SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
BEHAVIORISMO
Importância das consequências sobre o
comportamento.
 Reforço → aumentar a frequência de que determinada
ação volte a ocorrer.
 Reforço Positivo → É todo evento que aumenta a
probabilidade futura da resposta que o produz.
 ganho,acréscimo ou recompensa;
 Reforçador arbitrário: necessita de
intervenção direta, sendo social ou material.
 Reforço naturais : cotidiano, próprio do
ambiente natural;
 Reforçadores condicionados: necessita
de um estimulo que não era
originalmente reforçador;
 Reforço Negativo → É todo evento
que aumenta a probabilidade de futura
da resposta que o produz.
 afastar ou retirar um estimulo aversivo;
 Fuga no momento em que um determinado
estimulo aversivo está presente no ambiente, e
esse comportamento retira-o do ambiente.
 Esquiva é um comportamento que evita ou atrasa
o contato com o estimulo aversivo, ou seja, um
determinado estimulo aversivo não esta presente
no ambiente.
OBSERVAÇÃO
 Reforço Continuo → a cada ação
realizada uma resposta oferecida.
 Reforço intermitente → Requer que o organismo
aprenda a esperar pelo reforço.
 E usado para descrever uma situação em que o
reforçado segue a resposta de maneira ocasional
Obrigada!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula introducao a psicologia comportamental fabiana
Aula introducao a psicologia comportamental   fabianaAula introducao a psicologia comportamental   fabiana
Aula introducao a psicologia comportamental fabiana
Lidiane Oliveira Costa
 
Estudo de caso psicologia clínica
Estudo de caso psicologia clínicaEstudo de caso psicologia clínica
Estudo de caso psicologia clínica
Endriely Teodoro
 
CURSO FUNDAMENTOS DA PSICANÁLISE- Aula 4: A pulsão e sua aventura
CURSO FUNDAMENTOS DA PSICANÁLISE- Aula 4: A pulsão e sua aventuraCURSO FUNDAMENTOS DA PSICANÁLISE- Aula 4: A pulsão e sua aventura
CURSO FUNDAMENTOS DA PSICANÁLISE- Aula 4: A pulsão e sua aventura
Alexandre Simoes
 
A Psicologia como ciência e profissão.ppt
A Psicologia como ciência e profissão.pptA Psicologia como ciência e profissão.ppt
A Psicologia como ciência e profissão.ppt
SadeMental13RS
 

Mais procurados (20)

Psicologia humanista
Psicologia humanistaPsicologia humanista
Psicologia humanista
 
Aula 01 o behaviorismo radical e a psicologia como ciência.ppt
Aula 01 o behaviorismo radical e a psicologia como ciência.pptAula 01 o behaviorismo radical e a psicologia como ciência.ppt
Aula 01 o behaviorismo radical e a psicologia como ciência.ppt
 
Aula introducao a psicologia comportamental fabiana
Aula introducao a psicologia comportamental   fabianaAula introducao a psicologia comportamental   fabiana
Aula introducao a psicologia comportamental fabiana
 
Discriminação e controle de estímulos 1
Discriminação e controle de estímulos 1Discriminação e controle de estímulos 1
Discriminação e controle de estímulos 1
 
Teorias cognitivas tabela comparativa
Teorias cognitivas   tabela comparativaTeorias cognitivas   tabela comparativa
Teorias cognitivas tabela comparativa
 
Slide: A psicologia social e uma nova concepção do homem para a psicologia
Slide: A psicologia social e uma nova concepção do homem para a psicologiaSlide: A psicologia social e uma nova concepção do homem para a psicologia
Slide: A psicologia social e uma nova concepção do homem para a psicologia
 
Aula 3 análise funcional
Aula 3 análise funcionalAula 3 análise funcional
Aula 3 análise funcional
 
Autoconhecimento e liberdade
Autoconhecimento e liberdadeAutoconhecimento e liberdade
Autoconhecimento e liberdade
 
Controle de estímulos - v1
Controle de estímulos - v1Controle de estímulos - v1
Controle de estímulos - v1
 
Observação
ObservaçãoObservação
Observação
 
Estudo de caso psicologia clínica
Estudo de caso psicologia clínicaEstudo de caso psicologia clínica
Estudo de caso psicologia clínica
 
Aula 1. a teoria de traço fatorial analítica de raymond cattell
Aula 1. a teoria de traço fatorial analítica de raymond cattellAula 1. a teoria de traço fatorial analítica de raymond cattell
Aula 1. a teoria de traço fatorial analítica de raymond cattell
 
CURSO FUNDAMENTOS DA PSICANÁLISE- Aula 4: A pulsão e sua aventura
CURSO FUNDAMENTOS DA PSICANÁLISE- Aula 4: A pulsão e sua aventuraCURSO FUNDAMENTOS DA PSICANÁLISE- Aula 4: A pulsão e sua aventura
CURSO FUNDAMENTOS DA PSICANÁLISE- Aula 4: A pulsão e sua aventura
 
Psicologia social
Psicologia socialPsicologia social
Psicologia social
 
Origens históricas do behaviorismo
Origens históricas do behaviorismoOrigens históricas do behaviorismo
Origens históricas do behaviorismo
 
Punição positiva x negativa
Punição positiva x negativaPunição positiva x negativa
Punição positiva x negativa
 
Teoria do Behaviorismo de Skinner
Teoria do Behaviorismo de SkinnerTeoria do Behaviorismo de Skinner
Teoria do Behaviorismo de Skinner
 
Behaviorismo clássico e teóricos
Behaviorismo clássico e teóricosBehaviorismo clássico e teóricos
Behaviorismo clássico e teóricos
 
Aprendizagem operante
Aprendizagem operanteAprendizagem operante
Aprendizagem operante
 
A Psicologia como ciência e profissão.ppt
A Psicologia como ciência e profissão.pptA Psicologia como ciência e profissão.ppt
A Psicologia como ciência e profissão.ppt
 

Destaque

Behaviorismo comportamento respondente
Behaviorismo comportamento respondenteBehaviorismo comportamento respondente
Behaviorismo comportamento respondente
Talita Queiroz
 
Reflexo condicionado
Reflexo condicionadoReflexo condicionado
Reflexo condicionado
Lima Venancio
 
Análise comportamentalista x análise humanista (apresentação de powerpoint)
Análise comportamentalista x análise humanista (apresentação de powerpoint)Análise comportamentalista x análise humanista (apresentação de powerpoint)
Análise comportamentalista x análise humanista (apresentação de powerpoint)
NI VILNU
 
Reforço Positivo e Negativo
Reforço Positivo e NegativoReforço Positivo e Negativo
Reforço Positivo e Negativo
Leandro Malveira
 
Aprendizagem no Condicionamento Operante
Aprendizagem no Condicionamento OperanteAprendizagem no Condicionamento Operante
Aprendizagem no Condicionamento Operante
CatarinaNeivas
 
Abordagem comportamental
Abordagem comportamentalAbordagem comportamental
Abordagem comportamental
LIVROS PSI
 

Destaque (20)

Behaviorismo
BehaviorismoBehaviorismo
Behaviorismo
 
Behaviorismo
BehaviorismoBehaviorismo
Behaviorismo
 
O Behaviorismo
O BehaviorismoO Behaviorismo
O Behaviorismo
 
Behaviorismo comportamento respondente
Behaviorismo comportamento respondenteBehaviorismo comportamento respondente
Behaviorismo comportamento respondente
 
Teorias Behavioristas
Teorias BehavioristasTeorias Behavioristas
Teorias Behavioristas
 
Trabalho slides behavorismo 2014
Trabalho slides behavorismo 2014Trabalho slides behavorismo 2014
Trabalho slides behavorismo 2014
 
Reflexo condicionado
Reflexo condicionadoReflexo condicionado
Reflexo condicionado
 
A apropriação do operacionismo pelo behaviorismo radical de
A apropriação do operacionismo pelo behaviorismo radical deA apropriação do operacionismo pelo behaviorismo radical de
A apropriação do operacionismo pelo behaviorismo radical de
 
Psicologia Geral - Behaviorismo
Psicologia Geral - BehaviorismoPsicologia Geral - Behaviorismo
Psicologia Geral - Behaviorismo
 
O Behaviorismo - Corrente teórica da psicologia [Pavlov & Watson]
O Behaviorismo - Corrente teórica da psicologia [Pavlov & Watson]O Behaviorismo - Corrente teórica da psicologia [Pavlov & Watson]
O Behaviorismo - Corrente teórica da psicologia [Pavlov & Watson]
 
Behaviorismo - Período Pós Fundação
Behaviorismo - Período Pós FundaçãoBehaviorismo - Período Pós Fundação
Behaviorismo - Período Pós Fundação
 
Trabalho de psicologia motivação
Trabalho de psicologia motivaçãoTrabalho de psicologia motivação
Trabalho de psicologia motivação
 
Análise comportamentalista x análise humanista (apresentação de powerpoint)
Análise comportamentalista x análise humanista (apresentação de powerpoint)Análise comportamentalista x análise humanista (apresentação de powerpoint)
Análise comportamentalista x análise humanista (apresentação de powerpoint)
 
A transposição didática como intermediadora entre o conhecimento científico e...
A transposição didática como intermediadora entre o conhecimento científico e...A transposição didática como intermediadora entre o conhecimento científico e...
A transposição didática como intermediadora entre o conhecimento científico e...
 
Teorias 1 - Concepções de aprendizagem
Teorias 1 - Concepções de aprendizagemTeorias 1 - Concepções de aprendizagem
Teorias 1 - Concepções de aprendizagem
 
Reforço Positivo e Negativo
Reforço Positivo e NegativoReforço Positivo e Negativo
Reforço Positivo e Negativo
 
Aprendizagem no Condicionamento Operante
Aprendizagem no Condicionamento OperanteAprendizagem no Condicionamento Operante
Aprendizagem no Condicionamento Operante
 
Abordagem comportamental
Abordagem comportamentalAbordagem comportamental
Abordagem comportamental
 
Teoria Behaviorista
Teoria BehavioristaTeoria Behaviorista
Teoria Behaviorista
 
A Transposição Didática
A Transposição DidáticaA Transposição Didática
A Transposição Didática
 

Semelhante a Behaviorismo

Semelhante a Behaviorismo (6)

Aula 1 aprendizagem - condicionamento operante
Aula 1   aprendizagem - condicionamento operanteAula 1   aprendizagem - condicionamento operante
Aula 1 aprendizagem - condicionamento operante
 
Passo 11 2007 1
Passo 11 2007 1Passo 11 2007 1
Passo 11 2007 1
 
A aprendizagem
A aprendizagem A aprendizagem
A aprendizagem
 
Lei do efeito
Lei do efeitoLei do efeito
Lei do efeito
 
A aprendizagem
A aprendizagemA aprendizagem
A aprendizagem
 
Aula de Teoria Behaviorismo - Pedro (1).pptx
Aula de Teoria Behaviorismo - Pedro (1).pptxAula de Teoria Behaviorismo - Pedro (1).pptx
Aula de Teoria Behaviorismo - Pedro (1).pptx
 

Behaviorismo

  • 2.  Reforço → aumentar a frequência de que determinada ação volte a ocorrer.  Reforço Positivo → É todo evento que aumenta a probabilidade futura da resposta que o produz.  ganho,acréscimo ou recompensa;
  • 3.
  • 4.  Reforçador arbitrário: necessita de intervenção direta, sendo social ou material.
  • 5.  Reforço naturais : cotidiano, próprio do ambiente natural;
  • 6.  Reforçadores condicionados: necessita de um estimulo que não era originalmente reforçador;
  • 7.
  • 8.  Reforço Negativo → É todo evento que aumenta a probabilidade de futura da resposta que o produz.  afastar ou retirar um estimulo aversivo;
  • 9.
  • 10.  Fuga no momento em que um determinado estimulo aversivo está presente no ambiente, e esse comportamento retira-o do ambiente.  Esquiva é um comportamento que evita ou atrasa o contato com o estimulo aversivo, ou seja, um determinado estimulo aversivo não esta presente no ambiente.
  • 12.  Reforço Continuo → a cada ação realizada uma resposta oferecida.
  • 13.  Reforço intermitente → Requer que o organismo aprenda a esperar pelo reforço.  E usado para descrever uma situação em que o reforçado segue a resposta de maneira ocasional