de limitar opções de figuras disponíveis para desenho. Para nosso caso, de mapeamento de processos, bastam estarem selecionadas as opções “Geral” e “BPMN”. Configurações iniciais Mais formas Nota: BPMN siginifica Business Process Modeling Notation, que é uma das metologias de mapeamento de processos.
  10. 10. Mapeamento de processos
  11. 11. Mapeamento de processos Exemplo – pedido de pizza
  12. 12. Mapeamento de processos Exemplo – pedido de pizza
  13. 13. Mapeamento de processos Principais ícones utilizados
  14. 14. Mapeamento de processos Principais ícones utilizados Atividade Gateway Evento
  15. 15. Mapeamento de processos Principais ícones utilizados – pools e swimlanes Pools e swimlanes (piscina e raia de natação, numa tradução literal) representam os envolvidos no mapeamento de processos. A função da swimlane é especificar um envolvido num processo, mas, ao contrário da pool, sua utilização não é obrigatória. Retomando o exemplo da pizzaria, podemos observar que nele a pool representa toda a pizzaria, enquanto a swimlane especifica as áreas dentro da pizzaria, como antendimento, cozinha e entrega.
  16. 16. Mapeamento de processos Principais ícones utilizados – atividade As figuras abaixo, apesar de bem semelhantes, representam conceitos um pouco distintos: Atividade/tarefa: Representa a ação que pode ser realizada para o cumprimento de um processo. Sub-processo: Conjunto de tarefas interelacionadas dentro de um processo. IMPORTANTE Os nomes das atividades devem sempre começar por um verbo no infinitivo
  17. 17. Mapeamento de processos Principais ícones utilizados – gateway Os gateways indicam o fluxo, ou “caminho”, que o processo segue. Utilizaremos basicamente dois gateways. Evento paralelo Evento exclusivo Indica a ambiguação ou união de dois eventos paralelos. Indica uma “questão/pergunta”, da qual o processo segue por um fluxo específico.
  18. 18. Mapeamento de processos Principais ícones utilizados – evento Num fluxograma de processos, os eventos representam um “gatilho”, resultado ou conexão entre eventos. Início Intermediário Fim Indica o início de um fluxo de processos ou evento. Indica a interação do fluxo com um processo externo. Indica o final de um fluxo de processos.
  19. 19. Mapeamento de processos Principais ícones utilizados – outros Além dos ícones apresentados nas páginas anteriores, alguns outros também podem ser utilizados para o mapeamento de processos no draw.io, por exemplo: Documento Mensagem TempoDocumentos Todavia, independentemente da utilização dos ícones acima, ou de outros que representem os eventos de um fluxo de processos, recomenda-se sempre que sejam anotados mapeamento de processos os principais eventos ou condicionantes que interfiram no fluxo. Exemplo:
  20. 20. Salvando o trabalho
  21. 21. Salvando o trabalho Como salvar o trabalho em diversos formatos Para salvar o trabalho realizado, basta clicar em arquivo e, em seguida, em “salvar/salvar como” para salvar o arquivo em formato .xml, para uso no próprio draw.io. Outra possibilidade, é acessar a aba arquivo e em seguida “download as “, que disponibiliza uma lista de extensões com as quais é possível salvar o trabalho (ver imagem abaixo).

×