Biofisica radioterapia 1

2.796 visualizações

Publicada em

descrição de métodos e objetivos dos procedimento que utilizam radiação

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.796
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
58
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Biofisica radioterapia 1

  1. 1. Seminário de Biofísica Radioterapia Alunos: Marina B. Mesquita, Natália Trizzotti, Rafael K. Ramos. Prof: Irlena Wisniewska Moura.
  2. 2. Radioterapia A radioterapia é um método capaz de destruir células tumorais, empregando feixes de radiação ionizante transmitidas por máquinas ou substâncias radioativas.
  3. 3. Descoberta do raio X
  4. 4. Características: As radiações ionizantes podem ser eletromagnéticas ou corpusculares e carregam energia. Ao interagirem com os tecidos, dão origem a elétrons rápidos que ionizam o meio e criam efeitos químicos como hidrólise da água e e a ruptura das cadeias de DNA. A morte celular pode ocorrer então por diversos mecanismos, desde a inativação de sistemas vitais para a célula até sua incapacidade de reprodução
  5. 5. Processos de Radioterapia.
  6. 6. Radiações ionizantes: Raios-X Teleterapia Raios Gama
  7. 7. Acelerador linear de partículas - Raio X
  8. 8. Aparelhos emissores de Raios Gama
  9. 9. Braquiterapia
  10. 10. Exemplos de implantes utilizados na Braquiterapia
  11. 11. Vantagens: ● Reduz a exposição do profissional da saúde ● Redução do ciclo do tratamento ● Passível de realização ambulatorial ● Pequena duração ● Integração da Ressonância magnética nuclear e tomografica ● Possibilidade de “correção” de doses
  12. 12. Desvantagens: ● O paciente torna-se uma fonte radiotiva ● Não uniformidade das doses ● Procedimento invasivo ● Tem indicação em casos selecionados ● Não substitui a radioterapia externa em muitos casos ● Maior dose de radição
  13. 13. Tipos de Braquiterapia: Pela duração: ● Implantes permanentes ● Implantes temporários Pela taxa de dose: ● Baixa taxa de dose ● Alta taxa de dose ● Fontes de radiação: Rádio, Césio, Ouro e Iodo.
  14. 14. Efeitos Biológicos Morte celular Perda da capacitade de se dividir continuamente Carcinogênese Formação de câncer Mutação Reparo não homólogo
  15. 15. Formação de radicais livres Produzem diretamente mudanças
  16. 16. Quebra do DNA Quebra simples:Rapidamente reparada, não tem muita importância terapêutica. Quebra dupla:Ocorre nas duas fitas do DNA, mais rara. Quando ocorre em lugares separados pode dar origem aos três efeitos biológicos.
  17. 17. Os 4 Rs Redistribuição no ciclo celular Reoxigenação das células hipóxicas Reparo ao dano subletal Repopulação dos tecidos sadios
  18. 18. Importância do Oxigênio Os radicais livres reagem com o O₂formando um peróxido orgânico que impede a auto-reparação.
  19. 19. Radioproteção: Proteção contra os efeitos indesejados da radiação ionizante ● Os benefícios devem superar os malefícios ● Estabelecimento de limite de doses anuais de acordo com a idade e condição do paciente ● Comissão nacional de energia nuclear (CNEN) estabelece as diretrizes básicas de´proteção radiológica
  20. 20. Equipamentos 1) Monitor de taxa de exposição 2) Monitor de contaminação de superfície 3) Medidor de atividade (curiômetro) 4) EPIs (luvas, aventais, etc.)
  21. 21. Conclusão A radioterapia é um tratamento muito importante, pois permite o tratamento de tumores, evitando o agravamento da doença. Porém é importante lembrar que em todas as suas várias formas de aplicação traz riscos a saúde do indivíduo. Cabe ao médico portanto medir a necessidade ou não desse magnífico tratamento.
  22. 22. Obrigado!

×