Aula 11 fotojornalismo.

1.814 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Aula 11 fotojornalismo.

  1. 1. AULA XI – Fotojornalismo Professor Rafael Serra | Rafinhavserra@hotmail.com
  2. 2. Utilizaram daguerreótipos Conseguidos pelos irmãos Joseph e Johan Natterer Exposição de 1”
  3. 3. Fotojornalismo no Brasil
  4. 4. O Fotojornalismo, começou no Brasil assim que chegou a fotografia por aqui. (1840) Quando o capelão Louis Compte aportou no rio de janeiro de passagem trazendo a novidade de Paris.
  5. 5. Apresentou o daguerreótipo para o “recem” imperador Dom Pedro II que logo ficou encantado pela fotografia
  6. 6. Tudo começou quando Compte fotografou o paço imperial Brasileiro. No Século XIX o nome dado ao fotojornalismo era Fotodocumentarismo
  7. 7. Em frente havia uma tropa formada No fundo a esquerda está a torre da capela imperial Ao centro a sineira provisória da terceira ordem de monte do carmo E a direita o Hotel de France
  8. 8. Os fotografos mais importantes dessa época foram: Marc Ferrez João Gutierrez de Padilha Luiz Terragno Augusto Stahl
  9. 9. Marc Ferrez 1843 - 1923 • Chegou ao Brasil ainda criança depois de perder seu pai • Já adolescente começou a trabalhar na “Casa Leuzinger” onde deu inicio com seu entusiasmo fotográfico. • Alguns anos depois abriu seu proprio estabelecimento “Casa Marc Ferrez & Cia” • Fotografou a construção do arco do triunfo e do templo da vitória no campo da aclamação. • Fotografou festejos do término da guerra com o paraguai • Fotografou a chegada da familia imperial ao rio depois de uma viagem a europa • Recebeu menção no almanaque Leammert na seção “Fotografos da Corte”
  10. 10. Marc Ferrez 1843 - 1923 • Em 1873 Perdeu tudo em um incêndio em seu ateliê (voltou a Paris) • Foi fotografo de uma expedição onde fotografou indios, e percorreu todo o nordeste Brasileiro. • 1880 Recebeu o Título de Fotografo da marinha imperial. • 1882 Fotografou dom pedro II e sua comitiva na inauguração do túnel da mantiqueira • 1883 Fotografou a revolta armada principalmente os estragos nos navios e instalações da marinha
  11. 11. JUAN GUTIERREZ DE PADILHA 1859 - 1897 • Em 1880 se estabeleceu no Brasil como proprietário da loja Photographia União • Tornou-se fotografo na casa imperial em 1889 (ultimo ano de império no Brasil) • 1893 Foi contratado pelo exército para documentar as tropas que lutariam na revolta armada. (A Série de fotos sobre o tema é considerada com sua principal contribuilção para a fotografia no Brasil)
  12. 12. AUGUSTO MALTA 1864 - 1957 • Nascido no Brasil em Mata Grande/AL • Foi um dos mais importantes fotografos brasileiros no final do século XIX e início do século XX. • Fotografo Oficial da prefeitura do rio de janeiro entre 1900 e 1930 (Antigo distrito federal) • Documentou as transformações que passou o rio de janeiro no início do seculo XX
  13. 13. AUGUSTO MALTA 1864 - 1957 • Registou: -Demolição do morro do castelo -Revolta da Vacina -Inauguração da avenida central (hoje Avenida rio branco) -Exposição Nacional de 1908 -Exposição Internacional do centenário da independência em 1922 -A inauguração do cristo redentor em 1931.
  14. 14. AUGUSTO MALTA 1864 - 1957 • Faleceu no rio de janeiro em junho de 1957 a maior parte de suas fotografias estão no acervo do Museu da imagem e som. Ao todo cerca de 80 mil fotos.
  15. 15. Fotojornalismo Independente
  16. 16. Fotojornalismo independente surgiu na França logo após a Segunda Guerra Mundial. Uma Agência de fotografos foi formada com o objetivo de discutir os trabalhos realizados, se aprofundar nas reportágens e lutar pelos direitos autorias.
  17. 17. A Pioneira foi a Cooperativa Magnum, fundada em Paris em 1947 pelos míticos fotografos: Henri Cartirt-Bresson Robert Capa David Seymour George Rodger
  18. 18. Foto da Cooperativa Magnum
  19. 19. Bresson.
  20. 20. Bresson.
  21. 21. Bresson.
  22. 22. Bresson.
  23. 23. Bresson.
  24. 24. Robert Capa
  25. 25. Robert Capa
  26. 26. Robert Capa
  27. 27. Gêneros Fotojornalísticos
  28. 28. Existem duas formas de classificar os gêneros Fotojornalísticos, categorizados em: • Noticias, Features, Retrato, Ilustração fotográfica, Paisagens • e Histórias em fotografias.
  29. 29. FOTOGRAFIA DE NOTÍCIAS Grande parte das fotografias que são publicadas num jornal ou revista são fotografias de noticias. Elas se Subdividem em: • Spot News • General News
  30. 30. SPOT NEWS São Fotografias “Únicas” clicadas em eventos inesperados. Geralmente em ocasiões em que as emoções estão a flor da pele.
  31. 31. SPOT NEWS São Fotografias “Únicas” clicadas em eventos inesperados. Geralmente em ocasiões em que as emoções estão a flor da pele. Fotografia tirada no momento Da colisão dos aviões no atentado terrorista ao WTC
  32. 32. SPOT NEWS
  33. 33. GENERAL NEWS (Notícias em Geral) Está relacionada com a cobertura cotidiana. Entrevistas coletivas, congressos, campanhas eleitorais, desfiles de moda, esporte etc. O Exemplo mais comum é a Photo Opportunities, que é aquela fotografia em cerimoniais de estados onde os politicos posam em grupo de comprimentando.
  34. 34. GENERAL NEWS (Notícias em Geral)
  35. 35. FEATURE PHOTOS São imagens fotográficas que encontram grande parte do seu sentido em si mesmas. Principal caracteristica é a imagem incomum, cheia de força visual, frequentemente colorida, capaz de atrair imediatamente o leitor • Fotografias de interesse humano • Fotografia de interesse pictográfico • Features de animais
  36. 36. FEATURE PHOTOS • Fotografia de interesse humano A pessoa é o tema principal, é representada natural e espontaneamente, o momento é unico e mostra o individuo como ele mesmo.
  37. 37. FEATURE PHOTOS • Fotografia de interesse pictográfico Possuem Grande força e apelo visual. Podem contribuir para a educação visual, passam alguma mensagem. E sensação.
  38. 38. FEATURE PHOTOS • Feature de animais Retratos de animais em situações engraçadas, expressando sentimento ou comportamento próprio da especie. A ideia é despertar riso ou sensibilizar o leitor
  39. 39. FOTOGRAFIAS ESPORTIVAS É a fotografia jornalística que trata de eventos que envolva jogos, partidas e esportes em geral. Também é subdividido • Ação desportiva • Features de desporto
  40. 40. FOTOGRAFIAS ESPORTIVAS • Ação desportiva São fotografias de qualquer situação que aconteça durante um jogo e no ambiente do jogo.
  41. 41. FOTOGRAFIAS ESPORTIVAS • Features de desporto O Interesse humano sobrepõe a ação esportiva. Comemorações Tombos Caretas Discussões etc...
  42. 42. RETRATO O retrato no jornalismo existe, porque antes de tudo é preciso mostrar quem que gera a noticia. Os leitores gostam de saber quem são as pessoas que aparecem na historia. Dividida em: • Mug Shot • Retratos ambientais
  43. 43. Retrato • Mug Shot É o tipo de fotografia que só enquadra a cabeça e ombros O fotografo procura evidenciar algum traço ou personalidade da pessoa E excluir do enquadramento outros objetos que tirem a atenção
  44. 44. Retrato • Retratos ambientais O Ambiente é usado para compor a imagem e retratar a pessoa. Os objetos também podem ser usados para identificar a pessoa.
  45. 45. ILUSTRAÇÕES FOTOGRÁFICAS Usadas com o objetivo de ilustrar o conteudo do texto. As ilustrações fotográficas podem ser fotografias unicas ou fotomontagens
  46. 46. HISTÓRIAS EM FOTOGRAFIA Consiste em uma serie de imagens que narram um acontecimento. Essas imagens devem mostras as diversas facetas do assunto a que reportam. Esse gênero requer tempo do fotografo, pois ele precisa pesquisar, refletir conhecer o tema e fazer um grande volume de fotos Dividida em: • Foto Ensaio • Fotorreportagem
  47. 47. HISTÓRIAS EM FOTOGRAFIA • Fotorreportagem Como o nome sugere, a fotorreportagem tem o objetivo de situar, documentar, mostrar a evolução de uma situação real e das pessas que a viveram.
  48. 48. Gêneros diversos Varios outros generos podem entrar na categoria de fotojornalismo O que vai contar é a intenção com que a fotografia foi realizada. Ex: Culinária, Paiságem, Urbanas, Selvagens Etc...
  49. 49. Fotojornalismo Em Casamentos
  50. 50. Gêneros diversos Fotojornalismo no casamento é um estilo onde o fotógrafo registra De maneira espontânea toda a emoção do casamento. O Importante são os detalhes do casamento, clicar os momentos que para outros olhos passam despercebidos: um beijo, um olhar, um sorriso, uma lágrima, podem ser o cenário de uma boa foto. Pode ser usado em conjunto com outros estilos de fotografia: P&B, Sépia, Foto tradicional, Posada, Clássica.
  51. 51. Kevin Weinstein
  52. 52. Kevin Weinstein
  53. 53. Kevin Weinstein
  54. 54. Daniel Aguilar
  55. 55. Daniel Aguilar
  56. 56. Daniel Aguilar
  57. 57. Daniel Aguilar
  58. 58. Everton Rosa
  59. 59. Everton Rosa
  60. 60. Everton Rosa
  61. 61. Everton Rosa
  62. 62. INSPIRAÇÃO
  63. 63. INSPIRAÇÃO Vivian Maier
  64. 64. Vivian Maier Um garoto de 26 anos chamado John Maloof, comprou algumas fotografias no leilão de uma casa de penhores com a intenção de ilustrar uma pesquisa sobre a história de um parque e de sua vizinhança em Chicago, cidade onde mora nos Estados Unidos. Essas fotografias por sua sua vez chegaram na casa de penhores através de um corretor, que vendeu algumas caixas de sua inquilina — aparentemente a própria fotógrafa — por falta de pagamento. Maloof ao adquirir as primeiras fotografias em 2007, recorreu a mesma ação na casa de leilões para adquirir várias outras, incluindo rolos de filmes que nunca foram revelados. Até então o garoto não sabia qual era o nome da fotógrafa e supunha apenas que ela era francesa.
  65. 65. Vivian Maier Em um dos últimos lotes de fotografias adquiridas, John Maloof — que aparentemente tem sido o principal curador da obra da fotógrafa — descobriu sua identidade até então anônima: Vivian Maier. Ao buscar na internet por seu nome, ele encontrou seu obituário com data de falecimento de apenas alguns dias antes. Vivian Maier, nascida dia 1 de Fevereiro de 1926 em Nova Iorque e falecida dia 21 de abril de 2009 com a idade de 83 anos. Apesar de americana ela cresceu na França, cujo local exato ainda é desconhecido. O que mais chamou a atenção da mídia é que ela foi babá durante 40 anos. Ela trabalhou também para um casal de Chicago, já identificados na pesquisa de Maloof, durante 14 anos. A partir do acervo sabe-se que ela viajou por alguns lugares do mundo como Argentina, Filipinas, Tailândia, China, Egito, Itália dentre vários outros
  66. 66. Vivian Maier . Parte desse acervo de informações sobre ela inclui milhares de rolos de filme (mais de 100.000 mil), algumas máquinas fotográficas, objetos pessoais e fitas cassete com conversas e algumas entrevistas com pessoas que ela fotografou. Muito desse material ainda nem teve seu conteúdo revelado.
  67. 67. Vivian Maier
  68. 68. Vivian Maier
  69. 69. Vivian Maier
  70. 70. Vivian Maier
  71. 71. Vivian Maier
  72. 72. Vivian Maier
  73. 73. Vivian Maier
  74. 74. Vivian Maier
  75. 75. Vivian Maier
  76. 76. Henri Cartier-Bresson O ARTISTA
  77. 77. Bresson
  78. 78. Bresson
  79. 79. Bresson
  80. 80. Bresson
  81. 81. Bresson
  82. 82. Bresson
  83. 83. Bresson
  84. 84. Bresson
  85. 85. Bresson
  86. 86. Bresson
  87. 87. Sebastião Salgado
  88. 88. Sebastião Salgado
  89. 89. Sebastião Salgado
  90. 90. Sebastião Salgado
  91. 91. Sebastião Salgado
  92. 92. Sebastião Salgado
  93. 93. Saída Fotográfica Nossa segunda saída Fotográfica será inspirada nos grandes nomes do fotojornalismo como Robert Capa, Bresson, Sebastião salgado, e nossa nova musa Vivian Maier O trabalho será feito em dupla e as imagens devem conter toda a emoção e contexto do momento, nao é necessário tratamento e nem efeitos P&B (mas nao é proibido). Além de um treino para nosso olhar, faremos uma evolução nas composições e configurações das cameras. As duplas vão apresentar suas 3 melhores fotos na proxima aula. Cuidado com Flash, Zoom, Ruido e Direitos de Imagem ;)

×